SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.A
1) Ao arremessar uma moeda honesta, qual é a
probabilidade de encontrarmos:
a) cara b) coroa
2) Um dado não-viciado é arremessado. Qual é a
probabilidade de sair:
a) o número 5? b) um número par?
c) um número ímpar? d) um número maior que 4?
e) um número menor que 4? f) um número primo?
3) Qual é o espaço amostral?
a) do arremesso de uma moeda
b) do arremesso de um dado.
c) do arremesso de duas moedas.
d) do arremesso de dois dados.
4) Arremessando dois dados não-viciados e somando-se
suas faces, qual é a probabilidade de encontrarmos:
a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e)_ 5 f) 6
g) 7 h) 8 i) 9 j) 10 k) 11 l) 12
*** COPIE NO CADERNO O DIAGRAMA ***
5) Arremessando duas moedas, qual é a probabilidade de:
a) sair cara no primeiro lançamento.
b) sair duas faces iguais
6) a) Em uma urna há 4 bolas, numeradas de 1 a 4. Qual é a probabilidade de sair
um número par?
b) Em uma urna há 100 bolas, numeradas de 1 a 100. Qual é a probabilidade de
sair um número quadrado perfeito?
c) Em uma urna há 25 bolas, numeradas de 1 a 25. Qual é a probabilidade de sair
um número primo?
d) Em uma urna há 50 bolas, numeradas de 1 a 50. Qual é a probabilidade de sair
um número maior que 18?
e) Em uma urna há 30 bolas, numeradas de 1 a 30. Qual é a probabilidade de sair
um número múltiplo de 7?
f) Em uma urna há 30 bolas, numeradas de 1 a 30. Qual é a probabilidade de sair
um número múltiplo de 7 e 5 ao mesmo tempo?
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.B
7) Em um baralho comum sem o coringa, diga qual é a
probabilidade de escolhermos uma carta:
a) de naipe de copas. b) de naipe de ouro.
c) de naipe de espadas. d) de naipe de paus.
e) de número 7. f) de número 9.
g) cuja face é K. h) cuja face é Q.
i) cujo naipe é preto. j) cujo naipe é vermelho.
k) um Ás de copas l) um 7 de ouros
m) um valete vermelho. n) um 10 preto.
o) uma carta de 4 ou de J
p) uma carta que não seja J, K ou Q.
8) a) Qual é a probabilidade de um número de dois
algarismos seja múltiplo de 15?
b) Qual é a possibilidade de um número de três algarismos
formado apenas com 3, 5 e 4 sem repetição seja par?
9) Escreva a árvore das probabilidades (NO CADERNO):
a) do arremesso de três moedas.
d) dos números de três algarismos que podem ser escritos
com os algarismos 2, 5 e 4 com ou sem repetição.
e) dos números de três algarismos que podem ser escritos
com os algarismos 2, 5 e 4 sem repetição.
f) Dos códigos de 3 caracteres formados com as letras A,
B e C.
g) Dos códigos de 3 caracteres formados com as letras A,
B, C, D, E iniciados por vogal.
h) Dos números de 4 algarismos pares iniciados por 4, 6
ou 2 e sem repetição.
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.C
1) Qual é a probabilidade de se obter um resultado maior
que 4 ao se lançar um dado honesto?
2) Ao lançar um dado duas vezes, qual é a probabilidade
de se obter soma 5?
3) Em uma urna há 5 bolas vermelhas e 4 pretas, todas de
mesmo tamanho e feitas do mesmo material. Retiramos
duas bolas sucessivamente da urna, sem repô-las. Qual é
a probabilidade de que sejam retiradas duas bolas
vermelhas?
4) Pedro e João combinaram de lançar uma moeda 4
vezes. Pedro apostou que, nesses 4 lançamentos, não
apareceriam 2 caras seguidas; João aceitou a aposta.
Quem tem maior chance de ganhar a aposta?
5) Uma moeda é lançada 3 vezes. Qual é a probabilidade
de que saiam 2 caras?
6) Um casal decidiu que vai ter 4 filhos. O que é mais
provável: que tenham dois casais ou três filhos de um
sexo e um de outro?
7) Duas peças de um dominó comum são sorteadas. Qual
é a probabilidade de que tenham um número em comum?
8) Laura e Telma retiram um bilhete cada de uma urna em
que há 100 bilhetes numerados de 1 a 100. Qual é a
probabilidade de que o número retirado por Laura seja
maior do que o de Telma? E se elas, depois de
consultarem o número, devolvem o bilhete à urna?
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.D
9) Ana, Joana e Carolina apostam em um jogo de cara-e-
coroa. Ana vence na primeira vez que saírem duas caras
seguidas; Joana vence na primeira vez que saírem duas
coroas seguidas; Carolina vence quando sair uma cara
seguida de uma coroa. Qual é a probabilidade que cada
uma tem de vencer?
10) O trecho a seguir foi obtido em um site de internet que
se propõe a aumentar as chances de vitória no jogo da
Sena (que consiste em sortear 6 dentre 60 dezenas).
“Quando afirmamos, por exemplo, que as dezenas
atrasadas são importantes, é porque já observamos, em
nossos estudos, que todas as dezenas são sorteadas a
cada quarenta testes, portanto, seria útil você acompanhar
e apostar em dezenas atrasadas; você estaria assim
aumentando muito suas chances.” Você concorda que
apostar em uma dezena atrasada aumenta as chances de
vitória na Sena?
11) Suponhamos que você tenha duas escolhas para
apostar na Sena. Na primeira escolha aposta nas dezenas
1 - 3 - 5 7 - 9 - 11, e na segunda escolha nas dezenas 8 -
17 - 31 - 45 - 49 - 55. Qual você acha que tem maiores
chances de ser vitoriosa?
12) (O Problema do Bode) Este problema foi proposto em
um programa de rádio nos Estados Unidos e causou um
enorme debate na internet. Em um programa de prêmios,
o candidato tem diante de si três portas. Atrás de uma
dessas portas, há um grande prêmio; atrás das demais há
um bode. O candidato escolhe inicialmente uma das
portas. O apresentador (que sabe qual é a porta que
contém o prêmio) abre uma das portas não indicadas pelo
candidato, mostrando necessariamente um bode. A seguir,
ele pergunta se o candidato mantém sua escolha ou
deseja trocar de porta. O candidato deve trocar ou não?
(Uma forma de você guiar sua intuição consiste em
simular o problema.)
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.E
Problemas de Contagem
1) (Olimpíada Cearense de Matemática da Escola
Pública – Numeratizar – 1ª série do Ensino Médio – 1ª
fase/2003) A formiguinha vai caminhar de A até C
passando por B. Ela só anda pelas estradas que já
construiu:
O número de caminhos diferentes que ela pode escolher
é:
a) 4 b) 5 c) 7 d) 8 e) 9
2) (EMEF Ricardo Caramuru de Castro Monteiro – CAIC
Vale do Sol – Araraquara-SP – 8ª série – 2003)
No Brasil, as placas de carro são compostas por 3 letras
do alfabeto latino (total:26 letras) e 4 algarismos hindo-
arábicos (total:10 algarismos). Qual é o número máximo
de placas de carro que podem ser feitas no Brasil?
a) 17576000 b) 175760000
c) 6760000 d) 115316136
3) (EMEB Arthur Natalino Deriggi – São Carlos-SP – 5ª
série – 2003) Margareth tem 12 blusas e 11 saias.
Quantas combinações de saia e blusa Margareth pode
usar?
a) 23 b) 12 c) 144 d) 132 e) 121
4) (EM Isaura Vilela Brasileiro – Botelhos – MG – 2000)
Com seis tipos de cartões magnéticos e oito senhas
diferentes, as opções de escolha de um cartão e uma
senha são:
a) 36 b) 42 c) 48
d) 52 e) 64
5) (EM Isaura Vilela Brasileiro – Botelhos – MG –
2000)Num microcomputador, para abrir certo arquivo, o
usuário deve digitar 4 sinais ( que são / # | ^) numa certa
ordem, sem repeti-los. Se ele não conhece a ordem e
procura acertar a senha por tentativas, qual é o número
máximo de tentativas que fará?
a) 24 b) 30 c) 36 d) 40 e) 120
Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães
PROBABILIDADE E CONTAGEM
PE.7.01.F
6) (XXIII Olimpíada Brasileira de Matemática – Nível 1,
2 e 3 – 1a
fase – 2001) Na figura abaixo, temos 4
circunferências e alguns pontos destacados no interior
dessas circunferências. Escolhendo exatamente um
desses pontos dentro de cada uma das circunferências, e
unindo-os por segmentos de reta que não se cruzam,
formamos um quadrilátero. Quantos quadriláteros
diferentes seremos capazes de desenhar nessas
condições?
A) 4 B) 14 C) 60 D) 120 E) 24
7) Uma bandeira tem quatro listas. De quantas maneiras
eu posso pintá-las utilizando-se de 3 cores diferentes, de
tal forma que não pintemos duas faixas consecutivas da
mesma cor.
8) Numa festa 5 pessoas se cumprimentam. Quantos são
os cumprimentos possíveis?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagemExercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagemRoberto Sena
 
Miniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º anoMiniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º anoalunosderoberto
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)Hélio Rocha
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)Ilton Bruno
 
SIMULADO - RADICIAÇÃO
SIMULADO - RADICIAÇÃOSIMULADO - RADICIAÇÃO
SIMULADO - RADICIAÇÃOHélio Rocha
 
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com GabaritoExercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com Gabaritoguesta4929b
 
Lista de exercícios mmc e mdc 2
Lista de exercícios mmc e mdc  2Lista de exercícios mmc e mdc  2
Lista de exercícios mmc e mdc 2Olicio Silva
 
Equação do primeiro grau..
Equação do primeiro grau..Equação do primeiro grau..
Equação do primeiro grau..Nivea Neves
 
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grau
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grauLista de exercícios 1 – equação do 2° grau
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grauEverton Moraes
 
Avaliação parcial 7 ano - pdf
Avaliação parcial   7 ano - pdfAvaliação parcial   7 ano - pdf
Avaliação parcial 7 ano - pdfjonihson
 
Lista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números InteirosLista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números InteirosEverton Moraes
 
Matematica exercicios porcentagem gabarito
Matematica exercicios porcentagem gabaritoMatematica exercicios porcentagem gabarito
Matematica exercicios porcentagem gabaritogabaritocontabil
 
Avaliação de Matemática do 6º ano
Avaliação de Matemática do 6º ano Avaliação de Matemática do 6º ano
Avaliação de Matemática do 6º ano Marcela Chinoti
 
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...Everton Moraes
 
SIMULADO - NÚMEROS NATURAIS
SIMULADO - NÚMEROS NATURAISSIMULADO - NÚMEROS NATURAIS
SIMULADO - NÚMEROS NATURAISHélio Rocha
 
Lista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números DecimaisLista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números DecimaisEverton Moraes
 
Lista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoLista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoEduardo Garcia
 
Lista de exercícios – expressões algébricas
Lista de exercícios – expressões algébricasLista de exercícios – expressões algébricas
Lista de exercícios – expressões algébricasEverton Moraes
 

Mais procurados (20)

Exercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagemExercicios de porcentagem
Exercicios de porcentagem
 
Miniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º anoMiniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º ano
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
 
SIMULADO - RADICIAÇÃO
SIMULADO - RADICIAÇÃOSIMULADO - RADICIAÇÃO
SIMULADO - RADICIAÇÃO
 
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com GabaritoExercicio De ProporçãO Com Gabarito
Exercicio De ProporçãO Com Gabarito
 
Lista de exercícios mmc e mdc 2
Lista de exercícios mmc e mdc  2Lista de exercícios mmc e mdc  2
Lista de exercícios mmc e mdc 2
 
Equação do primeiro grau..
Equação do primeiro grau..Equação do primeiro grau..
Equação do primeiro grau..
 
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grau
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grauLista de exercícios 1 – equação do 2° grau
Lista de exercícios 1 – equação do 2° grau
 
Avaliação parcial 7 ano - pdf
Avaliação parcial   7 ano - pdfAvaliação parcial   7 ano - pdf
Avaliação parcial 7 ano - pdf
 
Lista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números InteirosLista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números Inteiros
 
Matematica exercicios porcentagem gabarito
Matematica exercicios porcentagem gabaritoMatematica exercicios porcentagem gabarito
Matematica exercicios porcentagem gabarito
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triânguloSoma dos ângulos internos de um triângulo
Soma dos ângulos internos de um triângulo
 
Avaliação de Matemática do 6º ano
Avaliação de Matemática do 6º ano Avaliação de Matemática do 6º ano
Avaliação de Matemática do 6º ano
 
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
 
6º ano potências e raízes
6º ano   potências e raízes6º ano   potências e raízes
6º ano potências e raízes
 
SIMULADO - NÚMEROS NATURAIS
SIMULADO - NÚMEROS NATURAISSIMULADO - NÚMEROS NATURAIS
SIMULADO - NÚMEROS NATURAIS
 
Lista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números DecimaisLista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números Decimais
 
Lista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º anoLista de exercícios 6º ano
Lista de exercícios 6º ano
 
Lista de exercícios – expressões algébricas
Lista de exercícios – expressões algébricasLista de exercícios – expressões algébricas
Lista de exercícios – expressões algébricas
 

Destaque

Probabilidade resolvidos
Probabilidade resolvidosProbabilidade resolvidos
Probabilidade resolvidosresolvidos
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorFábio Brito
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º anoaldaalves
 
1ª lista de exercícios análise de gráficos e porcentagem
1ª lista de exercícios   análise de gráficos e porcentagem1ª lista de exercícios   análise de gráficos e porcentagem
1ª lista de exercícios análise de gráficos e porcentagemlualvares
 
3o ano revisão 1 prova califórnia
3o ano revisão 1   prova califórnia3o ano revisão 1   prova califórnia
3o ano revisão 1 prova califórniaOtávio Sales
 
Aula 01 análise combinatória
Aula 01   análise combinatóriaAula 01   análise combinatória
Aula 01 análise combinatóriaProfessor Serginho
 
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º ano
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º anoOrientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º ano
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º anocon_seguir
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaIsa ...
 
Campo multiplicativo. Jogos e atividades
Campo multiplicativo. Jogos e atividadesCampo multiplicativo. Jogos e atividades
Campo multiplicativo. Jogos e atividadesAline Manzini
 
Módulo 2 matemática 5º ano monitor
Módulo 2 matemática 5º ano monitorMódulo 2 matemática 5º ano monitor
Módulo 2 matemática 5º ano monitorcon_seguir
 
Exercicios - Medidas de Capacidade
Exercicios - Medidas de CapacidadeExercicios - Medidas de Capacidade
Exercicios - Medidas de Capacidademarlykiewiz
 
Apostila 5º ano matemática - aluno
Apostila 5º ano   matemática - alunoApostila 5º ano   matemática - aluno
Apostila 5º ano matemática - alunoGreice Mesquita
 
Medidas de capacidade
Medidas de capacidadeMedidas de capacidade
Medidas de capacidadeJoao Ferreira
 
Unidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeUnidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeJoao Ferreira
 

Destaque (20)

Probabilidade resolvidos
Probabilidade resolvidosProbabilidade resolvidos
Probabilidade resolvidos
 
Noções Básicas de Estatística
Noções Básicas de EstatísticaNoções Básicas de Estatística
Noções Básicas de Estatística
 
Matemática e Possibilidades
Matemática e PossibilidadesMatemática e Possibilidades
Matemática e Possibilidades
 
Mat 2 - 8º ano
Mat 2 - 8º anoMat 2 - 8º ano
Mat 2 - 8º ano
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maior
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
 
1ª lista de exercícios análise de gráficos e porcentagem
1ª lista de exercícios   análise de gráficos e porcentagem1ª lista de exercícios   análise de gráficos e porcentagem
1ª lista de exercícios análise de gráficos e porcentagem
 
3o ano revisão 1 prova califórnia
3o ano revisão 1   prova califórnia3o ano revisão 1   prova califórnia
3o ano revisão 1 prova califórnia
 
Aula 01 análise combinatória
Aula 01   análise combinatóriaAula 01   análise combinatória
Aula 01 análise combinatória
 
Módulo 2 5 ano
Módulo 2   5 anoMódulo 2   5 ano
Módulo 2 5 ano
 
D13 (5º ano mat.)
D13  (5º ano   mat.)D13  (5º ano   mat.)
D13 (5º ano mat.)
 
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º ano
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º anoOrientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º ano
Orientações pedagógicas módulo 1 matemática 4º ano
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua Portuguesa
 
Campo multiplicativo. Jogos e atividades
Campo multiplicativo. Jogos e atividadesCampo multiplicativo. Jogos e atividades
Campo multiplicativo. Jogos e atividades
 
Módulo 2 matemática 5º ano monitor
Módulo 2 matemática 5º ano monitorMódulo 2 matemática 5º ano monitor
Módulo 2 matemática 5º ano monitor
 
Exercicios - Medidas de Capacidade
Exercicios - Medidas de CapacidadeExercicios - Medidas de Capacidade
Exercicios - Medidas de Capacidade
 
Apostila 5º ano matemática - aluno
Apostila 5º ano   matemática - alunoApostila 5º ano   matemática - aluno
Apostila 5º ano matemática - aluno
 
Medidas de capacidade
Medidas de capacidadeMedidas de capacidade
Medidas de capacidade
 
Unidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeUnidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidade
 
Simulado matemática 5ºano 2014
Simulado matemática 5ºano 2014Simulado matemática 5ºano 2014
Simulado matemática 5ºano 2014
 

Semelhante a Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)

Semelhante a Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º) (20)

Contagem
ContagemContagem
Contagem
 
Trabalho individual semana 5 e 6 informatica ii analise combinatório powerpoint
Trabalho individual semana 5 e 6 informatica ii analise combinatório powerpointTrabalho individual semana 5 e 6 informatica ii analise combinatório powerpoint
Trabalho individual semana 5 e 6 informatica ii analise combinatório powerpoint
 
Mat 2 matutino 8º ano
Mat 2 matutino 8º anoMat 2 matutino 8º ano
Mat 2 matutino 8º ano
 
329
329329
329
 
Probabilidade alfredo neves
Probabilidade alfredo nevesProbabilidade alfredo neves
Probabilidade alfredo neves
 
Combinatória 2
Combinatória 2Combinatória 2
Combinatória 2
 
Exercicios probabilidade
Exercicios probabilidadeExercicios probabilidade
Exercicios probabilidade
 
Análise combinatória 3
Análise combinatória 3Análise combinatória 3
Análise combinatória 3
 
ANÁLISE COMBINATÓRIA_PROBABILIDADE_EXERCÍCIO AVALIATIVO_3º ANO_ENSINO MÉDIO
ANÁLISE COMBINATÓRIA_PROBABILIDADE_EXERCÍCIO AVALIATIVO_3º ANO_ENSINO MÉDIOANÁLISE COMBINATÓRIA_PROBABILIDADE_EXERCÍCIO AVALIATIVO_3º ANO_ENSINO MÉDIO
ANÁLISE COMBINATÓRIA_PROBABILIDADE_EXERCÍCIO AVALIATIVO_3º ANO_ENSINO MÉDIO
 
Probabilidade
ProbabilidadeProbabilidade
Probabilidade
 
Probabilidade Exercícios
Probabilidade Exercícios Probabilidade Exercícios
Probabilidade Exercícios
 
ENEM - Números Naturais
ENEM - Números NaturaisENEM - Números Naturais
ENEM - Números Naturais
 
GABARITOS 2 BIM
GABARITOS 2 BIMGABARITOS 2 BIM
GABARITOS 2 BIM
 
Fichanc2ba3
Fichanc2ba3Fichanc2ba3
Fichanc2ba3
 
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
Olimpíada de Matemática 1ª Fase Nível 1
 
NA - 6º
NA - 6ºNA - 6º
NA - 6º
 
Exercicios problems
Exercicios problemsExercicios problems
Exercicios problems
 
Probabilidade 1
Probabilidade 1Probabilidade 1
Probabilidade 1
 
Pf1n1 2018
Pf1n1 2018Pf1n1 2018
Pf1n1 2018
 
Combinatoria
CombinatoriaCombinatoria
Combinatoria
 

Mais de Otávio Sales

Apostila do módulo b5 22032020
Apostila do módulo b5   22032020Apostila do módulo b5   22032020
Apostila do módulo b5 22032020Otávio Sales
 
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3Otávio Sales
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3Otávio Sales
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXAS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXASMATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXAS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXASOtávio Sales
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOSMATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOSOtávio Sales
 
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1Otávio Sales
 
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRA
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRAAULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRA
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRAOtávio Sales
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1Otávio Sales
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2Otávio Sales
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3Otávio Sales
 
Puzzles Japoneses - Aula 1
Puzzles Japoneses - Aula 1Puzzles Japoneses - Aula 1
Puzzles Japoneses - Aula 1Otávio Sales
 
Puzzles Japoneses - Aula 2
Puzzles Japoneses - Aula 2Puzzles Japoneses - Aula 2
Puzzles Japoneses - Aula 2Otávio Sales
 
Apostila do módulo b5 textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)
Apostila do módulo b5   textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)Apostila do módulo b5   textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)
Apostila do módulo b5 textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)Otávio Sales
 
181 questoes omu 2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL
181 questoes omu   2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL181 questoes omu   2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL
181 questoes omu 2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTALOtávio Sales
 
Apostila verao 19 passos 1
Apostila verao 19 passos 1Apostila verao 19 passos 1
Apostila verao 19 passos 1Otávio Sales
 
Apostila b9 - reduzida
Apostila   b9 - reduzidaApostila   b9 - reduzida
Apostila b9 - reduzidaOtávio Sales
 
14 qa introducao aos poliedros - aula 2
14 qa   introducao aos poliedros - aula 214 qa   introducao aos poliedros - aula 2
14 qa introducao aos poliedros - aula 2Otávio Sales
 
14 qa introducao aos poliedros - aula 1
14 qa   introducao aos poliedros - aula 114 qa   introducao aos poliedros - aula 1
14 qa introducao aos poliedros - aula 1Otávio Sales
 
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020
13 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 1705202013 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020Otávio Sales
 
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 1
13 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 113 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 1
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 1Otávio Sales
 

Mais de Otávio Sales (20)

Apostila do módulo b5 22032020
Apostila do módulo b5   22032020Apostila do módulo b5   22032020
Apostila do módulo b5 22032020
 
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - REVISÃO DAS AULAS 1, 2, 3
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA DE REVISÃO 1, 2, 3
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXAS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXASMATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXAS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 3 - TAXAS
 
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOSMATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOS
MATEMÁTICA FINANCEIRA - AULA 2 - JUROS COMPOSTOS
 
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - AULA 1
 
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRA
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRAAULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRA
AULA 1 - MATEMÁTICA FINANCEIRA
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 1
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 2
 
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3
ESTATÍSTICA DESCRITIVA - AULA 3
 
Puzzles Japoneses - Aula 1
Puzzles Japoneses - Aula 1Puzzles Japoneses - Aula 1
Puzzles Japoneses - Aula 1
 
Puzzles Japoneses - Aula 2
Puzzles Japoneses - Aula 2Puzzles Japoneses - Aula 2
Puzzles Japoneses - Aula 2
 
Apostila do módulo b5 textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)
Apostila do módulo b5   textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)Apostila do módulo b5   textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)
Apostila do módulo b5 textual - corrigido e ampliado - 22032020 (1)
 
181 questoes omu 2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL
181 questoes omu   2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL181 questoes omu   2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL
181 questoes omu 2009 a 2018 - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Apostila verao 19 passos 1
Apostila verao 19 passos 1Apostila verao 19 passos 1
Apostila verao 19 passos 1
 
Apostila b9 - reduzida
Apostila   b9 - reduzidaApostila   b9 - reduzida
Apostila b9 - reduzida
 
14 qa introducao aos poliedros - aula 2
14 qa   introducao aos poliedros - aula 214 qa   introducao aos poliedros - aula 2
14 qa introducao aos poliedros - aula 2
 
14 qa introducao aos poliedros - aula 1
14 qa   introducao aos poliedros - aula 114 qa   introducao aos poliedros - aula 1
14 qa introducao aos poliedros - aula 1
 
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020
13 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 1705202013 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 2 - versao 17052020
 
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 1
13 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 113 qa   teoria matematica das eleicoes - aula 1
13 qa teoria matematica das eleicoes - aula 1
 

Último

Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)

  • 1. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.A 1) Ao arremessar uma moeda honesta, qual é a probabilidade de encontrarmos: a) cara b) coroa 2) Um dado não-viciado é arremessado. Qual é a probabilidade de sair: a) o número 5? b) um número par? c) um número ímpar? d) um número maior que 4? e) um número menor que 4? f) um número primo? 3) Qual é o espaço amostral? a) do arremesso de uma moeda b) do arremesso de um dado. c) do arremesso de duas moedas. d) do arremesso de dois dados. 4) Arremessando dois dados não-viciados e somando-se suas faces, qual é a probabilidade de encontrarmos: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e)_ 5 f) 6 g) 7 h) 8 i) 9 j) 10 k) 11 l) 12 *** COPIE NO CADERNO O DIAGRAMA *** 5) Arremessando duas moedas, qual é a probabilidade de: a) sair cara no primeiro lançamento. b) sair duas faces iguais 6) a) Em uma urna há 4 bolas, numeradas de 1 a 4. Qual é a probabilidade de sair um número par? b) Em uma urna há 100 bolas, numeradas de 1 a 100. Qual é a probabilidade de sair um número quadrado perfeito? c) Em uma urna há 25 bolas, numeradas de 1 a 25. Qual é a probabilidade de sair um número primo? d) Em uma urna há 50 bolas, numeradas de 1 a 50. Qual é a probabilidade de sair um número maior que 18? e) Em uma urna há 30 bolas, numeradas de 1 a 30. Qual é a probabilidade de sair um número múltiplo de 7? f) Em uma urna há 30 bolas, numeradas de 1 a 30. Qual é a probabilidade de sair um número múltiplo de 7 e 5 ao mesmo tempo?
  • 2. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.B 7) Em um baralho comum sem o coringa, diga qual é a probabilidade de escolhermos uma carta: a) de naipe de copas. b) de naipe de ouro. c) de naipe de espadas. d) de naipe de paus. e) de número 7. f) de número 9. g) cuja face é K. h) cuja face é Q. i) cujo naipe é preto. j) cujo naipe é vermelho. k) um Ás de copas l) um 7 de ouros m) um valete vermelho. n) um 10 preto. o) uma carta de 4 ou de J p) uma carta que não seja J, K ou Q. 8) a) Qual é a probabilidade de um número de dois algarismos seja múltiplo de 15? b) Qual é a possibilidade de um número de três algarismos formado apenas com 3, 5 e 4 sem repetição seja par? 9) Escreva a árvore das probabilidades (NO CADERNO): a) do arremesso de três moedas. d) dos números de três algarismos que podem ser escritos com os algarismos 2, 5 e 4 com ou sem repetição. e) dos números de três algarismos que podem ser escritos com os algarismos 2, 5 e 4 sem repetição. f) Dos códigos de 3 caracteres formados com as letras A, B e C. g) Dos códigos de 3 caracteres formados com as letras A, B, C, D, E iniciados por vogal. h) Dos números de 4 algarismos pares iniciados por 4, 6 ou 2 e sem repetição.
  • 3. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.C 1) Qual é a probabilidade de se obter um resultado maior que 4 ao se lançar um dado honesto? 2) Ao lançar um dado duas vezes, qual é a probabilidade de se obter soma 5? 3) Em uma urna há 5 bolas vermelhas e 4 pretas, todas de mesmo tamanho e feitas do mesmo material. Retiramos duas bolas sucessivamente da urna, sem repô-las. Qual é a probabilidade de que sejam retiradas duas bolas vermelhas? 4) Pedro e João combinaram de lançar uma moeda 4 vezes. Pedro apostou que, nesses 4 lançamentos, não apareceriam 2 caras seguidas; João aceitou a aposta. Quem tem maior chance de ganhar a aposta? 5) Uma moeda é lançada 3 vezes. Qual é a probabilidade de que saiam 2 caras? 6) Um casal decidiu que vai ter 4 filhos. O que é mais provável: que tenham dois casais ou três filhos de um sexo e um de outro? 7) Duas peças de um dominó comum são sorteadas. Qual é a probabilidade de que tenham um número em comum? 8) Laura e Telma retiram um bilhete cada de uma urna em que há 100 bilhetes numerados de 1 a 100. Qual é a probabilidade de que o número retirado por Laura seja maior do que o de Telma? E se elas, depois de consultarem o número, devolvem o bilhete à urna?
  • 4. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.D 9) Ana, Joana e Carolina apostam em um jogo de cara-e- coroa. Ana vence na primeira vez que saírem duas caras seguidas; Joana vence na primeira vez que saírem duas coroas seguidas; Carolina vence quando sair uma cara seguida de uma coroa. Qual é a probabilidade que cada uma tem de vencer? 10) O trecho a seguir foi obtido em um site de internet que se propõe a aumentar as chances de vitória no jogo da Sena (que consiste em sortear 6 dentre 60 dezenas). “Quando afirmamos, por exemplo, que as dezenas atrasadas são importantes, é porque já observamos, em nossos estudos, que todas as dezenas são sorteadas a cada quarenta testes, portanto, seria útil você acompanhar e apostar em dezenas atrasadas; você estaria assim aumentando muito suas chances.” Você concorda que apostar em uma dezena atrasada aumenta as chances de vitória na Sena? 11) Suponhamos que você tenha duas escolhas para apostar na Sena. Na primeira escolha aposta nas dezenas 1 - 3 - 5 7 - 9 - 11, e na segunda escolha nas dezenas 8 - 17 - 31 - 45 - 49 - 55. Qual você acha que tem maiores chances de ser vitoriosa? 12) (O Problema do Bode) Este problema foi proposto em um programa de rádio nos Estados Unidos e causou um enorme debate na internet. Em um programa de prêmios, o candidato tem diante de si três portas. Atrás de uma dessas portas, há um grande prêmio; atrás das demais há um bode. O candidato escolhe inicialmente uma das portas. O apresentador (que sabe qual é a porta que contém o prêmio) abre uma das portas não indicadas pelo candidato, mostrando necessariamente um bode. A seguir, ele pergunta se o candidato mantém sua escolha ou deseja trocar de porta. O candidato deve trocar ou não? (Uma forma de você guiar sua intuição consiste em simular o problema.)
  • 5. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.E Problemas de Contagem 1) (Olimpíada Cearense de Matemática da Escola Pública – Numeratizar – 1ª série do Ensino Médio – 1ª fase/2003) A formiguinha vai caminhar de A até C passando por B. Ela só anda pelas estradas que já construiu: O número de caminhos diferentes que ela pode escolher é: a) 4 b) 5 c) 7 d) 8 e) 9 2) (EMEF Ricardo Caramuru de Castro Monteiro – CAIC Vale do Sol – Araraquara-SP – 8ª série – 2003) No Brasil, as placas de carro são compostas por 3 letras do alfabeto latino (total:26 letras) e 4 algarismos hindo- arábicos (total:10 algarismos). Qual é o número máximo de placas de carro que podem ser feitas no Brasil? a) 17576000 b) 175760000 c) 6760000 d) 115316136 3) (EMEB Arthur Natalino Deriggi – São Carlos-SP – 5ª série – 2003) Margareth tem 12 blusas e 11 saias. Quantas combinações de saia e blusa Margareth pode usar? a) 23 b) 12 c) 144 d) 132 e) 121 4) (EM Isaura Vilela Brasileiro – Botelhos – MG – 2000) Com seis tipos de cartões magnéticos e oito senhas diferentes, as opções de escolha de um cartão e uma senha são: a) 36 b) 42 c) 48 d) 52 e) 64 5) (EM Isaura Vilela Brasileiro – Botelhos – MG – 2000)Num microcomputador, para abrir certo arquivo, o usuário deve digitar 4 sinais ( que são / # | ^) numa certa ordem, sem repeti-los. Se ele não conhece a ordem e procura acertar a senha por tentativas, qual é o número máximo de tentativas que fará? a) 24 b) 30 c) 36 d) 40 e) 120
  • 6. Prof. Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães PROBABILIDADE E CONTAGEM PE.7.01.F 6) (XXIII Olimpíada Brasileira de Matemática – Nível 1, 2 e 3 – 1a fase – 2001) Na figura abaixo, temos 4 circunferências e alguns pontos destacados no interior dessas circunferências. Escolhendo exatamente um desses pontos dentro de cada uma das circunferências, e unindo-os por segmentos de reta que não se cruzam, formamos um quadrilátero. Quantos quadriláteros diferentes seremos capazes de desenhar nessas condições? A) 4 B) 14 C) 60 D) 120 E) 24 7) Uma bandeira tem quatro listas. De quantas maneiras eu posso pintá-las utilizando-se de 3 cores diferentes, de tal forma que não pintemos duas faixas consecutivas da mesma cor. 8) Numa festa 5 pessoas se cumprimentam. Quantos são os cumprimentos possíveis?