Retrato fotográfico no século XIX

5.379 visualizações

Publicada em

Aula sobre história da fotografia do prof. Oswaldo Hernandez na Universidade Metodista de São Paulo.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.379
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Retrato fotográfico no século XIX

  1. 1. O retrato foi no século XIX o maior temafotografado. Fotógrafos estabeleceramseus estúdios nas maiores cidades domundo em curto espaço de tempo após odaguerreótipo ter sido colocado nomercado por volta de 1840.
  2. 2. Daguerreótipo, invenção dofrancês Louis Daguerre, é umprocesso fotográfico, direto-positivo, que fornece uma únicaimagem, com muitos detalhesem uma folha de cobreespelhada coberta com umafina camada de cristais de pratasem o uso de um negativo. Odaguerreótipo durou até 1860quando surgiram novos emelhores processosfotográficos.
  3. 3. A aceitação desta inovação foi um reflexo do crescimento econômicoimpulsionado pela Revolução Industrial, que levou à ascensão daclasse burguesa que buscava, na fotografia de retrato, uma forma devisibilidade e ostentação social.
  4. 4. Na segunda metade do século XIX a única fonte de luz para se elaborar as fotos era osol. Em função disso, a escolha do local onde seria o estúdio tinha que ser no últimoandar de algum edifício ou em uma residência que permitisse capturar a luz solar omelhor possível. Os primeiros estúdios fotográficos eram adaptados com telhados devidro ou grandes janelas para que a luz pudesse entrar.
  5. 5. O pesado equipamento fotográficodisponível no século XIX, quechegava a pesar 50 kilos, foi uma daslimitações que obrigava o fotógrafotrabalhar no estúdio. Poucos foram osque se aventuraram a realizar fotosexternas.
  6. 6. Ilustração do século XIXOs primeiros retratos em estúdio exigiam longos tempos de exposição da câmera para seformar a imagem. Se a pessoa fotografada se movia enquanto a foto era realizada, sairiatremida ou “borrada” quando a imagem fosse revelada. Para assegurar que o retrato não fossearruinado pelo movimento (mínimo que fosse), alguns fotógrafos usavam, alem da câmerasobre um tripé, uma pequena estrutura de ferro chamado “prendedores de cabeça” (headclamps) para ter certeza de que a pessoa retratada não se movesse.
  7. 7. Essa estrutura de ferro era posicionada por trás da pessoa tomando-se o cuidado para que a mesma não aparecesse na foto.Ilustração século XIX
  8. 8. O francês Felix Nadar foi o mais importante fotógrafo de retratos do século XIX. Seu estúdio em Paris, era um ponto de encontro dos grandes intelectuais e artistas daquela época. Nadar fotografou essas celebridades com maestria…Estúdio de Felix Nadar no último andar deste edifício em Paris.Foto de 1860
  9. 9. Victor Hugo
  10. 10. Jules Verne
  11. 11. Sarah Bernhardt
  12. 12. D. Pedro II
  13. 13. Em uma época em que osfotógrafos podiam tirar váriascópias de um mesmonegativo, surge o carte devisite, a forma mais popularde retrato no século XIX. Erauma pequena fotografiamontada em cartão de,aproximadamente 10 x 6,5cm e, geralmente, distribuídaentre os membros da famíliaou amigos e representavauma forma de status edistinção social.
  14. 14. Carte de visite era, muitas vezes,autografado pela pessoa na parteinferior do cartão, logo abaixo daimagem, para distribuir aosparentes...
  15. 15. ... ou para o público, quando se tratava de uma pessoa proeminente, tal como um político ou artista.Carte de visite do presidente americano AbrahanLincoln, fotografado por Mathew Brady em 1860
  16. 16. As fotografias produzidas no século XIXeram monocromáticas (preto/branco).Para obterem maior realismo, algunsfotógrafos coloriam a mão as fotografias,como neste carte de visite.
  17. 17. Post mortem que em latim significa “após a morte” refere-se ao estilo deretrato feito no século dezenove após a morte de uma pessoa querida emuma família. Essa atitude, que pode parecer mórbida nos tempos atuais, noséculo XIX era uma forma muito comum de homenagear e eternizar o falecidoatravés da fotografia.
  18. 18. No retrato Post Mortem, era comum arranjar para que o corpoparecesse vivo. Em muitos casos usavam, suportes metálicos ou demadeira, escondidos por trás do corpo.
  19. 19. Em algumas vezes, parentes posavam ao lado do falecido
  20. 20. Alguns fotógrafos usavam o recursodo retoque fotográfico nos olhos dofalecido para parecerem estarabertos. A menina em pé é afalecida.
  21. 21. Realização: Oswaldo Hernandez hernandezfotos@gmail.com Assista esta apresentação em video em:http://www.youtube.com/watch?v=EEZT3OjCAXg

×