Estratégias para aumentar o lucro e a rentabilidade

1.679 visualizações

Publicada em

Seminário dos Líderes em Avicultura. Como aumentar a rentabilidade em setores de commodities

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.679
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estratégias para aumentar o lucro e a rentabilidade

  1. 1. Estratégias para Aumentar o Lucro e a Rentabilidade "O que fazer para se diferenciar num mercado de commodities“ osler@odconsulting.com.br
  2. 2. Recapitulemos o que já sabemos. A disponibilidade per capita de carnes no mundo cresce anualmente Dietary Energy & Income 70-07animal & vegetal products pct.xlsx
  3. 3. Produção Mundial de Carnes por espécies 1948 a 2011 base de dados e projeções a 2050 jun2011.xlsx As carnes de aves tem ganhado terreno, tendo evoluído de <10% em 1961 para >33% em 2010
  4. 4. Produção de Carnes de Aves , Mundo 1961-2009.xlsx As carnes de aves cresceram 927% entre 1961 e 2009
  5. 5. Carnes por espécies.xlsx E deverão crescer 25,5% entre 2010 e 2020
  6. 6. Carne de Aves balanzo.xlsx Prognósticos para as Carnes de Aves a nível mundial até o ano 2020
  7. 7. Produção Mundial de Carnes por espécies 1948 a 2011 base de dados e projeções a 2050 jun2011.xlsx Carnes de aves - <10% em 1961 para >33% em 2010
  8. 8. Produção Mundial de Carnes por espécies 1948 a 2011 base de dados e projeções a 2050 jun2011.xlsx Carnes de aves disputarão a primazia em 2020 e terão liderança inconteste a partir de então.
  9. 9. Crescimento por décadas e espécies.xlsx Entretanto, as taxas de crescimento tem caído ao longo das décadas e no futuro teremos menor nível de crescimento
  10. 10. BRASIL NO SEGMENTO DE CARNES
  11. 11. Posição do Brasil em Carnes no Mundo - 2010 Produção Exportação Consumo Todas as Carnes 4º 2º 4º Carne de Aves 3º 1º 4º Carne Suína 4º 4º 5º Carne Bovina 2º 1º 2º O Brasil é um dos principais produtores, exportadores e consumidores de carnes no mundo
  12. 12. Brasil e Mundo 75-2010.xlsx Brasil - Crescente participação na produção mundial de carnes
  13. 13. Exportação carnes em 65, 75, 85, 2010 Brasil e Mundo rev.jul 2011.xlsx Brasil – Entre os líderes da exportação mundial de carnes
  14. 14. Balança de Carnes no Brasil
  15. 15. Mesmo com um consumo per capita que figura entre os maiores do mundo, o Brasil ainda tem espaço para crescer.
  16. 16. E a carne de frango
  17. 17. O que podemos concluir até agora A dieta humana está incluindo crescentes quantidades de produtos de origem animal, principalmente carnes Os prognósticos indicam que esse crescimento continuará no futuro As taxas de crescimento serão menores que nas décadas passadas Recursos naturais finitos favorecerão as espécies mais eficientes quanto ao uso, sendo frango o grande vencedor Brasil é um grande produtor, exportador e consumidor dessas carnes O Brasil detém uma posição dominante em exportação de carnes, aproximado-se do limite de expansão O Brasil é o quarto maior consumidor de carnes no mundo, mas ainda não alcançou níveis de saturação de consumo. É lícito concluir que o vetor futuro de crescimento das carnes no Brasil será o mercado interno
  18. 18. Com a notável performance da avicultura brasileira, imagino que todas as empresas abaixo estejam indo muito bem
  19. 19. Vejamos com dados mais recentes
  20. 20. O índice de mortalidade das empresas avícolas no mundo é elevado e o Brasil não é exceção. Quais seriam as causas? As margens do segmento de carnes são tradicionalmente baixas Grãos, principal componente dos custos, têm alta volatilidade A grande maioria de empresas do setor carece de planejamento estratégico a largo prazo, de orçamentos para os três anos subseqüentes e de itens de controle As empresas se profissionalizam da porteira para dentro, mas dão pouca importância à profissionalização da porteira para fora. Adoramos produzir, tanto, mas tanto que freqüentemente produzimos em excesso, tentando há décadas contrariar a lei da oferta e da procura. Há muito empirismo. Fatos e dados são substituídos por achismos e administração nasal. Não nos convencemos que o único que ganha dinheiro com o nariz é otorrinolaringologista ou cirurgião plástico Frango a gente põe no campo e quando fica pronto a gente vê o que faz
  21. 21. ... a maior ignorância dos homens de negócio centra-se no desconhecimento de quem são seus clientes.¹ Na área comercial Coloque pessoal de venda na equipe de planejamento estratégico. Vendas tem que ter orçamento quantificado, datado, identificado e precificado. Invista em treinamento da área comercial, façam-na conhecer produção e façam esta conhecer mercado Fatos e dados, análises, intercâmbio de informações ajudam a prevenir “gravidez pelos ouvidos” Busquem alianças estratégicas com seus clientes e não gastem pólvora em chimangos.
  22. 22. Quem chega no rio primeiro bebe água mais limpa Vivemos na era da inovação, de um consumidor que espera cada vez mais por cada vez menos. Ou isso ou ser sujeito passivo da cotações de um mercado onde obedeces e não mandas Conhecimento te ajudará a conhecer teus clientes, teu mercado, suas tendências e assim sair do “eu também por R$ 1,00 menos” Um mercado globalizado impõe mudanças constantes. A única coisa que não muda é a certeza de que tudo muda e seguirá mudando a velocidade exponencial. Não há mais espaço para o herói solitário e para o bloco do “eu sozinho” Há empresas do nosso setor que se tornaram potências mundiais via inovação & conhecimento e não via preço
  23. 23. Quais são os fatores que contribuem ao sucesso do frango? Universalidade e acessibilidade – 204 países registram produção de carne de frango, contra 64 de peru, 72 de patos, 38 de gansos e pintadas, 90 de carne suína 202 de carnes bovina e de búfalo Ausência de restrições religiosas ao consumo Variedade de apresentações – as carnes de aves tem hoje mais variedade de produtos que todas as demais carnes Versatilidade de preparo - permite centenas de formas de preparação e de apresentação Reputação de produto saudável com baixo nível de gorduras Sabor universalmente aceito Qualidade consistente graças a todos que estão aqui. Em 50 anos vocês transformaram uma atividade de quintal em uma indústria moderna que garante alimentos inócuos Proximidade do consumidor Comida da reunião de família Coca-Cola das carnes – se você não sabe o que quer ou não sabe o que é que te estão oferecendo, em 90% dos casos pedes frango
  24. 24. Variedade, facilidade e inovação conquistam o consumidor. Qualidade o mantém.
  25. 25. Não sei quantos de vocês eu já torturei em conferências anteriores. Mas vou repetir hoje e sempre alguns fatores que afetam demanda, que satisfeita permite às empresas sobreviver. Demografia Há que ter gente para consumir Renda Há que ter meios econômicos para poder consumir. Urbanização Pessoas em área urbana consomem mais que no meio rural Necessidade real ou induzida Outros zilhões de fatores culturais, sociais, fisiológicos, pessoais e psicológicos
  26. 26. O Brasil terá crescimento demográfico População, crescimento, nascimento, tx natalid,óbitos, tx mortalid1_REV_2008.xlsx
  27. 27. … mas a taxas declinantes e caminhando em direção a crescimento zero em 2075 População, crescimento, nascimento, tx natalid,óbitos, tx mortalid1_REV_2008.xlsx
  28. 28. O crescimento demográfico brasileiro se dará num quadro de redução acelerada da taxa de natalidade ODConsulting
  29. 29. POP_IDADES_IMPLES_PROJ.REV. 2008.xlsx Fazendo com que a população brasileira viva mais e envelheça progressivamente
  30. 30. BRA_Country_MetaData_en_EXCEL.xlsx A renda brasileira está em expansão
  31. 31. População, crescimento, nascimento, tx natalid,óbitos, tx mortalid1_REV_2008.xlsx O contingente de idosos passará de 9,98% da população em 2010 para 29,75% em 2050.
  32. 32. A Família Brasileira se torna menor Domicilios Brasil e moradores.xlsx
  33. 33. Vivendo mais, tendo menos filhos, caminharemos para a síndrome do ninho vazio e teremos novos hábitos e prioridades de consumo Domicilios Brasil e moradores.xlsx 34,5% 25,4%
  34. 34. Um exemplo do que se pode concluir de dados macroeconômicos e transformar em boas orientações de mercado A porções tenderão a ser mais reduzidas (400g para desossados e ≈ 600g para produtos com osso) Produtos à prova de idiotas (tirar da embalagem e colocar em forno ou forninho) terão mais demanda Produtos funcionais “reais” (não adianta blá-blá-blá: occidit serpens et ligno ostendit) serão considerados favoravelmente Low carb, low fat, low salt, low calories. Ricos em ... Preço não será irrelevante, mas valor será fundamental Variedade, sem esquecer os aspectos acima de facilidade de preparo, funcionalidade, saudabilidade, será importante – preparos étnicos, receitas de chefs consagrados, curiosidades gastronômicas, etc atrairão esse consumidor. Leve o mundo até ele. Surpreenda o consumidor e supere suas expectativas.
  35. 35. Há centenas de empresas que produzem frango. Se estiveres fazendo o que as outras fazem, meus parabéns pois estás no reino amado das commodities Se ao contrário, buscas conhecer teu cliente e teu consumidor, ouvi-lo sempre que possível, já estás na boa estrada da inovação, que leva à preferência do consumidor, esta ao aumento da produtividade e à sobrevivência Se percorres esta estrada sozinho, o percurso é duro e fica mais leve para aqueles que viajam acompanhados dos outros anéis da cadeia Valorize conhecimento, aprendizado constante e melhorias contínuas Qualidade, no sentido Vicente Falconi do termo, é o caminho. A mortalidade de empresas continuará. Nem todos sobreviverão. Mas a cadeia avícola sobreviverá, mudando o quem é quem
  36. 36. o Há um belo risco que sejamos confrontados com uma nova crise mundial. o Crises afetam a todos e nelas se corta do supérfluo ao essencial e deste ao vital. o Caso ela venha, lembre-se que elas não duram para sempre. Tens só que sobreviver até que ela passe o E há fórmulas para enfrentá-las
  37. 37. 1. Faça negócios 2. Faça negócios se possível sem perder dinheiro 3. Faça negócios se possível ganhando dinheiro 4. Em dúvida, volte ao # 1 acima E despeço-me com a minha fórmula para enfrentá-las:

×