O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Cortejo Afro resgata participação de grupos culturais no carnaval de
Ilhéus

O público, misturado entre nativos e visitant...
apresentação de seus temas, enriquecendo ainda mais o carnaval de nossa
cidade”, declarou.

Secretaria de Comunicação Soci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

04.03.2014 Cortejo afro resgata participação de grupos culturais no carnaval de Ilhéus

1.736 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

04.03.2014 Cortejo afro resgata participação de grupos culturais no carnaval de Ilhéus

  1. 1. Cortejo Afro resgata participação de grupos culturais no carnaval de Ilhéus O público, misturado entre nativos e visitantes de vários municípios da Bahia. se empolgou com a apresentação dos grupos afro na Avenida. Este ano, o carnaval alternativo de Ilhéus, promovido pela Prefeitura Municipal, resgatou a participação dos blocos afro, que desfilaram na Avenida Soares Lopes e empolgaram o público com o desfile de expressões culturais e espontâneas, ritmo percussivo, além de outras características do movimento negro local. O cortejo afro ilustrou a noite de segunda-feira, dia 3, e reuniu 11 entidades culturais da cidade, com o objetivo de fortalecer uma das tradições da folia momesca do município. Mesmo com a forte chuva que caiu sobre a cidade, os grupos afro se concentraram em frente ao Circo do Teatro Popular de Ilhéus, cada um vindo de sua própria comunidade, para formar desfile que foi iniciado por volta das 20 horas. O Cortejo Afro contou com a participação da Levada da Capoeira - que abriu o desfile composta de vários grupos de capoeira locais, e de representações dos blocos Guerreiros de Zulu, Rastafary, Mini Congo, Leões do Reggae, Os Malês, Raízes Negras, Danados do Reggae, Zimbabwe, ZambiAxé e Dilazenze. Cada grupo levou à avenida alas coreografadas, batucadas e destaques do movimento, integrado por crianças acompanhadas pelos pais, jovens e adultos, que impressionaram os foliões com sua alegria. O prefeito Jabes Ribeiro e a primeira dama do Município, Adryana Ribeiro, compareceram ao local de concentração do cortejo e foram saudados como os incentivadores do movimento afro cultural da cidade. Também estavam presentes os secretários municipais de Turismo, Alcides Kruschewsky, de Saúde, José Antônio Ocké, de Fazenda, Raimundo Ferreira, e o chefe de Gabinete, Victor da Veiga. Na oportunidade, o prefeito Jabes Ribeiro declarou que "embora as dificuldades de ordem econômico-financeira do município sejam grandes, sempre há o compromisso de apoiar os movimentos populares e culturais. Acredito que no próximo ano teremos uma festa mais organizada que valorize as iniciativas da própria população, como a que estamos vendo hoje, nesse cortejo, que mostra a unidade de nossos grupos afro.” Para o presidente do Conselho das Entidades Afro Culturais de Ilhéus (Ceaci), Mestre Ney, “a nossa participação na realização do cortejo foi importante para demarcar o nosso território e mostrar que o movimento negro, afro cultural, está vivo. A nossa finalidade é que cada um desenvolva e mostre seu trabalho na Avenida. Não havendo essa possibilidade, este ano, optamos por formar o cortejo, nos unirmos ainda mais, fortalecermos o movimento e esperar que, no próximo ano, possamos participar, cada um, de forma individual, com a
  2. 2. apresentação de seus temas, enriquecendo ainda mais o carnaval de nossa cidade”, declarou. Secretaria de Comunicação Social Ilhéus – 04.03.2014

×