Apresentação slideshare sala de aula interativa

830 visualizações

Publicada em

Trabalho - Sala de Aula Interativa - EDAI

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
830
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação slideshare sala de aula interativa

  1. 1. Danieli Manhães Introdução Um convite à interatividade e à complexidade Marco SilvaEDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  2. 2. Danieli Manhães “Aplicação oportunista do termo “da moda” para significar velhas coisas como diálogo e comunicação.”Interatividade Principais críticas EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  3. 3. Danieli Manhães “Aplicação oportunista do termo “da moda” para significar velhas coisas como diálogo e comunicação.” “Interatividade tem a ver com ideologia, com publicidade, estratégia de marketing, fabricação de adesão, produçãoInteratividade Principais críticas de opinião pública, aquilo que legitima a expansão globalizada do novo poderio tecno-industrial baseado na informática.” EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  4. 4. Danieli Manhães “Aplicação oportunista do termo “da moda” para significar velhas coisas como diálogo e comunicação.” “Interatividade tem a ver com ideologia, com publicidade, estratégia de marketing, fabricação de adesão, produçãoInteratividade Principais críticas de opinião pública, aquilo que legitima a expansão globalizada do novo poderio tecno-industrial baseado na informática.” “Os que dizem jamais se iludir com a interatividade homem-computador, porque, por trás de uma aparente inocência da tecnologia “amigável, “soft”, haveria rivalidade e dominação da técnica promovendo a regressão do homem ä condição da memória.” EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  5. 5. Danieli Manhães O autor convida à todos a conhecer e dialogar com a versão que tomou ainteratividade como nova modalidade comunicacional emergente no último quarto doséculo XX. Nosso tempo na esfera da comunicação Modalidade transição Modalidade comunicacional massiva comunicacional interativa (rádio, cinema, imprensa e televisão) Mensagem aberta uma vez que a mensagem torna-se modificável na Mensagem fechada uma vez que a medida em que responde às solicitações recepção está separada da produção daquele que a consulta, que a explora, que a manipula. A emergência da interatividade é um fenômeno da “sociedade da informação”e manifesta-se nas esferas tecnológica, mercadológica e social. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  6. 6. Danieli Manhães Segundo o autor, a interatividade emerge com a instauração de uma novaconfiguração tecnológica (no sentido das tecnologias informáticas conversacionais), e deuma nova dimensão mercadológica (no sentido da busca de diálogo entre produtor-produtor-cliente). EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  7. 7. Danieli Manhães Segundo o autor, a interatividade emerge com a instauração de uma novaconfiguração tecnológica (no sentido das tecnologias informáticas conversacionais), e deuma nova dimensão mercadológica (no sentido da busca de diálogo entre produtor-produtor-cliente). Isso ocorre imbricado em transformações que se dão na esfera social, onde sepode observar não mais a pregnância da passividade da recepção diante da emissão doproduto acabado, mas uma crescente autonomia de busca onde cada indivíduo faz por simesmo, num ambiente polifônico, polissêmico que vem à tona quando ocorre oenfraquecimento dos grandes referentes que determinavam significações ou verdadespara o consumo passivo das massas (Igreja, política, família, ideologia, educação escolar,mídia de massa, etc.). EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  8. 8. Danieli Manhães Está em evidência uma “recursão organizacional”. Ou seja, “um processo emque os produtos e os efeitos são ao mesmo tempo causas e produtores daquilo que osproduziu”. Pensar assim é pensar complexo, caso contrário, é a simplificação que secontenta com “a ideia linear de causa/efeito, de produto/produtor, com a qual se vêapenas um aspecto da realidade. A interatividade não é apenas fruto de uma tecnicidade informática, mas um processo em curso de reconfiguração das comunicações humanas em toda sua amplitude. As novas tecnologias interativas renovam a relação do usuário com a imagem, com o texto, com o conhecimento. São de fato um novo modo de produção do espaço visual e temporal mediado. Elas permitem o redirecionamento da mensagem, da emissão e da recepção. Está em evidência uma “recursão organizacional”. Ou seja, “um processo emque os produtos e os efeitos são ao mesmo tempo causas e produtores daquilo que os EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  9. 9. Danieli Manhães Receptor mensagem Fechada Aberta Há uma mudança significativa na natureza daAssimilação passiva ou inquieta, mas sempre mensagem, no papel do emissor e no estatutocomo recepção separada da emissão. do receptor. A mensagem torna-se modificável na medidaUma recepção separada da emissão, sem em que responde às solicitações daquele que amudanças e linear. consulta, que a explora, que a manipula.Gerar comunicação aberta significa permitir ao cliente-consumidor-usuário atuar como coautor, comococriador personalizado na relação com o produto. As tecnologias permitem essa comunicação abertae os investidores apostam nela.A mudança estrutural da pragmática comunicacional não ocorre simplesmente porque o computadortornou-se conversacional. Neste caso, o que se pode dizer é que o computador conversacional é omarco definitivo dessa modificação paradigmática da comunicação. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  10. 10. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor.As novas tecnologias interativas... EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  11. 11. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor. tendem a contemplar as disposições da nova recepçãoAs novas tecnologias interativas... EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  12. 12. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor. tendem a contemplar as disposições da nova recepção permitem a participaçãoAs novas tecnologias interativas... EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  13. 13. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor. tendem a contemplar as disposições da nova recepção permitem a participaçãoAs novas tecnologias interativas... permitem a intervenção EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  14. 14. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor. tendem a contemplar as disposições da nova recepção permitem a participaçãoAs novas tecnologias interativas... permitem a intervenção permitem a bidirecionalidade EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  15. 15. Danieli Manhães A interatividade em sua emergência complexa pode permitir que a intenção evolua na direção da conversação, permitindo o “relacionamento” interativo. Ou seja, o adentramento e modificação da informação, permitindo o diálogo entendido como coautoria entre cliente e produtor. tendem a contemplar as disposições da nova recepção permitem a participaçãoAs novas tecnologias interativas... permitem a intervenção permitem a bidirecionalidade permitem a multiplicidade de conexões EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  16. 16. Danieli Manhães O hipertexto e o novo espectador O termo hiperatividade teve origem nos anos 70 e ganhou notoriedade a partirdo início dos anos 80. A mudança dos velhos commputadores movidos por complicadaslinguagens de acesso alfanuméricas para os atuais, onde se “clica” com um mouse eabrem-se “janelas”múltiplas, móveis, “em cascata” na tela do monitor, permitindo aousuário adentramento e manipulação fáceis, foi certamente, determinante para aformulação do termo interatividade. O desenvolvimento técnico que garante esse saltoqualitativo no campo da informática permite o processamento da informação e dacomunicação como hipertexto. Hipertexto = teia de conexões de um texto com inúmeros textos. Uma estrutura múltipla e combinatória que permite processos contínuos de associações não lineares e um elevado número de interferências e de modificações na tela. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  17. 17. Danieli Manhães Epistemologia da complexidade e interatividade “A epistemologia da complexidade é formidável como embasamento da críticaà velha mídia de massa e, ao mesmo tempo, oportuna ao tratamento teórico da mídiahipertextual.” Morin sustenta que “o conhecimento de toda organização física exige oconhecimento de suas interações com o seu ambiente. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  18. 18. Danieli Manhães Epistemologia da complexidade e interatividade “A epistemologia da complexidade é formidável como embasamento da críticaà velha mídia de massa e, ao mesmo tempo, oportuna ao tratamento teórico da mídiahipertextual.” Morin sustenta que “o conhecimento de toda organização física exige oconhecimento de suas interações com o seu ambiente. A epistemologia da complexidade tem a perspectiva de tudo religar, mas não pode ser tomada como aquele tipo de orientação que só sabe prescrever a interação de tudo com tudo, como se tal bastasse para evitar a simplificação. Desafio à busca da possibilidade de pensar através das incertezas e das contradições. Desafio à busca da liberdade de pensar na multiplicidade. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  19. 19. Danieli Manhães Perspectivas para a educação O autor apresenta a articulação entre a comunicação interativa e educação,enfocando a sala de aula e a revitalização da prática pedagógica e da autoria doprofessor, a partir do redirecionamento da pragmática comunicacional queclassicamente vem separando a emissão e a recepção. “A educação autêntica não se faz de ‘A’ para ‘B’, ou de “A’ sobre ‘B’, mas de ‘A’ com ‘B’, mediatizados pelo mundo.” Paulo Freire É preciso evidenciar que a participação e a coautoria, na perspectiva damultiplicidade, estão diretamente vinculadas a uma concepção de formação para acidadania extremamente urgente em nosso tempo. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa
  20. 20. Danieli Manhães O autor termina ao seu diálogo afirmando que é preciso inventar um modelode educação, já que estamos numa época que favorece a oportunidade de disseminarum outro modo de pensamento. Um outro modo de pensamento, com uma novamodalidade comunicacional.E sugere o adentramento dialógico pela floresta intrincada de ideias sobre o que sejacomunicação interativa em suas múltiplas repercussões na teoria da comunicação, nasnovas tecnologias informáticas, na mídia, no social, na arte e no mercado. A interatividade é o pão cada vez mais cotidiano de uma sociedade inteira. EDAI 2012 Módulo 1: Sala de aula interativa

×