O slideshow foi denunciado.

Jornal recanto maestro 5a edicao ontopsicologia

1.581 visualizações

Publicada em

Noticias do Recanto Maestro, Antonio Meneghetti, Faculdade Antonio Meneghetti e eventos.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal recanto maestro 5a edicao ontopsicologia

  1. 1. RecantoMaestro Número 5 | 3º trimestre de 2010 em dia‘ Líderes se reúnem no Recanto Maestro ‘ Empresários e lideranças políticas saudaram a governadora do estado, Sra. Yeda Crusius, em visita ao Recanto Maestro. Da esq. para dir.: Sr. Roberto Argenta, Sr. Jorge Pozzobom, Sr. Ari Foletto, Sra. Any Rothmann, Sra. Yeda Crusius, Sr. Angelo Accorsi, Sra. Denise Milanesi e Sr. Hermes Gazzola.RMaestroe Universitas 8ObjetivosdoSociedade News MilênioONUpág. 20 pág. 12 pág. 24
  2. 2. Editorial 5ºedição Recanto Maestro: um projeto do Milênio Empresários participam de evento promovido pela AMF e FOIL em prol dos 8 Objetivos do Milênio da ONU. Entre os dias 6 e 8 de setembro de 2000, em selecionadas para participar, apresentando Uma seção especial do jornal foi dedicada às Nova Iorque, a Cúpula do Milênio realizada o projeto Recanto Maestro. Por sua atuação ações relacionadas diretamente aos Objetivos pela ONU reuniu 100 Chefes de Estado, 47 junto à comunidade da região em que está da ONU. Chefes de Governos, 3 Príncipes, 5 Vice-presi- localizado, parcerias desenvolvidas com o po- dentes, 3 Primeiros Ministros, 8 mil Delegados der público e o terceiro setor, desenvolvimen- Nas demais seções do jornal, também é pos- e 5,5 mil jornalistas. Ao final do encontro, 189 to de atividades empresariais e de hotelaria, sível notar a relação com os ODM: seja ao países assinaram a Declaração do Milênio, um turismo e incorporação civil que colaboram oferecer empregos para a comunidade, pre- documento em que se comprometem a lutar para a autossustentabilidade econômica do servar o meio ambiente ou melhorar a qua- para que, até 2015, sejam atingidos 8 Objeti- projeto, preocupação com o meio ambiente lidade de vida oferecendo saúde e respeito vos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). e desenvolvimento de ações educacionais, o às diferenças entre a população. A coerência Hoje, 198 nações estão trabalhando para che- Recanto Maestro foi considerado pelo ECO- com os ODM se dá porque o Centro Interna- gar a: Erradicar a extrema pobreza e a fome SOC como um modelo de projeto que contri- cional de Arte e Cultura Humanista Recanto (ODM 1); Atingir o ensino básico universal bui com os ODM. Maestro foi pensado - como o próprio nome (ODM 2); Promover a igualdade entre os se- diz - para ser um espaço de “humanismo”, ou xos e a autonomia das mulheres (3); Reduzir O alinhamento entre os ODM e as ações em- seja, construir uma cultura capaz de desenvol- a mortalidade na infância (ODM 4); Melhorar preendidas no Recanto Maestro evoluiu ao ver as potencialidades de cada indivíduo. Um a saúde materna (ODM 5); Combater o HIV/ longo dos anos. Em 2008, nasceu a Antonio projeto criado para a formação de pessoas AIDS, a malária e outras doenças (ODM 6); Meneghetti Faculdade (AMF) trazendo a pro- cônscias do que querem para si e para o país Garantir a sustentabilidade ambiental (ODM posta de uma instituição de ensino superior em que vivem, capazes de interagir com o 7); Estabelecer uma parceria mundial para o que pauta suas ações de responsabilidade meio social de forma responsável e contribuir desenvolvimento (ODM 8). social de acordo com os objetivos da ONU. para o crescimento sustentável da região em São os pontos de encontro entre a ação local que estão inseridas. Uma ação social na qual Mas o que o Centro Internacional de Arte e do Recanto Maestro e o movimento mundial jovens de diferentes regiões encontram local Cultura Humanista Recanto Maestro tem ha- em prol do ODM que estão noticiados nes- para desenvolverem seus projetos de vida ver com tudo isso? Para entender melhor essa ta nova edição do jornal Recanto Maestro em como parte de um projeto que traga resulta- relação é preciso voltar a 2007, ano em que o Dia. Fatos que comprovam essa colaboração do social. Uma iniciativa aberta a horizontes Conselho Econômico e Social da ONU (ECO- são, por exemplo, o curso promovido pela internacionais e, paralelamente, com vistas a SOC) organizou mais uma edição da Annual AMF, em São Paulo, com professores de re- desenvolver a alta estima do povo brasileiro, Ministerial Review, encontro em que ministros nomadas carreiras nas Nações Unidas e que promovendo crescimento para as pessoas e outros chefes de estado discutem sobre ma- hoje se dedicam a iniciativas relacionadas aos que ali vivem e, dessa forma, também para a neiras de atingir os ODM. Em paralelo à reu- Objetivos, ou a participação da administra- sociedade. Uma ideia que talvez não seja tão nião, ocorre uma feira, chamada Innovation dora do Recanto Maestro, Soraia Schutel, em fácil de se visualizar na teoria, mas que se tra- Fair, em que podem ser apresentados proje- reunião de ONGs realizada na ONU, em junho duz em prática cotidiana, conforme demons- tos de todo o mundo que contribuam com os deste ano, ou ainda a iniciativa da AMF de le- tram as próximas páginas. Boa leitura! Objetivos do Milênio. A Associação Interna- var o ensino sobre os ODM para as escolas de cional de Ontopsicologia foi uma das ONGs ensino fundamental de São João do Polêsine.02
  3. 3. Empresas&Negócios Arte e alta moda na nova coleção da AM Stile da RedaçãoCamisas de seda personalizadas AM Stile: uma experiência de prazer ao vestir obras de arte.Roupas, sapatos e acessórios pro- que durou cerca de oito meses passandopõem-se como uma experiência por etapas como desenvolvimento e cria-de prazer, a oportunidade de vestir ção das peças, formação dos fornecedoresverdadeiras obras de arte: essa é a e revisão do produto final. Partindo da cria-essência da nova coleção AM Sti- ção e concepção de cada peça, foram es-le 2010. Todos os artigos primam colhidas as matérias-primas e formado umpela qualidade da matéria-prima e seleto time de profissionais de estamparia,priorizam a qualificação do corte corte, costura e sapataria. Venha conhecere da alta costura, com detalhes e a nova coleção AM Stile: www.amstile.com.acabamentos feitos à mão. Entre os br.materiais escolhidos estão algunsdos mais sofisticados do mundo,tais como cashmere italiano, velu-do inglês, lã fria com seda, lãs es-peciais para a produção de malhase couro de alta qualidade. Além do que os olhos veem. O nome pode ser italiano, mas a qualidade foi garantida por mãos brasileiras. O scarpin Donnina Fiesta valoriza aO ponto forte da coleção está nas beleza e a graça feminina buscandoestampas personalizadas, que dão também conforto para os pés. Comum aspecto de verdadeiras obras o trabalho minucioso de arte-de arte aos vestidos costurados sãos do Vale do Sinos (RS), aà mão, às camisas, aos ternos de concepção do calçado res-seda e aos sapatos com couro pin- gatou refinadas técnicastado artesanalmente. Todo esse manuais de fabrica- ção.elenco de qualidades só é possívelgraças ao trabalho dedicado da jo-vem equipe da marca, que procu-ra contribuir na afirmação da altacostura de moda no Brasil, além dacoordenação e minuciosa supervi-são do estilista Antonio Mene-ghetti.É um trabalho cons-tante pela buscada perfeição, 03
  4. 4. Empresas&Negócios Cuidado e carinho com suas roupas da Redação Fachada da nova Lavanderia Acquachiara: uma empresa amiga do meio ambiente, que utiliza processos de lavagem ecologicamente corretos. Com uma fachada azul e design arquite- solventes, geralmente nocivos ao meio am- tratamento de água, escolhida por permitir tônico moderno, uma nova empresa abre biente. o reaproveitamento de 100% da água utili- suas portas ao público na entrada do Re- zada na lavagem de roupas. A empreende- canto Maestro: a lavanderia Acquachiara. As instalações contam com uma estação de dora e aluna do curso de Administração e formada no MBA Business Intuition da AMF, Entre as características que tornam este Lilian Werner Philippi, dedicou mais de 10 empreendimento do Centro Empresarial do meses em planejamento, treinamento com Recanto Maestro especial, está a preocu- profissionais especializados, visitas técnicas pação em adotar todos os procedimentos e estágios em cinco lavanderias das cidades possíveis para que a linha de produção não de Florianópolis e São Paulo. agrida o meio ambiente. Os produtos quí- micos utilizados, ao mesmo tempo em que A implantação do negócio contou com a atendem aos requisitos do moderno ma- organização da rede de fornecedores, o quinário, são biodegradáveis. Isto significa acompanhamento da construção da sede que após seu uso estes materiais podem ser e a seleção da equipe de trabalho. A la- decompostos por microorganismos, per- vanderia Acquachiara oferece tecnologia e dendo as propriedades químicas nocivas ao profissionalismo em serviços de lavagem meio ambiente. básica (camisetas, calças), master (ternos, camisas), VIP (camisas de seda, vestidos O tipo de maquinário escolhido conta com de festa), casa limpa (lençóis, edredons) e um sistema denominado WetCleaning (“la- vagem a úmido”), que lava todos os tipos “100% da água usada lavagem empresarial (empresas, hotéis e restaurantes). Tenha mais cuidado e carinho de roupas em um processo parecido ao da lavagem a seco, sem necessitar do uso de é reaproveitada” com suas roupas, venha fazer uma visita!04
  5. 5. AcontecenoRecantoMaestro Parceria estabelece o plantio de 60 mil árvores na Quarta Colônia da Redação No evento “Árvore é Vida”, parceria da AMF e Secretaria do Meio Ambiente estabelece o plantio de 60 mil mudas de árvores no Recanto Maestro e nos 9 municípios da Quarta Colônia. Abaixo, o Secretário do Meio Ambiente, Sr. Giancarlo Tusi Pinto, planta uma muda de árvore.No dia 28 de maio, o secretário do Meio Am-biente do Rio Grande do Sul, Sr. GiancarloTusi Pinto, autoridades políticas e os Prefeitosde Pinhal Grande, Nova Palma, Agudo, Ivorá,Faxinal do Soturno, Restinga Seca e São Joãodo Polêsine plantaram mudas de árvore noRecanto Maestro. Em conjunto com a comu-nidade e estudantes da região, eles partici-param do evento “Árvore é Vida – Desenvol-vimento e Sustentabilidade Ambiental”. Naocasião, a AMF e a Secretaria do Meio Am-biente do Estado (SEMA) assinaram um pro-tocolo de intenções que estabelece a entregade 60 mil mudas de árvores nativas à Faculda-de. Elas serão plantadas no Recanto Maestroe nos 9 municípios da Quarta Colônia. O ob-jetivo é a preservação ambiental, prevenindoa erosão e o assoreamento dos riachos. Du-rante o evento, Giancarlo Tusi Pinto afirmou:“a questão ambiental é uma questão culturale é preciso se aculturar”. Ele comentou tam-bém sobre o Projeto Oikos, coordenado peloRecanto Maestro: “este é um projeto quereflete justamente a ideia que nos direcionana Secretaria: trabalhar a questão ambientalcom foco no social”. O evento contou comapresentações de danças folclóricas, músicae uma peça teatral encenada pelos alunosda Escola Estadual João XXIII, de São João doPolêsine. O evento foi promovido pela AMF,Recanto Maestro, Projeto Oikos e FundaçãoAntonio Meneghetti, além do apoio da Se-cretaria do Meio Ambiente do Governo doEstado do Rio Grande do Sul. 05
  6. 6. AcontecenoRecantoMaestro Governadora do Rio Grande do Sul visita o Recanto Maestro da Redação A governadora do Rio Grande do Sul, Sra. Yeda Crusius, em visita ao Recanto Maestro, acompanhada por sua equipe, empresários da região e autorida- des políticas. Abaixo, ela assiste à apresentação dos alunos do Projeto Flauta e conversa com empresários. Em 14 de maio, um belo dia de sol recebeu a governadora do estado do Rio Grande do Sul, Sra. Yeda Crusius, em visita ao Recanto Maestro. Chegando de helicóptero no heli- ponto do Hotel Capo Zorial, a governadora foi recepcionada pela equipe de adminis- tração do Recanto Maestro, por empresá- rios, autoridades políticas da região e alu- nos do Projeto Flauta, que realizaram uma apresentação especialmente para a oca- sião. Na visita, ela também pôde conhecer um pouco da estrutura local. Yeda Crusius veio acompanhada do Dire- tor Geral do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem do RS, Sr. Vicente Pau- lo Mattos de Britto Pereira, e do Secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Sr. Daniel Andrade Ciente. Ela recomendou a esses a análise atenta do pleito do distrito Recanto Maestro pelas obras de asfalta- Sra. Governadora Yeda Crusius recebe das mãos da Sra. Any Rothmann o projeto do asfalto. mento no trecho que liga a rodovia RS-49 à Antonio Meneghetti Faculdade, e também visitou a região de Vale Vêneto. Com a liberação das obras por parte do Governo do Estado, semanas depois, os trabalhos tiveram início no trecho que leva à AMF. As obras iniciaram no dia 2 de ju- lho e a conclusão está prevista ainda para este ano. Esta é uma obra que contribui para o desenvolvimento do distrito Re- canto Maestro e para a segurança de seus moradores, e teve como um dos principais apoiadores o Prefeito de Restinga Seca, Sr. Tarcizo Bolzan, município que está contri- buindo com 20% do orçamento para reali- zação do trecho.06
  7. 7. 5º edição da Revista Performance Líder apresenta o Brasil em alta performance da RedaçãoUm novo olhar sobre a grandeza do Brasil. Reportagem fotográfica traz alguns monumentosà elegância, tais como o Museu do Ipiranga (São Paulo) e sua arquitetura neoclássica.Uma edição especial da revista Performance de fortalecimento, desenvolvimento eLíder chega aos leitores, tendo como matéria comunicação dessa cultura”, explica ode capa entrevistas exclusivas com três can- executivo da revista, Ângelo Accorsi.didatos à Presidência da República. A jovem “Além do público em geral, nossosrevista, que tem a sede de sua redação no leitores exercem a liderança de dife-Recanto Maestro, se afirma como um veícu- rentes setores socioeconômicos nolo diferenciado no mercado editorial. Propõe país e no mundo. São pessoas que semostrar uma nova perspectiva sobre a lide- identificam com nosso conteúdo e desejam Além das reportagens, entrevistas e artigosrança, principalmente o perfil do líder brasi- conhecer também o trabalho daqueles que de todas as edições já publicadas da revista,leiro. É também um espaço para multiplicar realizam em alta performance econômica e esse espaço virtual traz matérias exclusivaspara todo o Brasil a proposta do Recanto social”, conta. O conteúdo da revista pode ser para quem procura manter-se atualizado comMaestro de valorização da cultura humanis- conhecido também pelo portal on-line Perfor- as questões econômicas e políticas globais data. “A Performance Líder é um instrumento mance Líder (www.performancelider.com.br). atualidade.Recanto Maestro RM em Dia: Vocês têm al-em família gum lugar no Recanto que seja o preferido da família?da Redação Malu Carrara: Vários locaisNo condomínio de casas do Recanto Ma- são especiais e o curioso éestro, os moradores encontram um espaço que cada dia se descobreadequado para desfrutar da interação com um novo. O mais especiala natureza, estudos e lazer. Este é o caso da é sempre a nossa casa.família do Sr. Claudio Carrara, vice-presidentedo Grupo Meta, da Sra. Malu Carrara, farma- RM em Dia: Como é a in-cêutica e empresária, e dos filhos Gabriel e teração com outras pessoasManuela. Nesta entrevista, a Sra. Malu e o que vivem no Recanto?filho Gabriel contam um pouco mais sobreesses momentos no RM. Malu Carrara: As pessoas que moram ou frequen-RM em Dia: Por que trocar Porto Alegre pelo tam o Recanto têm umaRecanto Maestro nos finais de semana? característica em comum: tar, participar de cursos. Enfim, são muitos os elas estão ali porque escolheram e por gos- programas.Malu Carrara: É uma maneira de recarregar as tarem de estar ali. Isso torna a convivênciaenergias para começar a semana e o trabalho leve e prazerosa. É sempre um momento de RM em Dia: Gabriel, o que você acha de passara todo vapor. Os finais de semana aqui são comemoração. alguns finais de semana no Recanto, você gos-plenos de atividades, surpresas, projetos rela- ta? O que você costuma fazer aqui?cionados a um universo de prazeres (família, RM em Dia: Quais atividades vocês gostam demúsica, estudos, cultura, esportes, amizades fazer no Recanto, em família? Gabriel Carrara: Sim, eu gosto muito. No Re-etc ). Cada dia no Recanto termina com a ima- canto, pratico esportes, tiro fotografias dagem de que nós construímos um pouco mais, Malu Carrara: Gostamos de caminhar, fazer natureza, exploro lugares que não conheço,como se o contato com a natureza proporcio- trilhas, almoços ou jantares também com os assisto palestras, estudo, tomo banho denasse reencontrar o nosso ritmo. amigos. Participar de projetos culturais, plan- lago, entre outras atividades. 07
  8. 8. UniversitasNews FOIL São Paulo sedia evento sobre a história da humanidade da Redação Cerca de 150 participantes no evento FOIL SP, com aulas ministradas pelo Acad. Prof. Meneghetti, Prof. Eduardo Afonso e Prof. Gildo M. dos Santos Filho. No maior centro econômico do país, São o módulo especial e aberto ao público do dulo especial. “No Brasil, a cultura clássica Paulo, nos dias 9 e 10 de janeiro, cerca de MBA Business Intuition “O Empreendedor e deixou de ser estudada nas escolas públicas 150 empresários e profissionais de diversas Cultura Humanista” promovido pela AMF. na época da ditadura. No entanto, o empre- áreas se reuniram para estudar um tema endedor que conhece um pouco dos bas- pouco abordado em eventos voltados para E por que a Faculdade se dedicou a oferecer tidores da história de seu país e do mundo este público. Ao invés de falar somente so- a profissionais de negócios, conhecimentos consegue enxergar mais possibilidades de bre o mundo dos negócios, o evento tra- atuação para os negócios, aprimora sua in- tou sobre a cultura tuição empresarial. clássica, a história A cultura é também da humanidade, uma capacidade de do Brasil e a im- saber responder às portância deste exigências do mer- conhecimento para cado e sociais”, diz. operadores em- presariais e sociais. Por exemplo, o executivo ou em- As aulas acontece- presário que co- ram na sala de con- nhece a história ferências da sede e tradições de di- da FOIL. O Prof. ferentes países e Gildo Magalhães povos pode iden- dos Santos Filho, tificar mercados da Universidade de potenciais, saber São Paulo (USP), como se compor- abordou clássicos tar em uma rodada da literatura da an- de negócios inter- tiga Grécia, como a nacionais ou, sim- Ilíada, de Homero. plesmente, tomar Prof. Eduardo Afonso e Acadêmico Prof. Antonio decisões que auxi- Meneghetti durante o evento realizado na FOIL SP. Um relato sobre características da cultura liem a formação de uma economia brasileira greco-romana, Idade Média, Renascimento, mais forte. Iluminismo, as grandes guerras e a cultura sobre momentos que marcaram a história brasileira foram temas abordados pelo Prof. da humanidade? O módulo especial realizado em janeiro Eduardo Afonso, historiador e doutorando de 2010 deu origem ao curso de extensão da USP. O motivo foi apresentado na conferência “Síntese Panorâmica da Cultura Humanista”, que o próprio presidente do Conselho Cien- promovido pela AMF no Recanto Maestro e O motivo de tais assuntos terem figurado tífico da AMF, o Acadêmico Professor An- pela FOIL em São Paulo, desde março. entre estes empresários participantes foi tonio Meneghetti, ministrou durante o mó-08
  9. 9. Uma viagem pela história clássica humana da Redação Participantes do curso de extensão “Síntese Panorâmica da Cultura Humanista”: conhecer a história da cultura clássica humana.Durante o ano de 2010, estudantes e profissionais de todo Bra-sil podem usufruir do curso de extensão “Síntese Panorâmicada Cultura Humanista”. Promovido pela AMF e FOIL, o curso érealizado desde março, em módulos mensais, tanto no RecantoMaestro quanto na FOIL São Paulo. Entre o público já cativode cada módulo do evento, estão jovens estudantes, empre-sários e profissionais liberais interessados em entender melhoros trajetos que a civilização ocidental adotou até chegarmos aomundo globalizado de hoje.Segundo o professor do curso, doutorando em História Socialpela Universidade de São Paulo (USP), Eduardo Afonso, o co-nhecimento da história e cultura da humanidade ajuda a en- tender o que se passa na realidade hoje, auxiliando,“Se você não tem inclusive, nos processosesse embasamento de tomada de decisões da vida profissional. “Se vocêhistórico e cultural, não tem esse embasa- mento histórico e cultural,pode cair na alienação pode cair na alienação ee se tornar apenas se tornar apenas um ins- trumento de consumo.um instrumento de Quando se conhece a his- tória, se tem muito maisconsumo” subsídios para interpretar as coisas. Nós não nos co- nhecemos por completoaté entender a história da qual viemos”, diz.O curso tem como objetivo também resgatar os valores huma-nistas dos quais se ouve falar desde a Grécia antiga, que bus-cam maior conhecimento do homem para reforçar sua capaci-dade de criação e transformação da realidade natural e social.Os módulos individuais são independentes e podem ser cur-sados mesmo por quem não tenha participado dos encontrosanteriores. Mais informações: www.faculdadeam.edu.br. 09
  10. 10. UniversitasNews Nova sede da AMF é inaugurada em edifício que traz uma proposta de elegância e funcionalidade da Redação O Presidente do Conselho Científico da Instituição, Acadêmico Prof. Antonio Meneghetti, ministra conferência durante inauguração da nova sede da AMF. O novo prédio da AMF, inaugurado em 7 de de música clássica, pronunciamento de au- República, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, a che- março, contou com a presença de convi- toridades e apresentação de um vídeo nar- fe da Casa Civil, Sra. Dilma Roussef, o Presi- dados de peso: representantes do Governo rando uma síntese dos principais eventos dente da Pontíficia Academia de São Tomás Federal, secretários de Estado, deputados realizados pela ciência ontopsicológica no de Aquino e da Sociedade Internacional To- federais e estaduais, prefeitos de cidades da Brasil. Durante a cerimônia, foi anunciado o más de Aquino, Padre Abelardo Lobato, e a região central do Rio Grande do Sul, empre- recebimento do título de Cidadão Honorá- professora da instituição francesa Sciences sários, representações Po, ex-chefe do setor das Forças Armadas e de ONGs do Conse- Brigada Militar, alunos lho Econômico e Social e professores da Fa- da Organização das culdade, autoridades Nações Unidas (onde internacionais e uma atuou de 1999 a 2009), expressiva participação Dra. Hanifa Mezoui, re- da comunidade. Além centemente nomeada da celebração da es- docente do MBA Bu- trutura física, com dife- siness Intuition “O Em- renciada arquitetura e preendedor e a Cultura infraestrutura de ponta, Humanista”, da AMF. a inauguração foi mo- Cartas e mensagens de mento para reafirmar o congratulações foram projeto educacional da enviadas também por instituição, enfatizado ministros, deputados pela conferência com o federais e estaduais fundador da AMF e pre- além de outras autori- sidente do Conselho dades que não pude- Científico da Instituição, ram comparecer. Em Acadêmico Prof. Anto- A aluna Fabiana Dotto entrega buquê de flores meio a todos esses mo- nio Meneghetti. O conferencista abordou ao Prof. Meneghetti durante o evento. mentos, os acadêmicos da AMF circulavam, a proposta de ensino da instituição, volta- trabalhando para também ajudar na realiza- da para a formação de lideranças que au- rio Brasileiro, outorgado pelo Ministério do ção desse momento histórico. Vestindo ca- xiliem a construção do empreendedorismo Trabalho, ao Professor Antonio Meneghetti, misetas com os dizeres “Sou aluno da AMF”, no Brasil e explicou aos presentes as bases além da oficialização da Fundação Antonio eles reafirmavam assim a proposta de ensi- de toda a metodologia em que estão em- Meneghetti no Brasil. Convidados ilustres no de estimular os alunos a desenvolverem basadas estas diretrizes educacionais. O que não puderam estar presentes à cerimô- o empreendedorismo e colocarem a teoria evento contou ainda com apresentações nia enviaram mensagens evidenciando a na prática. importância deste evento: o Presidente da10
  11. 11. Ao lado, convidados começam a chegar para o evento. Abaixo, autori- dades políticas, pesquisadores e empresários de todo o país assistem, da primeira fila da platéia, ao transcorrer da cerimônia. Em detalhe, logo no início da cerimônia, o bate papo entre os convidados. Alunos e colaboradores da AMF fizeram parte da equipe de organização do evento.Na foto, tirada ao final do evento, o registro do sorriso de todos pela conquista de uma comemoração que ficou na história da Instituição. 11
  12. 12. UniversitasNews Encontro propõe soluções para os 8 Objetivos do Milênio da ONU da Redação Alunos do MBA Business Intuition O Empreendedor e a Cultura Humanista assistem a aula durante o módulo especial “Crises Planetárias: Soluções para os Objetivos do Milênio propostos pela ONU e pela Escola Ontopsicológica”. Os 8 Objetivos de Desenvolvimento do ODM. “Na Declaração do Milênio da ONU, tendência que traz benefícios para a socie- Milênio (8ODM) da Organização das Na- lançada em 2000, chefes de Estado de todo dade civil e para empresas. “Hoje, se uma ções Unidas (ONU) estiveram no centro o mundo se reuniram em torno do estabe- empresa quiser competir no mundo dos ne- dos debates do encontro “Crises Planetá- lecimento destes 8 objetivos para serem gócios, não conseguirá evitar os 8 ODM, a rias: Soluções para os Objetivos do Milênio cumpridos até 2015”. Os 150 participantes, Carta dos Direitos Humanos e todas estas propostos pela ONU e pela Escola de For- na maioria gestores e executivos de empre- questões humanitárias que se tornaram a mação Ontopsicológica”, consciência internacio- promovido pela AMF nal. É preciso escolher o na sede da FOIL em São que fazer para contribuir Paulo, entre os dias 2 e 4 e levar adiante”, afirmou. de abril. Dra. Pamela Bernabei O evento, aberto à comu- destacou a conferência nidade, foi organizado realizada pelo Acadêmi- como um módulo espe- co Prof. Meneghetti em cial do MBA Business In- 2001, na sede das Nações tuition “O Empreendedor Unidas, em Nova York. e Cultura Humanista”. Os Neste evento, Mene- alunos tiveram aulas com ghetti falou sobre como a ex-chefe do Setor de os líderes internacionais ONGs do Conselho Eco- devem se empenhar para nômico e Social da ONU o desenvolvimento es- e hoje presidente da As- tável da humanidade e sociação UN-ONG-IRENE, Dra. Hanifa Me- Dr. François Louriot e Dra. Hanifa Mezoui expuse- ressaltou o papel das ONGs, conduzidas so- zoui, e o ex-chefe da Divisão de Assessoria ram seu vasto conhecimento sobre os ODM e o bretudo por jovens, para que a ONU possa Pacto Global, ministrando a maior parte das aulas Legal da ONU e atualmente vice-presidente atingir suas metas com mais facilidade. realizadas em São Paulo. da Associação Internacional de Formado- res sobre os Objetivos de Desenvolvimento Tal proposta coincide com os esforços atu- do Milênio, Dr. François Louriot. O encontro sas de todas as regiões do país, puderam ais da ONU e da Associação Internacional contou também com uma aula ministrada debater ainda a questão da responsabilida- de Ontopsicologia - AIO (ONG com status pela Consultora FOIL Internacional, Dra. Pa- de social corporativa, hoje tão presente no especial consultivo junto ao Conselho Eco- mela Bernabei. meio empresarial. nômico e Social da ONU - ECOSOC) para al- cance dos 8 ODM. A AIO, por exemplo, de- Para a Dra. Hanifa Mezoui, que teve 28 anos Segundo o Dr. François Louriot, consultor senvolve projetos ecobiológicos visando a de experiência como executiva da ONU, de empresas multinacionais para projetos evolução integral do ser humano, tais como hoje pode-se observar pressões de toda so- de responsabilidade social, a busca pela o Recanto Maestro. ciedade civil organizada pela realização dos sustentabilidade social e ambiental é uma12
  13. 13. Sede da FOIL – SP compõe o fundo da foto que retrata os participantes do encontro sobre os ODM.Entre eles, alunos do MBA Business Intuition e demais profissionais que decidiram cursar o módulo isoladamente. A consultora FOIL Internacional, Dra. Pamela Bernabei (a esq.), conduziu a aula de encerramento do módulo. Nas fotos acima, grupos de alunos e participantes do evento desenvolvem atividades práticas durante aulas. 13
  14. 14. UniversitasNews Novo Curso de Graduação em Sistemas de Informação da Redação A AMF recebeu, em julho, a aprovação do Ministério da Edu- cação para lançar o curso de graduação em Sistemas da In- formação. O primeiro vestibular, no dia 8 de agosto, selecio- nou os alunos que formam a primeira turma a freqüentar as aulas noturnas e presenciais do curso que tem duração de oito semestres. Entre os destaques do projeto pedagógico está a ampla formação teórica e de pesquisa científica, além de observar as demandas profissionais do mercado de Tec- nologia da Informação. A matriz curricular é moderna, com disciplinas orientadas à formação específica, que facilitam a especialização dos alunos em diferentes setores do mercado de trabalho. O curso oferece ainda uma formação humanista baseada no método FOIL. Segundo o Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul, Julio Cesar Ferst, “este novo curso é uma grande oportunidade de qualificação atendendo à perspecti- va de crescimento do setor de TI e consequente desenvolvi- mento do estado do Rio Grande do Sul”. A AMF disponibiliza laboratório de informática de ponta, vasto acervo bibliográ- fico e um quadro docente composto por professores mestres e doutores com ampla experiência profissional no setor sobre o qual lecionam. Aprendendo informática no curso de extensão da AMF Comunidade participa de curso de extensão em informática promovido pela AMF no primeiro semestre deste ano. Em 17 de abril, teve início o Curso de Extensão foram formadas com 80 alunos matriculados. sites. Até então, não havia oferta de aulas com em Informática oferecido pela AMF em parce- O curso oferece conteúdo básico da área de in- essa abordagem na região da Quarta Colônia ria com o Grupo Meta, um dos principais gru- formática: Word, Excel, Power Point e Windows. de Imigração Italiana do RS onde está localiza- pos de tecnologia da informação (TI) do país. Ao final, os alunos evoluem para o aprendiza- da a AMF. Os professores são profissionais da O interesse da comunidade em frequentar o do intermediário sobre programação em lin- unidade do Grupo Meta no Recanto Maestro. curso superou as expectativas e as duas turmas guagem HTML para desenvolvimento de web-14
  15. 15. Alunos AMF no XXIII Fórum da Liberdade: um dos principais eventos sobre empreendedorismo do Brasil Alunos AMF participam do evento realizado em Porto Alegre, em abril de 2010, e que contou com a participação de grandes nomes como o ex-Presidente FHC e o diretor executivo da Renault e Nissan, Carlos Ghosn.Centenas de empresários, estudantes, pales- tudos para participar do evento e puderam les. A revista Performance Líder esteve pre-trantes e público em geral participaram do conferir os depoimentos de nomes de peso, sente com um estande montado no hall de23º Fórum da Liberdade, que ocorreu nos como o presidente do conselho de adminis- empresas parceiras do evento, além de cobrirdias 12 e 13 de abril, no Centro de Eventos tração e diretor executivo da Renault e Nis- os principais acontecimentos do maior fórumda PUCRS, em Porto Alegre (RS). san, Sr. Carlos Ghosn, o presidente do conse- de debates sobre liberdade e seus diferentes lho de administração do Grupo Gerdau, Sr. aspectos na América Latina, que farão parteOs estudantes do curso de Administração da Jorge Gerdau Johannpeter, e o presidente do de uma reportagem em sua próxima edição.AMF se organizaram em uma viagem de es- Banco Central brasileiro, Sr. Henrique Meirel-Próximos cursos de extensão AMFda RedaçãoQuem circula pelos corredores da AMF na determina agilidade no traçar umquinta-feira à noite pode se perguntar por planejamento de negócios comque está ouvindo música ali. A resposta é certeza de cumprir as condiçõessimples: o curso de Formação Continuada necessárias. O curso de Artes visaem Música, mais uma das opções de cursos conceder aos alunos a oportuni-de extensão da AMF. Para quem se interes- dade de descobrir sua habilidadesou pelo assunto e quer participar, novas artística por meio de aulas práti-vagas serão abertas no segundo semestre. cas de desenho ou pintura (a es-Para os que preferem aprender um novo colha do aluno). Serão abordadosidioma, a AMF oferece o curso de Italiano conteúdos como proporção, pers-em parceria com a Associação Beneficente pectivas, luz, sombra, tons, textu-e de Assistência Educacional do Rio Grande ras e uso de materiais como grafi-do Sul (ACIRS). te, carvão, nanquim, sépia e tinta óleo. As aulas serão ministradasOutras opções estão previstas para setem- pelo professor e artista plástico Curso de formação continuada em música:bro. O curso de Direito tem como objetivo Claudio Toscan, que possui mais de dez vagas abertas para o 2º semestre de 2010.oferecer subsídios legais ao profissional anos de experiência no ensino dessa dis-que deseja se tornar empreendedor ou ciplina. (55) 3289-1139. Para saber sobre os cursosatuar como colaborador em uma empre- As inscrições para os cursos que já estão com que ainda não abriram inscrições, acompa-sa. A consciência do que a lei impõe faci- matrículas abertas podem ser feita na Secre- nhe pelo site www.faculdadeam.edu.br.lita um crescimento profissional seguro e taria da AMF. Mais informações pelo fone 15
  16. 16. UniversitasNews Jovens desenvolvem o gosto pela música com o Projeto Flauta por Viviane Portela Resultado de uma parceria firmada, em mar- ço de 2009, entre a Associação OntoArte, a AMF e a Prefeitura de São João do Polêsine para o ensino da flauta doce para os alunos das escolas da rede pública municipal de ensino, o Projeto Flauta tem como objetivo viabilizar o desenvolvimento da musicali- Alunos do Projeto Flauta durante apresentação na Festa do Arroz. Este ano eles também dade das crianças. A premissa que orienta se apresentaram para a Governadora Yeda Crusius, em visita ao Recanto Maestro. esse trabalho é a de que todas as pessoas possuem uma musicalidade e esta, ao ser assistir aulas de violão e canto coral. de aula ficam envidentes para toda a comu- acessada, trabalhada e posta em prática, por Uma outra novidade é a realização de uma nidade da região em apresentações como as meio do conhecimento e do fazer musical, pesquisa de avaliação do Projeto, entrevis- realizadas na 55ª Festa Regional do Arroz de torna os sujeitos mais criativos e realizados. tando os pais de alunos, professores, direto- São João do Polêsine e quando da visita da Em 2009, 120 alunos de 4 a 12 anos foram res das escolas e alunos participantes. As res- Governadora do Estado, Sra. Yeda Crusius, beneficiadas com o Projeto Flauta. Já em postas, principalmente àquelas dos pais dos ao Recanto Maestro. 2010, o número de aulas foi ampliado: as alunos, apontam o Projeto Flauta como uma Parcerias com o poder público para inclusão turmas de Maternal I (crianças a partir de um perspectiva a mais de futuro, como uma por- do acesso à música na educação básica da ano e meio) começaram a contar com aulas ta que pode se abrir, ou seja, o Projeto pode região e garantia aos jovens de mais uma de musicalização infantil e a escola munici- ser o começo de uma profissionalização para oportunidade para sonhar, fazem do Projeto pal de educação infantil Beija Flor, do distri- a criança que está participando. Flauta uma ação da AMF e do Recanto Ma- to Vale Vêneto, passou a integrar o projeto. Os resultados do esforço investido pelos jo- estro que contribui com os 8 Objetivos de Também a partir deste ano, os jovens podem vens no ensaio dos novos acordes em sala Desenvolvimento do Milênio da ONU. Projeto Flauta se apresenta no Festival de Música de Vale Vêneto da Redação O Projeto Flauta não só leva o ensino de música para os jovens de São João do Polêsine como também faz com que a música dos pequenos flautistas ecoe pela comunidade. Alguns dos principais eventos públicos realizados no mu- nicípio e cidades vizinhas vêm contando com apresentações desses artistas, como é o caso da XXV Semana Cultural Italiana do Vale Vêneto e do XXV Festival de Inverno da UFSM, também conhecido como Festival de Música do Vale Vê- neto, tendo em vista a programação de apre- sentações e oficinas musicais que oferece. No dia 25 de julho, os alunos do Projeto Flauta se apresentaram regidos pela professora Viviane Portela. Estiveram presentes para assistir a Se- cretária de Educação de São João do Polêsine, Sra. Maria Claci Bortolotto, e as professoras da Escola Municipal de Ensino Fundamental La Sal- le, Sra. Marilde Teresinha Bolzan e Sra. Fátima Regina Lopes Cassol.16
  17. 17. Mãos à obra:alunos AMF aplicamna prática oempreendedorismopor Jaqueline GeremiaOs alunos do curso de graduação em Admi-nistração da AMF estão colocando em prá-tica um pouco do que aprendem em sala deaula sobre empreendedorismo. Desta vez,o objetivo foi arrecadar dinheiro para parti-cipar do XXIII Fórum da Liberdade, realizadoem abril, em Porto Alegre. Os estudantes ar-regaçaram as mangas e foram lavar carros.Além de conseguirem levantar fundos parapagar a viagem à capital, o sucesso foi moti-vador para que tornasse o serviço uma ativi-dade realizada com mais frequência. Agora,nos finais de semana em que há eventos nodistrito, é oferecida a lavagem de carros aopúblico.Além de atender aos frequentadores do Re-canto Maestro, o serviço é aberto também Alunos AMF com a mão na massa: lavagem de carros é uma daspara a comunidade. Segundo a aluna Caro- maneiras de trabalho para arrecadar fundos visando a formatura.lina Brandolff, do sexto semestre do cursode Administração, além da arrecadação de me motiva na lavagem de carros é a inte- limpo do jeito que o cliente gosta é muitofundos para viagens de estudos e para a gração com os colegas, é prestar um serviço gratificante!”, diz. Informações sobre o ser-formatura dos estudantes, a atividade tem para as pessoas e sentir a gratificação pelo viço de lavagem de carros na Central de Re-oferecido um aprendizado a mais. “O que resultado. Pegar um carro sujo e deixar ele lacionamento AMF.Alunos da AMF organizam jantar bailepor Gisiane AlbertiOs alunos do 5º semestre de gradua-ção em Administração da AMF orga-nizaram, no dia 15 de maio, um jantarbaile no Centro Comunitário do San-tuário, localizado próximo ao Recan-to Maestro. O jantar teve como obje-tivo arrecadar fundos para a viagemde formatura para a Itália. Os alunostrabalharam em todas as etapas daorganização do evento: da venda deconvites ao serviço de garçons e lim-peza do local.O evento contou com a participaçãoda comunidade local e ofereceu umcardápio diferente do característicoda região: arroz branco, medalhãoao molho madeira, saladas e frangoà parmegiana. Após o jantar, o gru-po musical Farlei Roberto e Banda,de Santa Cruz do Sul, convidou osparticipantes para dançar. O jantarbaile teve a presença de cerca de 300pessoas além dos acadêmicos da Fa-culdade. 17
  18. 18. UniversitasNews Alunos do MBA Business Intuition da AMF defendem trabalhos para título de especialistas da Redação Aluna do MBA Business Intuition e empresária Jussara Foletto defende o seu trabalho de conclusão de curso diante da banca de professores e da plateia que assistia atenta à apresentação. A 1ª turma de alunos do MBA Business In- empresa Foletto Alimentos, que apresentou a abertura de um novo empreendimento. tuition com o enfoque em “Gestão de Ne- o trabalho “O arroz na visão do consumi- Na noite de sábado, dia 31 de julho, foi re- gócios e Intuição”, iniciado no ano de 2008 dor: um estudo em BH – MG e Atibaia – SP”, alizado o jantar de confraternização e ho- na AMF, completou oficialmente o curso. revela que o aprendizado obtido durante menagem aos alunos do MBA, que contou Entre os dias 30 de julho e 01 de agosto, o curso pode ser aplicado diretamente na ainda com uma degustação de queijos finos os alunos defenderam seus trabalhos de condução de seus negócios. “Este novo preparados pela aluna Nádia de Souza, uma conclusão em uma programação aberta ao conhecimento alavancou o crescimento da apresentação de violinistas e discursos dos público. Na cerimônia da abertura do final minha empresa em ganho de mercado, es- participantes da turma. de semana de defesas, a pedagoga e coor- trutura, qualidade de pessoas e produto”. denadora dessa edição do MBA, Prof. Dra. A segunda turma do MBA, desta vez com Estela Giordani, lembrou que a conclusão Assim como Jussara, grande parte dos alu- o enfoque “Empreendedor e Cultura Hu- do curso por praticamente a totalidade dos nos, agora especialistas, pôde converter o manista”, teve início em setembro de 2009, alunos que participaram da turma é um fato seu trabalho de conclusão do curso em uma com cerca de 60 alunos participantes. pouco visto em cursos de especialização. inovação para os negócios que já condu- zem, ou ainda em um primeiro passo para “Esse MBA conta ainda com o diferencial de oferecer disciplinas e realizar pesquisas re- Na banca (da esq. para dir.), Profa. Estela Maris Giordani, doutora em Educação, Profa. Patrícia Wa- lacionadas à Ontopsicologia”, diz. Também zlawick, doutora em Psicologia e Profa. Noemi Boer, doutora em Educação Científica e Tecnológica, estiveram presentes à cerimônia de aber- expõem seus pareceres sobre um dos trabalhos de conclusão de curso apresentados. tura o prefeito do município de Restinga Seca, Tarcízio Bolzan, a prefeita de São João do Polêsine, Denise Milanesi, e a Secretária Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo de São João do Polêsine, Sra. Maria Claci Bortolotto. Na lista de 32 apresentações do final de se- mana, constavam temas tão diversos quan- to gestão de pessoas, formação de jovens para o mercado de trabalho, legislação, meio ambiente, liderança, esportes e agro- negócio. Um leque variado de temáticas que demonstra bem a interdisciplinaridade tão marcante para o campo da Administra- ção. As bancas foram assistidas por um am- plo público de profissionais, empresários, pesquisadores e estudantes. A aluna Jussara Foletto, administradora da18
  19. 19. RecantoMaestroeSociedade Novo projeto cultural sobre a formação de jovens tem apoio do Ministério da Cultura da Redação Associação Brasileira de Ontopsicologia O Projeto Cultural Identidade Jovem, aprovado pelo Ministério da Cultura, contempla a produção de um filme documentário e um livro.Multiplicar o exemplo da formação de jovensoferecida no Recanto Maestro. Este é um dosobjetivos do projeto cultural “Identidade Jo-vem - A Formação Humanista de Jovens comogarantia de sustentabilidade, identidade e pro-tagonismo civil”, nº Pronac 098244, idealizadopela Associação Brasileira de Ontopsicologia eapoiado pelo Ministério da Cultura por meioda Lei Rouanet. O projeto cultural contemplaa realização de um filme documentário demédia metragem (70 min.), acompanhado delivro homônimo. A proposta expõe a história eos alicerces teóricos e práticos da cultura hu-manista para a formação de jovens, expressospela visão ontopsicológica, os quais possibili-tam uma aprendizagem reversível com a rea- Dra. Leticia Batistela, advogada e aluna do MBA Business Intuition,lidade local e internacional e são focalizados concede entrevista para o filme Identidade Jovem.na concreta responsabilização dos jovens emserem pessoas e cidadãos responsáveis e deserviço à sociedade num tempo que se mani-festa em contínua mutação.A equipe de produção é formada por jovensprofissionais e o roteiro traz entrevistas comempresários, pesquisadores de diferentesinstituições de ensino superior do Brasil e domundo, jovens profissionais, estudantes, paise professores. O filme já está em fase de pro-dução e para quem circula pelo Recanto Ma-estro, é possível ver um pouco do trabalho defilmagens realizado pela equipe. Pessoas físi-cas e jurídicas interessadas em apoiar o proje-to via incentivo fiscal ainda podem participar.Informações: (55) 3289- 1140, com GabrielaRockenbach e (11) 3554- 0699, com Carol Mi-randa. 19
  20. 20. RecantoMaestroeSociedade Brasil: um país empreendedor por natureza da Redação Participantes lotaram o saguão da AMF durante o evento “Empreendedorismo e contribuições sociais” realizado em maio no Recanto Maestro. Empreendedor por natureza, o Brasil pos- povo brasileiro empreende há 200 anos, rística inerente ao povo brasileiro e desfez sui longa tradição nessa característica e desde o período imperial, que compreen- o mito de que somos uma nação de pesso- forma cidadãos com vocação para empre- deu os anos entre 1822 e 1889, data ante- as com pouca vocação para o trabalho. “A ender. Essa foi, em linhas gerais, a mensa- cessora à atual República Federativa. ideia de empreender impregna a sociedade gem deixada para o público de cerca de “A economia do Brasil Colônia crescia mais brasileira desde o Império”, acrescentou. 400 pessoas que esteve presente, no dia 16 de maio, à mesa redonda O debate entre os empresários e “Empreendedorismo e Contribui- o intelectual abordou ainda temas ções Sociais – a História do Empre- como a história do Brasil, economia, endedorismo Brasileiro e Novos oportunidades para os jovens tor- Desafios”, realizado na AMF. “A ideia de narem-se empreendedores na atua- O convidado especial do debate empreender lidade, recomendações para que te- nham sucesso ao empreender, além foi o escritor, sociólogo e jornalista impregna a do papel do governo em apoiar ou Sr. Jorge Caldeira, autor de obras restringir o empreendedorismo. como “Mauá, o empresário do sociedade império” e “História do Brasil com Empreendedores”. A mesa redon- brasileira A entrada do evento foi realizada mediante doação de 1 kg de ali- da foi composta ainda por outros desde o mento não perecível. Todas as doa- convidados que conhecem bem o ções arrecadadas foram destinadas significado de empreender: o pre- Império” às creches dos municípios de São sidente do Grupo Meta, Sr. Telmo João do Polêsine e Restinga Seca. Costa, o presidente do Grupo Pro- Jorge Caldeira cessor, Sr. Cesar Leite - ambos di- Especialmente para esse debate, rigentes de grandes empresas do alguns alunos da AMF montaram setor de Tecnologia da Informação -, além Acima, o livro sobre a história do empreende- uma lancheria para vender doces, salga- do Diretor de Formação do Instituto de Es- dorismo brasileiro, de Jorge Caldeira, convidado dos e bebidas aos participantes presentes, especial do evento. tudos Empresariais, Sr. Ricardo Gomes. O dando um exemplo prático de uma atitude convidado para mediar o debate foi o Sr. empreededora. Neste caso, o empreendi- Roberto Cervo, presidente da Jauru Rede do que a de Portugal. Ela era desenvolvi- mento teve como objetivo arrecadar fun- de Comunicação. da não tanto pelo governo, mas sim pelos dos para a formatura. empreendedores”, disse. Caldeira apontou O escritor Jorge Caldeira relatou que o o empreendedorismo como uma caracte-20
  21. 21. Mesa debatedora (da esq. para dir.): Sr. Ricardo Gomes (Dir. de Formação do IEE), Sr. Telmo Costa (Pres. do Grupo Meta), Sr. Roberto Cervo (Pres.da JauruRede de Comunicação). Sr. Jorge Caldeira (escritor) e Sr. Cesar Leite (Pres. do Grupo Processor). Abaixo, Sr. Roberto Argenta (Pres. da Calçados Beira Rio) e o quilo de alimento doado para ingresso ao evento. Ao lado, conferência “Brasil Empreendedor”, ministrada um dia antes do evento aberto à comunidade, também por Jorge Caldeira para os alunos do curso de MBA Business Intuition “O Empreendedor e a Cultura Humanista”, da AMF. 21
  22. 22. 8ObjetivosdoMilêniodaONU ABO promove fim de semana cultural pelos 8 ODM da Redação Uma programação de palestras destina- das a divulgar e debater os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (8ODM) marcou o mês de maio no Recanto Maestro e em Porto Alegre (RS). Todos os sábados, a Associação Brasileira de Ontopsicologia (ABO) convidou um empresário ou pesqui- sador para falar sobre um dos Objetivos do Milênio, abordando ações práticas que Sr. Ari Foletto, atual Presidente da ABO, em palestra sobre os 8 Objetivos do Milênio na AMF. possam contribuir para atingi-lo. Entre os convidados estiveram: o Presiden- Brasil, Sr. Ademar da Silva Junior; a peda- fessor Antonio Meneghetti, presidente do te da Agropecuária Foletto e Presidente da goga e pesquisadora Sra. Estela Giordani e Conselho Científico da AMF. O evento pro- Associação Brasileira de Ontopsicologia, Sr. a psicóloga e consultora empresarial, Sra. movido pela ABO teve o apoio do Recanto Ari Foletto; a empresária Sra. Maria Alice Josiane Barbieri. Após a palestra de cada Maestro, da Fundação Antonio Meneghetti Schuch; o vice-presidente de Finanças da empresário foi exibido o vídeo de uma (Pesquisa Científica Humanista Cultural e Confederação da Agricultura e Pecuária do conferência proferida pelo Acadêmico Pro- Educacional) e AMF. Saiba + nisterial Review, AMR). Dentre as 32 ONG’s escolhidas para apresentarem projetos na sobre os 8 ODM Feira que acontece em paralelo à reunião dos dirigentes das nações membro, estive- Os 8 ODM foram lançados em 2000, pela ram presentes 3 iniciativas brasileiras, sen- ONU, durante a Cúpula das Nações Unidas, do uma delas representada pelo Recanto em Nova York (EUA). Hoje são 198 os países Maestro. comprometidos em alcançar os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio até 2015, entre eles, o Brasil. Depoimento No início de abril, a Secretaria da Presidên- Dra. Hanifa Mezoui cia da República lançou o 4º Relatório Na- cional de Acompanhamento dos ODM, que Hanifa Mezoui, ex-chefe do setor de ONGs visa expor, para a ONU e para a sociedade, do ECOSOC da ONU, comenta sua visita ao as ações públicas realizadas pelo Brasil em Recanto Maestro em dezembro de 2009. prol dos Objetivos. Para conhecer o relató- Hoje a Dra. Hanifa é também professora do rio, é possível acessar o site do Instituto de MBA Business Intuition da AMF. Pesquisa Econômica Aplicada: www.ipea.gov.br “A minha experiência no Recanto Maestro foi muito especial. Tudo que se faz no Re- Dra. Hanifa Mezoui, ex-chefe do setor de ONGs canto é uma aplicação dos Objetivos do Recanto Maestro do ECOSOC da ONU: “tudo o que se faz no Milênio. Eu descobri esse local somente Recanto Maestro é aplicação dos Objetivos do no último ano e pude ver quão autônomas Milênio”. O Centro Internacional de Arte e Cultura as pessoas são lá e como estão orgulho- sas. Acredito que o principal ponto do privado. O Recanto Maestro entendeu o Humanista Recanto Maestro foi conside- conceito de parcerias antes do lançamento rado pela ONU, em 2007, como uma ini- projeto é o respeito à comunidade local. Ali se fornece as ferramentas para que as do oitavo Objetivo do Milênio (Estabelecer ciativa e projeto modelo que contribui para parceria mundial para o desenvolvimento) o alcance dos ODM. O reconhecimento se pessoas aprendam a lidar com sua própria terra. Não há muitos que façam isso. Outro e aplicou isso”. deu em Genebra, na Suíça, durante edição da Reunião Ministerial Anual (Annual Mi- ponto são as parcerias firmadas: comuni- dade local, autoridades locais, ONU, setor22
  23. 23. A AMF tambémtrabalha paraatingir os 8ODMpor Vicente MedeirosA AMF firmou um termo de compromissocom o Comitê Gaúcho dos ODMs (Objetivosde Desenvolvimento do Milênio), denomi-nado Nós Podemos RS, no dia 8 de junho,durante o Seminário de Apresentação do4º Relatório Nacional dos Objetivos de De-senvolvimento do Milênio, em Porto Alegre.Agora, a instituição assume maior responsa-bilidade na conscientização das comunida-des sobre a importância de se realizar açõesque contribuam com os ODM. O jornalista Vicente Medeiros, a Diretora da AMF, Sra. Helena Biasotto,O evento, que contou com a participação e o representante do Ministério da Educação, Alexandre Vidor.de representantes do Governo Federal, do presidente da Refap (Refinaria Alberto Pas- Ferreira; Rosa Alegria, do Movimento Nacio-Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas qualini), Roberto Nagal; o superintendente nal da Cidadania e Solidariedade; o Deputa-(IPEA) e do Programa das Nações Unidas regional do Banco do Brasil, Nilvo Fries; o di- do Estadual Adão Villaverde, representandopara o Desenvolvimento (PNUD), apresen- retor dos Correios do Rio Grande do Sul, Lar- a Assembleia Legislativa; o representante datou a evolução do país e do Rio Grande do ry Almeida; o presidente da FEE (Fundação Secretaria Geral da Presidência da República,Sul no cumprimento das metas estabeleci- de Economia e Estatística), Adelar Fochesato; Gerson Almeida; e Adriano Strassburger, dodas pela ONU. Estiveram presentes o diretor- o diretor da Caixa Econômica Federal, Arthur movimento Nós Podemos RS. ODM nas Escolas: atividades culturais para aproximar crianças dos objetivos da ONU por Bruna Dallepiane Atividades culturais realizadas pela equipe do Projeto Oikos, Projeto Flauta e AMF levam os 8ODM para escolas de educação infantil e fundamental.A AMF participou da Semana do Município educação infantil e fundamental da rede ambiental. A atividade nas escolas faz partede São João do Polêsine, realizada entre os pública do município, tais como La Sal- dos esforços empreendidos pela AMF e odias 21 e 27 de junho, que teve como uma le, Pedro Paulo Pradella, Padre Rafael Iop, Recanto Maestro em prol dos ODM.das temáticas principais a questão do meio Recanto dos Sonhos e Beija Flor, e apre- Segundo a Secretária Municipal de Educa-ambiente. O evento anual conta com uma sentaram um teatro de fantoches, além de ção, Cultura, Desporto e Turismo de Sãoprogramação de palestras, teatros musicais palestras, interpretação de canções infantis João do Polêsine, Sra. Maria Claci Bortolot-e sessões de cinema, entre outras atrações. e jogos com latas de reciclagem de pilhas. to, ações como essas do Recanto MaestroPor meio de uma parceria entre o Projeto Todas as atividades abordaram os temas e da AMF são formas de estimular entre osFlauta e o Projeto Oikos, as alunas do curso da higiene pessoal e reciclagem do lixo. jovens a cooperação social. “Estas açõesde graduação em Administração da AMF Esses assuntos foram escolhidos também contribuem não só para a melhoria da qua-Bruna Dallepiane, Jaqueline Geremia e Vi- porque estão relacionados ao 6º e ao 7º lidade de vida das pessoas, mas tambémviane Portela desenvolveram algumas ativi- Objetivos de Desenvolvimento do Milênio para os Objetivos de Desenvolvimento dodades lúdicas como parte da programação (ODM), que abordam, respectivamente, a Milênio”, afirmou.da Semana. Elas foram até as escolas de prevenção de doenças e a sustentabilidade 23
  24. 24. 8ObjetivosdoMilêniodaONU AIO representada em debate internacional sobre os 8 ODM nas Nações Unidas da Redação Internacional Vista da sede da ONU em Nova Iorque (EUA), local onde foi realizada audiência informal interativa sobre os 8 ODM com participação de representantes da Associação Internacional de Ontopsicologia e do Recanto Maestro. A administradora do Recanto Maestro e “Construindo um futu- representante da Associação Brasileira de ro melhor: ações locais, Ontopsicologia, Soraia Schutel, e a repre- estratégias nacionais e sentante da Associação Internacional de estruturas globais”, “Par- Ontopsicologia e Consultora FOIL Inter- cerias iguais e inclusivas: nacional, Dra. Pamela Bernabei, estiveram responsabilidade na luta presentes em encontro organizado em contra a pobreza”, “Sus- Nova Iorque (EUA) pela ONU sobre o tema tentando o desenvolvi- dos ODM nos dias 14 e 15 de junho de mento e superando cri- 2010. ses” e “Da voz à política: A audiência informal interativa foi realizada 1660 dias restantes”. pela Assembleia Geral das Nações Unidas para escutar representantes de organiza- Esses quatro temas são ções não governamentais, da sociedade esforços para elucidar civil e do setor privado sobre o tema dos aspectos chave sobre os 8ODM numa forma de preparação para a Objetivos do Milênio e a Cúpula sobre os ODM que será organizada Declaração do Milênio, entre os dias 20 a 22 de setembro deste além de também enfa- ano também em Nova Iorque. tizar a natureza inter- relacionada dos 8ODM Seguindo orientações do Secretário Ge- com os temas abordados ral das Nações Unidas, Sr. Ban Ki-moon, na agenda internacional a audiência foi separada em temas espe- sobre o bom relaciona- cíficos para as quatro seções de debates mento entre os povos. realizadas. Os temas abordados foram:24
  25. 25. Acima, a representante do Recanto Maestro, Soraia Schutel, assiste à conferência na sede da ONU. Abaixo, Soraia Schutel ao lado darepresentante da Associação Internacional de Ontopsicologia, Dra. Pamela Bernabei, em frente à sede da ONU, em Nova Iorque (EUA). 25
  26. 26. RMemFatos&Fotos Ministério da Educação visita instalações da AMF Em abril, representantes do Ministério da Educação fizeram visita in loco para a avaliação do Curso de Sistemas da Informação da AMF. Na foto: a diretora da Faculdade, sra. Helena Biasotto (AMF), a sra. Any Rothmann (RM), o sr. Pablo Silva, o sr. Orandi Farsarella (MEC), a sra. Paula Bazzo (AMF) e o sr. Rafael Avila (MEC). Curso de ISO 9000: equipe RM por uma gestão de qualidade No mês de maio, realizou-se no Recanto Maestro o Curso de Capa- citação de Auditores Internos da Qualidade, que reuniu colaborado- res que trabalham nas empresas do distrito. O conteúdo teve como destaque estudos e interpretação da Norma ISO 9001:2008, que diz respeito às questões de Sistema de Gestão da Qualidade nas organizações, e também da Norma Brasileira ISO 19011, que abor- da diretrizes para auditorias de Sistema de Gestão da Qualidade e Gestão Ambiental. Além do curso presencial, os participantes estão recebendo uma formação continuada e a distância com orientações de como aplicar nas empresas em que trabalham o conhecimento adquirido em aula. Estudantes russos e ucranianos no Brasil Em janeiro deste ano, estudantes russos e ucranianos do MBA Busi- ness Intuition oferecido pela Universidade Estatal de São Petersburgo, Rússia, tiveram um módulo internacional no Brasil, com aulas no Re- canto Maestro sobre a política governamental brasileira e a situação econômica da América Latina. Os estudantes fizeram visitas técnicas a algumas empresas brasileiras: Grupo Meta (foto), Puras do Brasil e Calçados Beira Rio. Campanha do Agasalho no Recanto Maestro O Recanto Maestro promoveu uma Campanha do Agasalho durante o mês de junho e julho para arrecadação de roupas de inverno. Fo- ram arrecadadas em torno de 300 peças de roupas, sendo que, 120 foram doadas para a prefeitura de São João do Polêsine e 180 para a prefeitura de Restinga Seca. Com essa campanha, a AMF demons- tra mais uma vez o compromisso em contribuir para o crescimento socioeconômico da região em que está inserida.26
  27. 27. Novos projetos para o RMEm recente passagem pelo Brasil, em julho, o Professor AntonioMeneghetti definiu, junto com seus colaboradores, novos projetosa serem desenvolvidos no Recanto Maestro. Acompanhado peloarquiteto Luis Bessler (na foto), orienta a construção de casa paraprofessores e alunos que será construída ao lado da AMF. Alémdisso, nos dez dias em que esteve no Brasil, Meneghetti ministroudois cursos de formação um para jovens e um para empresários.Reunião de prefeitos da regiãocentral do RS no Recanto MaestroNos dias 16 e 17 de julho, o Hotel Capo Zorial sediou um encontroda AMCENTRO (Associação dos Municípios do Centro do Estado).Estavam presentes mais de 20 prefeitos da Região, com suas es-posas. Fazem parte da AMCENTRO 35 municípios gaúchos. A As-sociação é parte da Federação das Associações de Municípios doRio Grande do Sul (FAMURS) que trabalha para o fortalecimento domunicipalismo, a qualificação dos agentes públicos municipais e oassessoramento às prefeituras gaúchas. Na foto, o prefeito do muni-cípio de Restinga Seca, Tarcizo Bolzan, no jantar do evento.Profs. russos da Univ. Estatalde São Petersburgo ministramaulas para estudantes no BrasilA turma brasileira do curso de Especialização em OntopsicologiaSocial pela Universidade Estatal de São Petersburgo assistiu e parti-cipou do módulo sobre Psicologia clássica no Recanto Maestro, emjaneiro. Vindas da distante Rússia, especialmente para lecionar aosbrasileiros, as professoras russas mais uma vez demonstraram seuprofissionalismo e competência acadêmica. Os alunos também tive-ram a oportunidade de serem aconselhados em seus trabalhos cien-tíficos pela orientadora da instituição russa, Dra. Natalia Grishna.Aulas de Ontopsicologiapara turma de brasileirosOs professores italianos Dr. Paolo Garcia e Dra. Rita Scattone minis-traram aulas, em março, no Recanto Maestro aos alunos do cursode Especialização em Ontopsicologia Social oferecido pela Cátedraem Ontopsicologia do Departamento de Psicologia da UniversidadeEstatal de São Petersburgo. 27
  28. 28. RMemFatos&Fotos Dissertação sobre RM é apro- vada em mestrado da UFSM A administradora do Recanto Maestro, Soraia Schutel, defendeu no dia 7 de maio, sua dissertação de mestrado em Administração na Univer- sidade Federal de Santa Maria. O problema de pesquisa que motivou a investigação foi “como o Recanto Maestro faz a sua gestão susten- tável?”. Os dados coletados em entrevistas com gestores de projetos desenvolvidos no distrito, empresários e autoridades políticas apontam que um dos pilares da sustentabilidade baseia-se em desenvolver uma mentalidade sustentável entre os atores sociais. Segundo o trabalho: “o ser humano operador social é capaz de ser agente interdisciplinar e promover a sustentabilidade, oportunizando resultados benéficos tan- to para si, para outros e para o meio ambiente em que se insere”. Firmada parceria entre AMF e Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC A AMF firmou, em abril, um acordo de cooperação com a Univer- sidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A parceria foi oficializada por meio de um documento assinado pela diretora da AMF, Sra. Helena Biasotto, e o reitor da UFSC, Sr. Álvaro Prata, com validade de cinco anos. Na prática, a cooperação pode significar a realização ANTONIO MENEGHETTI conjunta de pesquisas, programas acadêmicos especiais de curta FACULDADE duração e intercâmbio de professores, pesquisadores e estudantes. A Universidade Federal de Santa Catarina existe desde 1960 e é uma das maiores instituições de ensino superior públicas do país. Consulta popular no RM No dia 23 de junho, o Recanto Maestro tomou parte da 13º edição da Consulta Popular, eleição participativa realizada pelo estado do Rio Grande do Sul para decidir o destino dos recursos públicos do Estado. O Recanto Maestro foi contemplado com uma urna itine- rante do Conselho Municipal de Desenvolvimento, onde a comu- nidade acadêmica da AMF, colaboradores e moradores do Recanto Maestro puderam exercer a sua cidadania. A Consulta Popular é a oportunidade para que o eleitor gaúcho possa decidir quais são as prioridades regionais, considerando as áreas de Educação, Saúde, Segurança, Turismo, Agricultura, Capacitação e Pesquisas. Volta às aulas na AMF A volta às aulas para o segundo semestre da Antonio Meneghetti Faculdade foi momento de reencontro dos acadêmicos. Na foto, as alunas Jaqueline Jeremia, Jordana Piovesan e Carolina Brandolff (da esquerda para direita), que se encontraram no intervalo de um dos primeiros dias de aulas, enfrentando o inverno rigoroso da região. Os alunos da AMF contam com um quadro de professores de ex- celência, procedentes de diferentes regiões do país, com formação tanto teórica, em conceituadas instituições de ensino brasileiras e internacionais, quanto ampla experiência de mercado.28
  29. 29. Jovens plantammudas de árvoresDurante um curso para jovens ministrado em julho pelo AcadêmicoProfessor Antonio Meneghetti, os participantes foram convidadosa plantar mudas de árvores no campus da AMF. Assim, auxiliarama tornar ainda mais verde a bela paisagem local. Munidos de pás eluvas de jardinagem que ganharam na inscrição do curso, muitosdeles realizaram pela primeira vez essa atividade de interação coma natureza.Eventos empresariaisno Hotel Capo ZorialEmpresas que estão entre as principais do país em seus ramos deatuação encontram no Hotel Capo Zorial o ambiente ideal pararealização de eventos corporativos: em meio à vasta natureza daregião e uma infraestrutura de excelência, importantes decisões etreinamentos de equipes podem ser realizados em pleno equilí-brio. Foi o caso do evento organizado pelo Grupo Meta, entre 21 e23 de julho, que reuniu os três fundadores da empresa, Sr. ClaudioCarrara, Sr. Telmo Costa e Sr. Wesley Lacerda, e alguns dos princi-pais executivos do grupo. Informações sobre eventos no HCZ: (55)3289-1143.AMF participa da XXV SemanaCultural italiana de Vale VênetoA Antonio Meneghetti Faculdade montou um estande na XXV Se-mana Cultural Italiana de Vale Vêneto e XXV Festival Internacionalde Inverno da UFSM, evento que contempla festividades realiza-das entre os dias 25 de julho e 01 de agosto no distrito de ValeVêneto, do município de São João do Polêsine. Os visitantes pu-deram assistir a shows artísticos, desfrutar da deliciosa culinárialocal e participar dos cursos de música tradicionalmente oferecidosdurante o festival.AMF e São João do Polêsine:parceria entre bibliotecasresulta em prêmioA biblioteca da AMF, Humanitas, contribuiu para que a bibliotecapública de São João do Polêsine fosse selecionada, em maio, comouma das cem bibliotecas brasileiras contempladas com o EditalMais Cultura de Modernização de Bibliotecas Públicas Municipaisdo Ministério da Cultura. A redação do projeto foi realizada pelaSecretária de Educação, Cultura, Desporto e Turismo do municípiode São João do Polêsine, Sra. Maria Claci Bortolotto, e a então bi-bliotecária da biblioteca Humanitas da AMF, Claudiane Weber. 29
  30. 30. NovidadesEditoriais OntoEd Editora Universitária apresenta suas últimas atividades Neste 1º semestre de 2010, a Ontopsico- a Bienal do Li- logica Editrice (na foto, a sede da editora vro 2010, em localizada no Recanto Maestro) está se São Paulo. No dedicando à reedição de duas obras que segundo maior contém os fundamentos da ciência on- evento da área topsicológica: Manual de Ontopsicologia editorial do e Prontuário Onírico. Para a confecção das mundo, a On- obras, busca-se aexcelência em termos de topsicologica fidelidade ao original, adequação gramati- Editrice cal e compatibilidade com o estilo do au- irá expor livros tor. O processo produtivo inicia com a tra- traduzidos dução do texto italiano para o português, para o portu- vai para a preparação e revisão, passa pela guês do Acadêmico Prof. Meneghetti, bem adequação à nova regra ortográfica da lín- como livros editados pela FOIL e a Revista lo, pela PUC-SP e a Universidade Estadual gua portuguesa e termina com a elabora- Performance Líder. A Bienal do Livro acon- Paulista. Na programação do evento, parti- ção do projeto gráfico e diagramação. Essas tece entre os dias 12 e 22 de agosto, no Pa- ciparam Érico Azevedo, secretário da ABO, etapas, que exigem um trabalho esmerado, vilhão de Exposições do Anhembi, em São que apresentou o trabalho “A crise das Ci- estão em constante aperfeiçoamento para Paulo. ências de Edmund Husserl” e Josiane Bar- oferecer ao leitor livros que exprimam fiel- bieri, vice-presidente da ABO, com o tema mente a ideia do autor, e estejam alinhados Também em 2010, a editora foi uma das “Da Psicologia Empírica de Brentano à Psi- com o que de melhor é oferecido pelo mer- apoiadoras do “I Encontro de Estudos das cologia Fenomenológica de Husserl”. cado editorial brasileiro. Origens das Filosofias Contemporâneas”, A Editora também prepara seu estande para realizado de 22 a 24 de junho, em São Pau- Saúde&BemEstar Futebol feminino é opção de atividade física e confraternização por Gabrielle Foletto Nem mesmo o frio ou o horário avançado da noite impedem um grupo de meninas de sair de suas casas e tentar balançar a rede do gol duas vezes por semana. Esta- mos falando do time de futebol feminino do Recanto Maestro, que por ter um gran- de número de interessadas em participar, acabou se dividindo em dois: AMF e FOIL (na foto, em amarelo o time da AMF e, em azul, o time da FOIL). As partidas de futebol foram iniciadas por sugestão do Professor Antonio Meneghetti e acabaram caindo no gosto de 16 meni- nas, entre colaboradoras do Recanto Ma- estro e estudantes da Antonio Meneghetti Faculdade. “Para a nossa equipe, o futebol proporcio- nou uma grande integração. Temos meni- nas de várias idades, de diferentes turmas, com opiniões diferentes, porém, quando o assunto é futebol todas as diferenças de- saparecem: é um verdadeiro trabalho em equipe”, ressalta uma das jogadoras do time, Jaqueline Geremia. de dez anos, Jaqueline acredita que o es- sar em grupo e aprenderem a ser solidárias, porte desenvolve não só habilidades físi- as atletas desenvolvem características im- Colaboradora e também aluna da AMF, jo- cas, como agilidade, superação e noções portantes também para o trabalho. gadora de futebol como amadora há mais espaço-temporais. Diz ainda que, ao pen-30
  31. 31. DicasdoChefReceita caseira e Chá de Cidreiraoriginal traz sabor, feito na brasaaroma e calor para por Jacó Ruveros dias de invernoO chá faz parte da cultura milenar de muitospovos, possui sabores para todos os gostose traz benefícios de saúde e bem-estar paraaqueles que o consomem. É usado por mui-tos como medicamento natural para curaralguma carência, já que a infusão do chá éabsorvida mais rapidamente pelo organismo,restabelecendo o equilíbrio natural.O chá na brasa é uma combinação de ervacidreira, açúcar e carvão, característico princi-palmente da região Sul do país devido ao friotípico do inverno sulista. É um chá digestivo erelaxante.Modo de PreparoRecolha as folhas de capim cidreira (tambémconhecido como capim limão).Lave e corte em pedaços e coloque em umbule. Recomenda-se o uso de um bule de por-celana.Aqueça água até ferver (1/2 litro de água).Pegue alguns pedaços de brasa no máximode sua incandescência (deve-se utilizar lenhassem odores, uma delas é o eucalipto) e colo-que sobre a cidreira dentro do bule.Logo em seguida, adicione açúcar a gosto so-bre as brasas. Outra sugestão para acompanhar a bebidaEspere alguns instantes para deixar o açúcar é um deliciosocaramelizar, com cuidado para que não quei- bolo de chocolate!me.Na sequência, despeje a água quente porcima.Coe e sirva.Sinta o aroma percorrer todo o ambiente,sente-se em uma poltrona confortável, colo-que uma música que lhe agrade e aproveiteeste bom momento do inverno com um de-licioso chá. 31

×