ESTATÍSTICA E O GEOGEBRA
Autor: ARREBOLA, O.E.S. (Prof.: Odilthom ES Arrebola)
CONTEÚDO
• CONTRUÇÃ0 DE TABELA
• DADOS, FRE...
Caso abra a tela acima, a partir dessa abra o menu Exibir, em seguida dentro das opções,
clique em planilha, desse modo te...
seguida na coluna B, as respectivas quantidades de alunos em relação às notas. Assim,
construímos o primeiro passo de noss...
1. O que significa a soma da coluna da frequência absoluta?
2. Altere os valores da frequência absoluta, o que acontece co...
Peça aos alunos que opinem sobre o uso da fórmula teórica em relação ao cálculo realizado
pelo aplicativo. Faça o mesmo pa...
E por fim, o último passo, o 5º. Explique sobre os tipos de gráficos e como utilizá-los.
Passe o mouse sobre o gráfico e p...
É bom salientar que a aula apresentada aqui neste documento é apenas umas sugestão.
Espero de esse modo ter cooperado com ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estatística e o geogebra

550 visualizações

Publicada em

Uso do aplicativo Geogebra na aprendizagem do conteúdo de Estatística do Ensino Médio.
Uma sugestão de aula.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
550
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estatística e o geogebra

  1. 1. ESTATÍSTICA E O GEOGEBRA Autor: ARREBOLA, O.E.S. (Prof.: Odilthom ES Arrebola) CONTEÚDO • CONTRUÇÃ0 DE TABELA • DADOS, FREQUÊNCIA ABSOLUTA, FREQUÊNCIA RELATIVA, FREQUÊNCIA ACUMULADA. • MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL • MEDIDAS DE DISPERSÃO • GRÁFICOS Objetivando favorecer a aprendizagem de Estatística um dos tópicos que compõem a disciplina Matemática ensinada no 3ª série do Ensino Médio, este documento tentará desenvolver a conjunção da teoria e do aplicativo “Geogebra” visando explorar a integração entre eles, de tal modo, que os alunos possam explorar aquele objeto de estudo de maneira agradável. Portanto, partindo de um problema tentar-se-á facilitar ao aluno a exploração dinâmica que tal software lhe oferece. Assim se espera do professor o papel de instigador do aluno através de questionamentos visíveis oferecidos na tela do software. Dado a dinâmica do “Geogebra”, é esperado que tanto o aluno quanto o professor seja capaz de superar as dificuldades no tocante à abordagem do tema em questão. Lembre-se professor que você será o elo dessa integração “Estatística – Geogebra” e “Aluno-Aprendizagem”, além disso, é sabido que cada aula e cada classe de alunos tem sua particularidade, então cabe a você professor escolher a forma de transmitir o conhecimento. Vamos à sugestão: PROBLEMA: Suponha que um professor costuma valorar os trabalhos individuais de seus alunos, dando-lhes notas que variam de 0 a 5, e estas tiveram respectivamente os seguintes totais de alunos, {1, 3, 4,10, 5, 2}. E aí? Não coloque ainda os questionamentos do problema. Pois o objetivo é seguir passo a passo a teoria interligada ao aplicativo. Pergunta aos alunos, se alguém tem alguma ideia do que fazer. Pois, não temos nenhuma pergunta. Talvez, algum aluno responda que é possível relacionar às notas as quantidades de alunos. Então, o primeiro passo está completo. Temos os dados e as frequências absolutas, isto é, notas obtidas e quantidades de alunos. Explique o que é estatística e os significados estatísticos desses termos. Feito isso, agora é hora de abrirmos o aplicativo.
  2. 2. Caso abra a tela acima, a partir dessa abra o menu Exibir, em seguida dentro das opções, clique em planilha, desse modo tem-se: Então, veremos: Agora, constrói-se na planilha uma tabela, nomeando-a com o título “notas do trabalho”, por exemplo. Na coluna A colocam-se as notas ordenadamente (nota=x ou x=nº de acertos) e em
  3. 3. seguida na coluna B, as respectivas quantidades de alunos em relação às notas. Assim, construímos o primeiro passo de nossa abordagem. Portanto, obtém-se a seguinte configuração: A seguir, explique o que é a frequência relativa (fr) e a frequência acumulada (Fa) e como calculá-las, usando as colunas C e D, respectivamente. Este é o passo 2. Observes a figura abaixo: Agora chegou o momento dos primeiros questionamentos.
  4. 4. 1. O que significa a soma da coluna da frequência absoluta? 2. Altere os valores da frequência absoluta, o que acontece com a soma das frequências relativas e acumuladas? Faça os alunos copiar no caderno a tabela até aqui. E as respostas aos questionamentos. Já dá para avançarmos mais um pouco. Vamos ao passo 3: primeiramente, o professor deverá discorrer sobre as Medidas de tendência central (média(ma), mediana(md) e moda(mo)) quais são e que significam, além de como calculá-las. Usando ora teoria e ora usando o aplicativo. Na coluna E, faz-se o produto de nº de acertos por frequência absoluta e calcula-se a soma desses produtos E8. E divide-se este total por n=soma da coluna B. Portanto, obtém-se a média. (Teoria-fórmula). Peça aos alunos que use o caderno a fim de fazer os cálculos. Em seguida use a fórmula do Geogebra para fazer o cálculo, há 3 modos, selecione um deles, observa a figura ilustrativa abaixo.
  5. 5. Peça aos alunos que opinem sobre o uso da fórmula teórica em relação ao cálculo realizado pelo aplicativo. Faça o mesmo para moda e para mediana. Peça aos alunos que mantenha o total de alunos, façam as seguintes modificações nas frequências absolutas e relaciones as medidas de tendência central: a) {0, 4, 4, 10, 5, 2} b) {0, 3, 4, 10, 5, 3} c) {0, 5, 10, 5, 5, 0} d) {1, 4, 8, 8, 4, 0} e) {2, 4, 4, 4, 4, 2} f) O que pode dizer sobre a moda em cada caso. Prosseguindo, chegamos ao passo 4, esse é o momento do professor falar das medidas de dispersão: variância e desvio padrão. O que é e o que significa e como calculá-los teoricamente e usando o software.
  6. 6. E por fim, o último passo, o 5º. Explique sobre os tipos de gráficos e como utilizá-los. Passe o mouse sobre o gráfico e perceba que há a visualização da nota e a respectiva porcentagem de alunos.
  7. 7. É bom salientar que a aula apresentada aqui neste documento é apenas umas sugestão. Espero de esse modo ter cooperado com aqueles que acreditam ser possível conciliar a teoria apresentada pelo livro e a tecnologia. Desde já sou grato àqueles que porventura visitarem tal documento. Quaisquer dúvidas e quaisquer sugestões ou críticas sobre o assunto serão bem aceitas: arrebolas@uol.com.br odilthom@gmail.com Visite meu blog; http://odilthom.blogspot.com.br/ Atenciosamente, professor Odilthom ES Arrebola. (ARREBOLA, O.E.S.A)

×