SlideShare uma empresa Scribd logo
ELEIÇÃO EM MACEIÓ...
Alfredo Gaspar: “Quero cuidar
das pessoas da terra onde nasci”
Ex-chefe do Ministé-
rio Público de Alagoas e
ex-secretário de Estado
de Segurança Pública,
Alfredo Gaspar foi acla-
mado ONTEM pelo voto
dos convencionais do
MDB, como candidato
do partido a prefeito de
Maceió, nas eleições de
novembro próximo. A
cerimônia ocorreu na sede
do partido, na Jatiúca, e
contou com as presen-
ças do governador Renan
Filho (MDB); do presi-
dente do MDB municipal,
deputado estadual Galba
Novaes; convencionais
e candidatos a vereador
pela legenda. “Chego com
a humildade para dar esse
passo à frente: para cuidar
das pessoas, na terra onde
nasci e me criei, consti-
tuí família e me realizei
profissionalmente. Minha
campanha será proposi-
tiva. Levarei adiante uma
campanha limpa, legal.
Quero que as pessoas
sintam em mim a vontade
de mudar o destino de
Maceió para melhor. Meu
foco inicial será a saúde
pública – pelo que o povo
maceioense e alagoano
está passando com essa
pandemia”, assinalou o
candidato.
Alagoas l 16 de setembro I ano 08 I nº 088 l 2020 redação 82 3023.2092 I e-mail redacao@odia-al.com.br
5SALÃODOIMÓVEL2020ACONTECERÁDE22A25DEOUTUBRONOPARQUESHOPPING;60%DOSESTANDESJÁESTÃOVENDIDOS
3
AÇÃO DOS ÁGUIAS
Operações do
BPTran
apreendem
160 CNHs
em apenas
60 dias
ALAGOASTEMAMENORTAXA
DE CONTAMINAÇÃO DO PAÍS
Alfredo Gaspar abraça Dona Felina Mendonça,sua mãe,momentos antes da homologação de sua candidatura
Júnior Menezes será o vice na chapa liderada pelo prefeito Areski Freitas que vai tentar a reeleição na cidade
AINDAÉESSENCIALMANTERCUIDADOSBÁSICOSCOMOUSODEMÁSCARASEEVITARAGLOMERAÇÕESPARASEPREVENIR
...EM ARAPIRACA
A convenção do MDB de
Arapiraca seria ONTEM, mas
foi remarcada para HOJE.
Luciano Barbosa anunciou o
seu nome para a disputa, mas
oDiretórioRegionalcancelou
a convenção. O candidato a
prefeito do MDB em Arapi-
raca será o deputado Ricardo
Nezinho ou o empresário
Daniel Barbosa.
O estado de Alagoas
tem, hoje, a menor taxa de
contágio de Covid-19 do
Brasil, com índice de 0,61.
Os dados, consolidados em
4 de setembro, estão dispo-
níveis na ferramenta Covid-
19 Analytics, mantida pela
Pontifícia Universidade
Católica do Rio de Janeiro
(PUC-Rio), e revelam a taxa
de transmissão em cada uma
das unidades da federação.
Taxas menores que 1 indicam
queda no ritmo de transmis-
são da doença – em Alagoas,
ela está abaixo de 1 há mais
de 30 dias.
Convenção
do MDB será
hoje, com
Luciano fora
Assessoria
Felipe Brasil
3
3
AreskiFreitas(MDB)eJúnior
Menezes (PSL) farão dobradi-
nharumoàPrefeituradeUnião
dos Palmares. Os nomes foram
homologadosONTEM,durante
a Convenção do MDB na
cidade, que aconteceu no Está-
dio Orlando Gomes de Barros.
O deputado Paulo Dantas e o
ex-prefeito Iran Menezes, além
de filiados aos dois partidos,
participaramdoevento.
Areski Freitas forma com Júnior Menezes
...UNIÃO DOS PALMARES
DulceMelo
Ascom/MPAL
M
embros e
servidores
do Minis-
tério Público do Estado de
Alagoas (MPE/AL) retoma-
ram as atividades presenciais
na segunda-feira (14). Para
maior segurança, todas as
medidas sanitárias são manti-
das e uma cartilha reforçando
as orientações foi confeccio-
nada e disponibilizada. O
retorno, a princípio, é com
50% do recurso humano, por
revezamento,eoatendimento
ao público somente em caso
específico, por agendamento.
Todasasdecisõesforamtoma-
das em reunião com o grupo
de trabalho, instituído para
discutireplanejar,implemen-
tar, acompanhar e divulgar as
medidas de retorno gradual
dos serviços presenciais.
Por determinação do
procurador-geral de Justiça,
Márcio Roberto Tenório de
Albuquerque, a diretoria-
-geral agilizou a aquisição de
novaremessadeEquipamento
de Proteção Individual (EPI),
a exemplo de máscaras e face
shield,alémdeálcoolemgele
a70%, materialdehigieneque
foram disponibilizados para
as unidades institucionais,
priorizando a primeira distri-
buição às unidades com órgão
de execução e atendimento
mais efetivo à população.
Razão pela qual, na semana
passada, foram enviados kits
com material necessário para
21 municípios.
“Tivemos todos os cuida-
dos possíveis para que
membros e servidores retor-
nassem com segurança, afinal
tratamos de vidas. Além de
termos a obrigação de cuidar
dos membros e servidores,
colaboradores,temostambém
que cuidar do cidadão. Há um
planejamento eficaz para que
sejam cumpridas as normas
sanitárias, já distribuímos
máscaras, álcool e material de
limpeza para os locais onde
há previsão de atendimento
maior ao público, também
aguardamos o recebimento
de tapetes sanitários, termô-
metros e totens que irão, sem
dúvidas, ajudar ainda mais
nesse processo”, afirma o
procurador-geral de Justiça.
Em todos os setores das
unidades do MPE/AL foi
determinado que houvesse o
uso de máscaras, o distancia-
mento, bem como a higieni-
zação de mesas e maquinário
durante o trabalho. Também
foi definido o uso individual,
no máximo duas pessoas, no
elevador, dando preferência à
escada.Ficaproibidaqualquer
aglomeração nos corredores e
nos cômodos das unidades.
Membros e servidores
considerados de grupo de
risco continuarão em home
office.Ochefeministerial,com
o grupo de trabalho, acordou
que pais com filhos de até dois
anosdeidadetambémpodem
permanecer em casa.
2 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020
MACEIÓ redação 82 3023.2092
e-mail redacao@odia-al.com.br
Normas sanitárias e só 50%
de pessoal, no retorno do MP
TRABALHO PRESENCIAL foi pensado pelo grupo de trabalho instituído para discutir e planejar medidas para o retorno gradual
Anderson Macena
Divulgação
Distanciamento entre os servidores e a utilização de máscars de proteção durante o trabalho presencial no MP
Iracema Ferro
Repórter
A Força Tática do 4°
Batalhão de Polícia Militar
(4ºBPM) apreendeu, cerca de
155gdecocaína eprendeuum
suspeito de tráfico de entor-
pecentes. A ação aconteceu
na Rua Paraguaçu, bairro de
Santa Lúcia, após investiga-
ção do serviço de inteligência
e apoio da supervisão do 4º
Batalhão.
Deacordocomosmilitares
da Força Tática, após o levan-
tamento do serviço de inteli-
gência,elesforaminformados
que havia um suposto ponto
de tráfico na Santa Lúcia e
foram ao local. Ao chegarem
no endereço, eles foram rece-
bidos pela irmã do suposto
traficante, que autorizou a
entrada da Força Tática.
Já no interior da casa, foi
encontrado o suspeito de
tráfico que informou o local
exato onde estava a coca-
ína. Material apreendido e
suspeito preso, a Força Tática
seguiu para a Central de
Flagrantes, onde o rapaz foi
autuado por tráfico de entor-
pecentes pela equipe da Polí-
cia Civil de plantão.
O suspeito tem uma
tatuagem nas costas de um
trecho da música “O Anjo
Mais Velho” da banda Teatro
Mágico com uma auréola e
um par de asas: “Só enquanto
eu respirar vou me lembrar
de você”, com o nome “Mano
Du” completando o desenho.
TRÁFICO DE DROGAS
Suspeito é preso com
cocaína na Santa Lúcia
Material apreendido em poder do criminoso foi levado para a Central de Flagrantes, onde ocorreu a autuação
A Secretaria de Estado da
Segurança Pública de Alagoas
(SSP), por meio das Polí-
cias Civil e Militar, deflagra-
ram ONTEM uma operação
integrada, denominada de
“Xeque-mate”, com o objetivo
de desarticular dois bandos
criminosos, vinculados a uma
facção criminosa de âmbito
nacional, que vinham atuando
na prática de tráfico de drogas
e outros delitos em Maceió e
tambémnomunicípiodeMari-
bondo.
As investigações tiveram
início em abril deste ano, fruto
deumtrabalhointegradoentre
o delegado Gustavo Henrique,
diretor da Divisão Especial
de Investigações e Capturas
(DEIC) e o Batalhão de Opera-
çõesPoliciaisEspeciais(BOPE).
Houve ainda colaboração dos
1° e 10° batalhões.
Durante os trabalhos inves-
tigativos, ficou constatada a
existência de duas organiza-
ções criminosas, que pratica-
vam suas ações delituosas na
cidade de Maribondo e em
Maceió, especialmente nos
bairros do Centro, Levada,
Jacintinho e Vergel do Lago.
AÇÃO CONJUNTA
Polícia desarticula
bandos de facção
Iracema Ferro
Repórter
Sem banco, sem retrovisor
e com o condutor inabilitado:
este é apenas um exemplo de
como algumas motocicletas
são flagradas em blitze realiza-
das pelo Batalhão de Polícia de
Trânsito(BPTran).
Em menos de 60 dias, os
militaresdogrupoÁguiasapre-
enderam mais de 160 Cartei-
ras Nacionais de Habilitação
(CNHs) e inúmeras motocicle-
taspordiversasirregularidades
detrânsito.
Segundo o comandante da
unidade,tenente-coronelFelipe
Lins, as principais irregularida-
des flagradas durante as blitze
e nas fiscalizações de rotina são
a mudança de características
originais das motos, a ausência
de retrovisores e faróis, ilumi-
nação sem funcionar, péssimo
estado de conservação e altera-
çãonascoresdosveículos,além
dedirigiremestadodeembria-
guez.
Tenente-coronel Felipe
lembra que durante as ações
dos Águias vários veículos
roubados foram recuperados,
o que representa um grande
alívio para os seus proprietá-
rios. “O cidadão de bem, com
todoesforço,comprasuamoto-
cicleta e acaba tendo o bem
tomadoporassaltantes.Muitas
vezes ele ainda está pagando
pelo veículo enquanto o crimi-
noso usa para praticar crimes
ou para seus deslocamentos.
Sempre que recuperamos
um veículo roubado, princi-
palmente moto, temos uma
sensação de dever cumprido,
não somente com relação ao
proprietário, mas com a socie-
dade de modo geral. Como as
motocicletassãomaiságeis,são
o meio preferido dos bandidos,
então, cada uma que é recupe-
rada das mãos dos criminosos
e devolvida ao dono, reforça
a segurança em Alagoas”,
defende.
Ele alerta que tem sido
grandeaquantidadedecondu-
tores de motocicletas, mesmo
habilitados, que insistem em
andar sem capacete, o que
representaumainfraçãogravís-
sima. Há condutores que estão
decapaceteecarregamgarupas
sem capacete e não raras vezes
são vistos condutores e garu-
pascomcapaceteeumacriança
entre eles sem a proteção,
quando o condutor, o garupa
e a criança não estão com o
importante equipamento, que
pode ser determinante entre a
vida e a morte em um acidente,
do mais simples (uma queda
de moto em baixa velocidade
durante a passagem por uma
alteração na pista) aos mais
complexos (como colisões em
altavelocidade).
“Outro dado que chama
a atenção é a quantidade de
condutores de motocicleta sem
habilitação. Eles colocam não
somente em risco a própria
vida,porqueestãoguiandoum
veículo para o qual não tive-
ram treinamento adequado e
não possuem autorização para
uso, como também de toda e
qualquer pessoa que cruzar
seu caminho”, analisa o oficial,
lembrando que somente nos
meses de julho e agosto 269
condutores inabilitados foram
flagrados pelo BPTran, sendo
a maioria deles conduzindo
motocicletas das mais diversas
cilindradas.
“Estamos nas ruas, em
Maceió e no interior, para
garantir a segurança de todos,
tornar o trânsito seguro e evitar
que mais pessoas morram em
acidentes, fiquem mutiladas
ou tenham invalidez perma-
nente”,destacatenente-coronel
FelipeLins.
3O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020
ALAGOAS redação 82 3023.2092
e-mail redacao@odia-al.com.br
AgênciaAlagoas
O
e s t a d o d e
Alagoas tem,
hoje, a menor
taxa de contágio de Covid-19
do Brasil, com índice de 0,61.
Osdados,consolidadosem4de
setembro, estão disponíveis na
ferramenta Covid-19Analytics,
mantida pela Pontifícia Univer-
sidade Católica do Rio de
Janeiro (PUC-Rio), e revelam
a taxa de transmissão em cada
umadasunidadesdafederação.
Taxas menores que 1 indicam
queda no ritmo de transmissão
dadoença–emAlagoas,elaestá
abaixode1hámaisde30dias.
De acordo com os pesquisa-
dores responsáveis pelo desen-
volvimento da plataforma, o
Rt é uma métrica que repre-
senta para quantas pessoas,
em média, um indivíduo infec-
tado pode chegar a transmitir a
doença.
Para entender como este
número é positivo, no início de
abrilAlagoas chegou a registrar
umataxadecontágiode3,93,ou
seja, cada grupo de 100 pessoas
infectadas contaminava cerca
de outras 393 pessoas. Já a taxa
atual significa que cada grupo
de 100 pessoas infectadas em
Alagoas transmite para outras
61pessoas.
TAXADECONTÁGIODA
COVID-19NOSESTADOS
Após Alagoas, as unida-
des da federação com os
menores índices são Sergipe,
com um Rt de 0,69; Distrito
Federal, com 0,77, e Bahia,
com uma taxa de 0,79.
O governador Renan
Filho atribui o fato às medi-
das tomadas pelo Governo
do Estado antes mesmo de a
pandemia começar a se disse-
minar. “Aqui emAlagoas, nós
tomamos medidas preventi-
vas exatamente no início da
pandemia. Alguns estados
brasileiros apostaram que a
doença não chegaria até eles
e demoraram a tomar tais
medidas. Isso fez com que a
taxa de contágio fosse supe-
rior por lá”, afirmou.
Além disso, ele recordou
que em Alagoas o trabalho
de enfrentamento à Covid-
19 foi desenvolvido de forma
colaborativa. Somaram-se
aos esforços do Governo
do Estado os municípios
e os poderes Legislativo e
Judiciário. “Os municípios
tiveram papel importantís-
simo no sentido de fortale-
cer as barreiras sanitárias
das cidades e de dialogar
com o cidadão, cuja colabo-
ração individual, por meio
do distanciamento social e
do uso de máscara, tem sido
fundamental para vencermos
essa batalha contra o corona-
vírus”, acrescentou o gover-
nador.
Mesmo com a desacele-
ração da taxa de contágio
no estado, a população deve
manter os cuidados básicos,
como a utilização de másca-
ras, higienizar as mãos com
frequência e não realizar
aglomerações, além de seguir
as determinações do decreto
estadual em vigor. As medi-
das são essenciais para que o
contágio não volte a subir.
Alagoas tem a menor taxa de contágio
de Covid-19 do país, segundo PUC-Rio
TAXA DE TRANSMISSÃO está em 0,61; é essencial manter cuidados básicos como uso de máscaras e evitar aglomerações
Felipe Brasil
Crortesia/BPTran
DESEMPENHO
Em menos de 60 dias, “Águias” do
BPTran apreendem mais de 160 CNHs
Usar máscaras, higienizar as mãos e evitar aglomerações é fundamental para que o contágio não volte a crescer
Pelotão Águias do BPTran realizou dezenas de blitze e fez apreensão de veículos e documentos irregulares
AgênciaAlagoas
D
e s d e
s e g u n d a -
-feira (14),
o DDD 21 voltou a tocar
nos telefones de moradores
das 100 grotas situadas em
Maceió. Trata-se da segunda
rodada de entrevistas realiza-
das pelo Projeto Emergencial
de Monitoramento da Covid-
19 nas Grotas de Maceió,
do Programa das Nações
Unidas para os Assentamen-
tos Humanos (ONU-Habitat)
emparceriacomoGovernode
Alagoas.
Naprimeirafase,otrabalho
coletou dados sobre condições
demoradia,percepçãoeconhe-
cimento das pessoas sobre a
pandemia, acesso a serviços
de saúde, além de trabalho
e renda. Agora também será
tratadootemadeeducaçãodos
estudantes e será aprofundado
o tema do trabalho, emprego e
renda.
“Atualmente, a situação
sanitária da pandemia em
Maceió parece ter mudado em
comparaçãocomosmesesante-
riores, mas os desafios socioe-
conômicos das populações nas
grotasseguecomoumagrande
preocupação”, aponta Jônatas
Ribeiro de Paula, Analista de
ProgramasdoONU-Habitatdo
escritório de Maceió. “Vamos
continuar fazendo perguntas
relacionadas à saúde e vamos
fazer mais perguntas detalha-
das sobre trabalho e renda das
pessoas nas grotas, além de
abordar questões relacionadas
à ensino pela Internet e retorno
àsaulaspresenciais”,explica.
Ao longo das duas próxi-
mas semanas, se você vive em
grota e o celular chamar com
um número do Rio de Janeiro
(DDD 21) – que é onde fica a
sededoONU-HabitatnoBrasil
– pode atender. Do outro lado
da linha, o entrevistador irá se
apresentar como representante
do projeto e irá solicitar alguns
minutos da sua atenção para
realizarumabreveentrevista.
Mas, antes de tudo, muita
atenção: em momento algum
os entrevistadores solicitam
informaçõesenúmerodedocu-
mentos pessoais, como RG,
CPF ou dados bancários. Caso
isso ocorra, desligue o telefone
imediatamente.
“Será perguntado se as
pessoas estão trabalhando,
qual o valor da sua renda, se
estão recebendo auxílio emer-
gencial e quanto receberam,
se são cadastradas no Bolsa
Família, se recebem outro tipo
de auxílio e respectivos valo-
res”,detalhaorepresentantedo
ONU-Habitat. “Toda informa-
ção é estritamente confidencial.
A gente não repassa as infor-
mações individualizadas para
ninguém – nem mesmo para o
Governo, em hipótese alguma.
Elasservemparaaproduçãode
dados agregados estatísticos”,
asseguraJônatasdePaula.
Ao final, os dados coleta-
dos servirão como base para a
produção de um diagnóstico
dascondiçõessanitáriasesocio-
econômicas dos moradores das
grotas. As informações pode-
rão auxiliar o poder público na
formulação de soluções emer-
genciais, políticas e programas
desustentabilidadeparamelho-
rar as condições de vida da
populaçãonessaslocalidades.
PRIMEIROS RESULTADOS
Na primeira etapa de entre-
vistas, realizada ao longo de
três semanas entre o final de
julho e começo de agosto, o
projeto ouviu 412 moradores
de 100 grotas de Maceió. Entre
os dados já apurados, destaca-
-seque99,5%dosentrevistados
sabem que está acontecendo
umapandemia.
“Saber que a pandemia
está acontecendo é uma coisa,
outra é ter conhecimento ou
as mesmas informações sobre
o problema, que nem todos
têm”, destaca o representante
do ONU-Habitat. “Como sabe-
mos que existe uma questão de
desinformação,quisemosiden-
tificar se as pessoas concordam
que a pandemia é algo sério”,
esclarece.
Uma das questões reali-
zada pelos entrevistadores
foi: “O novo coronavírus é
muito perigoso e tem matado
muitas pessoas. Precisa-
mos nos prevenir e adotar
o distanciamento social se
não o sistema de saúde não
conseguirá atender todos os
doentes”. Na sequência, o
morador escolheu uma das
opções abaixo e o resultado
ficou assim:
4 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020
ESPECIAL redação 82 3023.2092
e-mail redacao@odia-al.com.br
ONU-Habitat ouvirá dois mil
moradores de grotas de Maceió
INICIATIVAREALIZADAcomGovernodeAlagoasquersabersobretrabalho,renda,educação,saúdeecomportamentodurantepandemia
Márcio Ferreira
“As pessoas que discordam
e que discordam fortemente
chegaramaquase6%.Issoéum
problema porque essa minoria
pode se tornar vetores do vírus
e contribuir para o prolonga-
mento da pandemia”, adverte
Jônatas.
O quesito que investiga a
adoçãodemedidaspreventivas
por parte dos moradores apre-
sentou muitas variações nos
índices. Por exemplo, quando
a pergunta foi sobre a utiliza-
ção de máscara ao sair de casa,
92,7% disseram que sempre
usam; 6,3% utilizam às vezes; e
apenas1%revelouquenãousa.
Já sobre respeitar o distan-
ciamentofísico–ficara2metros
distância das demais pessoas
quando estiver fora de casa –,
74,6% relataram ficar sempre;
22% ficam às vezes; e 3,4%
nuncaficam.
Asrespostasdosentrevista-
dos aponta que 9% dos mora-
dores de grota relataram ter
tido um diagnóstico positivo
para Covid-19 dado especifi-
camente por um médico ou
serviço de saúde. Assim, no
universo estimado de 100 mil
moradores que atualmente
vivem nas grotas da capital, a
pesquisa indica que aproxima-
damente9milpessoastestaram
positivoparaovírusnofinalde
julhoecomeçodeagosto.
“É uma pesquisa de muita
qualidade, com um bom
desenho amostral e com cará-
ter representativo”, avalia o
Analista. Segundo informa,
com a repetição de algumas
perguntas a cada rodada, a
pesquisaganhaoperfildesérie
histórica ao permitir a obser-
vação de como o comporta-
mento e a renda das pessoas
estão mudando ao longo do
tempo. “Haverá uma terceira
coleta também. Se na primeira
pesquisanóstiramosumafoto-
grafia, ao final do projeto tere-
mos um filme contando uma
história, a partir dos dados, de
comofoiapandemianasgrotas
deMaceió”,considera.
O projeto tem também um
segundo componente, que é
o engajamento dos jovens das
comunidades para a produção
de materiais gráficos e audio-
visuais, com o objetivo de
produzir um curta-metragem
em formato de documentá-
rio. “Ao final, além de termos
um panorama da realidade
contado a partir de dados cien-
tíficos e estatísticos - que pode
ser uma narrativa mais fria -
também vamos apresentar um
aspectomaishumanopormeio
da história, das vozes, rostos e
narrativa de pessoas de carne e
osso, que vão contar suas expe-
riências a partir das vivências
de enfrentamento à Covid-19”,
finalizaJônatasdePaula.
Nas comunidades, quem discorda dos riscos pode se tornar vetores do vírus
Etapa tratará da educação
dos estudantes e será
aprofundado o tema do
trabalho,emprego e renda
- 27,6% concordam
fortemente;
- 66,6% concordam;
- 0,4% discordam;
- 2,7% discordam
fortemente;
- 2,7% não têm uma
opinião.
5O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020
MERCADO redação 82 3023.2092
e-mail redacao@odia-al.com.br
A
A s s o c i a -
ç ã o d a s
E m p r e s a s
do Mercado Imobiliário de
Alagoas (Ademi-AL) apre-
sentou ONTEM a edição 2020
do Salão do Imóvel Ademi, a
mais importante vitrine de
imóveis de Alagoas, em um
café da manhã exclusivo para
convidados no Hotel Jatiúca.
Aproveitando um dos
momentos mais otimistas
do setor nos últimos anos, o
Salão do Imóvel traz grandes
novidades para esta edição,
que será realizada de 22 a 25
de outubro. A primeira delas
é a localização, no Parque
Shopping Maceió, em Cruz
das Almas, endereço esco-
lhido para proporcionar
ainda mais comodidade e
segurança ao público, com
um rígido protocolo de higie-
nização e prevenção contra a
Covid-19.
Outro destaque é a
proporção do evento, que
este ano chega com um
número de estandes 20%
maior do que a edição do ano
passado, reunindo os princi-
pais lançamentos imobiliá-
rios do Estado.
Repetindo o sucesso do
Festival Ademi, realizado
no final de agosto em uma
edição 100% online por conta
das restrições impostas pela
pandemia, o Salão do Imóvel
Ademi ganhará este ano,
pela primeira vez, também
uma versão virtual: além de
poder conferir pessoalmente
as oportunidades de negó-
cios no Parque Shopping, o
público poderá acessar todos
os detalhes dos empreendi-
mentos participantes pelo
endereço www.salaodoimo-
velademi.com.br.
“Esta tem tudo para ser
uma das melhores edições
de todos os tempos”, afirma
Jubson Uchôa, presidente
da Ademi-AL. “Além do
momento extremamente
favorável para a aquisição
de imóveis, com as taxas de
juros nas mínimas históri-
cas e a demanda por imóveis
crescendo, acreditamos que
a realização do evento em
um empreendimento como
o Parque Shopping aumente
ainda mais a resposta do
público”, diz. Em 2019, o
Salão do ImóvelAdemi gerou
mais de 80 milhões de reais
em negócios, com um público
de mais de 6000 visitantes.
“Este ano, considerando os
excelentes números que obti-
vemos com o Festival Ademi
e o retorno de construtoras,
fornecedores e bancos inte-
ressados em participar, esta-
mos muito otimistas”, diz
Uchôa. Imediatamente após
o lançamento, mais de 60%
dosestandesforamvendidos.
O Salão do Imóvel Ademi
2020 é mais uma das ações
integrantes do movimento
Imóvel é Mais Negócio,
iniciativainéditalançadapela
Ademi no primeiro semestre
com o objetivo de incenti-
var a aquisição de imóveis,
chamando a atenção sobre
as vantagens deste tipo de
investimento. O movimento
Imóvel é Mais Negócio tem
o patrocínio da Krona, Ibra-
tin e Saint-Gobain e apoio do
Sinduscon, Sebrae, Cofeci e
Creci-AL.
Ademi-AL lança Salão do Imóvel
2020 em evento no Hotel Jatiúca
EMEDIÇÃOqueprometeserhistórica,eventoserárealizadonoParqueShoppingetevemaisde60%dosestandesvendidosimediatamente
Jobson Uchoa,presidente daAdemi,e Leonardo Franco,superintendente do Parque Shpping,no lançamento do evento
Divulgação
6 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (10)

Jornal digital 4788_qua_04112015
Jornal digital 4788_qua_04112015Jornal digital 4788_qua_04112015
Jornal digital 4788_qua_04112015
 
O Dia Digital - AEROPORTO DE MARAGOGI
O Dia Digital - AEROPORTO DE MARAGOGIO Dia Digital - AEROPORTO DE MARAGOGI
O Dia Digital - AEROPORTO DE MARAGOGI
 
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
 
Jornal digital 4671_ter_19052015
Jornal digital 4671_ter_19052015Jornal digital 4671_ter_19052015
Jornal digital 4671_ter_19052015
 
Jornal Águas Lindas - Ed 259
Jornal Águas Lindas - Ed 259Jornal Águas Lindas - Ed 259
Jornal Águas Lindas - Ed 259
 
Jornal Águas Lindas - Edição 258
Jornal Águas Lindas - Edição 258Jornal Águas Lindas - Edição 258
Jornal Águas Lindas - Edição 258
 
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
 
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
 
Edicao julho 2013
Edicao julho 2013Edicao julho 2013
Edicao julho 2013
 
Pesquisa GRUPOM - Aparecida de Goiânia GO publicada em 22 de fevereiro de 2014
Pesquisa GRUPOM - Aparecida de Goiânia GO publicada em 22 de fevereiro de 2014Pesquisa GRUPOM - Aparecida de Goiânia GO publicada em 22 de fevereiro de 2014
Pesquisa GRUPOM - Aparecida de Goiânia GO publicada em 22 de fevereiro de 2014
 

Semelhante a O Dia Digital - ALAGOAS TEM A MENOR TAXA DE CONTAMINAÇÃO DO PAÍS

Semelhante a O Dia Digital - ALAGOAS TEM A MENOR TAXA DE CONTAMINAÇÃO DO PAÍS (20)

O Dia Digital - NÚMEROS DA COVID CAEM
O Dia Digital - NÚMEROS DA COVID CAEMO Dia Digital - NÚMEROS DA COVID CAEM
O Dia Digital - NÚMEROS DA COVID CAEM
 
O Dia Digital - SSP ZERA ÍNDICE DE ASSALTO A BANCOS
O Dia Digital - SSP ZERA ÍNDICE DE ASSALTO A BANCOSO Dia Digital - SSP ZERA ÍNDICE DE ASSALTO A BANCOS
O Dia Digital - SSP ZERA ÍNDICE DE ASSALTO A BANCOS
 
O Dia Digital - DAMAS DO CRIME
O Dia Digital - DAMAS DO CRIMEO Dia Digital - DAMAS DO CRIME
O Dia Digital - DAMAS DO CRIME
 
EDIÇÃO 346
EDIÇÃO 346EDIÇÃO 346
EDIÇÃO 346
 
O dia - POLÍCIA ACABA COM FARRA DAS DIÁRIAS EM SÃO BRÁS
O dia - POLÍCIA ACABA COM FARRA DAS DIÁRIAS EM SÃO BRÁSO dia - POLÍCIA ACABA COM FARRA DAS DIÁRIAS EM SÃO BRÁS
O dia - POLÍCIA ACABA COM FARRA DAS DIÁRIAS EM SÃO BRÁS
 
O Dia Digital - MORTE DE VOLUNTÁRIO DA CORONAVAC “FOI SUICÍDIO”
O Dia Digital - MORTE DE VOLUNTÁRIO DA CORONAVAC “FOI SUICÍDIO”O Dia Digital - MORTE DE VOLUNTÁRIO DA CORONAVAC “FOI SUICÍDIO”
O Dia Digital - MORTE DE VOLUNTÁRIO DA CORONAVAC “FOI SUICÍDIO”
 
O Dia Digital - PREFEITOS FORMADOS
O Dia Digital - PREFEITOS FORMADOSO Dia Digital - PREFEITOS FORMADOS
O Dia Digital - PREFEITOS FORMADOS
 
O dia - Alagoas na faze azul
O dia - Alagoas na faze azulO dia - Alagoas na faze azul
O dia - Alagoas na faze azul
 
Jornal O Dia - ESTADO VAI DISCIPLINAR AS FILAS NOS BANCOS
Jornal O Dia - ESTADO VAI DISCIPLINAR AS FILAS NOS BANCOSJornal O Dia - ESTADO VAI DISCIPLINAR AS FILAS NOS BANCOS
Jornal O Dia - ESTADO VAI DISCIPLINAR AS FILAS NOS BANCOS
 
Jornal o dia - BPTRAN DÁ ABALO NO TRÁFICO
Jornal o dia - BPTRAN DÁ ABALO NO TRÁFICOJornal o dia - BPTRAN DÁ ABALO NO TRÁFICO
Jornal o dia - BPTRAN DÁ ABALO NO TRÁFICO
 
O Dia Digital - SAMU MOBILIZA HELICÓPTERO PARA “FALSA OCORRÊNCIA”
O Dia Digital - SAMU MOBILIZA HELICÓPTERO PARA “FALSA OCORRÊNCIA”O Dia Digital - SAMU MOBILIZA HELICÓPTERO PARA “FALSA OCORRÊNCIA”
O Dia Digital - SAMU MOBILIZA HELICÓPTERO PARA “FALSA OCORRÊNCIA”
 
O Dia Digital - APREENSÃO DE MACONHA
O Dia Digital - APREENSÃO DE MACONHAO Dia Digital - APREENSÃO DE MACONHA
O Dia Digital - APREENSÃO DE MACONHA
 
O Dia Digital - POBRES CANDIDATOS RICOS
O Dia Digital - POBRES CANDIDATOS RICOSO Dia Digital - POBRES CANDIDATOS RICOS
O Dia Digital - POBRES CANDIDATOS RICOS
 
O Dia Digital - PM RECEBE DUAS MIL GLOCKS E 250 FUZIS
O Dia Digital - PM RECEBE DUAS MIL GLOCKS E 250 FUZISO Dia Digital - PM RECEBE DUAS MIL GLOCKS E 250 FUZIS
O Dia Digital - PM RECEBE DUAS MIL GLOCKS E 250 FUZIS
 
O Dia Digital - USTIÇA BLOQUEIA R$ 252 MILHÕES DO PCC
O Dia Digital - USTIÇA BLOQUEIA R$ 252 MILHÕES DO PCCO Dia Digital - USTIÇA BLOQUEIA R$ 252 MILHÕES DO PCC
O Dia Digital - USTIÇA BLOQUEIA R$ 252 MILHÕES DO PCC
 
O Dia Digital - JAIR BOLSONARO DIZ QUE VACINA NO PAÍS NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA
O Dia Digital - JAIR BOLSONARO DIZ QUE VACINA NO PAÍS NÃO SERÁ OBRIGATÓRIAO Dia Digital - JAIR BOLSONARO DIZ QUE VACINA NO PAÍS NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA
O Dia Digital - JAIR BOLSONARO DIZ QUE VACINA NO PAÍS NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA
 
Jornal digital 4736 qua-19082015
Jornal digital 4736 qua-19082015Jornal digital 4736 qua-19082015
Jornal digital 4736 qua-19082015
 
O Dia Digital - UM TERÇO DOS CANDIDATOS NÃO CONCLUIU ENSINO MÉDIO
O Dia Digital - UM TERÇO DOS CANDIDATOS NÃO CONCLUIU ENSINO MÉDIOO Dia Digital - UM TERÇO DOS CANDIDATOS NÃO CONCLUIU ENSINO MÉDIO
O Dia Digital - UM TERÇO DOS CANDIDATOS NÃO CONCLUIU ENSINO MÉDIO
 
Jornal digital 4809_qui_03122015
Jornal digital 4809_qui_03122015Jornal digital 4809_qui_03122015
Jornal digital 4809_qui_03122015
 
Jornal digital 4588_seg_ 19012015
Jornal digital 4588_seg_ 19012015Jornal digital 4588_seg_ 19012015
Jornal digital 4588_seg_ 19012015
 

Mais de ODiaMais

Mais de ODiaMais (20)

O Dia Digital - GOVERNO ANUNCIA CICLO DE CONCURSOS PARA 2021
O Dia Digital - GOVERNO ANUNCIA CICLO DE CONCURSOS PARA 2021O Dia Digital - GOVERNO ANUNCIA CICLO DE CONCURSOS PARA 2021
O Dia Digital - GOVERNO ANUNCIA CICLO DE CONCURSOS PARA 2021
 
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADAO Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
 
O Dia Digital - JOÃO HENRIQUE CALDAS VENCE ELEIÇÃO EM MACEIÓ
O Dia Digital - JOÃO HENRIQUE CALDAS VENCE ELEIÇÃO EM MACEIÓO Dia Digital - JOÃO HENRIQUE CALDAS VENCE ELEIÇÃO EM MACEIÓ
O Dia Digital - JOÃO HENRIQUE CALDAS VENCE ELEIÇÃO EM MACEIÓ
 
O Dia Digital - jhc usa velha política ao se unir à geração que lançou Alagoa...
O Dia Digital - jhc usa velha política ao se unir à geração que lançou Alagoa...O Dia Digital - jhc usa velha política ao se unir à geração que lançou Alagoa...
O Dia Digital - jhc usa velha política ao se unir à geração que lançou Alagoa...
 
O Dia Digital - IMA AUTUA E INTERDITA A USINA PORTO RICO
O Dia Digital - IMA AUTUA E INTERDITA A USINA PORTO RICOO Dia Digital - IMA AUTUA E INTERDITA A USINA PORTO RICO
O Dia Digital - IMA AUTUA E INTERDITA A USINA PORTO RICO
 
O Dia Digital - MÉDIA NAS DEMAIS CAPITAIS É DE 24,5%; NA CAPITAL ALAGOANA, SÃ...
O Dia Digital - MÉDIA NAS DEMAIS CAPITAIS É DE 24,5%; NA CAPITAL ALAGOANA, SÃ...O Dia Digital - MÉDIA NAS DEMAIS CAPITAIS É DE 24,5%; NA CAPITAL ALAGOANA, SÃ...
O Dia Digital - MÉDIA NAS DEMAIS CAPITAIS É DE 24,5%; NA CAPITAL ALAGOANA, SÃ...
 
O Dia Digital - Reis do calote
O Dia Digital - Reis do caloteO Dia Digital - Reis do calote
O Dia Digital - Reis do calote
 
O Dia Digital - CONTRA A COVID-19
O Dia Digital - CONTRA A COVID-19 O Dia Digital - CONTRA A COVID-19
O Dia Digital - CONTRA A COVID-19
 
O Dia Digital - SONEGADORES
O Dia Digital - SONEGADORESO Dia Digital - SONEGADORES
O Dia Digital - SONEGADORES
 
O Dia Digital - MINISTÉRIO DA ECONOMIA PROJETA INFLAÇÃO MAIOR
O Dia Digital - MINISTÉRIO DA ECONOMIA PROJETA INFLAÇÃO MAIORO Dia Digital - MINISTÉRIO DA ECONOMIA PROJETA INFLAÇÃO MAIOR
O Dia Digital - MINISTÉRIO DA ECONOMIA PROJETA INFLAÇÃO MAIOR
 
O Dia Digital - NO PAÍS, 57 CIDADES TERÃO O 2o TURNO
O Dia Digital - NO PAÍS, 57 CIDADES TERÃO O 2o TURNOO Dia Digital - NO PAÍS, 57 CIDADES TERÃO O 2o TURNO
O Dia Digital - NO PAÍS, 57 CIDADES TERÃO O 2o TURNO
 
O Dia Digital - Família de Davi Davino filho faz fortuna na politica há 30 anos
O Dia Digital - Família de Davi Davino filho faz fortuna na politica há 30 anosO Dia Digital - Família de Davi Davino filho faz fortuna na politica há 30 anos
O Dia Digital - Família de Davi Davino filho faz fortuna na politica há 30 anos
 
O Dia Digital - INFLAÇÃO AFETA OS POBRES
O Dia Digital - INFLAÇÃO AFETA OS POBRESO Dia Digital - INFLAÇÃO AFETA OS POBRES
O Dia Digital - INFLAÇÃO AFETA OS POBRES
 
O Dia Digital - PESQUISA IBOPE REVELA ALFREDO E JHC NO 2o TURNO
O Dia Digital - PESQUISA IBOPE REVELA ALFREDO E JHC NO 2o TURNOO Dia Digital - PESQUISA IBOPE REVELA ALFREDO E JHC NO 2o TURNO
O Dia Digital - PESQUISA IBOPE REVELA ALFREDO E JHC NO 2o TURNO
 
O Dia Digital - Família Davino usa FUNBRASIL para turbinar lucros de empresa ...
O Dia Digital - Família Davino usa FUNBRASIL para turbinar lucros de empresa ...O Dia Digital - Família Davino usa FUNBRASIL para turbinar lucros de empresa ...
O Dia Digital - Família Davino usa FUNBRASIL para turbinar lucros de empresa ...
 
O Dia Digital - MP: “FLÁVIO LIDERAVA AORGANIZAÇÃOCRIMINOSA”
O Dia Digital - MP: “FLÁVIO LIDERAVA AORGANIZAÇÃOCRIMINOSA”O Dia Digital - MP: “FLÁVIO LIDERAVA AORGANIZAÇÃOCRIMINOSA”
O Dia Digital - MP: “FLÁVIO LIDERAVA AORGANIZAÇÃOCRIMINOSA”
 
O Dia Digital - 1 Assalto a ônibus em 5 meses
O Dia Digital - 1 Assalto a ônibus em 5 mesesO Dia Digital - 1 Assalto a ônibus em 5 meses
O Dia Digital - 1 Assalto a ônibus em 5 meses
 
O Dia Digital - Davi Filho prejudica saúde e beneficia clínica da família
O Dia Digital - Davi Filho prejudica saúde e beneficia clínica da famíliaO Dia Digital - Davi Filho prejudica saúde e beneficia clínica da família
O Dia Digital - Davi Filho prejudica saúde e beneficia clínica da família
 
O Dia Digital - LULA E CIRO SELAM AS PAZES
O Dia Digital - LULA E CIRO SELAM AS PAZESO Dia Digital - LULA E CIRO SELAM AS PAZES
O Dia Digital - LULA E CIRO SELAM AS PAZES
 
O Dia Digital - EQUATORIAL PREJUDICAOITO CIDADES
O Dia Digital - EQUATORIAL PREJUDICAOITO CIDADESO Dia Digital - EQUATORIAL PREJUDICAOITO CIDADES
O Dia Digital - EQUATORIAL PREJUDICAOITO CIDADES
 

O Dia Digital - ALAGOAS TEM A MENOR TAXA DE CONTAMINAÇÃO DO PAÍS

  • 1. ELEIÇÃO EM MACEIÓ... Alfredo Gaspar: “Quero cuidar das pessoas da terra onde nasci” Ex-chefe do Ministé- rio Público de Alagoas e ex-secretário de Estado de Segurança Pública, Alfredo Gaspar foi acla- mado ONTEM pelo voto dos convencionais do MDB, como candidato do partido a prefeito de Maceió, nas eleições de novembro próximo. A cerimônia ocorreu na sede do partido, na Jatiúca, e contou com as presen- ças do governador Renan Filho (MDB); do presi- dente do MDB municipal, deputado estadual Galba Novaes; convencionais e candidatos a vereador pela legenda. “Chego com a humildade para dar esse passo à frente: para cuidar das pessoas, na terra onde nasci e me criei, consti- tuí família e me realizei profissionalmente. Minha campanha será proposi- tiva. Levarei adiante uma campanha limpa, legal. Quero que as pessoas sintam em mim a vontade de mudar o destino de Maceió para melhor. Meu foco inicial será a saúde pública – pelo que o povo maceioense e alagoano está passando com essa pandemia”, assinalou o candidato. Alagoas l 16 de setembro I ano 08 I nº 088 l 2020 redação 82 3023.2092 I e-mail redacao@odia-al.com.br 5SALÃODOIMÓVEL2020ACONTECERÁDE22A25DEOUTUBRONOPARQUESHOPPING;60%DOSESTANDESJÁESTÃOVENDIDOS 3 AÇÃO DOS ÁGUIAS Operações do BPTran apreendem 160 CNHs em apenas 60 dias ALAGOASTEMAMENORTAXA DE CONTAMINAÇÃO DO PAÍS Alfredo Gaspar abraça Dona Felina Mendonça,sua mãe,momentos antes da homologação de sua candidatura Júnior Menezes será o vice na chapa liderada pelo prefeito Areski Freitas que vai tentar a reeleição na cidade AINDAÉESSENCIALMANTERCUIDADOSBÁSICOSCOMOUSODEMÁSCARASEEVITARAGLOMERAÇÕESPARASEPREVENIR ...EM ARAPIRACA A convenção do MDB de Arapiraca seria ONTEM, mas foi remarcada para HOJE. Luciano Barbosa anunciou o seu nome para a disputa, mas oDiretórioRegionalcancelou a convenção. O candidato a prefeito do MDB em Arapi- raca será o deputado Ricardo Nezinho ou o empresário Daniel Barbosa. O estado de Alagoas tem, hoje, a menor taxa de contágio de Covid-19 do Brasil, com índice de 0,61. Os dados, consolidados em 4 de setembro, estão dispo- níveis na ferramenta Covid- 19 Analytics, mantida pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), e revelam a taxa de transmissão em cada uma das unidades da federação. Taxas menores que 1 indicam queda no ritmo de transmis- são da doença – em Alagoas, ela está abaixo de 1 há mais de 30 dias. Convenção do MDB será hoje, com Luciano fora Assessoria Felipe Brasil 3 3 AreskiFreitas(MDB)eJúnior Menezes (PSL) farão dobradi- nharumoàPrefeituradeUnião dos Palmares. Os nomes foram homologadosONTEM,durante a Convenção do MDB na cidade, que aconteceu no Está- dio Orlando Gomes de Barros. O deputado Paulo Dantas e o ex-prefeito Iran Menezes, além de filiados aos dois partidos, participaramdoevento. Areski Freitas forma com Júnior Menezes ...UNIÃO DOS PALMARES
  • 2. DulceMelo Ascom/MPAL M embros e servidores do Minis- tério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) retoma- ram as atividades presenciais na segunda-feira (14). Para maior segurança, todas as medidas sanitárias são manti- das e uma cartilha reforçando as orientações foi confeccio- nada e disponibilizada. O retorno, a princípio, é com 50% do recurso humano, por revezamento,eoatendimento ao público somente em caso específico, por agendamento. Todasasdecisõesforamtoma- das em reunião com o grupo de trabalho, instituído para discutireplanejar,implemen- tar, acompanhar e divulgar as medidas de retorno gradual dos serviços presenciais. Por determinação do procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, a diretoria- -geral agilizou a aquisição de novaremessadeEquipamento de Proteção Individual (EPI), a exemplo de máscaras e face shield,alémdeálcoolemgele a70%, materialdehigieneque foram disponibilizados para as unidades institucionais, priorizando a primeira distri- buição às unidades com órgão de execução e atendimento mais efetivo à população. Razão pela qual, na semana passada, foram enviados kits com material necessário para 21 municípios. “Tivemos todos os cuida- dos possíveis para que membros e servidores retor- nassem com segurança, afinal tratamos de vidas. Além de termos a obrigação de cuidar dos membros e servidores, colaboradores,temostambém que cuidar do cidadão. Há um planejamento eficaz para que sejam cumpridas as normas sanitárias, já distribuímos máscaras, álcool e material de limpeza para os locais onde há previsão de atendimento maior ao público, também aguardamos o recebimento de tapetes sanitários, termô- metros e totens que irão, sem dúvidas, ajudar ainda mais nesse processo”, afirma o procurador-geral de Justiça. Em todos os setores das unidades do MPE/AL foi determinado que houvesse o uso de máscaras, o distancia- mento, bem como a higieni- zação de mesas e maquinário durante o trabalho. Também foi definido o uso individual, no máximo duas pessoas, no elevador, dando preferência à escada.Ficaproibidaqualquer aglomeração nos corredores e nos cômodos das unidades. Membros e servidores considerados de grupo de risco continuarão em home office.Ochefeministerial,com o grupo de trabalho, acordou que pais com filhos de até dois anosdeidadetambémpodem permanecer em casa. 2 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020 MACEIÓ redação 82 3023.2092 e-mail redacao@odia-al.com.br Normas sanitárias e só 50% de pessoal, no retorno do MP TRABALHO PRESENCIAL foi pensado pelo grupo de trabalho instituído para discutir e planejar medidas para o retorno gradual Anderson Macena Divulgação Distanciamento entre os servidores e a utilização de máscars de proteção durante o trabalho presencial no MP Iracema Ferro Repórter A Força Tática do 4° Batalhão de Polícia Militar (4ºBPM) apreendeu, cerca de 155gdecocaína eprendeuum suspeito de tráfico de entor- pecentes. A ação aconteceu na Rua Paraguaçu, bairro de Santa Lúcia, após investiga- ção do serviço de inteligência e apoio da supervisão do 4º Batalhão. Deacordocomosmilitares da Força Tática, após o levan- tamento do serviço de inteli- gência,elesforaminformados que havia um suposto ponto de tráfico na Santa Lúcia e foram ao local. Ao chegarem no endereço, eles foram rece- bidos pela irmã do suposto traficante, que autorizou a entrada da Força Tática. Já no interior da casa, foi encontrado o suspeito de tráfico que informou o local exato onde estava a coca- ína. Material apreendido e suspeito preso, a Força Tática seguiu para a Central de Flagrantes, onde o rapaz foi autuado por tráfico de entor- pecentes pela equipe da Polí- cia Civil de plantão. O suspeito tem uma tatuagem nas costas de um trecho da música “O Anjo Mais Velho” da banda Teatro Mágico com uma auréola e um par de asas: “Só enquanto eu respirar vou me lembrar de você”, com o nome “Mano Du” completando o desenho. TRÁFICO DE DROGAS Suspeito é preso com cocaína na Santa Lúcia Material apreendido em poder do criminoso foi levado para a Central de Flagrantes, onde ocorreu a autuação A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP), por meio das Polí- cias Civil e Militar, deflagra- ram ONTEM uma operação integrada, denominada de “Xeque-mate”, com o objetivo de desarticular dois bandos criminosos, vinculados a uma facção criminosa de âmbito nacional, que vinham atuando na prática de tráfico de drogas e outros delitos em Maceió e tambémnomunicípiodeMari- bondo. As investigações tiveram início em abril deste ano, fruto deumtrabalhointegradoentre o delegado Gustavo Henrique, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC) e o Batalhão de Opera- çõesPoliciaisEspeciais(BOPE). Houve ainda colaboração dos 1° e 10° batalhões. Durante os trabalhos inves- tigativos, ficou constatada a existência de duas organiza- ções criminosas, que pratica- vam suas ações delituosas na cidade de Maribondo e em Maceió, especialmente nos bairros do Centro, Levada, Jacintinho e Vergel do Lago. AÇÃO CONJUNTA Polícia desarticula bandos de facção
  • 3. Iracema Ferro Repórter Sem banco, sem retrovisor e com o condutor inabilitado: este é apenas um exemplo de como algumas motocicletas são flagradas em blitze realiza- das pelo Batalhão de Polícia de Trânsito(BPTran). Em menos de 60 dias, os militaresdogrupoÁguiasapre- enderam mais de 160 Cartei- ras Nacionais de Habilitação (CNHs) e inúmeras motocicle- taspordiversasirregularidades detrânsito. Segundo o comandante da unidade,tenente-coronelFelipe Lins, as principais irregularida- des flagradas durante as blitze e nas fiscalizações de rotina são a mudança de características originais das motos, a ausência de retrovisores e faróis, ilumi- nação sem funcionar, péssimo estado de conservação e altera- çãonascoresdosveículos,além dedirigiremestadodeembria- guez. Tenente-coronel Felipe lembra que durante as ações dos Águias vários veículos roubados foram recuperados, o que representa um grande alívio para os seus proprietá- rios. “O cidadão de bem, com todoesforço,comprasuamoto- cicleta e acaba tendo o bem tomadoporassaltantes.Muitas vezes ele ainda está pagando pelo veículo enquanto o crimi- noso usa para praticar crimes ou para seus deslocamentos. Sempre que recuperamos um veículo roubado, princi- palmente moto, temos uma sensação de dever cumprido, não somente com relação ao proprietário, mas com a socie- dade de modo geral. Como as motocicletassãomaiságeis,são o meio preferido dos bandidos, então, cada uma que é recupe- rada das mãos dos criminosos e devolvida ao dono, reforça a segurança em Alagoas”, defende. Ele alerta que tem sido grandeaquantidadedecondu- tores de motocicletas, mesmo habilitados, que insistem em andar sem capacete, o que representaumainfraçãogravís- sima. Há condutores que estão decapaceteecarregamgarupas sem capacete e não raras vezes são vistos condutores e garu- pascomcapaceteeumacriança entre eles sem a proteção, quando o condutor, o garupa e a criança não estão com o importante equipamento, que pode ser determinante entre a vida e a morte em um acidente, do mais simples (uma queda de moto em baixa velocidade durante a passagem por uma alteração na pista) aos mais complexos (como colisões em altavelocidade). “Outro dado que chama a atenção é a quantidade de condutores de motocicleta sem habilitação. Eles colocam não somente em risco a própria vida,porqueestãoguiandoum veículo para o qual não tive- ram treinamento adequado e não possuem autorização para uso, como também de toda e qualquer pessoa que cruzar seu caminho”, analisa o oficial, lembrando que somente nos meses de julho e agosto 269 condutores inabilitados foram flagrados pelo BPTran, sendo a maioria deles conduzindo motocicletas das mais diversas cilindradas. “Estamos nas ruas, em Maceió e no interior, para garantir a segurança de todos, tornar o trânsito seguro e evitar que mais pessoas morram em acidentes, fiquem mutiladas ou tenham invalidez perma- nente”,destacatenente-coronel FelipeLins. 3O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020 ALAGOAS redação 82 3023.2092 e-mail redacao@odia-al.com.br AgênciaAlagoas O e s t a d o d e Alagoas tem, hoje, a menor taxa de contágio de Covid-19 do Brasil, com índice de 0,61. Osdados,consolidadosem4de setembro, estão disponíveis na ferramenta Covid-19Analytics, mantida pela Pontifícia Univer- sidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), e revelam a taxa de transmissão em cada umadasunidadesdafederação. Taxas menores que 1 indicam queda no ritmo de transmissão dadoença–emAlagoas,elaestá abaixode1hámaisde30dias. De acordo com os pesquisa- dores responsáveis pelo desen- volvimento da plataforma, o Rt é uma métrica que repre- senta para quantas pessoas, em média, um indivíduo infec- tado pode chegar a transmitir a doença. Para entender como este número é positivo, no início de abrilAlagoas chegou a registrar umataxadecontágiode3,93,ou seja, cada grupo de 100 pessoas infectadas contaminava cerca de outras 393 pessoas. Já a taxa atual significa que cada grupo de 100 pessoas infectadas em Alagoas transmite para outras 61pessoas. TAXADECONTÁGIODA COVID-19NOSESTADOS Após Alagoas, as unida- des da federação com os menores índices são Sergipe, com um Rt de 0,69; Distrito Federal, com 0,77, e Bahia, com uma taxa de 0,79. O governador Renan Filho atribui o fato às medi- das tomadas pelo Governo do Estado antes mesmo de a pandemia começar a se disse- minar. “Aqui emAlagoas, nós tomamos medidas preventi- vas exatamente no início da pandemia. Alguns estados brasileiros apostaram que a doença não chegaria até eles e demoraram a tomar tais medidas. Isso fez com que a taxa de contágio fosse supe- rior por lá”, afirmou. Além disso, ele recordou que em Alagoas o trabalho de enfrentamento à Covid- 19 foi desenvolvido de forma colaborativa. Somaram-se aos esforços do Governo do Estado os municípios e os poderes Legislativo e Judiciário. “Os municípios tiveram papel importantís- simo no sentido de fortale- cer as barreiras sanitárias das cidades e de dialogar com o cidadão, cuja colabo- ração individual, por meio do distanciamento social e do uso de máscara, tem sido fundamental para vencermos essa batalha contra o corona- vírus”, acrescentou o gover- nador. Mesmo com a desacele- ração da taxa de contágio no estado, a população deve manter os cuidados básicos, como a utilização de másca- ras, higienizar as mãos com frequência e não realizar aglomerações, além de seguir as determinações do decreto estadual em vigor. As medi- das são essenciais para que o contágio não volte a subir. Alagoas tem a menor taxa de contágio de Covid-19 do país, segundo PUC-Rio TAXA DE TRANSMISSÃO está em 0,61; é essencial manter cuidados básicos como uso de máscaras e evitar aglomerações Felipe Brasil Crortesia/BPTran DESEMPENHO Em menos de 60 dias, “Águias” do BPTran apreendem mais de 160 CNHs Usar máscaras, higienizar as mãos e evitar aglomerações é fundamental para que o contágio não volte a crescer Pelotão Águias do BPTran realizou dezenas de blitze e fez apreensão de veículos e documentos irregulares
  • 4. AgênciaAlagoas D e s d e s e g u n d a - -feira (14), o DDD 21 voltou a tocar nos telefones de moradores das 100 grotas situadas em Maceió. Trata-se da segunda rodada de entrevistas realiza- das pelo Projeto Emergencial de Monitoramento da Covid- 19 nas Grotas de Maceió, do Programa das Nações Unidas para os Assentamen- tos Humanos (ONU-Habitat) emparceriacomoGovernode Alagoas. Naprimeirafase,otrabalho coletou dados sobre condições demoradia,percepçãoeconhe- cimento das pessoas sobre a pandemia, acesso a serviços de saúde, além de trabalho e renda. Agora também será tratadootemadeeducaçãodos estudantes e será aprofundado o tema do trabalho, emprego e renda. “Atualmente, a situação sanitária da pandemia em Maceió parece ter mudado em comparaçãocomosmesesante- riores, mas os desafios socioe- conômicos das populações nas grotasseguecomoumagrande preocupação”, aponta Jônatas Ribeiro de Paula, Analista de ProgramasdoONU-Habitatdo escritório de Maceió. “Vamos continuar fazendo perguntas relacionadas à saúde e vamos fazer mais perguntas detalha- das sobre trabalho e renda das pessoas nas grotas, além de abordar questões relacionadas à ensino pela Internet e retorno àsaulaspresenciais”,explica. Ao longo das duas próxi- mas semanas, se você vive em grota e o celular chamar com um número do Rio de Janeiro (DDD 21) – que é onde fica a sededoONU-HabitatnoBrasil – pode atender. Do outro lado da linha, o entrevistador irá se apresentar como representante do projeto e irá solicitar alguns minutos da sua atenção para realizarumabreveentrevista. Mas, antes de tudo, muita atenção: em momento algum os entrevistadores solicitam informaçõesenúmerodedocu- mentos pessoais, como RG, CPF ou dados bancários. Caso isso ocorra, desligue o telefone imediatamente. “Será perguntado se as pessoas estão trabalhando, qual o valor da sua renda, se estão recebendo auxílio emer- gencial e quanto receberam, se são cadastradas no Bolsa Família, se recebem outro tipo de auxílio e respectivos valo- res”,detalhaorepresentantedo ONU-Habitat. “Toda informa- ção é estritamente confidencial. A gente não repassa as infor- mações individualizadas para ninguém – nem mesmo para o Governo, em hipótese alguma. Elasservemparaaproduçãode dados agregados estatísticos”, asseguraJônatasdePaula. Ao final, os dados coleta- dos servirão como base para a produção de um diagnóstico dascondiçõessanitáriasesocio- econômicas dos moradores das grotas. As informações pode- rão auxiliar o poder público na formulação de soluções emer- genciais, políticas e programas desustentabilidadeparamelho- rar as condições de vida da populaçãonessaslocalidades. PRIMEIROS RESULTADOS Na primeira etapa de entre- vistas, realizada ao longo de três semanas entre o final de julho e começo de agosto, o projeto ouviu 412 moradores de 100 grotas de Maceió. Entre os dados já apurados, destaca- -seque99,5%dosentrevistados sabem que está acontecendo umapandemia. “Saber que a pandemia está acontecendo é uma coisa, outra é ter conhecimento ou as mesmas informações sobre o problema, que nem todos têm”, destaca o representante do ONU-Habitat. “Como sabe- mos que existe uma questão de desinformação,quisemosiden- tificar se as pessoas concordam que a pandemia é algo sério”, esclarece. Uma das questões reali- zada pelos entrevistadores foi: “O novo coronavírus é muito perigoso e tem matado muitas pessoas. Precisa- mos nos prevenir e adotar o distanciamento social se não o sistema de saúde não conseguirá atender todos os doentes”. Na sequência, o morador escolheu uma das opções abaixo e o resultado ficou assim: 4 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020 ESPECIAL redação 82 3023.2092 e-mail redacao@odia-al.com.br ONU-Habitat ouvirá dois mil moradores de grotas de Maceió INICIATIVAREALIZADAcomGovernodeAlagoasquersabersobretrabalho,renda,educação,saúdeecomportamentodurantepandemia Márcio Ferreira “As pessoas que discordam e que discordam fortemente chegaramaquase6%.Issoéum problema porque essa minoria pode se tornar vetores do vírus e contribuir para o prolonga- mento da pandemia”, adverte Jônatas. O quesito que investiga a adoçãodemedidaspreventivas por parte dos moradores apre- sentou muitas variações nos índices. Por exemplo, quando a pergunta foi sobre a utiliza- ção de máscara ao sair de casa, 92,7% disseram que sempre usam; 6,3% utilizam às vezes; e apenas1%revelouquenãousa. Já sobre respeitar o distan- ciamentofísico–ficara2metros distância das demais pessoas quando estiver fora de casa –, 74,6% relataram ficar sempre; 22% ficam às vezes; e 3,4% nuncaficam. Asrespostasdosentrevista- dos aponta que 9% dos mora- dores de grota relataram ter tido um diagnóstico positivo para Covid-19 dado especifi- camente por um médico ou serviço de saúde. Assim, no universo estimado de 100 mil moradores que atualmente vivem nas grotas da capital, a pesquisa indica que aproxima- damente9milpessoastestaram positivoparaovírusnofinalde julhoecomeçodeagosto. “É uma pesquisa de muita qualidade, com um bom desenho amostral e com cará- ter representativo”, avalia o Analista. Segundo informa, com a repetição de algumas perguntas a cada rodada, a pesquisaganhaoperfildesérie histórica ao permitir a obser- vação de como o comporta- mento e a renda das pessoas estão mudando ao longo do tempo. “Haverá uma terceira coleta também. Se na primeira pesquisanóstiramosumafoto- grafia, ao final do projeto tere- mos um filme contando uma história, a partir dos dados, de comofoiapandemianasgrotas deMaceió”,considera. O projeto tem também um segundo componente, que é o engajamento dos jovens das comunidades para a produção de materiais gráficos e audio- visuais, com o objetivo de produzir um curta-metragem em formato de documentá- rio. “Ao final, além de termos um panorama da realidade contado a partir de dados cien- tíficos e estatísticos - que pode ser uma narrativa mais fria - também vamos apresentar um aspectomaishumanopormeio da história, das vozes, rostos e narrativa de pessoas de carne e osso, que vão contar suas expe- riências a partir das vivências de enfrentamento à Covid-19”, finalizaJônatasdePaula. Nas comunidades, quem discorda dos riscos pode se tornar vetores do vírus Etapa tratará da educação dos estudantes e será aprofundado o tema do trabalho,emprego e renda - 27,6% concordam fortemente; - 66,6% concordam; - 0,4% discordam; - 2,7% discordam fortemente; - 2,7% não têm uma opinião.
  • 5. 5O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020 MERCADO redação 82 3023.2092 e-mail redacao@odia-al.com.br A A s s o c i a - ç ã o d a s E m p r e s a s do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi-AL) apre- sentou ONTEM a edição 2020 do Salão do Imóvel Ademi, a mais importante vitrine de imóveis de Alagoas, em um café da manhã exclusivo para convidados no Hotel Jatiúca. Aproveitando um dos momentos mais otimistas do setor nos últimos anos, o Salão do Imóvel traz grandes novidades para esta edição, que será realizada de 22 a 25 de outubro. A primeira delas é a localização, no Parque Shopping Maceió, em Cruz das Almas, endereço esco- lhido para proporcionar ainda mais comodidade e segurança ao público, com um rígido protocolo de higie- nização e prevenção contra a Covid-19. Outro destaque é a proporção do evento, que este ano chega com um número de estandes 20% maior do que a edição do ano passado, reunindo os princi- pais lançamentos imobiliá- rios do Estado. Repetindo o sucesso do Festival Ademi, realizado no final de agosto em uma edição 100% online por conta das restrições impostas pela pandemia, o Salão do Imóvel Ademi ganhará este ano, pela primeira vez, também uma versão virtual: além de poder conferir pessoalmente as oportunidades de negó- cios no Parque Shopping, o público poderá acessar todos os detalhes dos empreendi- mentos participantes pelo endereço www.salaodoimo- velademi.com.br. “Esta tem tudo para ser uma das melhores edições de todos os tempos”, afirma Jubson Uchôa, presidente da Ademi-AL. “Além do momento extremamente favorável para a aquisição de imóveis, com as taxas de juros nas mínimas históri- cas e a demanda por imóveis crescendo, acreditamos que a realização do evento em um empreendimento como o Parque Shopping aumente ainda mais a resposta do público”, diz. Em 2019, o Salão do ImóvelAdemi gerou mais de 80 milhões de reais em negócios, com um público de mais de 6000 visitantes. “Este ano, considerando os excelentes números que obti- vemos com o Festival Ademi e o retorno de construtoras, fornecedores e bancos inte- ressados em participar, esta- mos muito otimistas”, diz Uchôa. Imediatamente após o lançamento, mais de 60% dosestandesforamvendidos. O Salão do Imóvel Ademi 2020 é mais uma das ações integrantes do movimento Imóvel é Mais Negócio, iniciativainéditalançadapela Ademi no primeiro semestre com o objetivo de incenti- var a aquisição de imóveis, chamando a atenção sobre as vantagens deste tipo de investimento. O movimento Imóvel é Mais Negócio tem o patrocínio da Krona, Ibra- tin e Saint-Gobain e apoio do Sinduscon, Sebrae, Cofeci e Creci-AL. Ademi-AL lança Salão do Imóvel 2020 em evento no Hotel Jatiúca EMEDIÇÃOqueprometeserhistórica,eventoserárealizadonoParqueShoppingetevemaisde60%dosestandesvendidosimediatamente Jobson Uchoa,presidente daAdemi,e Leonardo Franco,superintendente do Parque Shpping,no lançamento do evento Divulgação
  • 6. 6 O DIA DIGITAL l 16 de setembro I 2020