Halogênios

483 visualizações

Publicada em

- Essa é uma pesquisa que visa dar noção, não se aprofudando muito no tema.
Este documento mostra algumas informações de substancias para tratar a aágua como os dos Halogênios, dizendo o que é?
Também sobre o Flúor, suas vantagens e doenças e ainda um breve histórico sobre o mesmo.
Os DDT (Diclorodifeniltricloroetano), o Amianto e os TRIHALOMETANOS.

- Lembre Essa é uma pesquisa que visa dar noção, não se aprofudando muito no tema.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Halogênios

  1. 1. Tratamento de Água Produtos e consequências
  2. 2. Halogênios Saiba mais…
  3. 3. Halogênios O que é? Halogênios é o grupo 17 (7A) da tabela periódica dos elementos, formado pelos : Flúor Cloro Bromo Iodo Astato Esse grupo, juntamente com o grupo 18 (8A), dos gases nobres, são as únicas famílias formadas unicamente por não-metais. A palavra vem do grego e significa “formador de sais”. Eles são elementos representativos.
  4. 4. Flúor Benefícios, malefícios e doenças
  5. 5. Flúor O que é? Flúor é um elemento químico, com o símbolo F, de número atômico e de massa atómica 19 u. Ele é encontrado no grupo dos halogênios. Em sua forma biatômica (F2) e em CNTP, é um gás amarelo-pálido. É o mais eletronegativo e reativo de todos os elementos. Em sua forma ionizada (F–) é extremamente perigoso, podendo causar graves queimaduras químicas se em contato com tecidos vivos (Pele). Representação
  6. 6. O que o flúor faz? Benefícios  Redução da cárie dentária  Efeito preventivo de cárie  As cáries podem ser paralisadas pela aplicação tópica (local) de flúor.  Fortalece o esmalte e dentina, reduzindo a solubilidade dos mesmos em meio ácido.  Diminuem a capacidade de adesão aos dentes pelos microrganismos que iniciam as cáries.  O flúor tem efeito antimicrobiano, reduzindo a capacidade da placa bacteriana para produzir ácidos que iniciam as cáries. Malefícios  Aumento do risco de osteoporose  Redução da fertilidade masculina  Fluorose óssea  Causa danos genéticos  Risco aumentado de câncer e Doenças auto-imunes  Hipotireoidismo  Disfunções cerebrais  Fator de risco de morbidade e mortalidade na população envolvida
  7. 7. Doenças - Fluorose Dental Fluorose Dental não é apenas uma questão de estética e é causado pelo excesso do flúor despejado nas águas das cidades.
  8. 8. Fluorose Dental O que é? Fluorose dentária são manchas, que aparecem nos dentes por excesso de flúor, geralmente de forma simétrica. Geralmente acontece em crianças de 0 a 12 anos em regiões onde a água é fluoretada ou possui nível de fluoreto natural maior que 4mg/L. Onde pode ser encontrada Além de água fluoretada, comum nas Américas e Ásia, diversos alimentos contem flúor, especialmente chá preto, sopas, ensopados feitos com peixe, carne bovina, galinha, frutos do mar e fígado bovino. Também pode ser encontrado em uva-passa, alguns sucos, café, refrigerantes e cachorro-quente.
  9. 9. Doenças – Fluorose óssea Fluorose óssea ou osteofluorose é uma doença óssea causada por consumo excessivo de flúor. Em casos avançados, a fluorose óssea provoca dor e danifica os ossos e articulações
  10. 10. Fluorose óssea Saiba mais… Ao atingir o nivel de 5 ppm de fluor no organismo,pela múltipla presença da água fluoretada na cadeia alimentar, no preparo de alimentos, sucos, refrigerantes, cervejas, vinhos e conservas, ocorre a fluorose esquelética,cujos efeitos são atribuidos erradamente ao envelhecimento natural.Carências nutricionais de magnésio, cálcio e vitamina C agravam o quadro mórbido
  11. 11. Porque a Fluoretação da água? - Histórico A primeira ocorrência de Fluoretação da água na história foi nos campos de concentração da Alemanha nazista. O objetivo da ação farmacológica do flúor sobre a reação dos prisioneiros era mantê-los calmos e submissos para toda o tipo de atrocidades. O flúor é um dos principais ingredientes de venenos de ratos e baratas, e de drogas anestésicas e hipnóticas, assim como de armas químicas.
  12. 12. Porque a Fluoretação da água? O que é? Fluoretação é uma tecnologia de Saúde Pública, empregada desde 1945, para a prevenção da cárie dentária, utilizando da água de abastecimento público como veículo para o flúor. Existem algumas águas que apresentam naturalmente uma concentração de flúor. Constata-se que a sua implementação nas principais cidades brasileiras tem diminuído o número de cáries. Contudo, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil a maioria da população, inclusive das capitais estaduais, ainda não foi aplicada de forma mais sistemática.
  13. 13. DDT Diclorodifeniltricloroetano
  14. 14. Diclorodifeniltricloroetano O que é? É o primeiro pesticida moderno, tendo sido largamente usado após a Segunda Guerra Mundial para o combate aos mosquitos vetores da malária e do tifo. Sintetizado em 1874, suas propriedades inseticidas contra vários tipos de artrópodes só foram descobertas em 1939 pelo químico suíço Paul Hermann Müller, que, por essa descoberta, recebeu o Nobel de Medicina de 1948.
  15. 15. Benefícios e Malefícios Benefícios O DDT foi útil para eliminar insetos e combater as doenças emitidas por estes durante a guerra: Malária Tifo Febre amarela. Malefícios Uma vez que a substância tóxica pode se infiltrar no solo, ela age contaminando os lençóis freáticos e mananciais. Por este motivo é que o uso do DDT foi proibido nos anos 70, devido ao seu efeito acumulativo no organismo. O enfraquecimento das cascas de ovos das aves foi uma prova dos malefícios do DDT ao homem. Estudos feitos com a substância sugerem que a mesma seja cancerígena, pode provocar partos prematuros e causar danos neurológicos, respiratórios e cardiovasculares.
  16. 16. Amianto Conheça essa fibra
  17. 17. Amianto O que é? O asbesto (da palavra grega σβεστος, "indestrutível", "imortal",ἀ "inextinguível"), também conhecido como amianto, é uma designação comercial para a variedade fibrosa de sais minerais metamórficos de ocorrência natural e utilizados em vários produtos. Trata-se de um material com grande flexibilidade e resistências química, térmica, eléctrica e à tracção muito elevadas e que além disso pode ser tecido.
  18. 18. Malefícios Vários estudos mostram que o amianto é uma fibra comprovadamente cancerígena, a respiração da poeira de suas fibras causa a inflamação das células dos alvéolos, evoluindo para uma série de doenças incuráveis e progressivas. Uma das doenças que a respiração das minúsculas fibras de amianto pode levar é a asbestose, também conhecida como pulmão de pedra, porque causa o endurecimento do pulmão. Além disso os trabalhadores são as principais vítimas, por ter um maior contato com o produto.
  19. 19. Benefícios Alguns dos benefícios do uso é: A proibição do uso do amianto trará um grande prejuízo econômico Hoje se usam métodos de extração por via úmida O amianto é um material barato o amianto crisotila (amianto branco) não é o responsável pelo câncer de vários trabalhadores no passado, mas sim o amianto do tipo anfibólio (que é proibido no Brasil).
  20. 20. THM TRIHALOMETANOS
  21. 21. TRIHALOMETANOS O que são? são compostos voláteis formados pela reação do cloro com o material orgânico presente na água. Devido a suspeita de que esses sub- produtos de desinfecção sejam CANCERÍGENOS, ou afetem a fertilidade ou reprodução, eles foram incluídos na maioria das regulamentações sobre água potável e nas diretrizes para água potável da OMS.
  22. 22. Sites  Info Escola – Flúor  Dental - Benefícios do Flúor Imagens  Tabela Periódica

×