Condoreirismo

417 visualizações

Publicada em

Uma breve fala do condoreirismo aqui no brasil, uma importante forma literaria, exemplo temos Victor Hugo.
"Poesia por Liberdade".

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Condoreirismo

  1. 1. Condoreirismo POESIA POR LIBERDADE
  2. 2. Princípios libertários  Inspirados pelos princípios libertários defendidos por Victor Hugo, poetas como Castro Alves, Pedro Luís e Sousândrade escreveram sobre o horror da escravidão e outros temas.
  3. 3. Victor Hugo  Preocupado com os rumos da produção artística de seus contemporâneos, Victor Hugo recomendava: “a arte hoje não deve buscar apenas o belo, mas sobreturo o bem”. Um dos pilares do bem é a liberdade.
  4. 4. O Condor  Assim como Victor Hugo havia feito com a águia, o condor, ave da Cordilheira dos Andes capaz de voar em altitudes bem altas, é escolhido como símbolo da liberdade, daí a origem da denominação Condoreirismo.
  5. 5. O Projeto literário  A poesia, até então expressão subjetiva de um sentimentalismo exarcebado, torna-se com Castro Alves e os condoreiros, o instrumento de uma causa social: a libertação dos escravos.  O projeto literário será denunciar, por meio da poesia, injustiças sociais.
  6. 6. A condição de produção  Se os ultrarromânticos eram jovens que, influenciados pelos autores estrangeiros, isolavam-se da sociedade e procuravam dar vazão à força dos sentimentos, os condoreiros participavam ativamente dos debates sociais.
  7. 7. Condições de circulação  Não se modifica muito em relação àquelas descritas na segunda geração romântica: saraus, bailes, associações estudantis.  Ao lado desses espaços, os jornais se fortaleciam como instrumentos de divulgação das obras literárias.
  8. 8. A poesia condoreira e o público  Os poetas condoreiros procuram atingir um público mais numeroso. Para isso, vão aos teatros, às sacadas dos jornais e às praças públicas declamar seus versos.
  9. 9. A linguagem  A poesia condoreira tem algumas características bem marcantes. Composta para declamar, faz uso intenso de vocativos e exclamações. A pontuação, aliás, é um dos recursos mais explorados por esses poetas, uma vez que procuram dar aos textos um tom característico da oratória.
  10. 10. Outro aspecto  Outro aspecto do Condoreirismo é o gosto pelas imagens exageradas, hiperbólicas, que provocam impacto no leitor e despertam emoções mais fortes.

×