ANÁLISE AO ESTUDO DE  MERCADO “IMPACTO DO RALLY DE PORTUGAL NA ECONOMIA DO TURISMO E IMAGEM DO ALGARVE   E DO BAIXO ALENTE...
ÍNDICE:ABSTRACT                                                                                                       3RES...
ABSTRACT          This document aims to describe the methodology of the market study “Impacto doRally de Portugal na Econo...
•   Opinião dos adeptos quanto ao impacto do evento na região  •   Avaliação do impacto económico directo e indirecto do e...
DIMENSÃO DA AMOSTRA          A amostra é composta por 1215 adeptos, na sua totalidade, em que a suacaracterização é a segu...
directa e concreta as questões que compunham os questionários realizados, baseado-nos nosgráficos de resultados apresentad...
o Sim               o Não      •    Ficou alojado no Algarve?               o Sim                             Quantas noi...
o Património e Eventos Culturais               o Clima               o Informações Turísticas               o Acessibilida...
o Limpeza Urbana               o Paisagem               o Vida Nocturna e Animação               o Telecomunicações       ...
o Visibilidade                 o Regras de Segurança                 o Espectacularidade                 o Estado Geral da...
Impactos Económicos Directos        Adeptos Residentes na Região do Evento        •    Despesa dos adeptos na sua deslocaç...
resultados de algumas respostas foram alvo de cruzamento entre si para aferir a independênciaentre as variáveis.         P...
CONCLUSÃO        Consideramos que o estudo de mercado analisado foi bem preparado, o questionáriorealizado estava em termo...
BIBLIOGRAFIA        MALHOTRA, Naresh. Introdução à pesquisa de Marketing. Ed. Prentice Hall, São Paulo,2005.        HILL, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo de mercado rally portugal 2007

712 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
712
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo de mercado rally portugal 2007

  1. 1. ANÁLISE AO ESTUDO DE MERCADO “IMPACTO DO RALLY DE PORTUGAL NA ECONOMIA DO TURISMO E IMAGEM DO ALGARVE E DO BAIXO ALENTEJO 2007” TURMA G2NA – GRUPO 3 Ricardo Serrinha nº 207027; Hugo Pereira nº 207038; Susana Alcântara nº 207041; Cláudia Ribeiro nº 207044; Nuno Figueiredo nº 207056; Ricardo Salgado e Melo nº 207079 Trabalho elaborado para a Unidade Curricular: Economia e Negócios Internacionais Docente: Prof. Francisco DiasRESUMO: Este documento visa efectuar uma análise ao estudo de mercado “Impacto do Rally dePortugal na Economia do Turismo e Imagem do Algarve e do Baixo Alentejo 2007” LISBOA – NOVEMBRO 2008
  2. 2. ÍNDICE:ABSTRACT 3RESUMO 3PROBLEMA 3HIPÓTESES 3OBJECTIVOS 4UNIVERSO DE ESTUDO 4DIMENSÃO DA AMOSTRA 5DEFINIÇÃO OPERACIONAL DE CONCEITOS 5METODOLOGIA 11CONCLUSÃO 12BIBLIOGRAFIA 14ANEXOS: o APRESENTAÇÃO PWP o ESTUDO DE MERCADO “ACP” Impacto do Rally de Portugal na Economia do Turismo e Imagem do Algarve e Baixo Alentejo 2007. G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 2
  3. 3. ABSTRACT This document aims to describe the methodology of the market study “Impacto doRally de Portugal na Economia do Turismo e Imagem do Algarve e Baixo Alentejo 2007” andto perform a critic analysis to its contents.RESUMO Pretendemos neste trabalho identificar e descrever a metodologia utilizada no estudode mercado “Impacto do Rally de Portugal na Economia do Turismo e Imagem do Algarve eBaixo Alentejo 2007” e efectuar uma análise crítica aos seus conteúdos e abordagem.PROBLEMA Após realizarmos uma leitura atenta ao estudo de mercado “Impacto do Rally dePortugal na Economia do Turismo e Imagem do Algarve e Baixo Alentejo 2007”identificámos o seguinte problema com base no qual o estudo foi realizado: Qual foi o impacto sócio-económico do Rally 2007 na região onde se realizou?HIPÓTESES Para responder ao problema identificado, apurámos que o estudo realizado se baseounas seguintes hipóteses: • Opinião dos adeptos quanto à região onde se realizou o evento • Opinião dos adeptos quanto à organização do evento G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 3
  4. 4. • Opinião dos adeptos quanto ao impacto do evento na região • Avaliação do impacto económico directo e indirecto do eventoOBJECTIVOS Conseguimos identificar os seguintes objectivos de recolha neste estudo: 1º Traçar o perfil do adepto do Rally de Portugal 2007 2º Aferir a percepção e avaliação dos adeptos quanto à região do Algarve e Baixo Alentejo 3º Aferir a percepção e avaliação dos adeptos quanto ao evento e à sua organização 4º Aferir a opinião dos adeptos quanto ao impacto económico e social do evento na região 5º Aferir o impacto económico real directo do evento 6º Aferir o impacto económico real indirecto do eventoUNIVERSO DE ESTUDO Para a realização deste estudo o universo considerado relevante foi o dos adeptos doRally, o qual foi subdividido da seguinte forma: • Adeptos residentes no Algarve e Baixo Alentejo • Adeptos nacionais não residentes no Algarve e Baixo Alentejo • Adeptos não residentes em Portugal G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 4
  5. 5. DIMENSÃO DA AMOSTRA A amostra é composta por 1215 adeptos, na sua totalidade, em que a suacaracterização é a seguinte: • 283 adeptos nacionais residentes no Algarve e Baixo Alentejo • 470 adeptos nacionais não residentes no Algarve e Baixo Alentejo • 359 adeptos espanhóis • 103 adeptos de outras nacionalidades Método de Amostragem O método de amostragem utilizado foi a amostragem aleatória simples, que é ummétodo de amostragem casual, que permite demonstrar a representatividade da amostra eestimar estatisticamente o grau de confiança das conclusões extraídas. (Fonte: Investigaçãopor Questionário; Manuela Hill e Andrew Hill; 2005) Verificámos, no entanto, que no relatório deste estudo não foi referido o nível deconfiança dos seus resultados o que não possibilita perceber se as conclusões podem ser, defacto, extrapoladas a todo o Universo do estudo. DEFINIÇÃO OPERACIONAL DE CONCEITOS Pelo facto do universo de estudo ter sido subdividido em adeptos residentes noAlgarve e Baixo Alentejo, adeptos nacionais não residentes no Algarve e Baixo Alentejo eadeptos não residentes em Portugal, os técnicos do estudo optaram por realizar trêsquestionários diferentes adaptados a cada um dos grupos, sendo que para os adeptos nãoresidentes existiram três versões – versão portuguesa, versão espanhola e versão inglesa. O questionário era constituído por três grupos de questões que visavam responderaos objectivos do estudo. Embora o relatório do mesmo nem sempre apresente de uma forma G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 5
  6. 6. directa e concreta as questões que compunham os questionários realizados, baseado-nos nosgráficos de resultados apresentados, foi-nos possivel identificar as seguintes sequências equestões para cada grupo: Perfil do Adepto • Qual é a sua idade? • Género Masculino Género Feminino • Qual é o seu país de residência habitual? o Se respondeu Portugal, em que concelho reside? O Se não respondeu Portugal, em que região do país reside? Adeptos Residentes na Região do Evento • Viajou, até ao evento, sozinho ou acompanhado? O Se viajou acompanhado, quantas pessoas o acompanham? • Qual é a sua despesa média diária no evento? o Menos de 50€ o Entre 50€ e 75€ o Mais de 75€ Adeptos Não Residentes na Região do Evento • Deslocou-se até esta região devido ao Rally Portugal 2007? o Sim o Não • Viajou, até ao evento, sozinho ou acompanhado? • É a primeira vez que visita o Algarve? G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 6
  7. 7. o Sim o Não • Ficou alojado no Algarve? o Sim  Quantas noites esteve ou vai estar alojado no Algarve? o Não • Qual é a sua despesa média diária no evento? o Menos de 60€ o Entre 60€ e 100€ o Entre 100€ e 150€ o Mais de 150€ • Tenciona regressar ao Algarve nos próximos 5 anos? o Sim o Não • Tenciona regressar ao Algarve nos próximos 3 anos, no Verão? o Sim o Não • Tenciona regressar ao Algarve nos próximos 3 anos, no Inverno? o Sim o Não Avaliação dos adeptos quanto à região do Algarve Adeptos Residentes na Região do Evento • Utilizando uma escala de 1 a 5 em que: 1 - Muito Mau; 2 – Mau; 3 – Médio; 4 – Bom; 5 - Muito Bom, classifique a região do Algarve nos seguintes atributos: o Gastronomia G2NA - Grupo 3Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 7
  8. 8. o Património e Eventos Culturais o Clima o Informações Turísticas o Acessibilidades o Compras o Limpeza Urbana o Paisagem o Vida Nocturna e Animação o Telecomunicações o Sinalética o Qualidade nos Serviços o Hospitalidade da População o Nível de Preços o Rede de Transportes o Segurança em Termos Gerais o Segurança Rodoviária o O Algarve em Termos Gerais Adeptos Não Residentes na Região do Evento • Utilizando uma escala de 1 a 5 em que: 1 - Muito Mau; 2 – Mau; 3 – Médio; 4 – Bom; 5 - Muito Bom, classifique a região do Algarve nos seguintes atributos: o Gastronomia o Património e Eventos Culturais o Clima o Informações Turísticas o Acessibilidades o Compras G2NA - Grupo 3Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 8
  9. 9. o Limpeza Urbana o Paisagem o Vida Nocturna e Animação o Telecomunicações o Sinalética o Qualidade nos Serviços o Hospitalidade da População o Nível de Preços o Rede de Transportes o Segurança em Termos Gerais o Segurança Rodoviária o O Algarve em Termos Gerais o Alojamento • A visita alterou a imagem que tinha do Algarve? o Alterou para pior o Manteve o Alterou para melhor Opinião sobre a organização do evento Adeptos Residentes e Não Residentes na Região do Evento • Utilizando uma escala de 1 a 5 em que: 1 - Muito Mau; 2 – Mau; 3 – Médio; 4 – Bom; 5 - Muito Bom, classifique os seguintes atributos relativos à organização do evento: o Organização do Evento o Acesso aos troços o Estacionamento G2NA - Grupo 3Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 9
  10. 10. o Visibilidade o Regras de Segurança o Espectacularidade o Estado Geral da Limpeza da Zona o Quantidade e Qualidade das Casas de Banho o Infraestruturas do Estádio do Algarve o Fun Zone do Estádio o Zonas de Camping o Avaliação Global do Evento Análise Económica e Social Adeptos Residentes na Região do Evento • Indique o seu grau de concordância para cada uma das seguintes questões, utilizando a seguinte escala: Discordo Totalmente; Discordo; Não Concordo Nem Discordo; Concordo; Concordo Totalmente o Considera que este tipo de eventos contribui para a expansão de perspectivas culturais? o Considera que este tipo de eventos contribui para a animação? o Considera que este tipo de eventos contribui para a construcção de orgulho na comunidade? o Considera que este tipo de eventos contribui para a projecção da imagem no exterior? o Considera que este tipo de eventos contribui para o desenvolvimento económico? Seguidamente o estudo procurou determinar os impactos económicos directos eindirectos do evento, os quais faziam também parte dos objectivos do estudo. Para tal, foramconsiderados os seguintes dados, obtidos a partir do questionário, para cada um dosobjectivos: G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 10
  11. 11. Impactos Económicos Directos Adeptos Residentes na Região do Evento • Despesa dos adeptos na sua deslocação para assistir ao evento Adeptos Não Residentes na Região do Evento • Despesa dos adeptos na sua deslocação para assistir ao evento: o Sem Alojamento o Com alojamento:  Em Estabelecimentos Hoteleiros Classificados  Em Alojamento Privado Outros • Despesas imputáveis à organização (incluindo staff, equipas concorrentes e imprensa) Impactos Económicos Indirectos Análise feita através do indicador AEV – Advertising Equivalence Value – porintermédio de dados da Cision relativos à TV, rádio e imprensa escrita e também pelo nº deutilizadores por origem de acesso ao site oficial da prova.METODOLOGIA Para conseguir responder ao problema proposto foram adoptados métodosquantitativos, recorrendo ao modelo de pesquisa descritiva pela realização de trêsquestionários a uma amostra aleatória, relativa ao universo de estudo seleccionado, cujos G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 11
  12. 12. resultados de algumas respostas foram alvo de cruzamento entre si para aferir a independênciaentre as variáveis. Para a realização dos questionários o estudo recorreu a uma equipa de 12entrevistadores em 13 dos 18 troços do evento. Para os grupos de questões quanto à avaliação da imagem da região e quanto àorganização do evento, foi utizada a seguinte escala de Likert: 1 – Muito Mau 2 – Mau 3 – Médio 4 – Bom 5 – Muito Bom Para o tratamento dos dados obtidos, o estudo recorreu à utilização das medidas delocalização central, média e moda e à medida de dispersão, desvio padrão. Para as questõesque apresentaram um desvio padrão maior e menor foram apresentados gráficos com asdistribuições de frequências relativas. Ainda no âmbito deste conjunto de questões foiutilizado o teste do Qui-Quadrado à independência entre pares de variáveis de forma aidentificar a existência ou inexistência de relação estatisticamente significativa entre as diversasvariáveis. Foi também realizada uma análise factorial com o objectivo de resumir numconjunto restrito de variáveis os dados presentes num conjunto inicialmente mais amplo. Paratal foram utilizados diferentes métodos e testes – método das componentes principais comrotação Varimax, o teste à esfericidade de Barlett, teste Kaiser-Mayer-Olkin (KMO) eCronbach’s Alpha Test. Para determinar os factores com maior poder explicativo quanto à opinião global doAlgarve e a avaliação global do evento o estudo recorreu a modelos de regressão linearmúltipla os quais foram assegurados pela realização dos seguintes testes estatíticos: estatísticaDurbin-Watson, teste White, coeficiente de determinação de regressões auxiliares, teste deKolmogorov-Smimov com a correcção de Lilliefors, coeficiente de determinação ajustado,teste F e estatística t. G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 12
  13. 13. CONCLUSÃO Consideramos que o estudo de mercado analisado foi bem preparado, o questionáriorealizado estava em termos gerais bem construido e adequado às hipóteses consideradas pararesponder ao problema e, por fim, o tratamento dos dados foi alvo de uma metodologiaminuciosa com recurso a testes e métodos exaustivos sempre com o objectivo de corroborar avalidade dos resultados obtidos. Assim, terminamos a nossa análise referindo que este estudo de mercado é de umaqualidade elevada sendo os seus resultados e conclusões bastante confiáveis e fidedignos. G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 13
  14. 14. BIBLIOGRAFIA MALHOTRA, Naresh. Introdução à pesquisa de Marketing. Ed. Prentice Hall, São Paulo,2005. HILL, Manuela Magalhães; HILL, Andrew. Investigação por questionário. 2ª Edição.Edições Sílabo, Lisboa, 2005. G2NA - Grupo 3 Ricardo Serrinha Nº 207027; Hugo Pereira Nº 207038; Susana Alcântara Nº 207041; Cláudia Ribeiro Nº 207044; Nuno Figueiredo Nº 207056; Ricardo Salgado e Melo Nº 207079 14

×