Apresentação Reunião 18-10-2014 NC

74 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
74
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Reunião 18-10-2014 NC

  1. 1. OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO Nuno Couceiro 18 / 10 / 2014
  2. 2. OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO Nos últimos anos, a SIMI alterou a forma de crescimento, deixando um crescimento orgânico, para um crescimento através de novas entidades: A SIMI passou a ser uma empresa Multinacional Que trouxeram novos desafios na área Administrativa e Financeira
  3. 3. NOVOS DESAFIOS LEGAIS FINANCEIROS FISCAIS OUTROS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  4. 4. 1. Necessidade de criação de Empresas de Direito Local para execução de determinados Contratos: • Tipo de Sociedade (Sucursal/Limitada/ACE) • Consórcios (Gestão, Controlo, Funcionamento) • Benefícios ao Investimento Estrangeiro • Restrições ao Capital Estrangeiro (Necessidade de sócios locais) LEGAIS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  5. 5. 2. Criação de sociedades veículos por fins financeiros Fiscais/Financeiros LEGAIS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  6. 6. 3. Definição dos Objetivos das Empresas de Direito Local • Execução Única de Obra  Por necessidade de existir entidade jurídica local  Imposição do Cliente • Objetivo estratégico de entrada em mercado potencial LEGAIS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO Adaptação dos recursos ao objetivos propostos 4. Contratos Multi-Geografia e Multi-Empresa
  7. 7. 1. Denominação Monetária dos Contratos – Risco Cambial FINANCEIROS USD CFA Real Moz Δ 7% Δ 11% Δ 0% Δ 12%  Exposição a risco de variação câmbial Necessidade de estudar coberturas destes riscos OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  8. 8. 2. Geografias com Restrições ao Normais Fluxo de Capital (Ex. Venezuela) 3. Em contratos de longa duração, há riscos que precisam de ser avaliados (ex. Inflação/Política Monetária do País/Estabilidade Política) 4. Incremento dos Custos Financeiros para execução de contratos (Taxas de Juro Elevadas, Moras, Comissões Bancárias, Seguros, etc.) 5. Pressão financeira, com prazos de pagamento de reduzidos, ou mesmo inexistência de crédito local FINANCEIROS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO Incerteza Financeira 6. Sistemas Bancários sub-desenvolvidos => Recurso limitado ao crédito local 7. Falta de exposição dos parceiros financeiros SIMI SA nesta internacionalização
  9. 9. 1. Alteração da localização das Operações => Alteração da tributação a que será sujeita a operação • Intervenientes no Contrato • Fornecedores • Trabalhadores 2. Impostos e forma de aplicação dos mesmos distinta ao que estamos habituados • Variações de Fiscalidade dentro do próprio país • Lidarmos com impostos que nos são desconhecidos • Diferenças entre a Teoria e a Realidade FISCAIS Risco Tributário OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  10. 10. 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 7 780 000,00 7 780 000,00 BDI (15%) 9 152 941,18 BDI (15%) 9 152 941,18 Lucro Bruto 1 372 941,18 18% Lucro Bruto 1 372 941,18 18% IRC (PT - 27,5%) 377 558,82 IRC (BR - 34%) 466 800,00 Lucro Líquido 995 382,35 13% Lucro Líquido 906 141,18 12% -89 241,18 1% 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 7 780 000,00 7 780 000,00 BDI (15%) 9 152 941,18 BDI (15%) 9 152 941,18 Lucro Bruto 1 372 941,18 18% Lucro Bruto 1 372 941,18 18% IRC (PT - 27,5%) 377 558,82 IRC (BR - 34%) 466 800,00 Lucro Líquido 995 382,35 13% Lucro Líquido 906 141,18 12% -89 241,18 1% 3. Taxas de Impostos diferentes das que existem em Portugal que necessitam de correcção face ao risco FISCAIS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 1 DIRECÇÃO E COORDENAÇÃO DA OBRA 590 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 2 MÃO DE OBRA INDIRECTA 550 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 3 MÃO DE OBRA DIRECTA 2 000 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 4 MATERIAIS CONSUMIVEIS 275 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 5 EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO 1 000 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 6 MEIOS DE MOVIMENTAÇÃO 325 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 7 EQUIPAMENTOS 200 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 8 MEIOS DE ESTALEIRO 150 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 9 TRANSPORTES 120 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 10 SEGUROS 60 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 11 GARANTIAS BANCÁRIAS 10 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 12 SUBCONTRATOS 2 500 000,00 7 780 000,00 7 780 000,00 BDI (15%) 9 152 941,18 BDI (15%) 9 152 941,18 Lucro Bruto 1 372 941,18 18% Lucro Bruto 1 372 941,18 18% IRC (PT - 27,5%) 377 558,82 IRC (BR - 34%) 466 800,00 Lucro Líquido 995 382,35 13% Lucro Líquido 906 141,18 12% -89 241,18 1% 4. Existência de diversos regimes de tributação que necessitam de ser estudados
  11. 11. 5. Estudo da optimização dos fluxos financeiros:  Prestação de Serviços  Materiais  Royalties  Dividendos  Juros  Dupla Tributação  Retenções FISCAIS
  12. 12. 1. Lidarmos com diferenças entre a Teoria e a Prática e com diferentes informações 2. Expatriação de Recursos Humanos • Vistos • Viagens • Remunerações • Recrutamento 3. Processos de Exportação/Importação 4. Burocracia OUTROS Portugal Colombia Brasil Moçambique Camarões Congo 31 43 116 139 168 185 Em 2014
  13. 13. 5. Alterações ao modo standard de modelo de negócio da SIMI (ex: limitações à sub- contratação, obrigatoriedade de utilização de M-O local, etc.) 6. Mudança de mentalidade para um posicionamento mais Global 7. Alterações na Forma de Consolidar os Negócios 8. Estudar Sinergias entre Geografias 9. Outros… OUTROS OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO
  14. 14. Nuno Couceiro 18 / 10 / 2014 “Existem dois tipos de riscos: Aqueles que não podemos dar-nos ao luxo de correr e aqueles que não podemos dar-nos ao luxo de não correr” (Peter Drucker) OS NOVOS DESAFIOS FINANCEIROS COM A INTERNACIONALIZAÇÃO

×