Comunicação Sustentável e Rede de Relações Regina Migliori [email_address]
responsabilidade global nova categoria de desafios Temos uma imensa
EVOLUÇÃO DAS RESPONSABILIDADES DESAFIOS DO  SÉCULO XXI <ul><li>Comprometimento  com o “dever” cumprido </li></ul><ul><li>C...
GESTÃO RESPONSABILIDADES   CADEIA DE VALOR Fornecedores Organização Clientes COMPROMISSO CORPORATIVO Foco OPERACIONAL FOCO...
organização <ul><li>Campo de Valor = Mapa de Stakeholders </li></ul><ul><ul><li>complexidade de relações simultâneas </li>...
Campo de Valor Posicionamento: intangível x tangível Teia Impactos Mapa de Stakeholders Rede de Relações Identidade
Identidade <ul><li>A identidade se compõe de aspectos estruturais e aspectos dinâmicos </li></ul><ul><li>É um fenômeno est...
estruturas de ação saudável estruturas de inspiração benéfico estruturas de criação equilíbrio Identidade Sustentável
o que  ? técnica de que forma?   inserção e adequação por que e para que? propósitos Identidade Sustentável
superar desigualdades recuperar a natureza produzir cultura de paz Identidade Sustentável
Gestão - Identidade Sustentável sou percebido afirmo ser pratico
<ul><ul><ul><li>Rede de relações </li></ul></ul></ul>
Rede de Relações Abordagem Formal “ o que fazer” trajetória unidirecionada Abordagem em Rede “ pensar, sentir, fazer, impa...
<ul><li>5.   Pessoas-chave que se tornaram  “gargalos” não precisam tornar-se mais acessíveis.  </li></ul><ul><ul><ul><li>...
Abordagens em Rede ACESSO DE TODOS AO SABER “ fluxo da informação” ESTÁTICO ACESSO AO SABER DE TODOS  “ relação das pessoa...
Rede de Relacionamento –  EXISTÊNCIA DE VÍNCULOS João conhece Maria: existe um vínculo  João Maria Maria conhece João: exi...
Rede de Relacionamento –  QUALIDADE DAS RELAÇÕES João Maria relação profissional relação pessoal percepção da relação
Rede de Relacionamento –  DENSIDADE DENSIDADE volume de relações declaradas João Maria quantidade de relações
Rede de Relacionamento –  COESÃO COESÃO uma  relação é coesa  quando os dois indivíduos reconhecem a relação indicada qual...
Rede de Relacionamento –  PESSOAS <ul><li>Como é minha ação e relação? </li></ul><ul><ul><li>comigo mesmo </li></ul></ul><...
Pesquisa Identificação de Redes de Relacionamento e Perfil das Pessoas  PARA QUÊ? <ul><li>Identificar o  potencial de rela...
encontro entre os diferentes  Rede de Relações
Comunicação Sustentável CRIAÇÃO SENTIMENTOS,  IDÉIAS,  RELAÇÕES o quê? AÇÃO INSTRUMENTAL TÉCNICO como? INSPIRAÇÃO PROPÓSIT...
Em setembro de 1991, a revista Fortune trazia em sua capa uma imagem dos lados esquerdo e direito do cérebro. A manchete e...
<ul><li>Estrutura mais primitiva </li></ul><ul><ul><li>recompensa  imediata </li></ul></ul><ul><li>Estrutura  mais evoluíd...
Rede de Relações - encontro entre os diferentes relação consigo mesmo
NOVAS  RESPONSABILIDADES  DA  COMUNICAÇÃO Rede de Relações - encontro entre os diferentes RELAÇÕES HUMANAS produzem um cam...
NEURÔNIOS Para produzir um pensamento é preciso executar milhões de sinapses Rede de Relações - encontro entre os diferent...
Redes Neurais e Comunicação 1. Atenção = interesse 2. Fixação = repetição 3. Evocação = memória há uma mudança anatômica e...
Rede de Relações - encontro entre os diferentes PROCESSAMENTO MENTAL Somos  multidominantes , todos temos mais de um estil...
Rede de Relações - encontro entre os diferentes RELACIONAMENTOS <ul><li>linguagem informal </li></ul><ul><li>sem detalhes ...
Perfil da Rede – dominância funcional - CIRCUNSTANCIAL dominância funcional pessoas Rede de Relações - encontro entre os d...
Inteligência do Coração
INTELIGÊNCIA do CORAÇÃO A fonte das batidas do coração está no próprio coração No feto, o coração começa a bater antes do ...
Inteligência do Coração <ul><li>Há um campo eletromagnético  </li></ul><ul><li>que pode ser medido: </li></ul><ul><li>Baix...
<ul><li>Sentimentos </li></ul><ul><li>Idéias </li></ul><ul><li>Ações </li></ul>Foco positivo  no  coração <ul><li>coerênci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comunicação sustentável e rede de relações

2.961 visualizações

Publicada em

Palestra de Regina Migliori, presidente do Instituto Migliori, Consultora em Cultura de Paz da Unesco, Conselheira do Nós, durante o workshop "Comunicação sustentável e redes de relacionamentos: o que é e como fazer?" do Ciclo Comunicar Sustentabilidade.

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.961
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
90
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Globo - Rio de Janeiro, 16 de novembro de 2000 Tema - Marca Globo: Conceito de Branding (Palestrante: Ricardo Guimarães - Thymus Branding) Anotações
  • Comunicação sustentável e rede de relações

    1. 1. Comunicação Sustentável e Rede de Relações Regina Migliori [email_address]
    2. 2. responsabilidade global nova categoria de desafios Temos uma imensa
    3. 3. EVOLUÇÃO DAS RESPONSABILIDADES DESAFIOS DO SÉCULO XXI <ul><li>Comprometimento com o “dever” cumprido </li></ul><ul><li>Comprometimento com o trabalho bem feito </li></ul><ul><li>Compromisso com o resultado do seu trabalho </li></ul><ul><li>Compromisso com o resultado do grupo/ organização </li></ul><ul><li>Compromisso com os impactos produzidos </li></ul><ul><li>Compromisso ético com grupos múltiplos </li></ul>
    4. 4. GESTÃO RESPONSABILIDADES CADEIA DE VALOR Fornecedores Organização Clientes COMPROMISSO CORPORATIVO Foco OPERACIONAL FOCO NA OPERAÇÃO DO NEGÓCIO orienta o comportamento da empresa CAMPO DE VALOR organização fornecedores clientes investidores midia sociedade governo comunidade internacional COMPROMISSO ÉTICO COM GRUPOS MÚLTIPLOS ONGs Foco SUSTENTÁVEL FOCO NA SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO atrai e inspira todos os “stakeholders”
    5. 5. organização <ul><li>Campo de Valor = Mapa de Stakeholders </li></ul><ul><ul><li>complexidade de relações simultâneas </li></ul></ul><ul><ul><li>compromisso ético com grupos múltiplos </li></ul></ul><ul><ul><li>novo contexto de desenvolvimento humano </li></ul></ul>MUNDO GLOBALIZADO Comunidade Internacional Meio Ambiente Sociedade Governo ONGs Associações Entidades de Classe Órgãos Reguladores ESPAÇO PÚBLICO Comunidades Mídia Financiadores Competidores Mercado Centros de Educação e Pesquisa AMBIENTE DE INSERÇÃO Funcionários Acionistas Sócios Fornecedores Parceiros Estratégicos Clientes Revendedores Importadores CADEIA DE VALOR Investidores
    6. 6. Campo de Valor Posicionamento: intangível x tangível Teia Impactos Mapa de Stakeholders Rede de Relações Identidade
    7. 7. Identidade <ul><li>A identidade se compõe de aspectos estruturais e aspectos dinâmicos </li></ul><ul><li>É um fenômeno estável, mas não é estático </li></ul><ul><li>Só existe na relação entre os elementos que a compõem </li></ul>Como sou percebido O que afirmo ser O que pratico IDENTIDADE jeito de ser e agir que se estabelece a partir do que a gente diz que é , o que é praticado e percebido .
    8. 8. estruturas de ação saudável estruturas de inspiração benéfico estruturas de criação equilíbrio Identidade Sustentável
    9. 9. o que ? técnica de que forma? inserção e adequação por que e para que? propósitos Identidade Sustentável
    10. 10. superar desigualdades recuperar a natureza produzir cultura de paz Identidade Sustentável
    11. 11. Gestão - Identidade Sustentável sou percebido afirmo ser pratico
    12. 12. <ul><ul><ul><li>Rede de relações </li></ul></ul></ul>
    13. 13. Rede de Relações Abordagem Formal “ o que fazer” trajetória unidirecionada Abordagem em Rede “ pensar, sentir, fazer, impactar” múltiplas relações entre pessoas Abordagem Integrada “ como fazer” integração da “engrenagem” dos processos abordagem adotada
    14. 14. <ul><li>5. Pessoas-chave que se tornaram “gargalos” não precisam tornar-se mais acessíveis. </li></ul><ul><ul><ul><li>realocar fontes de informação . </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>promover a tomada de decisão também por outros integrantes da rede. </li></ul></ul></ul>Trabalhar em Rede: mitos e desafios <ul><li>1. Para construir uma rede não precisamos nos comunicar mais: </li></ul><ul><ul><ul><li>focar em quem contribui com o quê. </li></ul></ul></ul><ul><li>2. Não é necessário um sistema informatizado para que exista uma rede de relações: </li></ul><ul><ul><ul><li>tecnologia é apôio, não é a rede. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>a existência de uma rede não significa “todos conectados com todos” </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>as pessoas devem estar conectadas quando a interação gera resultados reais. </li></ul></ul></ul><ul><li>3. Redes informais e formais alavancam e/ou são alavancadas prioritariamente por dois fatores: </li></ul><ul><ul><ul><li>contexto organizacional </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>perfil das pessoas </li></ul></ul></ul><ul><li>4. Qualidade de interação no trabalho em rede não é uma questão de personalidade (difícil transformar ) </li></ul><ul><ul><ul><li>a forma com que as pessoas interagem depende de comportamentos intencionais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>e conscientes que podem ser estimulados. </li></ul></ul></ul></ul>
    15. 15. Abordagens em Rede ACESSO DE TODOS AO SABER “ fluxo da informação” ESTÁTICO ACESSO AO SABER DE TODOS “ relação das pessoas” MOVIMENTO abordagem adotada
    16. 16. Rede de Relacionamento – EXISTÊNCIA DE VÍNCULOS João conhece Maria: existe um vínculo João Maria Maria conhece João: existe um vínculo percepção do vínculo
    17. 17. Rede de Relacionamento – QUALIDADE DAS RELAÇÕES João Maria relação profissional relação pessoal percepção da relação
    18. 18. Rede de Relacionamento – DENSIDADE DENSIDADE volume de relações declaradas João Maria quantidade de relações
    19. 19. Rede de Relacionamento – COESÃO COESÃO uma relação é coesa quando os dois indivíduos reconhecem a relação indicada qualidade do vínculo João Maria
    20. 20. Rede de Relacionamento – PESSOAS <ul><li>Como é minha ação e relação? </li></ul><ul><ul><li>comigo mesmo </li></ul></ul><ul><ul><li>com meu universo próximo </li></ul></ul><ul><ul><li>com o mundo </li></ul></ul>perfil das pessoas João Maria
    21. 21. Pesquisa Identificação de Redes de Relacionamento e Perfil das Pessoas PARA QUÊ? <ul><li>Identificar o potencial de relacionamento pessoal e profissional do grupo </li></ul><ul><li>Atuar com foco em relacionamento e compartilhamento </li></ul><ul><li>Perceber a qualidade dos vínculos </li></ul><ul><li>Fortalecer e integrar os vínculos reais e potenciais das relações pessoais e profissionais </li></ul><ul><li>Estimular o perfil adequado da equipe </li></ul><ul><li>Promover a gestão da identidade da rede e da reputação dos seus integrantes </li></ul>
    22. 22. encontro entre os diferentes Rede de Relações
    23. 23. Comunicação Sustentável CRIAÇÃO SENTIMENTOS, IDÉIAS, RELAÇÕES o quê? AÇÃO INSTRUMENTAL TÉCNICO como? INSPIRAÇÃO PROPÓSITOS e IDEAIS por quê? para quê? Base Tangível = RESPONSABILIDADES Base Intangível = VALORES
    24. 24. Em setembro de 1991, a revista Fortune trazia em sua capa uma imagem dos lados esquerdo e direito do cérebro. A manchete era “Brain Power”, isto é, “O Poder do Cérebro”. Foi a primeira vez que uma revista com foco em negócios usou o cérebro como capa.
    25. 25. <ul><li>Estrutura mais primitiva </li></ul><ul><ul><li>recompensa imediata </li></ul></ul><ul><li>Estrutura mais evoluída </li></ul><ul><ul><li>capacidade reflexiva </li></ul></ul>Espaço de desenvolvimento
    26. 26. Rede de Relações - encontro entre os diferentes relação consigo mesmo
    27. 27. NOVAS RESPONSABILIDADES DA COMUNICAÇÃO Rede de Relações - encontro entre os diferentes RELAÇÕES HUMANAS produzem um campo de interações
    28. 28. NEURÔNIOS Para produzir um pensamento é preciso executar milhões de sinapses Rede de Relações - encontro entre os diferentes CAMPO ELETROMAGNÉTICO reação bioquímica + impulso elétrico SINAPSES
    29. 29. Redes Neurais e Comunicação 1. Atenção = interesse 2. Fixação = repetição 3. Evocação = memória há uma mudança anatômica em que o neurônio passa a fazer mais sinapses O Sistema Nervoso dá preferência a circuitos mais estimulados e os deixa mais disponíveis Rede de Relações - encontro entre os diferentes
    30. 30. Rede de Relações - encontro entre os diferentes PROCESSAMENTO MENTAL Somos multidominantes , todos temos mais de um estilo de pensamento HEMISFÉRIO ESQUERDO lógico analítico quantitativo detalhista HEMISFÉRIO DIREITO intuitivo integrador sintetizador sinestésico
    31. 31. Rede de Relações - encontro entre os diferentes RELACIONAMENTOS <ul><li>linguagem informal </li></ul><ul><li>sem detalhes </li></ul><ul><li>exemplos pessoais </li></ul><ul><li>descontraído, contato visual </li></ul><ul><li>evitar: </li></ul><ul><ul><li>excesso de detalhes </li></ul></ul><ul><ul><li>receitas prontas </li></ul></ul><ul><ul><li>frieza e objetividade </li></ul></ul>HEMISFÉRIO DIREITO <ul><li>linguagem formal </li></ul><ul><li>clareza de detalhes </li></ul><ul><li>baseada em fatos e dados </li></ul><ul><li>assertivo, prático, direto </li></ul><ul><li>evitar: </li></ul><ul><ul><li>metáforas, “viajar” </li></ul></ul><ul><ul><li>histórias pessoais </li></ul></ul><ul><ul><li>falar muito </li></ul></ul>HEMISFÉRIO ESQUERDO
    32. 32. Perfil da Rede – dominância funcional - CIRCUNSTANCIAL dominância funcional pessoas Rede de Relações - encontro entre os diferentes CÉREBRO INTEIRO COM TENDÊNCIA DIREITA 57% HEMISFÉRIO ESQUERDO DOMINANTE 8% CÉREBRO INTEIRO COM TENDÊNCIA ESQUERDA 26% CÉREBRO INTEIRO 5% HEMISFÉRIO DIREITO DOMINANTE 4%
    33. 33. Inteligência do Coração
    34. 34. INTELIGÊNCIA do CORAÇÃO A fonte das batidas do coração está no próprio coração No feto, o coração começa a bater antes do cérebro se formar
    35. 35. Inteligência do Coração <ul><li>Há um campo eletromagnético </li></ul><ul><li>que pode ser medido: </li></ul><ul><li>Baixa Coerência: quadro caótico </li></ul><ul><li>Alta Coerência: sequência harmônica </li></ul><ul><li>O Coração estabelece 4 formas de </li></ul><ul><li>comunicação com o cérebro: </li></ul><ul><li>Neurológica </li></ul><ul><li>Biofísica (pulso, pressão sanguínea) </li></ul><ul><li>Bioquímica (hormônios: mediação do cortisol) </li></ul><ul><li>Energética (impulsos eletromagnéticos) </li></ul>
    36. 36. <ul><li>Sentimentos </li></ul><ul><li>Idéias </li></ul><ul><li>Ações </li></ul>Foco positivo no coração <ul><li>coerência do </li></ul><ul><li>ritmo cardíaco </li></ul><ul><li>harmonia do </li></ul><ul><li>sistema autônomo </li></ul>Padrões neurológicos Cérebro <ul><li>emocional </li></ul><ul><li>cognitivo </li></ul>Inteligência do Coração IMPACTOS e ALTERAÇÕES do Coração para o Cérebro

    ×