SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
edital
PARA APOIO
A PROJETOS
SOCIAIS EM
SANTA
CATARINA
2014
CAMPANHA 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
1. APRESENTACAO
Este Edital estabelece formas, condições e critérios para que o Movimento Nós Podemos
Santa Catarina promova a Chamada Pública de Projetos 8 Jeitos de Mudar o Mundo.
Os 08 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) constituem o compromisso de
191 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, por um
mundo pacífico, justo e sustentável.
Os 08 ODM, ou 08 Jeitos de Mudar o Mundo são:
No Brasil, o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade mobiliza e coordena desde 2004,
o trabalho conjunto de empresas, organizações sociais e governos para que possamos melhorar
a qualidade de vida das pessoas e alcançar os ODM. A metodologia usada para isso é a
estruturação de núcleos regionais chamados de “Movimento Nós Podemos”. Esses núcleos são
animados pelo diálogo, informações, parcerias e projetos, e o Movimento Nós Podemos Santa
Catarina (MNPSC) foi formado em 2009, sendo referência no Brasil em termos de articulação e ação.
Para impulsionar ainda mais os esforços pelos ODM em Santa Catarina, o MNPSC lançou em
2013 a Campanha “8 Jeitos de Mudar o Mundo” como uma das ações potenciais para contribuir
com o alcance das metas do milênio no estado. A iniciativa teve como objetivo a criação
de um fundo de apoio formado pela contribuição financeira feita por empresas e pessoas físicas, que
apoiará projetos sociais alinhados com os ODM, objeto deste Edital.
2. QUAIS PROJETOS PODERAO SER APOIADOS?
Serão apoiados projetos voltados a contribuir para o alcance das metas de, ao menos, um dos
08 ODM (ver quadro no anexo 1). de acordo com os pré-requisitos e critérios estabelecidos no
item 05.
3. QUEM PODE APRESENTAR PROJETOS?
Associações e/ou fundações juridicamente constituídas, sem fins lucrativos, e em dia com
suas obrigações legais (ver anexo II), com no mínimo 02 anos de registro, com sede no Estado
de Santa Catarina e cuja missão esteja alinhada com o projeto apresentado. Será solicitada
documentação de registro às organizações pré-selecionadas.
4. COMO PARTICIPAR?
A organização proponente deve apresentar seu projeto no formato do formulário específico
disponível em www.nospodemos-sc.org.br, no período de 02 a 22 de abril de 2014.
Cada organização pode apresentar somente um projeto e este deverá ser
realizado exclusivamente no Estado de Santa Catarina e não serão aceitos
projetos recebidos por qualquer outro meio que não o formulário online.
5. COMO OS PROJETOS SERAO AVALIADOS?
Os projetos recebidos serão avaliados por uma comissão formada por
instituições participantes do MNPSC, especialistas no tema e
representantes dos Embaixadores da Campanha 8 Jeitos de Mudar
o Mundo.
As instituições que fazem parte da comissão de avaliação não poderão apresentar projetos
para esta chamada. Os membros da comissão de avaliação não poderão ter vínculo
empregatício ou voluntário com instituições selecionadas.
A comissão de avaliação analisará somente projetos apresentados no formulário específico
disponível em www.nospodemos-sc.org.br durante o período de inscrição informado nesta
chamada e observará os seguintes critérios:
I. Abrangencia Social
Análise e justificativa da realidade social e caracterização dos beneficiários demonstrando interesse público.
(Para análise e justificativa da realidade social, recomenda-se o uso dos indicadores do Portal ODM -
www.portalodm.com.br)
II. Relevancia e contribuicao do projeto em relacao ao alcance
das metas dos ODM
Apresentar a forma de contribuição do projeto para o alcance das metas dos ODM no município de realização
do projeto.
III. Viabilidade tecnica de execucao do projeto proposto;
Capacidade técnica, administrativa e operacional de execução do projeto pela organização proponente.
IV. Estrategia de continuidade e parcerias
Identificação das formas de manutenção do projeto após a vigência do convênio e apresentação dos
formatos e parcerias com a comunidade.
V. Expectativa de resultados
Apresentar os indicadores esperados a partir da execução do projeto.
As 08 organizações que tiverem seus projetos pré-selecionados no deverãoGrupo 01
demonstrar a adesão da comunidade ao projeto mobilizando localmente a quantia de no
mínimo R$ 2.000,00 (dois mil reais), dentro do prazo de 40 dias após o anúncio da
pré-seleção, e deverá ser comprovada de acordo com os seguintes critérios:
a)
Serão pré-selecionados 16 projetos, classificados em dois grupos. Preferencialmente
01 projeto relacionado a cada um dos 8 ODM em cada grupo. Os 8 primeiros colocados
estarão no e os outros 8 noGrupo 01 Grupo 02.
b)
c)
6. COMO sera feita a SElecAO?
Apresentação de um relato, contando quais ações foram desenvolvidas para mobilizar a
comunidade.
A mobilização deverá envolver no mínimo 05 (cinco) parceiros (pessoas físicas e/ou
jurídicas), que deverão apresentar uma carta de apoio ao projeto, contendo seus contatos
(nome, organização, telefone, e-mail).
Comprovação da mobilização dos recursos por meio de comprovante de
depósito da quantia de no mínimo R$ 2.000,00 (dois mil reais) em conta
corrente da instituição (apresentação do extrato da conta, com depósitos
realizados dentro do prazo de mobilização)
Os projetos selecionados por este edital terão apoio do fundo de até R$8.000,00,
sendo R$2.000,00 mobilizados pela instituição proponente e os outros R$6.000,00
serão repassados pelo fundo. Os projetos deverão ser executados no prazo máximo
de 06 (seis) meses.
d) Caso alguma das organizações do não consiga atingir a meta de mobilização,Grupo 01
ela será desclassificada e dará lugar a uma das organizações do cujo projetoGrupo 02
tenha por objeto o mesmo ODM. A organização do terá também o período deGrupo 02
40 dias para fazer a mobilização, seguindo os mesmos critérios apresentados na alínea
c deste item:
g) Projetos com orçamento superior a R$ 8.000,00 (oito mil reais)
deverão indicar a fonte dos recursos complementares.
e) Caso a organização do também não consiga atingir a meta deGrupo 02
mobilização, os recursos que seriam destinados ao projeto serão
distribuídos para as atividades complementares dos demais projetos
selecionados por este Edital. As atividades complementares serão
definidas pelo Comitê de Acompanhamento dos Projetos, em consonância
com as organizações proponentes dos projetos aprovados;
f) ATENÇÃO: As organizações pré-selecionadas no somenteGrupo 02
serão apoiadas caso organizações do não alcancem aGrupo 01
meta de mobilização de recursos na comunidade;
7. o que vai acontecer apos o repasse dos recursos?
Os projetos serão acompanhados por um comitê formado por organizações
participantes no MNPSC;
Os projetos deverão ser concluídos no prazo máximo de 6 (seis) meses, contados
da data do recebimento do repasse;
As organizações prestarão contas da utilização dos valores recebidos e dos resultados
esperados descritos na proposta selecionada, apresentando documentos relativos ao
projeto sempre que solicitado e relatórios final de atividades e financeiro, que descrevem
o impacto social da iniciativa;
Será obrigatória a adesão da organização proponente de projeto aprovado nesta chamada
ao MNPSC, por meio de assinatura de Termo de Adesão, ou apresentação do mesmo para
aquelas que já aderiram ao Movimento;
a)
b)
c)
d)
As organizações cujos projetos forem selecionados terão uma página
no Portal Transparência (www.portaltransparencia.org.br), e receberão apoio técnico
gratuito para isso. O Portal é uma plataforma aberta e gratuita, desenvolvida pelo
Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom), fundamentada em quatro dimensões
(identidade, resultados, gestão e parcerias), que contribuirão para o processo de
desenvolvimento institucional das organizações sociais participantes;.
Será obrigatória a participação de representante da organização proponente de projeto
aprovado, no Seminário de Boas Práticas organizado pelo MNPSC, em data a ser combinada
com a Coordenação do MNPSC. No Seminário as organizações deverão apresentar os
principais resultados (mesmo que parciais) dos projetos executados;
Será obrigatória a participação de representante da organização proponente de projeto
aprovado, em reuniões e/ou capacitações, de forma presencial e/ou online, sempre que
o Comitê de Acompanhamento de Projetos solicitar.
e)
f)
g)
8. QUAIS os prazos?
(PRORROGADOS)
ATE 5 DE MAIO de 2014 (23h59)
Período de inscrição, exclusivamente pelo formulário online
Anúncio dos pré-selecionados dos grupos 01 e 02.
19 de maio a 27 de junho de 2014
Mobilização da contrapartida da comunidade pelas organizações do grupo 01
30 DE JUNHO a 4 de juLho de 2014
Comprovação da mobilização e repasse dos recursos do fundo às organizações
7 de JULho a 31 de dezembro de 2014
Execução dos projetos
20 de fevereiro de 2015
Entrega de relatórios e prestação de contas. (Ou até 60 dias após o final do cronograma
de execução do projeto, porém respeitando esta data limite)
16 de maio de 2014
Todas as decisões da Comissão de Avaliação serão conclusivas, não havendo possibilidade de
recurso. A Comissão de Avaliação poderá realizar visitas técnicas às instituições pré-
selecionadas para conferência das informações e dados.
9. Consideracoes finais
A aplicação de condições diversas às estabelecidas nesta chamada fica condicionada à
deliberação da Comissão de Avaliação, fundamentada em parecer que justifique a necessidade,
a importância e a oportunidade do tratamento diferenciado.
No caso do descumprimento das condições desta chamada ou dos demais acordos
futuramente estabelecidos entre a organização selecionada e o MNPSC, a organização
selecionada deverá devolver os recursos recebidos, devidamente corrigidos pela
variação IGPM/FGV ou pelo índice oficial que vier a substituí-lo, e
acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês.
Os casos omissos serão deliberados pela Coordenação Estadual
do Movimento Nós Podemos Santa Catarina.
Luciano Martins é artista plástico e voluntário.
Ele criou a logomarca da Campanha 8 Jeitos de Mudar o Mundo.
anexo i
Objetivos e Metas do Milênio
Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população com renda abaixo
da linha da pobreza
Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população que sofre de fome
META 1 #
META 2 #
META 3 # Garantir que, até 2015, todas as crianças, terminem o ensino fundamental
META 4 # Eliminar a disparidade entre os sexos no ensino fundamental e médio
até 2015.
META 5 # Reduzir em dois terços, até 2015, a taxa de mortalidade de menores de
cinco anos.
META 6 # Reduzir em três quartos a taxa de mortalidade materna.
META 7 # Até 2015, deter e começar a reduzir a propagação do HIV/AIDS.
META 9 # Integrar, até 2015, os princípios do desenvolvimento sustentável nas
políticas e programas e reverter a perda de recursos ambientais.
META 17 # Formular e executar estratégias de trabalho digno e produtivo aos jovens.
META 8 # Até 2015, deter e começar a reduzir a incidência da malária e de outras
doenças graves.
META 10 # Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população sem acesso
a água potável.
Até 2020, ter alcançado uma melhora significativa nas vidas de habitantes
de bairros degradados.
META 11 #
META 18 # Em cooperação com o setor privado, tornar acessíveis os benefícios das
novas tecnologias de informação e de comunicação.
Obs.: As metas apresentadas neste edital são aquelas possíveis de realização por meio de projetos sociais.
anexo ii
Documentos a serem apresentados pela organização proponente de projeto
Cópia simples do contrato ou estatuto social registrado;
Cópia simples da ata de eleição da diretoria em exercício;
Cópia simples do CNPJ;
Certidão negativa de débitos relativos à seguridade social (INSS);
Certidão negativa de débitos relativos ao fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS);
Certidões negativas de débitos de tributos e contribuições nas esferas municipal,
estadual e federal.
Estes documentos deverão ser digitalizados e enviados para o e-mail
contato@nospodemos-sc.org.br, constando o nome da organização proponente no
assunto da mensagem, dentro do prazo de inscrição estabelecido por este edital.
movimento nos podemos santa catarina
Para se filiar ao Movimento entre em contato com a Secretaria Executiva pelo e-mail
sec.mnpsc@gmail.com e telefone (48)3025-1079, ou procure um dos comitês municipais
abaixo:
Biguaçú - Vanderléia Lohn – (48)3279-9724 – vandalohn@univali.br
Blumenau – Lauri Zen – (47)9978-1887 – nospodemosblumenau@gmail.com
Brusque – Danielly de Souza – (47)9660-8422 – daniellyvieirass@gmail.com
Canoinhas – Patricia Gulicz – (47)3622-2144 – gerencia611@unimedsc.com.br
Chapecó – Juciele Wrublewski– (49)3361-1855 – juciele@unimedchapeco.com.br
Criciúma – Juliana Da Rolt – (48)3461-5045 – julianagdr@celesc.com.br
Florianópolis – Bruna Silva – (48)3216-8537 – bruna.silva@unimedflorianopolis.com.br
Itajaí - Fernanda Argoud - (47)3390-1200 - fernanda.argoud@gmail.com
Jaraguá do Sul - Cátia Hoeft - (47)2106-2200 - catiam@unimedsc.com.br
Joinville – Claudia Dreher – (48)3425-8515 – claudia.dreher@martinelli.adv.br
Lages – Etamar Eger – (49)3221-5010 – etamare@celesc.com.br
Tubarão – Maria Claudia – (48)3261-0250 – responsabilidadesocial@unimedtubarao.com.br
COORDENAÇÃO ESTADUAL
SECRETARIA EXECUTIVA
Secretário - João Batista F. Thomé - Univille
Secretário Adjunto - Odilon Luís Faccio - Instituto Primeiro Plano
SECRETARIA INSTITUCIONAL
Secretário - Dilmar Franchini - Ass. Catarinense Conselheiros Tutelares
Secretária Adjunta - Patrícia P. Freitas - Pref. Mun. Brusque
SECRETARIA DE MOBILIZAÇÃO
Secretária - Juliana Galli Da Rolt - CELESC Dist. SA
Secretário Adjunto 1 - Douglas Juliani - IF-SC
Secretária Adjunta 2 - Adelita Adiers - FACISC
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO
Secretária- Cheila Zortéa - Fund. Maurício Sirotsky Sobrinho
Secretária Adjunta 1 - Clarissa Iser - Projeta Planejamento e Maketing
Secretária Adjunta 2 - Regina Farias
SECRETARIA DE PROJETOS
Secretário - Osmar Vicentin - FACISC
Secretária Adjunta - Camille R. Bruns - Unimed Brusque
SECRETARIA ADMINISTRATIVA
Franciele Minatelli - Instituto Primeiro Plano
COORDENAÇÃO EVENTOS
Miguel G. Cremonezi - CAIXA
(48) 3025-1079 | contato@nospodemos-sc.org.br
www.nospodemos-sc.org.br
Instituições Organizadoras Voluntárias da Campanha
Desde 1967

Mais conteúdo relacionado

Destaque (20)

El outsourcing
El outsourcingEl outsourcing
El outsourcing
 
Espanolenuniversidad
EspanolenuniversidadEspanolenuniversidad
Espanolenuniversidad
 
Muslimcolonydelhincr
MuslimcolonydelhincrMuslimcolonydelhincr
Muslimcolonydelhincr
 
Status of the BRT Industry
Status of the BRT Industry  Status of the BRT Industry
Status of the BRT Industry
 
Uni3 act1 peda
Uni3 act1 pedaUni3 act1 peda
Uni3 act1 peda
 
maluicita y vladi
maluicita y vladimaluicita y vladi
maluicita y vladi
 
Hl7v3 and web services
Hl7v3 and web servicesHl7v3 and web services
Hl7v3 and web services
 
YAHOO! Y ALTAVISTA
YAHOO! Y ALTAVISTAYAHOO! Y ALTAVISTA
YAHOO! Y ALTAVISTA
 
Icfes
IcfesIcfes
Icfes
 
Workab in TValley_Day3
Workab in TValley_Day3Workab in TValley_Day3
Workab in TValley_Day3
 
Apostila licitações
Apostila licitaçõesApostila licitações
Apostila licitações
 
Mapeamento de solucoes_ab
Mapeamento de solucoes_abMapeamento de solucoes_ab
Mapeamento de solucoes_ab
 
Apresentação midia kit alma do negócio
Apresentação midia kit  alma do negócioApresentação midia kit  alma do negócio
Apresentação midia kit alma do negócio
 
Poo
PooPoo
Poo
 
Aguas Profundas. Petrobras/Transpetro
Aguas Profundas. Petrobras/TranspetroAguas Profundas. Petrobras/Transpetro
Aguas Profundas. Petrobras/Transpetro
 
Informe de lectura. met
Informe de lectura. metInforme de lectura. met
Informe de lectura. met
 
P a ofelia_castaño_31336
P a ofelia_castaño_31336P a ofelia_castaño_31336
P a ofelia_castaño_31336
 
4 cuenta de correo gmail
4 cuenta de correo gmail4 cuenta de correo gmail
4 cuenta de correo gmail
 
Kareo.webinar.06.18.14
Kareo.webinar.06.18.14Kareo.webinar.06.18.14
Kareo.webinar.06.18.14
 
Teoría de Sistemas
Teoría de Sistemas Teoría de Sistemas
Teoría de Sistemas
 

Semelhante a Edital 20x20 prorrogado

Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiEdital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiDenizecomZ
 
Regulamento nordeste2013
Regulamento nordeste2013Regulamento nordeste2013
Regulamento nordeste2013muraguiar
 
Edital 002 projetos produtivos
Edital 002   projetos produtivosEdital 002   projetos produtivos
Edital 002 projetos produtivosJunior Pentecoste
 
Orientacoes inclusao de proposta siconv
Orientacoes inclusao de proposta siconvOrientacoes inclusao de proposta siconv
Orientacoes inclusao de proposta siconvJoao Moraes
 
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Marilene de Freitas
 
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTO
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTOPRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTO
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTOEdemar Santos
 
Cartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilCartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilSavio Rodrigues
 
Maxcity Internacionais
Maxcity InternacionaisMaxcity Internacionais
Maxcity InternacionaisMosán Santos
 
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009Edital Seleção CDIs Comunidade 2009
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009CDI PE
 
Edital patrocinio bnb
Edital patrocinio bnbEdital patrocinio bnb
Edital patrocinio bnbrossinigomes
 
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014Instituto Abaçaí
 
Guia iss contribuinte incentivador (rj)
Guia iss contribuinte incentivador (rj)Guia iss contribuinte incentivador (rj)
Guia iss contribuinte incentivador (rj)Luiz Carlos Dumont
 
Como obter o registro no CMAS?
Como obter o registro no CMAS?Como obter o registro no CMAS?
Como obter o registro no CMAS?Allan Vieira
 
Como obter o registro no cmas
Como obter o registro no cmasComo obter o registro no cmas
Como obter o registro no cmasAllan Vieira
 
Edital uneb 044-12
Edital uneb   044-12Edital uneb   044-12
Edital uneb 044-12DenizecomZ
 

Semelhante a Edital 20x20 prorrogado (20)

Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação MaggiEdital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
Edital do Programa de Seleção Pública de Projetos 2013/2014 da Fundação Maggi
 
Edital iv-direitos-2017 - até dia 10
Edital iv-direitos-2017 - até dia 10Edital iv-direitos-2017 - até dia 10
Edital iv-direitos-2017 - até dia 10
 
Regulamento nordeste2013
Regulamento nordeste2013Regulamento nordeste2013
Regulamento nordeste2013
 
Certificação ODM SC 2014
Certificação ODM SC 2014Certificação ODM SC 2014
Certificação ODM SC 2014
 
Edital Zona azul
Edital Zona azulEdital Zona azul
Edital Zona azul
 
Edital 002 projetos produtivos
Edital 002   projetos produtivosEdital 002   projetos produtivos
Edital 002 projetos produtivos
 
Zona azul
Zona azulZona azul
Zona azul
 
Orientacoes inclusao de proposta siconv
Orientacoes inclusao de proposta siconvOrientacoes inclusao de proposta siconv
Orientacoes inclusao de proposta siconv
 
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
Cartilhapnhrbancodobrasil 130123203246-phpapp02
 
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTO
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTOPRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTO
PRÊMIO VOLUNTARIADO TRANSFORMADOR - REGULAMENTO
 
Cartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do BrasilCartilha PNHR Banco do Brasil
Cartilha PNHR Banco do Brasil
 
Maxcity Internacionais
Maxcity InternacionaisMaxcity Internacionais
Maxcity Internacionais
 
O FIA - Desafios do Marco Regulatório
O FIA - Desafios do Marco RegulatórioO FIA - Desafios do Marco Regulatório
O FIA - Desafios do Marco Regulatório
 
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009Edital Seleção CDIs Comunidade 2009
Edital Seleção CDIs Comunidade 2009
 
Edital patrocinio bnb
Edital patrocinio bnbEdital patrocinio bnb
Edital patrocinio bnb
 
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014
Apresentação Inicial - Selo Social de Sorocaba 2014
 
Guia iss contribuinte incentivador (rj)
Guia iss contribuinte incentivador (rj)Guia iss contribuinte incentivador (rj)
Guia iss contribuinte incentivador (rj)
 
Como obter o registro no CMAS?
Como obter o registro no CMAS?Como obter o registro no CMAS?
Como obter o registro no CMAS?
 
Como obter o registro no cmas
Como obter o registro no cmasComo obter o registro no cmas
Como obter o registro no cmas
 
Edital uneb 044-12
Edital uneb   044-12Edital uneb   044-12
Edital uneb 044-12
 

Mais de Movimento Nós Podemos Santa Catarina

Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)Movimento Nós Podemos Santa Catarina
 
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...Movimento Nós Podemos Santa Catarina
 

Mais de Movimento Nós Podemos Santa Catarina (20)

Odm para ods para ethos
Odm para ods para ethosOdm para ods para ethos
Odm para ods para ethos
 
Certificação ODM SC 2015
Certificação ODM SC 2015Certificação ODM SC 2015
Certificação ODM SC 2015
 
15 anos de compromisso mundial
15 anos de compromisso mundial15 anos de compromisso mundial
15 anos de compromisso mundial
 
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
 
15 anos compromisso_mundial_meet_upfloripa
15 anos compromisso_mundial_meet_upfloripa15 anos compromisso_mundial_meet_upfloripa
15 anos compromisso_mundial_meet_upfloripa
 
Certificado ODM 2014
Certificado ODM 2014Certificado ODM 2014
Certificado ODM 2014
 
Relatorio Nacional de Acompanhamento dos ODM
Relatorio Nacional de Acompanhamento dos ODMRelatorio Nacional de Acompanhamento dos ODM
Relatorio Nacional de Acompanhamento dos ODM
 
Captação de Recursos - Marcio Zeppelini
Captação de Recursos - Marcio ZeppeliniCaptação de Recursos - Marcio Zeppelini
Captação de Recursos - Marcio Zeppelini
 
Fundação Fritz Müller
Fundação Fritz MüllerFundação Fritz Müller
Fundação Fritz Müller
 
Apresentação Unimed SC
Apresentação Unimed SCApresentação Unimed SC
Apresentação Unimed SC
 
Tractebel apresentação responsabilidade social
Tractebel apresentação responsabilidade social  Tractebel apresentação responsabilidade social
Tractebel apresentação responsabilidade social
 
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
 
ODM 2 - ONG Moradia e Cidadania - São José
ODM 2 - ONG Moradia e Cidadania - São JoséODM 2 - ONG Moradia e Cidadania - São José
ODM 2 - ONG Moradia e Cidadania - São José
 
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e JuventudeInstituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
Instituto Crescer - Movimento Cidadania e Juventude
 
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...
“O Estado de Santa Catarina e o Brasil em relação aos Objetivos de Desenvolvi...
 
ODM 8 - AMA - Campos Novos
ODM 8 - AMA - Campos NovosODM 8 - AMA - Campos Novos
ODM 8 - AMA - Campos Novos
 
ODM 7 - Verde Vida - Chapecó
ODM 7 - Verde Vida - ChapecóODM 7 - Verde Vida - Chapecó
ODM 7 - Verde Vida - Chapecó
 
ODM 6 - ACADAV - Campos Novos
ODM 6 - ACADAV - Campos NovosODM 6 - ACADAV - Campos Novos
ODM 6 - ACADAV - Campos Novos
 
ODM 4 - Saúde Criança - Florianópolis
ODM 4 - Saúde Criança - FlorianópolisODM 4 - Saúde Criança - Florianópolis
ODM 4 - Saúde Criança - Florianópolis
 
ODM 5 - APAE - Joaçaba
ODM 5 - APAE - JoaçabaODM 5 - APAE - Joaçaba
ODM 5 - APAE - Joaçaba
 

Edital 20x20 prorrogado

  • 1. edital PARA APOIO A PROJETOS SOCIAIS EM SANTA CATARINA 2014
  • 2. CAMPANHA 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO 1. APRESENTACAO Este Edital estabelece formas, condições e critérios para que o Movimento Nós Podemos Santa Catarina promova a Chamada Pública de Projetos 8 Jeitos de Mudar o Mundo. Os 08 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) constituem o compromisso de 191 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, por um mundo pacífico, justo e sustentável. Os 08 ODM, ou 08 Jeitos de Mudar o Mundo são:
  • 3. No Brasil, o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade mobiliza e coordena desde 2004, o trabalho conjunto de empresas, organizações sociais e governos para que possamos melhorar a qualidade de vida das pessoas e alcançar os ODM. A metodologia usada para isso é a estruturação de núcleos regionais chamados de “Movimento Nós Podemos”. Esses núcleos são animados pelo diálogo, informações, parcerias e projetos, e o Movimento Nós Podemos Santa Catarina (MNPSC) foi formado em 2009, sendo referência no Brasil em termos de articulação e ação. Para impulsionar ainda mais os esforços pelos ODM em Santa Catarina, o MNPSC lançou em 2013 a Campanha “8 Jeitos de Mudar o Mundo” como uma das ações potenciais para contribuir com o alcance das metas do milênio no estado. A iniciativa teve como objetivo a criação de um fundo de apoio formado pela contribuição financeira feita por empresas e pessoas físicas, que apoiará projetos sociais alinhados com os ODM, objeto deste Edital.
  • 4. 2. QUAIS PROJETOS PODERAO SER APOIADOS? Serão apoiados projetos voltados a contribuir para o alcance das metas de, ao menos, um dos 08 ODM (ver quadro no anexo 1). de acordo com os pré-requisitos e critérios estabelecidos no item 05. 3. QUEM PODE APRESENTAR PROJETOS? Associações e/ou fundações juridicamente constituídas, sem fins lucrativos, e em dia com suas obrigações legais (ver anexo II), com no mínimo 02 anos de registro, com sede no Estado de Santa Catarina e cuja missão esteja alinhada com o projeto apresentado. Será solicitada documentação de registro às organizações pré-selecionadas. 4. COMO PARTICIPAR? A organização proponente deve apresentar seu projeto no formato do formulário específico disponível em www.nospodemos-sc.org.br, no período de 02 a 22 de abril de 2014. Cada organização pode apresentar somente um projeto e este deverá ser realizado exclusivamente no Estado de Santa Catarina e não serão aceitos projetos recebidos por qualquer outro meio que não o formulário online. 5. COMO OS PROJETOS SERAO AVALIADOS? Os projetos recebidos serão avaliados por uma comissão formada por instituições participantes do MNPSC, especialistas no tema e representantes dos Embaixadores da Campanha 8 Jeitos de Mudar o Mundo.
  • 5. As instituições que fazem parte da comissão de avaliação não poderão apresentar projetos para esta chamada. Os membros da comissão de avaliação não poderão ter vínculo empregatício ou voluntário com instituições selecionadas. A comissão de avaliação analisará somente projetos apresentados no formulário específico disponível em www.nospodemos-sc.org.br durante o período de inscrição informado nesta chamada e observará os seguintes critérios: I. Abrangencia Social Análise e justificativa da realidade social e caracterização dos beneficiários demonstrando interesse público. (Para análise e justificativa da realidade social, recomenda-se o uso dos indicadores do Portal ODM - www.portalodm.com.br) II. Relevancia e contribuicao do projeto em relacao ao alcance das metas dos ODM Apresentar a forma de contribuição do projeto para o alcance das metas dos ODM no município de realização do projeto. III. Viabilidade tecnica de execucao do projeto proposto; Capacidade técnica, administrativa e operacional de execução do projeto pela organização proponente. IV. Estrategia de continuidade e parcerias Identificação das formas de manutenção do projeto após a vigência do convênio e apresentação dos formatos e parcerias com a comunidade. V. Expectativa de resultados Apresentar os indicadores esperados a partir da execução do projeto.
  • 6. As 08 organizações que tiverem seus projetos pré-selecionados no deverãoGrupo 01 demonstrar a adesão da comunidade ao projeto mobilizando localmente a quantia de no mínimo R$ 2.000,00 (dois mil reais), dentro do prazo de 40 dias após o anúncio da pré-seleção, e deverá ser comprovada de acordo com os seguintes critérios: a) Serão pré-selecionados 16 projetos, classificados em dois grupos. Preferencialmente 01 projeto relacionado a cada um dos 8 ODM em cada grupo. Os 8 primeiros colocados estarão no e os outros 8 noGrupo 01 Grupo 02. b) c) 6. COMO sera feita a SElecAO? Apresentação de um relato, contando quais ações foram desenvolvidas para mobilizar a comunidade. A mobilização deverá envolver no mínimo 05 (cinco) parceiros (pessoas físicas e/ou jurídicas), que deverão apresentar uma carta de apoio ao projeto, contendo seus contatos (nome, organização, telefone, e-mail). Comprovação da mobilização dos recursos por meio de comprovante de depósito da quantia de no mínimo R$ 2.000,00 (dois mil reais) em conta corrente da instituição (apresentação do extrato da conta, com depósitos realizados dentro do prazo de mobilização) Os projetos selecionados por este edital terão apoio do fundo de até R$8.000,00, sendo R$2.000,00 mobilizados pela instituição proponente e os outros R$6.000,00 serão repassados pelo fundo. Os projetos deverão ser executados no prazo máximo de 06 (seis) meses.
  • 7. d) Caso alguma das organizações do não consiga atingir a meta de mobilização,Grupo 01 ela será desclassificada e dará lugar a uma das organizações do cujo projetoGrupo 02 tenha por objeto o mesmo ODM. A organização do terá também o período deGrupo 02 40 dias para fazer a mobilização, seguindo os mesmos critérios apresentados na alínea c deste item: g) Projetos com orçamento superior a R$ 8.000,00 (oito mil reais) deverão indicar a fonte dos recursos complementares. e) Caso a organização do também não consiga atingir a meta deGrupo 02 mobilização, os recursos que seriam destinados ao projeto serão distribuídos para as atividades complementares dos demais projetos selecionados por este Edital. As atividades complementares serão definidas pelo Comitê de Acompanhamento dos Projetos, em consonância com as organizações proponentes dos projetos aprovados; f) ATENÇÃO: As organizações pré-selecionadas no somenteGrupo 02 serão apoiadas caso organizações do não alcancem aGrupo 01 meta de mobilização de recursos na comunidade;
  • 8. 7. o que vai acontecer apos o repasse dos recursos? Os projetos serão acompanhados por um comitê formado por organizações participantes no MNPSC; Os projetos deverão ser concluídos no prazo máximo de 6 (seis) meses, contados da data do recebimento do repasse; As organizações prestarão contas da utilização dos valores recebidos e dos resultados esperados descritos na proposta selecionada, apresentando documentos relativos ao projeto sempre que solicitado e relatórios final de atividades e financeiro, que descrevem o impacto social da iniciativa; Será obrigatória a adesão da organização proponente de projeto aprovado nesta chamada ao MNPSC, por meio de assinatura de Termo de Adesão, ou apresentação do mesmo para aquelas que já aderiram ao Movimento; a) b) c) d)
  • 9. As organizações cujos projetos forem selecionados terão uma página no Portal Transparência (www.portaltransparencia.org.br), e receberão apoio técnico gratuito para isso. O Portal é uma plataforma aberta e gratuita, desenvolvida pelo Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom), fundamentada em quatro dimensões (identidade, resultados, gestão e parcerias), que contribuirão para o processo de desenvolvimento institucional das organizações sociais participantes;. Será obrigatória a participação de representante da organização proponente de projeto aprovado, no Seminário de Boas Práticas organizado pelo MNPSC, em data a ser combinada com a Coordenação do MNPSC. No Seminário as organizações deverão apresentar os principais resultados (mesmo que parciais) dos projetos executados; Será obrigatória a participação de representante da organização proponente de projeto aprovado, em reuniões e/ou capacitações, de forma presencial e/ou online, sempre que o Comitê de Acompanhamento de Projetos solicitar. e) f) g)
  • 10. 8. QUAIS os prazos? (PRORROGADOS) ATE 5 DE MAIO de 2014 (23h59) Período de inscrição, exclusivamente pelo formulário online Anúncio dos pré-selecionados dos grupos 01 e 02. 19 de maio a 27 de junho de 2014 Mobilização da contrapartida da comunidade pelas organizações do grupo 01 30 DE JUNHO a 4 de juLho de 2014 Comprovação da mobilização e repasse dos recursos do fundo às organizações 7 de JULho a 31 de dezembro de 2014 Execução dos projetos 20 de fevereiro de 2015 Entrega de relatórios e prestação de contas. (Ou até 60 dias após o final do cronograma de execução do projeto, porém respeitando esta data limite) 16 de maio de 2014
  • 11. Todas as decisões da Comissão de Avaliação serão conclusivas, não havendo possibilidade de recurso. A Comissão de Avaliação poderá realizar visitas técnicas às instituições pré- selecionadas para conferência das informações e dados. 9. Consideracoes finais A aplicação de condições diversas às estabelecidas nesta chamada fica condicionada à deliberação da Comissão de Avaliação, fundamentada em parecer que justifique a necessidade, a importância e a oportunidade do tratamento diferenciado. No caso do descumprimento das condições desta chamada ou dos demais acordos futuramente estabelecidos entre a organização selecionada e o MNPSC, a organização selecionada deverá devolver os recursos recebidos, devidamente corrigidos pela variação IGPM/FGV ou pelo índice oficial que vier a substituí-lo, e acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês. Os casos omissos serão deliberados pela Coordenação Estadual do Movimento Nós Podemos Santa Catarina. Luciano Martins é artista plástico e voluntário. Ele criou a logomarca da Campanha 8 Jeitos de Mudar o Mundo.
  • 12. anexo i Objetivos e Metas do Milênio Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população com renda abaixo da linha da pobreza Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população que sofre de fome META 1 # META 2 # META 3 # Garantir que, até 2015, todas as crianças, terminem o ensino fundamental META 4 # Eliminar a disparidade entre os sexos no ensino fundamental e médio até 2015. META 5 # Reduzir em dois terços, até 2015, a taxa de mortalidade de menores de cinco anos.
  • 13. META 6 # Reduzir em três quartos a taxa de mortalidade materna. META 7 # Até 2015, deter e começar a reduzir a propagação do HIV/AIDS. META 9 # Integrar, até 2015, os princípios do desenvolvimento sustentável nas políticas e programas e reverter a perda de recursos ambientais. META 17 # Formular e executar estratégias de trabalho digno e produtivo aos jovens. META 8 # Até 2015, deter e começar a reduzir a incidência da malária e de outras doenças graves. META 10 # Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população sem acesso a água potável. Até 2020, ter alcançado uma melhora significativa nas vidas de habitantes de bairros degradados. META 11 # META 18 # Em cooperação com o setor privado, tornar acessíveis os benefícios das novas tecnologias de informação e de comunicação. Obs.: As metas apresentadas neste edital são aquelas possíveis de realização por meio de projetos sociais.
  • 14. anexo ii Documentos a serem apresentados pela organização proponente de projeto Cópia simples do contrato ou estatuto social registrado; Cópia simples da ata de eleição da diretoria em exercício; Cópia simples do CNPJ; Certidão negativa de débitos relativos à seguridade social (INSS); Certidão negativa de débitos relativos ao fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS); Certidões negativas de débitos de tributos e contribuições nas esferas municipal, estadual e federal. Estes documentos deverão ser digitalizados e enviados para o e-mail contato@nospodemos-sc.org.br, constando o nome da organização proponente no assunto da mensagem, dentro do prazo de inscrição estabelecido por este edital.
  • 15. movimento nos podemos santa catarina Para se filiar ao Movimento entre em contato com a Secretaria Executiva pelo e-mail sec.mnpsc@gmail.com e telefone (48)3025-1079, ou procure um dos comitês municipais abaixo: Biguaçú - Vanderléia Lohn – (48)3279-9724 – vandalohn@univali.br Blumenau – Lauri Zen – (47)9978-1887 – nospodemosblumenau@gmail.com Brusque – Danielly de Souza – (47)9660-8422 – daniellyvieirass@gmail.com Canoinhas – Patricia Gulicz – (47)3622-2144 – gerencia611@unimedsc.com.br Chapecó – Juciele Wrublewski– (49)3361-1855 – juciele@unimedchapeco.com.br Criciúma – Juliana Da Rolt – (48)3461-5045 – julianagdr@celesc.com.br Florianópolis – Bruna Silva – (48)3216-8537 – bruna.silva@unimedflorianopolis.com.br Itajaí - Fernanda Argoud - (47)3390-1200 - fernanda.argoud@gmail.com Jaraguá do Sul - Cátia Hoeft - (47)2106-2200 - catiam@unimedsc.com.br Joinville – Claudia Dreher – (48)3425-8515 – claudia.dreher@martinelli.adv.br Lages – Etamar Eger – (49)3221-5010 – etamare@celesc.com.br Tubarão – Maria Claudia – (48)3261-0250 – responsabilidadesocial@unimedtubarao.com.br COORDENAÇÃO ESTADUAL SECRETARIA EXECUTIVA Secretário - João Batista F. Thomé - Univille Secretário Adjunto - Odilon Luís Faccio - Instituto Primeiro Plano SECRETARIA INSTITUCIONAL Secretário - Dilmar Franchini - Ass. Catarinense Conselheiros Tutelares Secretária Adjunta - Patrícia P. Freitas - Pref. Mun. Brusque SECRETARIA DE MOBILIZAÇÃO Secretária - Juliana Galli Da Rolt - CELESC Dist. SA Secretário Adjunto 1 - Douglas Juliani - IF-SC Secretária Adjunta 2 - Adelita Adiers - FACISC SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO Secretária- Cheila Zortéa - Fund. Maurício Sirotsky Sobrinho Secretária Adjunta 1 - Clarissa Iser - Projeta Planejamento e Maketing Secretária Adjunta 2 - Regina Farias SECRETARIA DE PROJETOS Secretário - Osmar Vicentin - FACISC Secretária Adjunta - Camille R. Bruns - Unimed Brusque SECRETARIA ADMINISTRATIVA Franciele Minatelli - Instituto Primeiro Plano COORDENAÇÃO EVENTOS Miguel G. Cremonezi - CAIXA
  • 16. (48) 3025-1079 | contato@nospodemos-sc.org.br www.nospodemos-sc.org.br Instituições Organizadoras Voluntárias da Campanha Desde 1967