Planejamento e PPP 2

2.302 visualizações

Publicada em

AUSHAUHS

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Planejamento e PPP 2

  1. 1. Aspectos do Planejamento teórico  se refere aos conhecimentos pedagógicos que o professor usa para concretizar suas ideias.
  2. 2. prático  se refere ao conjunto de meios através dos quais o professor põe suas ideias em ação.
  3. 3. Ligações do Planejamento - Contexto social em que a escola está inserida. - Teoria pedagógica em que ela se apoia.
  4. 4. Importância do Planejamento • Evita a rotina e a improvisação. • Contribui para a realização dos objetivos usados. • Prevê e supera dificuldades.
  5. 5. • Organiza, antecipadamente, o trabalho docente. • Garante maior segurança na direção do ensino. • Garante economia de tempo e energia. • Torna o ensino mais atraente e adequado à realidade.
  6. 6. Princípios do Planejamento - Instrumentalizar o aprendizado. - Prever os desafios mais adequados ao grupo. - Organizar, delimitar e objetivar uma intervenção adequada no processo de ensino-aprendizagem.
  7. 7. Características do Planejamento • É um ato constante. • Não é autônomo, é cheio de idas e vindas, avanços e recuos. • Tem como condição essencial a flexibilidade, isto é, condição de improvisar, de reflexão, de intervenção na realidade.
  8. 8. • Exige uma ação organizada (improvisos são importantes na ação pedagógica, desde que o professor tenha consciência e controle do que está fazendo).
  9. 9. Técnicas para o Planejamento Seja qual for a linha filosófica e/ou teórica da escola o professor não pode esquecer que o planejamento é feito para o atendimento adequado ao aluno.
  10. 10. O Planejamento deve prever o maior número possível de uso dos sentidos pois a retenção da aprendizagem se dá, conforme pesquisas, no uso dos sentidos.
  11. 11. Aprendemos: 1% através do gosto 1,5% através do tato 3,5% através do olfato 11% através da audição 83% através da visão
  12. 12. Retemos: 10% do que lemos 20% do que escutamos 30% do que vemos 50% do que vemos e escutamos 73% do que ouvimos e logo discutimos 90% do que ouvimos e logo realizamos
  13. 13. Um planejamento deve ser feito em cima de Estratégias Estratégias para o trabalho em aula (Danilo Gandin – adaptação) 1- Comparar constantemente o conhecimento. 2- Estimular o aluno a apresentar suas dúvidas assim que elas ocorrerem. 3- Utilizar, com assiduidade, material concreto.
  14. 14. 4- Divulgar a produção dos alunos na sala de aula ou nos quadros murais da escola. 5- Ouvir atentamente os colegas. 6- Não falar demasiadamente em sala. 7- Criar rotinas. Ex.: Todas as quintas-feiras, o professor, durante a última hora de trabalho, atenderá grupos de alunos em consultas que eles mesmos organizarão.
  15. 15. Normas de Trabalho • Em nenhuma aula o professor usará “apenas” o livro texto. • Para cada tarefa que envolva grupos, eles serão organizados de novo. • Ninguém pode interromper quando alguém está falando. • Em cada aula, o professor não utilizará mais do que 50% do tempo falando.
  16. 16. Com base nisso pode-se construir para cada planejamento - os objetivos. - as motivação que envolverá os alunos em relação à aquele conteúdo. - o melhor material. - a melhor avaliação.
  17. 17. Ação Didática do Professor em relação ao Planejamento <ul><li>O que pretendo alcançar? </li></ul>R.: Estabelecer objetivo a atingir em termos de ações a serem executadas.
  18. 18. <ul><li>Como distribuir bem o tempo? </li></ul>R.: Analisando tempo disponível x atividades a executar.
  19. 19. <ul><li>Como apresentar o assunto? </li></ul>R.: Adequando métodos e técnicas à situação de aprendizagem.
  20. 20. <ul><li>Como poderei enriquecer a minha apresentação? </li></ul>R.: Selecionando meios auxiliares de acordo com a situação de aprendizagem.
  21. 21. <ul><li>Como avaliar o trabalho desenvolvido? </li></ul>R.: Observando, medindo e formulando perguntas constantemente.
  22. 22. Para reflexão “ Se alguém for atirado em alto mar para aprender natação, provavelmente morrerá; se ficar numa piscina com água pelos tornozelos nada aprenderá; o melhor modo de aprender a nadar é exercitar-se em águas com profundidade tal que, ao mesmo tempo, obrigue ao esforço e permita o descanso necessário¨.” Gandin, Danilo. A Prática do Planejamento Participativo, p 120

×