Higiene pessoal e social

60.837 visualizações

Publicada em

0 comentários
19 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
60.837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.483
Comentários
0
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Higiene pessoal e social

  1. 1. Higiene Pessoal e Social<br />Formação Cívica<br />Trabalho realizado por:<br />Pedro Daniel;<br />Pedro Miguel;<br />Maria Inês;<br />Inês Isabel.<br />
  2. 2. Índice:<br />Introdução<br />Higiene Pessoal e Social …<br /> - Noção de Saúde<br /> - Noção de Higiene Pessoal<br /> - Noção de Higiene Social<br /> - Cuidados de Higiene Pessoal e Social<br /> - Consequências de uma má Higiene<br />Conclusão…<br />Bibliografia<br />
  3. 3. Introdução:<br />- Somos um grupo de quatro alunos dos quais dois são rapazes (Pedro Daniel, nº 18 e Pedro Miguel, nº 20) e duas são raparigas ( Inês, nº 11 e Maria Inês, nº 14).<br />- Estamos a fazer este trabalho no <br />âmbito da disciplina de Formação <br />Cívica, sobre o tema “Higiene <br />Social e Pessoal”.<br />
  4. 4. Noção de saúde<br />A saúde é um estado de bem-estar físico, psíquico e social resultante do equilíbrio entre o indivíduo e o meio onde vive.<br />Organização Mundial de Saúde (O.M.S.)‏<br />
  5. 5. Noção de Higiene Pessoal<br />Higiene é a aplicação de todos os meios apropriados para criarem ao ser humano, na vida individual e colectiva, as condições favoráveis à saúde. <br />
  6. 6. Noção de Higiene Social<br />A higiene social engloba <br />os aspectos ambientais inerentes <br />à sociedade humana, <br />nomeadamente as relações <br />interpessoais e os sentimentos <br />de segurança, factores cruciais <br />para a manutenção de uma <br />adequada higiene mental, <br />logo, também física.<br />
  7. 7. Os cuidados com a Higiene corporal prendem-se com:<br />
  8. 8. - O banho, deve ser diário e preferencialmente duche, uma vez que a remoção dos restos das secreções sudoríparas e sebáceas será mais fácil, devido à constante renovação da água e também porque implica um menor consumo da mesma.<br />
  9. 9. - A limpeza das mãos, não esquecendo as unhas, que devem ser cortadas periodicamente. Antes de mexer em alimentos ou de os ingerir, após a utilização de instalações sanitárias e depois da manipulação de objectos susceptíveis de estarem contaminados com microrganismos patogénicos, deve-se ter o cuidado de lavar sempre as mãos.<br />
  10. 10. - A limpeza dos cabelos, que devem ser lavados com frequência com um champô adequado ao tipo de cabelo, e devidamente enxaguados, de modo a remover todo o champô. A periodicidade da lavagem do cabelo depende da maior ou menor tendência deste para ficar oleoso e ainda do tipo de champô utilizado. O uso diário e regular da escova ou pente é indispensável na limpeza dos cabelos, pois, além de estimular a circulação sanguínea do couro cabeludo, ajuda a eliminar a caspa.<br />
  11. 11. - - A limpeza dos órgãos genitais e ânus devem ser lavados diariamente com água e sabão.<br />
  12. 12. - Uma boa higiene bucal, que passa pelo uso de uma boa escova, que deve ser substituída, em média, de 3 em 3 meses, de pasta dentífrica e de fio dental. Após as refeições e sempre que se ingerir alimentos, principalmente se forem ricos em açúcares, deve-se ter o cuidado de escovar os dentes, usando o fio dental para eliminar os restos dos alimentos que ficam retidos nos espaços entre os dentes e que, de outro modo, muito dificilmente são eliminados. Nos intervalos entre as refeições deve evitar-se a ingestão de açúcares sob a forma de caramelos, chocolates, bolos, etc. Só com estes cuidados se pode evitar a cárie dentária, a qual se deve à acção de bactérias que se instalam na boca, devido à existência de alimentos que ficam retidos nos espaços entre os dentes. Deve-se consultar um dentista periodicamente ou sempre que haja suspeita de cáries ou dores.<br />
  13. 13. - O vestuário deve estar sempre limpo, ser adequado às estações do ano (fresco no Verão e quente no Inverno) e folgado, uma vez que as roupas apertadas dificultam a circulação. Os sapatos também não devem ser apertados e devem ser adequados ao tempo de cada estação. A dimensão e a altura do tacão, que deve ser largo e não muito alto, são outros aspectos a ter em conta.<br />
  14. 14. Consequências de uma má Higiene<br /><ul><li>Doenças da pele, pele seca e gretada, envelhecimento da pele, queimaduras da pele, cancro de pele;
  15. 15. Mau cheiro corporal;
  16. 16. Feridas infectadas;
  17. 17. Caspa, piolhos, doenças do couro cabeludo;
  18. 18. Cárie dentária, aftas;
  19. 19. Diarreias;
  20. 20. Unhas dos pés encravadas, micoses dos pés;
  21. 21. Doenças infecciosas (tuberculoses, hepatites);
  22. 22. Doenças alérgicas, causadas por ácaros, pós, bolores, …;
  23. 23. Segregação social.</li></li></ul><li>Conclusão<br />Com este trabalho concluímos que a Higiene , tanto Pessoal como Social è muito importante.<br />
  24. 24. Bibliografia<br />http://images.google.pt/imghp?hl=pt-PT&ie=UTF-8&tab=wi<br />http://www.google.pt/webhp?hl=pt-PT&ie=UTF-8&tab=iw<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal<br />
  25. 25. Fim<br />

×