SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
10 QUESTÕES DE VESTIBULARES
SOBRE OS SISTEMAS
DIGESTÓRIO, RESPIRATÓRIO,
CIRCULATÓRIO E URINÁRIO
MARCÍLIO BEIJAMIM
1. (UFSC) A figura abaixo mostra o aparelho digestório humano.
Com respeito a esse aparelho, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S)
01. A estrutura A indica uma região comum aos aparelhos digestório e
respiratório.
02. Os alimentos e os líquidos que entram pela boca são levados ao
estômago,
pela estrutura B, pela ação da gravidade.
04. Na cavidade bucal, ocorre a ação de enzimas (exemplo: ptialina) sobre
o
amido, transformando-o em maltose e dextrinas.
08. O órgão indicado em D produz algumas substâncias que são lançadas
diretamente
no duodeno e outras que são lançadas diretamente na corrente
sanguínea.
16. Indivíduos com a doença conhecida como amarelão ou
ancilostomíase
têm em C o local típico da fixação do parasita Ancylostoma braziliensis.
32. Nas paredes do intestino delgado, temos a presença das vilosidades e,
nestas, as células epiteliais se apresentam com microvilosidades, para
aumentar
a área de absorção.
64. Quando existe excesso de glicose no sangue, ela é convertida em
amido
no local indicado por D.
Resposta: Soma ( ____ )
2. (Mackenzie-SP) A respeito das glândulas anexas do tubo digestório, é
correto
afirmar que:
a) todas produzem enzimas digestivas.
b) o alimento passa pelo interior delas para receber sua secreção.
c) a secreção das glândulas salivares é responsável por iniciar a digestão de
proteínas.
d) a secreção do fígado se relaciona à digestão de carboidratos.
e) o pâncreas produz a maior parte das enzimas digestivas.
3. (PUC-RJ) A presença de ureia na urina de humanos é consequência direta
da:
a) degradação de lipídeos.
b) degradação de proteínas.
c) degradação de açúcares.
d) incorporação de vitaminas.
e) transformação de O2 em CO2.
4. (IFSP) Todo sangue do corpo humano passa mais de 250 vezes pelos rins
durante um dia. Isso significa que esses órgãos filtram cerca de 1 400 litros
de sangue a cada 24 horas. Desse material filtrado (por volta de 180 litros,
que saem dos glomérulos renais e vão para os túbulos) é produzido 1,5 litro
de urina por dia.
Assinale a alternativa que contém as informações corretas sobre o processo
de produção de urina.
a) O sangue é filtrado no glomérulo e levado, pela uretra, até a bexiga, onde
ocorre a reabsorção de água e a finalização da produção da urina.
b) A urina é produzida a partir da filtração do sangue nos túbulos néfricos,
onde o filtrado formado é constituído principalmente por glicose, aminoácidos,
sais e água.
c) A filtração do sangue nos túbulos é o principal fator para a produção da
urina, pois garante a formação de um filtrado rico em proteínas e água que
evita a desidratação do organismo.
d) Após a filtração do sangue, a maior parte das substâncias úteis do filtrado
resultante é reabsorvida, sobrando certa quantidade de água, sais minerais
e ureia, que farão parte da composição da urina.
e) As proteínas e a ureia presentes no sangue são filtradas nos glomérulos renais
e reabsorvidas no duto coletor, que leva a urina resultante para a bexiga,
onde ficará armazenada até a eliminação para o meio externo.
5. (Ueg 2013) A velocidade do sangue através do corpo varia em função da área de
secção transversa de um vaso. Considerando-se que a velocidade do sangue seja
hipoteticamente constante,
a) a diferença de pressão é inexistente, sendo a pressão inicial constante até a
região distal do vaso.
b) b) há diferença de pressão, com a pressão inicial maior que a pressão na região
distal do vaso.
c) c) há diferença de pressão, com a pressão inicial menor que a pressão na região
distal do vaso.
d) d) há diferença de pressão, com aumento da pressão entre as regiões inicial e
distal do vaso.
6. A formação de varizes deve-se, entre outros fatores, ao acumulo de sangue nas
veias, as quais ficam comprometidas na função de
a) impedir o refluxo do sangue.
b) reforçar as paredes dos vasos.
c) retardar as pulsações cardíacas.
d) acelerar as contrações sistêmicas.
7. Assinale a alternativa que indica o comportamento da caixa torácica, dos músculos
intercostais e do diafragma durante a expiração humana.
a) A caixa torácica aumenta de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma
abaixa.
b) A caixa torácica aumenta de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma
levanta.
c) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma
levanta.
d) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais relaxam-se e o diafragma
levanta.
e) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais relaxam-se e o diafragma
abaixa.
8. A pressão atmosférica na superfície terrestre, que é de 1,033 kg/cm2, dobra a cada dez
metros de profundidade de mergulho na água. Sobre os riscos de traumas causados por
acidentes subaquáticos, considera-se o seguinte:
a) a flexibilidade da caixa torácica humana permite a compressão dos pulmões em mergulhos
profundos e a preservação dos líquidos no interior dos vasos sanguíneos alveolares.
b) ao controlar a pressão de ar na tuba auditiva durante a descida, o mergulhador corrige a
deformação por abaulamento para fora, causada pelo aumento da pressão externa.
c) ao voltar para a superfície, o mergulhador deve exalar o ar para evitar a hiperdistensão e o
rompimento alveolar por causa da redução gradual da pressão externa.
d) comparado com a estrutura dos peixes e de outros organismos marinhos, o ser humano
possui estruturas anatômicas resistentes para mergulho em águas profundas.
9. Considerando a respiração e a circulação de mamíferos, assinale a alternativa correta.
a)O sangue que sai das brânquias é mais rico em gás oxigênio e mais pobre em gás
carbônico.
b)Nos indivíduos jovens, o coração tem três câmaras, sendo um ventrículo e dois átrios.
c)A dupla circulação sanguínea ocorre após a maturação sexual.
d)Para ventilar os pulmões, são necessários dois ciclos de inspiração e dois ciclos de
expiração.
e)As trocas gasosas entre o ar inspirado e o sangue ocorrem nos alvéolos pulmonares.
10. Qual cirurgia comprometeria mais a função do sistema digestório e por quê: a
remoção dos vinte e cinco centímetros iniciais do intestino delgado (duodeno) ou a
remoção de igual porção do início do intestino grosso?
a) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da digestão
intestinal.
b) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda a água
de que o organismo necessita para sobreviver.
c) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da
absorção dos produtos do processo digestório.
d) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda
a água de que o organismo necessita para sobreviver.
e) As duas remoções seriam igualmente drásticas, pois tanto no duodeno quanto no
intestino grosso ocorrem digestão e absorção de nutrientes e de água.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.
Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.
Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.Antonioinacioferraz
 
Plano de aula 02 sistema circulatório
Plano de aula 02 sistema circulatórioPlano de aula 02 sistema circulatório
Plano de aula 02 sistema circulatóriofamiliaestagio
 
Bg20 transporte nos animais
Bg20    transporte nos animaisBg20    transporte nos animais
Bg20 transporte nos animaisNuno Correia
 
Sistema respiratório e excretor humano
Sistema respiratório e excretor humanoSistema respiratório e excretor humano
Sistema respiratório e excretor humanoeduardocondemoura
 
Aula 09 sistema digestório
Aula 09   sistema digestórioAula 09   sistema digestório
Aula 09 sistema digestórioJonatas Carlos
 
Lista exercícios biologia anatomia fisiologia-bio
Lista exercícios biologia   anatomia fisiologia-bioLista exercícios biologia   anatomia fisiologia-bio
Lista exercícios biologia anatomia fisiologia-bioCésar Milani
 
Fisiologia - Sistema Respiratório 3
Fisiologia - Sistema Respiratório 3Fisiologia - Sistema Respiratório 3
Fisiologia - Sistema Respiratório 3Pedro Miguel
 
Avaliação sistema respiratório
Avaliação sistema respiratórioAvaliação sistema respiratório
Avaliação sistema respiratórioLucilene Costa
 
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exerciciosLuquelvis
 
Aula 04 ventilação e respiração
Aula 04   ventilação e respiraçãoAula 04   ventilação e respiração
Aula 04 ventilação e respiraçãoFelipe Beijamini
 

Mais procurados (20)

Aula 5 sistema urinário.
Aula 5   sistema urinário.Aula 5   sistema urinário.
Aula 5 sistema urinário.
 
Aula 10 fotossíntese
Aula 10   fotossínteseAula 10   fotossíntese
Aula 10 fotossíntese
 
Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.
Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.
Trabalho de anatomia e fisiologia=2018-farmácia.
 
Plano de aula 02 sistema circulatório
Plano de aula 02 sistema circulatórioPlano de aula 02 sistema circulatório
Plano de aula 02 sistema circulatório
 
Fisiologia
FisiologiaFisiologia
Fisiologia
 
Bg20 transporte nos animais
Bg20    transporte nos animaisBg20    transporte nos animais
Bg20 transporte nos animais
 
Ficha ava 2b
Ficha ava 2bFicha ava 2b
Ficha ava 2b
 
Sistema respiratório e excretor humano
Sistema respiratório e excretor humanoSistema respiratório e excretor humano
Sistema respiratório e excretor humano
 
Aula 09 sistema digestório
Aula 09   sistema digestórioAula 09   sistema digestório
Aula 09 sistema digestório
 
Excrecao
ExcrecaoExcrecao
Excrecao
 
Lista exercícios biologia anatomia fisiologia-bio
Lista exercícios biologia   anatomia fisiologia-bioLista exercícios biologia   anatomia fisiologia-bio
Lista exercícios biologia anatomia fisiologia-bio
 
Fisiologia - Sistema Respiratório 3
Fisiologia - Sistema Respiratório 3Fisiologia - Sistema Respiratório 3
Fisiologia - Sistema Respiratório 3
 
Osmorregulação
OsmorregulaçãoOsmorregulação
Osmorregulação
 
Avaliação sistema respiratório
Avaliação sistema respiratórioAvaliação sistema respiratório
Avaliação sistema respiratório
 
Frente 2 aula 9 Excreção
Frente 2 aula 9 ExcreçãoFrente 2 aula 9 Excreção
Frente 2 aula 9 Excreção
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
 
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios
3613361 biologia-pre vestibular-impacto-sistema-respiratorio-exercicios
 
Aula 04 ventilação e respiração
Aula 04   ventilação e respiraçãoAula 04   ventilação e respiração
Aula 04 ventilação e respiração
 

Semelhante a 10 QUESTÕES DE VESTIBULARES

Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretoremanuel
 
Sistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoSistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoNAPNE
 
Gabarito 3o. ano biologia - 2o. bim
Gabarito 3o. ano   biologia - 2o. bimGabarito 3o. ano   biologia - 2o. bim
Gabarito 3o. ano biologia - 2o. bimstjamesmkt
 
8º ano ciências sistema urinário
8º ano ciências sistema urinário8º ano ciências sistema urinário
8º ano ciências sistema urinárioCarlos Magno Braga
 
Lista exercicios sistema cardiovascular
Lista exercicios sistema cardiovascularLista exercicios sistema cardiovascular
Lista exercicios sistema cardiovasculareducafro
 
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoB25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoIsaura Mourão
 
B25 regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25   regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoB25   regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoNuno Correia
 
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptx
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptxAULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptx
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptxFranciscaalineBrito
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4Maria Freitas
 
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010Leonardo Kaplan
 
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologia
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologiaaula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologia
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologiaIsanaCarlaAmorimSouz
 
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdf
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdffunções de nutrição-sistemas.ppt.pdf
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdfVagner Rangel da Cruz
 
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James Martins
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James MartinsLista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James Martins
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James MartinsJames Martins
 
Fisiologia II - Correção.pdf
Fisiologia II - Correção.pdfFisiologia II - Correção.pdf
Fisiologia II - Correção.pdfKarinaPrado32
 
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsLista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsJames Martins
 
Treinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratórioTreinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratórioemanuel
 
avaliação 8 santo amaro.pdf
avaliação 8 santo amaro.pdfavaliação 8 santo amaro.pdf
avaliação 8 santo amaro.pdfMaurimOlendino2
 

Semelhante a 10 QUESTÕES DE VESTIBULARES (20)

Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretor
 
2 EJA MÉDIO 2 BIMESTRE 2-23.docx
2 EJA MÉDIO 2 BIMESTRE 2-23.docx2 EJA MÉDIO 2 BIMESTRE 2-23.docx
2 EJA MÉDIO 2 BIMESTRE 2-23.docx
 
Sistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoSistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - Resumo
 
Gabarito 3o. ano biologia - 2o. bim
Gabarito 3o. ano   biologia - 2o. bimGabarito 3o. ano   biologia - 2o. bim
Gabarito 3o. ano biologia - 2o. bim
 
8º ano ciências sistema urinário
8º ano ciências sistema urinário8º ano ciências sistema urinário
8º ano ciências sistema urinário
 
Lista exercicios sistema cardiovascular
Lista exercicios sistema cardiovascularLista exercicios sistema cardiovascular
Lista exercicios sistema cardiovascular
 
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoB25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 - Regulação Nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
 
B25 regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25   regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulaçãoB25   regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
B25 regulação nervosa e hormonal em animais - osmorregulação
 
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptx
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptxAULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptx
AULA 03- ANATOMIA E FISIOLOGIA......pptx
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº4
 
Ciências - 8º ano
Ciências - 8º anoCiências - 8º ano
Ciências - 8º ano
 
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
Prova SME 8º ano - 2º bim - 2010
 
Questões para prova carla
Questões para prova carlaQuestões para prova carla
Questões para prova carla
 
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologia
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologiaaula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologia
aula sobre sistema excretor, anatomia e fisiologia
 
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdf
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdffunções de nutrição-sistemas.ppt.pdf
funções de nutrição-sistemas.ppt.pdf
 
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James Martins
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James MartinsLista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James Martins
Lista de exercícios 6 COM GABARITO - BIO Frente 1 - 3º bim - Prof James Martins
 
Fisiologia II - Correção.pdf
Fisiologia II - Correção.pdfFisiologia II - Correção.pdf
Fisiologia II - Correção.pdf
 
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsLista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
 
Treinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratórioTreinamento digestório e respiratório
Treinamento digestório e respiratório
 
avaliação 8 santo amaro.pdf
avaliação 8 santo amaro.pdfavaliação 8 santo amaro.pdf
avaliação 8 santo amaro.pdf
 

Mais de Ninho Cristo

Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasGeografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasNinho Cristo
 
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerSíndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerNinho Cristo
 
Esportes Aquáticos
Esportes AquáticosEsportes Aquáticos
Esportes AquáticosNinho Cristo
 
Cores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteCores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteNinho Cristo
 
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Ninho Cristo
 
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoImpactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoNinho Cristo
 
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteVegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteNinho Cristo
 
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréPapel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréNinho Cristo
 
Exercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalExercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalNinho Cristo
 
Zoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesZoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesNinho Cristo
 
Aedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleAedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleNinho Cristo
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRANinho Cristo
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRANinho Cristo
 
Em busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaEm busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaNinho Cristo
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESAMEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESANinho Cristo
 
Fermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaFermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaNinho Cristo
 

Mais de Ninho Cristo (20)

Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes EnergéticasGeografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
Geografia dos Recursos Naturais e Fontes Energéticas
 
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e AspergerSíndrome de Down, Triplo X e Asperger
Síndrome de Down, Triplo X e Asperger
 
Esportes Aquáticos
Esportes AquáticosEsportes Aquáticos
Esportes Aquáticos
 
Trabalho Escravo
Trabalho EscravoTrabalho Escravo
Trabalho Escravo
 
Cores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordesteCores, ritmos e danças do nordeste
Cores, ritmos e danças do nordeste
 
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
Julien Alden Weir, Marie Bracquemond, Theodore Robinson, Dennis Miller Bunker...
 
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de PernambucoImpactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
Impactos Ambientais da Zona da Mata e Litoral de Pernambuco
 
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordesteVegetação da zona da mata e litoral do nordeste
Vegetação da zona da mata e litoral do nordeste
 
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain BarréPapel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
Papel Informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Sindrome de Guillain Barré
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Exercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição AnimalExercício Sobre Nutrição Animal
Exercício Sobre Nutrição Animal
 
Zoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: AvesZoologia - Cordados: Aves
Zoologia - Cordados: Aves
 
Aedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controleAedes aegypti, um vetor sem controle
Aedes aegypti, um vetor sem controle
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
 
Em busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vidaEm busca das origens ~ a origem da vida
Em busca das origens ~ a origem da vida
 
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESAMEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
MEIOS DE COMUNICAÇÃO DA EMPRESA
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 
Fermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e lácteaFermentação biológica e láctea
Fermentação biológica e láctea
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 

Último

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 

Último (20)

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 

10 QUESTÕES DE VESTIBULARES

  • 1. 10 QUESTÕES DE VESTIBULARES SOBRE OS SISTEMAS DIGESTÓRIO, RESPIRATÓRIO, CIRCULATÓRIO E URINÁRIO MARCÍLIO BEIJAMIM
  • 2. 1. (UFSC) A figura abaixo mostra o aparelho digestório humano. Com respeito a esse aparelho, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) 01. A estrutura A indica uma região comum aos aparelhos digestório e respiratório. 02. Os alimentos e os líquidos que entram pela boca são levados ao estômago, pela estrutura B, pela ação da gravidade. 04. Na cavidade bucal, ocorre a ação de enzimas (exemplo: ptialina) sobre o amido, transformando-o em maltose e dextrinas. 08. O órgão indicado em D produz algumas substâncias que são lançadas diretamente no duodeno e outras que são lançadas diretamente na corrente sanguínea. 16. Indivíduos com a doença conhecida como amarelão ou ancilostomíase têm em C o local típico da fixação do parasita Ancylostoma braziliensis. 32. Nas paredes do intestino delgado, temos a presença das vilosidades e, nestas, as células epiteliais se apresentam com microvilosidades, para aumentar a área de absorção. 64. Quando existe excesso de glicose no sangue, ela é convertida em amido no local indicado por D. Resposta: Soma ( ____ )
  • 3. 2. (Mackenzie-SP) A respeito das glândulas anexas do tubo digestório, é correto afirmar que: a) todas produzem enzimas digestivas. b) o alimento passa pelo interior delas para receber sua secreção. c) a secreção das glândulas salivares é responsável por iniciar a digestão de proteínas. d) a secreção do fígado se relaciona à digestão de carboidratos. e) o pâncreas produz a maior parte das enzimas digestivas. 3. (PUC-RJ) A presença de ureia na urina de humanos é consequência direta da: a) degradação de lipídeos. b) degradação de proteínas. c) degradação de açúcares. d) incorporação de vitaminas. e) transformação de O2 em CO2.
  • 4. 4. (IFSP) Todo sangue do corpo humano passa mais de 250 vezes pelos rins durante um dia. Isso significa que esses órgãos filtram cerca de 1 400 litros de sangue a cada 24 horas. Desse material filtrado (por volta de 180 litros, que saem dos glomérulos renais e vão para os túbulos) é produzido 1,5 litro de urina por dia. Assinale a alternativa que contém as informações corretas sobre o processo de produção de urina. a) O sangue é filtrado no glomérulo e levado, pela uretra, até a bexiga, onde ocorre a reabsorção de água e a finalização da produção da urina. b) A urina é produzida a partir da filtração do sangue nos túbulos néfricos, onde o filtrado formado é constituído principalmente por glicose, aminoácidos, sais e água. c) A filtração do sangue nos túbulos é o principal fator para a produção da urina, pois garante a formação de um filtrado rico em proteínas e água que evita a desidratação do organismo. d) Após a filtração do sangue, a maior parte das substâncias úteis do filtrado resultante é reabsorvida, sobrando certa quantidade de água, sais minerais e ureia, que farão parte da composição da urina. e) As proteínas e a ureia presentes no sangue são filtradas nos glomérulos renais e reabsorvidas no duto coletor, que leva a urina resultante para a bexiga, onde ficará armazenada até a eliminação para o meio externo.
  • 5. 5. (Ueg 2013) A velocidade do sangue através do corpo varia em função da área de secção transversa de um vaso. Considerando-se que a velocidade do sangue seja hipoteticamente constante, a) a diferença de pressão é inexistente, sendo a pressão inicial constante até a região distal do vaso. b) b) há diferença de pressão, com a pressão inicial maior que a pressão na região distal do vaso. c) c) há diferença de pressão, com a pressão inicial menor que a pressão na região distal do vaso. d) d) há diferença de pressão, com aumento da pressão entre as regiões inicial e distal do vaso. 6. A formação de varizes deve-se, entre outros fatores, ao acumulo de sangue nas veias, as quais ficam comprometidas na função de a) impedir o refluxo do sangue. b) reforçar as paredes dos vasos. c) retardar as pulsações cardíacas. d) acelerar as contrações sistêmicas.
  • 6. 7. Assinale a alternativa que indica o comportamento da caixa torácica, dos músculos intercostais e do diafragma durante a expiração humana. a) A caixa torácica aumenta de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma abaixa. b) A caixa torácica aumenta de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma levanta. c) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais contraem-se e o diafragma levanta. d) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais relaxam-se e o diafragma levanta. e) A caixa torácica diminui de volume, os músculos intercostais relaxam-se e o diafragma abaixa. 8. A pressão atmosférica na superfície terrestre, que é de 1,033 kg/cm2, dobra a cada dez metros de profundidade de mergulho na água. Sobre os riscos de traumas causados por acidentes subaquáticos, considera-se o seguinte: a) a flexibilidade da caixa torácica humana permite a compressão dos pulmões em mergulhos profundos e a preservação dos líquidos no interior dos vasos sanguíneos alveolares. b) ao controlar a pressão de ar na tuba auditiva durante a descida, o mergulhador corrige a deformação por abaulamento para fora, causada pelo aumento da pressão externa. c) ao voltar para a superfície, o mergulhador deve exalar o ar para evitar a hiperdistensão e o rompimento alveolar por causa da redução gradual da pressão externa. d) comparado com a estrutura dos peixes e de outros organismos marinhos, o ser humano possui estruturas anatômicas resistentes para mergulho em águas profundas.
  • 7. 9. Considerando a respiração e a circulação de mamíferos, assinale a alternativa correta. a)O sangue que sai das brânquias é mais rico em gás oxigênio e mais pobre em gás carbônico. b)Nos indivíduos jovens, o coração tem três câmaras, sendo um ventrículo e dois átrios. c)A dupla circulação sanguínea ocorre após a maturação sexual. d)Para ventilar os pulmões, são necessários dois ciclos de inspiração e dois ciclos de expiração. e)As trocas gasosas entre o ar inspirado e o sangue ocorrem nos alvéolos pulmonares. 10. Qual cirurgia comprometeria mais a função do sistema digestório e por quê: a remoção dos vinte e cinco centímetros iniciais do intestino delgado (duodeno) ou a remoção de igual porção do início do intestino grosso? a) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da digestão intestinal. b) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda a água de que o organismo necessita para sobreviver. c) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da absorção dos produtos do processo digestório. d) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda a água de que o organismo necessita para sobreviver. e) As duas remoções seriam igualmente drásticas, pois tanto no duodeno quanto no intestino grosso ocorrem digestão e absorção de nutrientes e de água.