13 essência da luz

1.530 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.530
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

13 essência da luz

  1. 1. Associação Espiritualista Holocêntrica Cultural e Assistencial - Padre Pio de Pietrelcina Rio de Janeiro:: Janeiro/Fevereiro/Março 2011 :: nº 13Eu uno, tu unes, ele uneNós Unos ! 1
  2. 2. Bate PapoAmigos,S empre ansiamos por amor em nossas vidas, doado e recebido, pois esse é o maior elo de união entre os seres; sem ele, sentimo-nos vazios. A Casa dePadre Pio é um Templo, onde nos propomos realizar essedesejo de nossas almas - a descoberta do amor em nós.O Essência da Luz, através de seus artigos e mensagens,deseja ajudar a iluminar os nossos caminhos nessa busca,lembrando a nossa unidade com o Todo e mostrando aimportância da tolerância e da união. Procuramos ir emfrente, com ânimo, alegria e fé. Nos três meses que se passaram desde a últimaedição, tivemos alguns eventos que fazem parte donosso calendário anual: um Retiro em Mendes (foto da (nascidas, respectivamente, em 1098 e em 1904),capa, de autoria do nosso irmão José Caldas), o jantar encontram-se e assemelham-se numa fé sem limitesde Confraternização de final de ano e o 7º Evento no espírito, no devotamento e no imenso amor ada Confraria Social. São momentos importantes, Deus, e no compromisso com os seus semelhantes.oportunidades a mais para congregar a maioria da Foram pessoas incríveis, corajosas, criativas, originais,nossa Casa, o que nos traz muita alegria e, como revolucionárias e místicas, fora de série para o temposempre, o prazer de compartilhar. em que cada uma delas viveu. Aproveitem e curtam! Mesmo já estando no mês de Abril, não poderíamos Todos vocês que quiserem contribuir ou fazerdeixar passar em branco uma importante comemoração sugestões para a nossa publicação, por favor,de Março, mês em que, todos os anos, o mundo festeja comuniquem-se conosco pelo email essênciadaluz@um dia dedicado à mulher. Sendo assim, a 13ª edição globo.com ou pessoalmente, na Casa de Padre Pio.do nosso jornal traz para vocês as histórias de duasmulheres especiais. Separadas por quase mil anos de Abraços,diferença, Hildegard Von Bingen e Madeleine Delbrêl, Rosa Carmen Índice Editorial ................................................................ 03 Evolução Grandes Mestres Momento Astral...................................................... 11 Hildegard Von Bingen ............................................. 04 Imagens e Símbolos Conversando com você Cinema e Espiritualidade ......................................... 12 Das Montanhas....................................................... 05 Grupos da Casa de Padre Pio Bhagavad-Gita, canção divina Trabalhos de Materialização .................................... 14 A Igualdade na Diversidade ..................................... 06 Cruzadas do bem ................................................. 16 Reflexão Atividades da Casa............................................... 17 Durma bem e acorde para a Vida ............................ 07 Personagens Marcantes Coluna Livre Madeleine Delbrêl ................................................... 18 Experiência Interior Luminosa .................................. 08 Poesia Terapias Poesia - A linguagem da alma ................................. 19 Dize-me como andas e te direi quem és .................. 09 Prece...................................................................... 20 Astrologia e Autoconhecimento Peixes ..................................................................... 10 EXPEDIENTE Essência da Luz é uma publicação da Associação Espiritualista Holocêntrica Cultural e Assistencial - Padre Pio Pietrelcina CNPJ 04.772.688/0001-89 | Periodicidade trimestral | Distribuição interna e gratuita | Tiragem 500 exemplares Rua Assunção, 297 - Botafogo - Rio de Janeiro - RJ - Brasil CEP 22251-030 Telefone: 2286-7760 Site: www.padrepio.org.br | Blog: www.casadepadrepio.blogspot.com E-mail: contato@padrepio.org.br / essenciadaluz@globo.com Presidente da Casa: Lucia Pires Vice-presidente da Casa: Luiz Augusto de Queiroz Coordenação Editorial: Rosa Carmen Sá de Alverga Projeto gráfico/diagramação: Raquel Reis Revisão: Daisy Elísio Apoio: Marcello Braga AS INFORMAÇÕES FORNECIDAS NOS ARTIGOS, ASSIM COMO REFERÊNCIAS, SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES.2 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  3. 3. EditorialDespertar é precisoLuiz Augusto de QueirozN um momento em Mar Sem Fim do Espírito. que o Planeta Na obra monumental, O Livro atravessa fronteiras dos Espíritos, coligida por Allanconturbadas, rumo ao novo Kardec, selecionando respostasReino do Espírito, é preciso das entidades superiores, queum olhar de coragem e tomaram mãos de médiunshumildade em direção aos por todo o mundo ocidentalnovos horizontes, em que do século XIX, uma das frasesalguma claridade já aponta significativas presentes naspara que a transição seja respostas dos espíritos a Kardecrenovadora. é: “Isso é tudo o que podemos Coragem, porque o que vos dizer por agora, pois vossanos mostra o horizonte novo linguagem (capacidade demuda a própria mudança, compreender) ainda é pobre.”desafiando paradigmas Navegar no mar doantigos e paradigmas Espírito não pode se limitarnovos! Humildade, porque a flutuarmos na superfície,sem ela, nos perdemos em nem mergulharmos, por maistrilhas que, por mais que perfeitos sejam os navios ou ospareçam novas, conduzem submarinos.ao mesmo ponto, centrado, Navegar é preciso, nosonde nunca deveria estar: tornarmos o próprio Espíritono pequeno castelo de mais ainda é preciso!consciência parcial e Tornarmo-nos o Espírito éfragmentada em que (re)tornar à origem Infinita esituamos nossa consciência, Imortal. Podemos reencarnarviciados em achar que tudo um milhão de vezes, mas ogira em torno de nossa Festa de Nossa Senhora do Rosário Serro, MG, 1997 que nos fará Imortal, e nãocegueira. fotografia de Patricia Gouvêa meramente sobreviventes às Dizemos que os transições da morte, apegadosparadigmas novos devem também mudar, porque, aos nossos limites e verdades parciais, é a consciênciainfelizmente, temos visto que a ausência de humildade liberta! E, pelo que sabemos, o melhor instrumentodo espírito de eterno aprendiz nos faz transformar o para atingirmos essa Libertação é conhecer a Verdademovimento espiral da evolução em movimento circular e, para conhecer a Verdade, devemos estar vigilantes efechado. Novas descobertas da ciência, novas teorias, saber que, um passo novo adiante, uma luz nova acesa,em que campo nasçam, ao invés de serem tratadas são apenas um passo, apenas uma nova luz! Até que ocomo novos passos de um Caminho Infinito, ganham o infinito seja, realmente, em nós!status de passos finais e definitivos... Resultado: surgem Quando a humildade for plena, perfundida do amormais castelos ilusórios, onde o ego inflado se abriga, que também estamos longe de exercer, a Verdadecrendo que atingiu a última resposta. Isso vale, ainda começará a se mostrar... Divina; e o que está ocultomais, para aqueles que se aventuram nos mistérios do será, enfim, revelado! 3
  4. 4. Grandes MestresHILDEgARD VON BINgENRosa CarmenS anta Hildegarda de Bingen, em alemão Hildegard von Bingen (Bermersheim vor der Höhe, verão de 1098 - Mosteiro de Rupertsberg, 17 de setembrode 1179), foi uma monja beneditina, mística, teóloga,compositora, pregadora, naturalista, médica informal,poetisa, dramaturga e escritora alemã. Foi ainda mestrado Mosteiro de Rupertsberg em Bingen am Rhein, na para o enigma do universo. Dizia que, se a humanidadeAlemanha. Conta-se que seus pais a entregaram a um não fizesse a pergunta, o Espírito Santo não poderiaConvento aos 14 anos, como um dízimo à Igreja, que teria respondê-la. Apesar de ter sido uma representantevisões desde criança e que recebeu mensagens espirituais típica da aristocracia cultural beneditina e de se orgulhardurante toda a sua vida, publicadas em seus livros. de pertencer a uma elite social e espiritual, mostrou-se Personalidade pouco conhecida pelo grande sempre humilde e submissa a Deus.público, rompendo as barreiras dos preconceitos Além de mística, teóloga e pregadora, foi poetisacontra as mulheres que existiam em seu tempo, e compositora talentosa, deixando obra de vulto efoi respeitada como uma autoridade em assuntos original. Também fez muitas observações da naturezateológicos e louvada por seus contemporâneos em com uma objetividade científica até então desconhecida,altos termos. Hoje, é considerada uma das figuras especialmente sobre as plantas medicinais, compilando-mais singulares e importantes do século XII europeu, e as em tratados, onde abordou ainda vários temas ligadossuas conquistas têm poucos paralelos, mesmo entre os à medicina e ofereceu métodos de tratamento para váriashomens mais ilustres e eruditos de sua geração. Seus doenças. Seus primeiros biógrafos a mencionaram comovários e extensos escritos mostram que ela possuía uma santa e lhe atribuíram alguns milagres, em vida e após aconcepção mística e integrada do universo, ainda que sua morte, mas jamais foi formalmente canonizada pelaessa concepção não excluísse o realismo e encontrasse Igreja Católica, apenas beatificada. Entretanto, seu nomeno mundo muitos problemas. A solução para eles, foi incluído no Martirológio Romano como santa e seude acordo com suas ideias, devia advir de uma união dia é festejado em muitas dioceses alemãs. Depois decooperativa e harmoniosa entre corpo e espírito, entre um longo período de obscuridade, sua vida e sua obranatureza, vontade humana e graça divina. Entretanto, vêm recebendo atenção crescente, desde a segundasempre permaneceu fiel à ortodoxia do Catolicismo e metade do século XX; seus escritos começaram a ser traduzidos para várias línguas, muitos livros e ensaios já lhe foram dedicados, e foram feitas diversas gravações com sua música. “Deus é quem vive, é quem trabalha e é quem conhece. Nele todas as coisas têm o potencial da perfeição. Todas as coisas se tornam distintas e perfeitas através daqueles três poderes… Deus está além da mente e do entendimento de todas as criaturas. Na claridade de seus mistérios e segredos, Ele provê para tudo e governa sobre todos, assim como a cabeça governa todo o corpo.” A intimidade entre homem e natureza era tanta que, segundo o que escreveu, o comportamento humano era capaz de alterar o meio ambiente, atribuindo a irregularidade do clima ao estado de incessante inquietude humana, pois essa agitação confundia os elementos e os fazia sair de seus limites, com resultados desastrosos. Chegou a dar fala aoscombateu as heresias e a corrupção do clero. Queria, elementos naturais e os fez clamar pela justiça divinaacima de tudo, desvelar para seus semelhantes os contra a insensatez humana:mistérios da religião, do cosmos, do homem e danatureza. Para ela o universo era a resposta para as “Todos os elementos e todas as criaturas choram em alta voz diantedúvidas da humanidade, e a humanidade era a resposta da profanação da natureza e da devoção maligna da humanidade ao4 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  5. 5. seu modo de vida de rebelião contra Deus, enquanto que a natureza nas águas, eu queimo no sol, na lua e nas estrelas… Sou também a irracional cumpre submissa as leis divinas. Eis o motivo pelo qual a Razão. É meu o trovão da sonora Palavra pela qual toda criação veio natureza protesta tão amargamente contra a humanidade”, à existência, e eu animei todas as coisas com meu alento, de modo que nenhuma é mortal em seu gênero, pois eu sou a Vida”. ao que Deus respondia dizendo: Boa parte do livro está concentrada na descrição da “Eu os purgarei com minhas varas e os atormentarei até que voltem constituição e forma do ser humano, compreendendopara mim… os ventos terão fedor de putrefação e o ar vomitará tanta seu corpo físico e sua alma, correlacionando a forma sujeira que as pessoas não ousarão sequer abrir suas bocas”, humana com vários aspectos do microcosmo e do macrocosmo, como ilustração de um extenso mostrando uma sombria premonição dos problemas comentário aos 14 primeiros versículos do Evangelhoecológicos de hoje. de São João e ao livro do gênesis. Todas as partes do O manuscrito que contém as iluminuras, o Codex corpo são carregadas de simbolismo. Um exemplo:1942 da Biblioteca Estatal de Lucca, é posterior à suamorte, mas parece copiar a fonte original. O livro se abre “A esfera do crânio indica o poder dominante da humanidade… Deuscom a figura alada monumental da Caridade/Amor, que revela através de nossos olhos o conhecimento pelo qual Deus prevêengloba em si todo o universo criado. Diz ela em Caritas, e conhece tudo de antemão… Deus se nos revela através de nossaa primeira visão do Liber divinorum operum: habilidade de ouvir todos os sons da glória sobre os mistérios ocultos…“Eu sou a suprema e incandescente força que acendeu todas as centelhas pelo nosso nariz, Deus mostra a sabedoria que reside como um oloroso vivas, e eu não criei coisa alguma morta… e eu sou a vida ígnea da senso de ordem em todas as obras de arte… por nossa boca, Deus indica essência de Deus: Eu ardo acima da beleza dos campos, eu brilho a Palavra divina, a Palavra pela qual Deus criou todas as coisas…”. Conversando com vocêDas MontanhasBeth Marinho Medrado DiasD as montanhas, mando notícias frescas de um enorme descanso. E eles existem para quê? Para que nos despreguemos de todos os nossoscompromissos diários, obrigações, e mergulhemosnum “dolce far niente”! Ou seja, você dá de cara comvocê mesma sem nenhuma desculpa! Nada de não tertempo para fazer o que você deve fazer, nada de culparo trabalho e o tempo que corre. Vem à minha mente acena do coelho da Alice, que corre o tempo todo com montanhas, com aquela chuva fininha me dizendoo relógio na mão, gritando: É tarde! É tarde! que não ia parar tão cedo, e as nuvens foram fazendo E o tempo vira o grande vilão. Ou o nosso cúmplice? desenhos incríveis! Eram cinco ou seis tons de cinza,Vem cá, bem baixinho, e me diz: Quantas vezes você umas menos densas, outras mais pesadas... E fiquei ao culpou pois estava com zero vontade de fazer algo, contemplá-las, até que minha dor foi embora com elasver alguém ou ao menos telefonar? Estou inventando? e suas novas formas. Às vezes, penso que o tempo é como um grande Resolvi que este ano vou brincar mais com estaobjeto que flutua entre nós, como uma grande nuvem. nuvem chamada tempo. Vou criar novas formas e verVamos passando e pegando o pedaço que nos convém. as velhas se dissolverem sem nenhum problema ouE ele cresce, se refaz e nós pegamos mais, ou menos. saudade. Brincar de nuvem nova, fazer com que aquelasTentamos recompor aquele buraco que apareceu, formas velhas que insistem em voltar se transformemmas ele se transforma em outra coisa e nunca mais... em desenhos engraçados, para que eu possa rir delas eNão fique triste, porque você pode aproveitar outras de mim. Rir deste tempo que não podemos controlar,formas, e também criar outros desenhos. aproveitá-lo da melhor maneira possível e sempre criar. Houve um momento, nas minhas pequenas férias Criar sem parar!nas montanhas, em que chovia muito, e uma enormetristeza me invadiu pelos gostosos momentos que Um 2011 com muita alegria para você, com muitaseu imaginava não ter vivido. Uma dor profunda lá nuvens para você brincar bastante!da infância me incomodava. Até que olhei para as Até! 5
  6. 6. Bhagavad-Gita, canção divinaA Igualdade na DiversidadeMarcelo PaturyC erta vez, dei uma palestra na Casa de Padre Pio, na qual foram abordados temas Védicos sob diferentes pontos de vista. Logo no dia seguinte, recebi o seguinte e-mailde um membro da Casa: “Como Sri Yukteswar éum dos mentores espirituais da CPP e seguimos suaorientação, talvez fosse bom nos congregarmos emtorno apenas de suas diretrizes, numa coerência deideias e ensinamentos”. Inicialmente, achei que tinha desrespeitadoas propostas espirituais da Casa. Mas afinal,temos até um quadro de Yogananda, discípulo deYukteswar, bem na entrada, antes de subirmos asescadas. Meditei, pedindo orientação. Assim queencerrei, fui fazer uma arrumação na parte de cimade meu armário para doar uns livros que já não me que pareça, a igualdade na diversidade. Então, porinteressavam mais. Quando, de repente, caiu na minha que ainda tanto criticamos, fofocamos, falamos mal,cabeça – literalmente – uma revista que falava sobre geramos discórdias, etc.?regimes totalitários. Sentei no chão e dei uma folheada. No nível espiritual em que se encontra o nosso Sabem o que eu li? Com uma ou outra adaptação, a planeta (plano bhuvah, em Sânscrito), tanto forçasreportagem dizia que os seguidores de um determinado do “bem” como do “mal” atuam igualmente.ditador “achavam que, por ser ele um dos mentores Obviamente, escolher em que lado estamos é umado regime vigente, deveriam seguir sempre a sua opção pessoal. Mas, esta ainda é uma análise bastanteorientação, pois era necessário se congregarem em primária. O maior problema está na cegueira de cadatorno apenas de suas diretrizes, numa coerência de um relativa à nossa própria essência. Muitas vezes,ideias e ensinamentos”. a roupagem gerada por atividades espirituais nos dá Consta na Bhagavad-Gita que Deus nunca criou a falsa impressão de sermos seres “luminosos”. E énem desejou a igualdade. Muito pelo contrário, Ele justamente aí que as forças opostas atuam sem que ashabitou nosso Planeta com pessoas diferentes, de percebamos.classes (varnas, em Sânscrito) diferentes, que pensam, O 1º verso do capítulo 1 da Bhagavad gita nossentem e agem de formas diferentes. Segundo Krishna, alerta que se não estivermos dispostos a ver o nossoa diversidade é necessária. lado “negativo”, que dificulta a nossa reunificação com A irritação diante das diferenças pessoais evidencia a Nossa Origem Divina, nem adiantará ler o próximoa nossa estrutura de pensamentos, ainda baseada na verso.falsa percepção de que “eu sou o centro do universo”. Abusca da igualdade, na verdade, é fruto de prepotência, Nossos estudos acontecem na Casa de Padre Pioarrogância e egoísmo, e gera sobre o outro críticas, - Rua Assunção, 297 - todas as quartas-feiras,fofocas e os mais diversos tipos de ataques. às 19h30. Não precisa se inscrever previamente. Acredito, ou melhor, estou certo ser uma das metas Basta chegar e se sentar! E você está convidado.da Casa de Padre Pio atingirmos, por mais paradoxal (Informações: marcelopatury@yahoo.com.br)6 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  7. 7. ReflexãoDurma bem e acorde para a vidaSandra Rosenfeld *E ste é o título do meu livro publicado recentemente. Sempre que começo a escrever, a primeira coisa que faço é darum título. É claro que, antes de iniciar a escrita,já tenho o livro ou o artigo na minha cabeça,mas, no momento em que estou à frente docomputador, preciso colocar um título, mesmosabendo que pode não ser o definitivo. Não foi diferente com esse meu livro. Otítulo deve ter sempre a ver com o que pretendoescrever; então, o primeiro título do livro foiInsônia. Mas eu não estava satisfeita. Até que umdia, ao deitar, disse para mim mesma: “Sandra,você vai criar o título que tanto deseja”. E, aoacordar, o título veio com toda a força: Durmabem e acorde para a vida. Yes!!! Era esse! Tivecerteza! E todos com que eu falava, inclusive naeditora, concordavam que a escolha foi muitofeliz. Eu queria um título que resumisse aimportância de um sono bem dormido. Quemnão dorme bem não vive bem, não aproveita a Hormônios esses responsáveis por regular o sono,vida plenamente. Uma vez ou outra, dormir mal, tudo retardar o envelhecimento, gerar maior disposição,bem, mas há pessoas que dormem mal constantemente. manter o tônus muscular, eliminar gordura, controlar aA vida não é boa para quem passa parte ou, dependendo sensação de saciedade, proporcionar o crescimento dasdo caso, até o dia todo, sonolento, irritado, mal- glândulas mamárias e a produção do leite, entre outroshumorado, cansado, confuso, a memória falhando, a fatores que determinam a nossa qualidade de vida.criatividade ausente, desanimado, desestimulado e até grande parte das queixas de quem dorme mal édeprimido. ansiedade e estresse, outros apenas percebem que não Noites mal-dormidas constantemente podem acordam bem. Se você faz parte do primeiro grupo, écausar depressão e outras doenças, visto que o sistema possível reverter suas noites mal-dormidas, muitas vezes,imunológico pode ficar enfraquecido, tornando-nos apenas através de simples mudanças de hábitos oumenos resistentes a gripes e viroses, por exemplo. E, aprendendo alguma técnica de relaxamento. Caso estejapara quem já sofre de alguma doença, a tendência é incluído no segundo grupo, é importante pesquisar opiorar ou demorar mais tempo para curar. Sem falar em que pode estar acontecendo durante o seu sono. Vocêolheiras, aparência abatida, pele e cabelos sem brilho, pode ter algum distúrbio do sono e não saber.olhar cansado... Quem não tem sono recuperadorenvelhece precocemente e pode engordar também. Bons sonos e sonhos!!! Isso tudo porque o sono não é perda de tempo,como muitos pensam. O sono não está à parte * Sandra Rosenfeld é escritora, terapeuta em qualidade de vida como instrutora de Meditação, Coach Pessoal e Palestrante.da vida, ao contrário, ele é vida. É durante o sono Autora dos livros Durma Bem e Acorde para a Vida e O que éque muitos hormônios importantes são liberados. Meditação, ed. Nova/Record. 7
  8. 8. Coluna LivreExperiência Interior LuminosaNadja Chavesg ary Renard, autor dos livros Curso em Milagres e iniciaram O Desaparecimento com ele os ensinamentos de do Universo e Sua Jesus, que se estruturam noAlma Imortal, é um professor perdão e no amor.de Um Curso em Milagres. Este Instruído por essesrecurso de aprendizado não dois mestres, gary Renardé uma religião, mas lida com começou a escrever o livroo tema da espiritualidade. O O Desaparecimento docurrículo que o curso propõe Universo, que foi lançado emfoi cuidadosamente concebido e 2002. Em seguida, escreveué explicado de maneira simples Sua Alma Imortal. Os livrose completa por gary Renard, em tiveram enorme aceitaçãoseus dois livros. e são lidos por milhares de Antes de ser escritor, a estudantes do curso.vida desse homem mudou No ano seguinte, começou aradicalmente, depois de ter falar em público, em semináriostido uma carreira de guitarrista, por todos os Estados Unidos. Anuma banda de rock, em Boston. partir dessa data, gary RenardPouco depois, mudou-se para o tem feito palestras em váriasMaine. Apesar do sucesso como cidades da Europa. Tornou-seguitarrista e de trabalhar no um respeitado professor demercado de capitais, sentia que Um Curso em Milagres e temprecisava buscar por respostas sido descrito como um dosespirituais. Passou por falência, com dívidas em mais surpreendentes oradores espirituais, levando abancos, e perdeu todo o dinheiro que ganhara nos mensagem de Jesus a estudantes do mundo inteiro.anos anteriores. Uniu-se então a um grupo de amigos Através de uma fonte superior de inspiração,que estudava os ensinamentos da Nova Era e começou recebeu orientação para falar sobre ilusões, vidasa meditar durante 2 horas todos os dias. Em suas passadas, religião, sexo, política e o milagre do perdão.orações, lembrava sempre que gostaria de ter vivido Ensina a humanidade a desatar os nós do ego, atravésna época de Jesus e de ter ouvido seus ensinamentos. do perdão e, assim, a quebrar o ciclo de nascimento eSentia-se ligado a Jesus. morte. Na semana anterior ao Natal de 1992, quando sua gary Renard e sua fascinante estória do encontrovida já se encontrava mais organizada, após meditar, com dois marcantes guias espirituais têm levadodeparou-se com uma mulher e um homem, vestidos muitos à cura de hábitos egóicos, permitindo que acom roupas contemporâneas, sentados no sofá à sua humanidade, guiada por ensinamentos de Jesus, venhafrente. Assustado, mas não amedrontado, iniciou uma a praticar o perdão e o amor.conversa com os dois, que mais tarde revelaram ser Em 2009, recebeu o Infinity Foundation Spiritdois mestres ascensionados. Os dois, cujos nomes eram Award. Prêmio antes concedido a poucos líderesArten e Pursah, passaram a fazer aparições durante espirituais, como Ram Dass, Dan Millman, gary Zukov,os 9 anos seguintes. Nesse tempo, deram instruções James Redfield e Neale Donald Walsch.para que ele se juntasse a um grupo de estudos de Um8 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  9. 9. TerapiasDize-me como andas e te direi quem ésCamila Moraes Muitas pessoas da casa de Padre Pio conhecem o sobretudo quando a palavra está ausente, viciada ougDS como o grupo de Desenvolvimento da Santidade, “doente”. É fácil, aliás, verificar que nossa atitudeatividade que acontece na casa todas as terças-feiras; postural é diferente, conforme estejamos nos sentindoentretanto, o meu objetivo aqui é apresentar um “alegres” ou “tristes”. A partir de elementos exterioresnovo gDS. Trata-se de um método fisioterápico de percebidos e elementos interiores vividos, utilizamos oabordagem biomecânica e comportamental, que atua nosso corpo para exprimir, através de nossas posturas,na prevenção, no tratamento e na manutenção da boa gestos e mímicas, ou seja, através de nossos músculos,organização corporal. aquilo que pensamos e sentimos. Mesmo quando a O nome gDS deve-se à sua criadora, Godelieve expressão é inibida, o sistema neuromuscular é ativadoDenys-Struyf, que desenvolveu esta técnica nas da cabeça até às mãos e aos pés. Pensamentos edécadas de 60 e 70. Fazendo uso da experiência de emoções põem em atividade grupos musculares quequinze anos como retratista, da análise morfológica colocam todos os segmentos do corpo em estado dee psicológica das formas, da antropometria, Mme prontidão, tanto para a expressão como para a ação.Struyf teve a ideia de aplicar esse modo de observação godelieve Denys-Struyf torna mais claro osà fisioterapia, no contexto das mecanismos dessas expressões psico-deformações e algias (dores) do sistema corporais, das quais os músculos sãolocomotor. Seu objetivo foi realizar uma instrumentos. As observações relativas aoabordagem mais individualizada da modo como o paciente utiliza o corpo irão,mecânica humana. por sua vez, determinar os “modos de O Método gDS de cadeias emprego” mais adequados a esse específicomusculares e articulares trabalha com o sistema locomotor. O resultado será umconceito de que a nossa atitude postural modo funcional e personalizado de equilíbrio,e a forma do nosso corpo derivam de harmonização e utilização corporais, maisuma multiplicidade de fatores, desde consciente e adaptado ao paciente e àsos genéticos até aos psíquicos e aos exigências do seu ambiente. Portanto, acomportamentais, assim como certos proposta do Método gDS é a leitura precisatraços da nossa personalidade. dessa linguagem, a fim de determinar os Uma das ideias recorrentes no meios para que o corpo possa reencontrar agDS é a de que o nosso corpo é liberdade de movimento e de expressão.uma linguagem, exprimindo em sua Além de uma abordagem maispostura aquilo que nossas palavras não individualizada, outro ponto dos maisconseguem expressar. Sendo o corpo um importantes no Método GDS é quemeio de comunicação extraordinário, ele oferece a cada um a possibilidadedevemos procurar conhecê-lo para de assumir o trabalho terapêutico eestruturá-lo. Para uma abordagem preventivo sobre si próprio. Estão aoindividualizada - seja ela preventiva alcance de todos nós algumas chaves paraou curativa - é importante “olhar” as o nosso próprio corpo. Podemos aprendermensagens gestuais e posturais desse a desenvolver uma estratégia psico-corporalcorpo, para decifrá-las e entrar em de prevenção, adequada ao nosso caso, oucomunicação (verbal e não verbal) com contribuir para a cura de nosso organismoele. É fundamental que ocorra tal diálogo “doente”, pois há um terapeuta em cada umentre o terapeuta e o corpo do paciente, de nós. 9
  10. 10. Astrologia e AutoconhecimentoPeixesRosa Carmen Sá de AlvergaPEIXES Peixes é o último signo do elemento Água e rege adécima-segunda casa, a última da mandala zodiacal. A encantos da criação divina na Terra, mas minhacasa 12 é o local do nosso Eu mais oculto, do silêncio total, imaginação me leva ao intangível, às visões maisdas profundezas do mar, dos segredos que mantemos deslumbrantes, me enleva e me ajuda a criar.escondidos no fundo da alma. O perigo acontece quando me deixo levar pelas Regido por Netuno (o Senhor dos mares) e tendo minhas fantasias, avaliando mal o que se passa eJúpiter como co-regente, o Peixes representa o último me perdendo nas brumas da ilusão e da confusão,estágio da nossa aprendizagem na Terra, ligando o ou tendo comportamento ocioso, cheio de manias,espírito à matéria. Isto nos mostra a importância de escapista, usando bebidas e drogas para fugir do tédioolharmos e tentarmos entender a nossa evolução nesta do cotidiano. Posso criar dependência a toda forma devida através da Astrologia. O caminho que percorremos vícios, inclusive, fingir, mentir e enganar. Fico muitoentre o Áries (primeiro signo do Zodíaco) e o Peixes (o crítico e hostil como meu signo oposto Virgem. Nesteúltimo) nos leva por uma via circular, numa Mandala em caso, o meu “silêncio” respeitoso, sábio, receptivo,que o início e o fim se encontram, num movimento que aberto à divindade e à iluminação, torna-se negativo,não deve ser fechado, mas espiralado e atemporal. Para representando dificuldade de comunicação ou fugaquem acredita que reencarnamos, ao alcançarmos o da realidade. Além disso, pode ser uma atitude deúltimo signo do Zodíaco, estaríamos em nossa última desprezo e indiferença para com o próximo.reencarnação. Sendo assim, as pessoas regidas por este Ambicioso e orgulhoso, imaginando sempre realizarsigno deveriam estar no último ciclo da evolução humana, grandes coisas (o co-regente do Peixes é Júpiter), tenhojá em condições de unir os opostos que representam o “ideias brilhantes” que nunca coloco em prática.Bem e o Mal nesta vida. Mas, a maioria dos humanos Tendo a melindrar-me por qualquer coisa, torno-meparece encontrar-se longe disso e vamos vivendo no muito susceptível a tudo e a todos, criando mágoasmeio-termo, atingindo, por enquanto, muito mais os e ressentimentos. Com isso, a boa e intensa energiaextremos inferiores do que os mais elevados. espiritual, que poderia levar-me à superação do ego, se esvai, e desenvolvo um ego fraco, inseguro e indefinido, Apresentação de um(a) pisciano(a): impressionável e facilmente influenciável. Algumas Sou filho de Netuno, como os seres das águas mais pessoas me dizem que possuo muito charme e sedução.profundas, da morada do silêncio. Não é por acaso Um poder magnético, acompanhado de suavidade noque, muitas vezes, me fecho em mim mesmo, me olhar. Não tem a ver com beleza, é algo indefinido queresguardando dos ruídos do mundo exterior. Nesses traz carisma e atrai os outros. Mesmo assim, às vezes,instantes, me isolo para mergulhar em outras dimensões sinto-me um pouco tímido e carente, gostaria tambémdo ser. Minha percepção do mundo é extraordinária: de ser cuidado, ao invés de só cuidar. Possuo tendência aoextremamente sensível a tudo o que se passa ao meu romantismo e posso estar sempre em busca de um idealredor, funciono qual uma antena parabólica, que tudo inalcançável em vários setores da vida. Internamente,absorve. Preocupo-me realmente com o próximo, sou músico, cantor, poeta, ator, artista plástico. Osinto-me solidário com a dor do outro. E essa empatia cinema e a fotografia me fascinam! Quando mecom os outros me dá condições de entender o que interesso pelas coisas do espírito, busco ardentementesentem, provocando em mim muita compaixão e a salvação da minha alma, procuro conhecer todos osme envolvendo numa onda de sentimentos intensos caminhos que possam me levar a Deus. Consigo viver ode desejo de ajudar, de resolver, de afastar os males êxtase, atingir o nirvana. Acredito no Homem Universal,e as dificuldades do nosso mundo. Procuro agir com no Amor Incondicional, na Proteção Divina e em Anjohumildade, amabilidade e delicadeza. Busco amar de da guarda!!forma incondicional e perdoar facilmente. Não devemos permitir que o nosso lado Muito intuitivo e místico, costumo ser um visionário, pisciano fique perdido, circulando entre osum sonhador; acredito que podemos, através da fé e extremos: santidade, genialidade e loucura.da devoção a uma força maior espiritual, transformar Sobre isso, há uma frase do psiquiatra inglês R.vidas e mover montanhas. gostaria de ser missionário, D. Laing, que se ajusta bem às polaridades do Peixes:pois consigo me desapegar de tudo e me dedicar a “Místicos e loucos encontram-se no mesmo oceano,qualquer trabalho voluntário. Sinto-me atraído pela porém os místicos nadam, ao passo que os loucos semedicina, sei que posso ser terapeuta e curador. afogam.” Que possamos aprender a nadar no oceanoComo médium, facilmente transcendo a matéria! da Vida...Não que eu renegue a matéria; sei apreciar os10 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  11. 11. EvoluçãoMomento AstralRosa Carmen Sá de Alverga“Todos os homens são células de um só organismo divino, no corpo divino.”  (Sai Baba)E stamos mais uma vez tentando mostrar a riqueza do estudo da Astrologia, que faz com que, até hoje, ela seja respeitadae usada como instrumento de entendimentodos acontecimentos da vida terrena e,principalmente, de autoconhecimento, o que,sem dúvida, é o mais importante. Mas, não é sóo nosso signo que deve nos interessar. De nadaadianta falarmos em união, se nos virmos sempreseparados, sozinhos ou em grupos limitados. Setemos consciência da nossa unidade com todaa criação, sabemos que os acontecimentos domundo influem em cada um de nós, assim comonós influímos neles. Por isso, quando o Sol do nosso de uma força que emerge inesperadamente dosistema planetário, assim como os outros astros, se inconsciente pessoal e coletivo, afetando o campoencontram em determinado signo ou fazem aspectos social e as massas. Engajamento ideológico ouentre si, somos todos atingidos pelas energias que político. Possibilidade de desintegração de um sistemaeles irradiam, e estas contêm mensagens e avisos político. Mudanças de comportamento. Extremismos.para aqueles que possuem antenas para captá- Intransigência. Inabilidade técnica. Poluição do espaçolas! Portanto, não fiquemos restritos só aos nossos aéreo e subterrâneo. Armas. Agressividade. Violência.mapas astrais, procuremos atentar para tudo o que Crimes. No campo emocional, indicação de fortesfor dito sobre os recados astrais no nível coletivo. contrastes entre liberdade e repressão. Rupturas,Os astros também funcionam como mensageiros divórcios, separações. Sexualidade extravagante,dos deuses, dos nossos protetores, dos nossos violência sexual ou retração da sexualidade. Batalhaamigos mais evoluídos! Eles são agentes do Bem sem repouso. Transformações de uma geração que vivee podemos nos aliar a eles. a fatalidade inexorável. Fim de um processo civilizatório. Desde o ano passado, temos tido aspectos difíceis Como seria o efeito de um aspecto positivoentre Júpiter, Saturno, Urano e Plutão. Em Abril deste nesse caso:ano, com o Sol em Áries, teremos mais cinco planetas, Avanços significativos para a história datodos em conjunção entre si, também no signo de humanidade. grandes transformações na vidaÁries, agravando esse quadro astral. São eles Mercúrio, social e coletiva. Expansão na área do conhecimentoVênus, Marte (regente de Áries), Júpiter e Urano, humano. Avanços da Ciência e da Tecnologia.que, ao mesmo tempo, estarão fazendo oposição ao Avanços nas Telecomunicações. Descobertas deSaturno em Libra e, também, quadratura ao Plutão em novas partículas. Desenvolvimento da mecânicaCapricórnio. Isto é, resumindo, tudo o que estiver quântica. Conquistas espaciais, energia nuclear, solaracontecendo pelo mundo, relacionado a toda espécie e eólica. Desenvolvimento das tecnologias. Avançosde guerras, lutas, violências, conflitos, acidentes e nos anticonceptivos e drogas para potência sexual.catástrofes naturais, igualmente tenderá a recrudescer, Forças renovadoras e regeneradoras que emergema se agravar, a se espalhar e, ainda, será um momento do inconsciente pessoal e coletivo. Riqueza psíquica.de julgamentos precipitados e injustos. Estes serão, Descobertas de novas formas de cura para doenças.sem dúvida, aspectos fortíssimos que influenciam a Reconquistas de posições de poder com renovação.todos nós. Eliminação do que é inútil. Reformulação do antigo. Aspecto crítico (quadratura) entre Urano, em Coragem de mudar, audácia. Liberdade. ReformasÁries (conjunto a Júpiter), e Plutão em Capricórnio: no campo social, político e da Justiça. Nova visão Força atômica. Cortes inesperados e inexplicáveis. e percepção de outras dimensões. Descoberta deRiscos de radioatividade e contaminação. Transtornos mistérios e segredos. Aumento de habilidade mágica.ideológicos e políticos. Desintegração. Experiências Magia do Bem. Despertar da mente mais profunda,profundas, sofridas e radicais. Impulsos bruscos expressando a Mente superior. Transporte psíquico.e fortes que podem destruir. Acessos, loucura. Poder criativo e curativo. Trazer para fora o que estáContradições profundas. Tensões provenientes oculto. Despertar da luz. Revitalização. Revelação de 11
  12. 12. guias espirituais. Novas Lideranças religiosas. Novos a necessidade de um mergulho em nosso Eu interno,Mitos. Novas Profecias. para alcançarmos uma profunda transformação em Signos e planetas são símbolos representativos dos nosso psiquismo e para que este se ligue ao inconscientemovimentos da vida e funcionam como mensageiros coletivo, eliminando tudo o que não serve mais, numde boas ou más notícias. Mas a melhor notícia é trabalho alquímico, de alta potência, realizado comque não funcionam sozinhos, dependem da nossa paixão, transcendendo a nossa pequenez e trazendo aconsciência, da nossa fé e da nossa vontade, pois o purificação ao nosso planeta Terra, a morte de antigasmaior e melhor agente de nossas vidas somos nós atitudes egoístas e o surgimento de um ser humanomesmos! Os “deuses”, representados por eles, nos redimido e de um mundo renovado.exortam a transcendermos qualquer pensamento Todos nós podemos agir, não devemos ficar presosnegativo e aprisionante e a enxergarmos além da apenas a teorias, e sim buscarmos a nossa verdade. Asuperfície pela expansão da consciência, trabalho que verdade que cada um pode encontrar em si mesmo,necessita ser realizado com calma e perseverança, para ser resgatada, usando o que os astros nos trazemem prol de um mundo melhor e mais justo. Mas, de de melhor, neste momento: justiça e entusiasmo quenada adianta ficarmos repetindo belas palavras, nem despertam em nós esperança, generosidade, tolerância,fazendo previsões, sem que haja uma ação real em e nos conduzem à prosperidade (Júpiter); maturidade enosso interior. Essas energias são cumulativas, cada respeito, o que gera disciplina, estabilidade, integridade,encontro desses arquétipos no Cosmos funciona discernimento e despojamento (Saturno); idealismo ecomo um empurrão, um incentivo a mais para a nossa coragem, trazendo o novo, o diferente, a reforma, oevolução. É como uma súplica do Cosmos, um grito que nos desperta e liberta (Urano); força e poder quede alerta: “Fiquem atentos, mortais, trata-se da nossa nos ajudam a purificar, a regenerar, a redimir, a curarsobrevivência, todos somos responsáveis!” Por isso, e a renascer (Plutão). Lembremos sempre do que maisprecisamos prestar atenção ao que essas energias estão desejamos nesta vida: SERMOS AMADOS E FELIZES!!!assinalando, ao que necessitamos conter ou melhorar, E, para que isso seja possível, é preciso que TODOSpara não nos deixarmos levar descontroladamente AMEM!por elas, pois a energia que não sabemos usar, nosusa sem dó nem piedade. Cuidemos, pois, de nossos AMÉM!pensamentos, palavras e obras! MUITA ORAÇÃO, PAZ E AMOR. Plutão, como ponto focal desse aspecto, representa Imagens e SímbolosCinema e EspiritualidadeErmance Dufaux roteirista hollywoodiana?Clarice SalibyA s mensagens do mundo espiritual chegam até imagem de menininha perfeita, metódica, virginal, pura nós por diversos caminhos. Mesmo em meios e inocente. O grande desafio para ela será o de dançar aparentemente “não-espirituais”, somos o Cisne Negro, arquétipo da sensualidade e da sedução.agraciados com verdadeiras pérolas, que nos permitem Sedução requer confiança, ousadia, segurança, malíciaevoluir espiritualmente; e como o lótus que nasce do e desinibição. O Cisne Negro não dança com perfeiçãolodo, muitas vezes, essas preciosidades se escondem técnica, mas com emoção e volúpia. Para encarnar estaatrás da máscara de algo pesado, soturno e, por que personagem, Nina terá que enfrentar suas tão temidasnão dizer, perturbador. A sétima arte está repleta destes e reprimidas sombras.ensinamentos e, quando entrei no cinema para assitir Ao longo do filme, adentramos no universo psíquicoao novo filme de Darren Aronofsky, Cisne Negro, minha da bailarina, extremamente afetado pela excessivaprimeira reação foi: “Aposto que Ermance Dufaux repressão de seus sentimentos, em prol da sustentaçãocolaborou com a realização deste longametragem!” de uma falsa imagem de perfeição. A despeito de todo o Cisne Negro (Black Swan, 2010) conta a história da esforço descomunal para sufocar suas sombras, o Cisnebailarina Nina Sayers (Natalie Portman), obcecada por Negro parece emergir aos poucos, tal qual uma feraperfeição e pela ideia de se tornar a prima ballerina irada por tantos anos de cárcere. Os primeiros sinais dada companhia da qual faz parte. Finalmente, sua emersão do Cisne Negro são alergias, eczemas, unhasoportunidade de ouro se apresenta, quando ela é caindo e toda sorte de cenas de alto teor aflitivo, paraconvidada a protagonizar a montagem de O Lago dos que possamos sentir na nossa pele o estado interiorCisnes, de Tchaikovsky. Para Nina, interpretar o Cisne de agonia em que se encontra a bailarina. Além dosBranco é tarefa fácil, afinal identifica-se completamente sintomas no corpo físico, também manifestam-secom a personagem, pois, como ela, sustenta uma sérios distúrbios psicológicos. Nossa reação automática12 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  13. 13. é: “Pobrezinha da “Se fores, no entanto,bailarina…” Mas apresentar tua ofertaa riqueza do filme perante o altar, e alireside justamente no te lembrares que tensfato de entendermos algo contra ti mesmo,que aquela bailarina deixa ali tua oferenda esomos todos nós, sem vai primeiro reconciliar-exceção. O processo te contigo mesmo.”de interpretar o Cisne E acrescentou: ONegro nada mais é adversário não édo que aquele de senão o outro emenfrentar nossas mim.sombras. As doenças e Quando Ninadesarmonias nascem da rejeita a sua sombra,negação das próprias ela o faz por considerarsombras, pois também que ela contenhanós continuamos característicasalimentando a ilusão negativas que devamde sermos o Cisne ser escondidas daBranco e somente ele. sociedade, a fim Diz nossa querida de que seja aceitaErmance Dufaux, em pela mesma. Masseu Reforma Intima consequentemente,Sem Martírio: “O isola também uma sérieensino do evangelho de atributos positivos e‘reconcilia-te depressa fundamentais, como acom teu adversário sensibilidade, a fluidez,enquanto estás a caminho com ele’ é um roteiro claro. a espontaneidade, etc. “Luz e sombra são opostos, noEssa reconciliação depende da nossa disposição de entanto, uma depende da outra, assim como o passoencarar a realidade sobre nós próprios, olhar para o da perna direita depende do passo da perna esquerda.desconhecido mundo interior, vencer as ‘camadas Luz e sombra, perfeição e imperfeição, são faces dede orgulho do ego’, superar as defesas que criamos uma mesma estrutura da alma, razão pela qual serápara esconder as ‘sombras’ e partir para uma decidida impróprio adotar o conceito de eliminação para ose gradativa investigação sobre o mundo das reações assuntos da vida interior. Nunca eliminamos uma ‘parte’,pessoais, através da auto-análise, sem medo do que a integramos.”, nos diz Ermance Dufaux na obra citadaencontraremos”. Ou seja, um auto-olhar desprovido acima. A metáfora do Cisne Negro nos relembra quede ilusões. Mas em nenhum momento se fala de a reintegração de nossas sombras faz parte de nossoextinguir as sombras, nem mesmo de reprimi-las: “... dharma coletivo enquanto seres humanos encarnadosas expressões que melhor significado apresentam para no Planeta Terra.a tarefa íntima de melhoria espiritual serão ‘harmonia Portanto, Ermance Dufaux e Darren Aronofsky noscom a sombra’ (…). Interiorização é conquistar nossa convidam para dançarmos O Lago dos Cisnes em toda‘sombra’, elevando-a à condição de luz do bem para a a sua plenitude. Não é tarefa fácil, mas o resultadoqual fomos criados. Portanto, esse adversário interior é uma dança bonita e verdadeira, guiada pela levezadeve se tornar nosso grande aliado, sendo amavelmente de um coração honesto consigo mesmo. Despidos da‘doutrinado’ para servir ao luminoso ideal do homem prisão amarga da auto-ilusão, somos agraciados pelaslúcido e integral para o qual, inevitavelmente, todos bênçãos do auto-perdão e do amor-próprio, sem acaminhamos.” pressão sufocante do perfeccionismo e com a sagrada C. G. Jung, em Psicologia e Religião, Obras oportunidade de recomeçar sempre.Completas, vol XI/1, Ed. Vozes, expressou bem essa ideia, Que cada um de nós possa, cada vez mais, dançar aao se referir ao Evangelho de Mateus, 5:25, e ao verdadeira e imprecisa dança que vem direto de nossosinterpretá-lo, de acordo com a Psicologia Analítica: corações! 13
  14. 14. Grupos da Casa de Padre PioMaterialização na Casa de Padre PioEmmanuel Passos 1 – Introdução Uma vez por mês, uma sessão decura espiritual é realizada na Casa dePadre Pio, usando-se um fenômenoespiritual denominado materialização.A materialização, de acordo coma Doutrina Espírita, é o fenômenomediúnico, no qual um espíritodesencarnado ou um objeto qualquernão proveniente do mundo físico,aparecem no mundo físico em sua formaoriginal. Os espíritos materializadosnessa sessão de cura são espíritos que,na sua vida terrena pregressa, forammédicos e, depois, quando passadosao mundo espiritual, aprenderamcom instrutores técnicas antes nãoencontradas na Terra. Esses espíritosse materializam e tratam pacientes domundo físico nos seus desequilíbriosfísicos (doenças da Terra). Por sua vez, o ectoplasma, definido comoa parte periférica do citoplasma celular e, naparapsicologia, como a substância visível queemana do corpo de certos médiuns, envolveo perispírito do espírito a ser materializado,como pedaços de tecidos leves e finos, ouinterpenetra os objetos, dando-lhes formae movimento. O fenômeno independe dasqualidades morais e do caráter do médium,pois são emanações psicofísicas, das quaiso citoplasma é uma das fontes de origem.Portanto, o fato do médium fumar, ingerirbebidas alcoólicas, tomar drogas ou abusarda alimentação inadequada não faz comque ele seja mais ou menos apto, mas sofreinfluência das toxinas que contaminam o efeitos físicos, capacitado a produzir a quantidade deectoplasma, a ponto de prejudicar o organismo dele ectoplasma necessária às materializações. Essa energiapróprio. A materialização será mais perfeita se o médium essencial é usada por espíritos médicos treinados emtiver os cuidados necessários na sua alimentação (não seus lares celestiais, presentes na cabine. Eles, então,beber álcool, não fumar, não comer carne, etc.). misturam nesta energia essencial aquelas que trazem do plano superior, juntamente com os fluidos da natureza. 2- Como é a reunião? Com elas, formam o que desejam materializar. Essa reunião, como toda reunião espiritual, já 3 – O espírito médico e seus instrumentosfoi preparada no Plano Espiritual. O coordenador dareunião, no plano superior, nos passa as diretrizes para Para abrir a reunião, seu dirigente faz uma prece,a reunião aqui na Terra. Essas diretrizes vão desde o acompanhada por outros médiuns presentes.número de médiuns de efeito físico que apoiarão a Só é materializado um dos espíritos médicosreunião até o preparo que todos deverão ter. presentes, mas há sempre participantes de diferentes Um médium principal deita numa maca, dentro de especialidades, como biólogos, químicos, etc. E, logouma cabine escura e entra em transe para a doação após ser materializado, este espírito encarregado dade ectoplasma. Este é um médium, chamado de intervenção se dirige a uma outra maca em que se14 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  15. 15. encontra deitado o paciente a ser tratado. Começa, humano. Bastante emocionado, compreendi queentão, o atendimento que é feito com instrumentos estava acompanhando a materialização de um espíritoque também foram materializados. Esses instrumentos médico, exatamente como já fora informado ememitem o tipo de luz adequado à necessidade do leituras e conversas com médiuns companheiros detratamento do paciente, seja para curar seu corpo jornada. Estes espíritos materializados podem utilizarfísico, seja seu perispírito. até a voz direta, para passar mensagens que considerem importantes no processo de cura dos seus pacientes. O 4 - Sobre a escolha dos pacientes fato é que todos os casos de exercícios caridosos de quaisquer tipos de mediunidade glorificam o Pai! Os pacientes são indicados após passagem pelasSalas de Tratamento e pelo Atendimento Fraterno, 6 – Como fica o médium na materializaçãoque acontecem nas terças, quartas e quintas-feiras emnossa Casa. André Luiz nos conta que, durante esse fenômeno Quando um paciente procura a cura espiritual, ele especialíssimo, o médium é desdobrado e afastado dorecebe explicações sobre como o tratamento é feito em corpo, semelhante a um desencarne. “Assim prostrado,três etapas: sob o domínio dos técnicos de nosso plano, começou A primeira é feita pelo médico da Terra por meio a expelir o ectoplasma, pasta flexível à maneira dede alopatia e/ou homeopatia (a Casa não aceita o uma geleia viscosa e semilíquida, através de todos osabandono dessa etapa, por considerá-la primordial). poros e, com mais abundância, pelos orifícios naturais, A segunda fase – considerada vital – é executada particularmente a boca, as narinas e os ouvidos, compelo próprio paciente, através de sua reforma íntima. elevada porcentagem a se exteriorizar igualmente doA doença que ele apresenta, no momento, é um tórax e das extremidades dos dedos”, explica ele. Essedesequilíbrio (energético) de seu corpo, que é, em geral, fluido condensado é de uma alvura extraordinária,proveniente de seu desequilíbrio mental/emocional, ligeiramente luminosa, comparável à clara de ovo, comque causou lesões no seu corpo físico. Se o paciente um cheiro característico e indescritível.continuar a ter vida desregrada ou com as mesmasatitudes viciosas que podem lhe parecer, por força 7- Outras fontes de pesquisado hábito, inofensivas, como, por exemplo, julgar osoutros, falar mal de pessoas, permanecerá gerando as Em O Livro dos Médiuns, de Allan Kardec, estãoenergias negativas que lhe são prejudiciais. O paciente compiladas algumas explicações do espírito São Luísnão obterá merecimento para a sua cura, se não se sobre a teoria das manifestações físicas. Ele diz que otornar uma pessoa diferente da que adoeceu. que anima a matéria ou os objetos que se movem, bem A terceira fase é aquela em que são convocados como o que materializa os espíritos, é uma combinaçãoos médicos do espaço. Com o paciente consciente do fluido cósmico universal com o fluido do perispíritode que está preparado para pedir e obter o benefício do próprio médium e o fluido do perispírito de espíritosda cura, os caridosos espíritos usam, se considerarem mais ligados à matéria, ou seja, menos evoluídos. Essanecessário, técnicas médicas ainda não conhecidas na composição fluídica “anima” a matéria, envolvendoTerra e, até mesmo, tratam do perispírito daqueles que os objetos entre o espaço molecular e penetrandosabem ser merecedores. igualmente os corpos, como um imenso oceano. 5- Minha experiência No livro Materializações Luminosas, de Rafael Ranieri, são dadas explicações desses fenômenos, Certa ocasião, estava sozinho com o médium detalhadamente.em transe na maca antes de começar a sessão de Se o leitor entrar na pesquisa Google da internetmaterialização, e vi, comovido, começar a sair o que com a palavra materialização, poderá ainda ver vídeosme parecia ser uma fumaça da região do umbigo do e fotos ilustrando esse fenômeno.médium em transe. Densa, essa espécie de fumaça Nosso objetivo aqui foi apenas o de descrever comofoi formando uma figura que me pareceu um ser isso acontece na Casa de Padre Pio. 15
  16. 16. Cruzadas do Bem 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Obs. As vogais não devem ser acentuadas e as respostas que contenham mais de 18 uma palavra devem ser escritas sem espaços em branco entre elas. As respostas estão 19 disponíveis no blog (www.casadepadrepio. blogspot.com) ou no site da Casa 20 de Padre Pio (www. padrepio.org.br).HORIZONTAIS VERTICAIS1. Faculdade de agirmos de acordo com a nossa vontade 2. Restaurar, tornar novo3. Característica de quem é puro como um anjo 3. O estudo da Natureza e da transformação dos elementos pelos6. O estudo e a interpretação mística das Escrituras da religião judaica sábios da Idade Média, anterior à Química tal como a conhecemos(Torá) 4. O cerne de um ser, substância7. Dividir com outra pessoa, participar junto com outrem 5. Atitude positiva diante da existência11. O grande intercessor, o Consolador, o Espírito Santo 6. Casa espiritualista no Rio de Janeiro que homenageia um Santo13. Aquilo que emana, desprendimento de substâncias voláteis italiano, natural de Pietrelcina16. Tratamento espiritual que visa a cura do assédio de espíritos, 8. Preceencarnados ou não 9. Atitude destemida diante do perigo ou de dificuldades18. Ideia de união entre as pessoas 10. Arcanjo líder dos Exércitos Celestiais19. Atitude de aceitação das diferenças entre as pessoas 12. Acordar20. O sentimento de irmandade, de convivência como irmãos 14. Prática terapêutica, de natureza espiritualista, que consiste no desdobramento e na dissociação dos múltiplos corpos de que seria constituído o ser humano, mediante uma sequência de comandos energéticos mentais 15. Desculpa, indulto 17. De acordo com o que é de Direito16 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  17. 17. Atividades da Casa de Padre Pio “ A oração é a melhor arma que possuímos; é a chave do coração de Deus.” Padre PioSeja bem-vindo à Casa de Padre Pio: Uma Escola de Como Viver em Deus.• Para participar dos tratamentos espirituais oferecidos pela nossa Casa é imprescindível passar pelo ATENDIMENTO FRATERNO.• Os tratamentos espirituais são gratuitos.• A Casa de Padre Pio acolhe 100 famílias carentes. Aceitamos como doação: alimentos, roupas, brinquedos, medicamentos, material escolar, etc.• Você também pode contribuir sendo um associado, ou seja, sendo um sócio contribuinte mantenedor.• Para usufruir dos tratamentos terapêuticos realizados por especialistas-voluntários, pedimos a contribuição de uma cesta básica ou o seu equivalente em recursos. Segunda-Feira 17:00 às 17:50 Meditação 72 sopros Divinos – Sala de Meditação 18:00 às 19:00 Meditação Dirigida – Sala de Meditação 18:00 às 19:15 Passes Magnéticos – Sala de Passe 19:45 às 21:30 Palestra – Auditório e Sala de Meditação Terça-Feira 15:00 às 17:00 Massagem Espiritual – Sala de Tratamento 15:30 às 18:30 Atendimento Fraterno – Sala do Atendimento Fraterno (Com distribuição de senhas) 18:00 às 20:00 Tratamento Espiritual – Sala de Tratamento 18:00 às 20:00 Meditação sobre os 4 Evangelhos – Sala de Meditação 19:15 às 21:30 Grupo de Desenvolvimento Mediúnico – Auditório 19:30 às 21:00 Reequilíbrio Espiritual Semanal – Sala de Passe Quarta-Feira 14:00 às 17:00 Atendimento Psicológico – Sala de Meditação (Via Atendimento Fraterno) 15:30 às 18:30 Atendimento Fraterno – Sala do Atendimento Fraterno (Com distribuição de senhas) 17:00 às 18:00 Atendimento com Fonoaudióloga – Sala de Passe (Via Atendimento Social) 18:00 às 19:30 Tratamento Espiritual – Sala de Tratamento 18:00 às 21:30 Apometria - Inscrição: apometriapadrepio@yahoo.com.br – Sala de Passe 19:30 às 21:00 Massagem Espiritual – Sala de tratamento 19:30 às 21:00 Estudo sobre Bhagavad-Gita – Auditório Quinta-Feira 15:00 às 17:00 Atendimento de Shiatsu/Reiki – Sala de Tratamento (Via Administração) 15:30 às 18:30 Atendimento Fraterno – Sala do Atendimento Fraterno (Com distribuição de senhas) 18:00 às 20:00 Tratamento Espiritual – Sala de Tratamento 19:00 às 20:20 Grupo de Estudos de Espiritualidade de Cabalá – Auditório 19:00 às 20:30 UCEM – Um Curso em Milagres – Sala de Passe 19:00 às 20:30 Estudo do Livro dos Espíritos (mensal) – Auditório Sexta-Feira 13:00 às 15:00 Reequilíbrio energético Polaridade – Dr. Morgan (Via Administração) 18:00 às 20:00 Reequilíbrio Espiritual Mensal – Auditório (1ª sexta-feira do mês) 18:30 às 21:00 Tratamento Espiritual (quinzenal) 19:00 às 21:00 Educação Mediúnica – Sala de Meditação 19:00 às 21:00 Estudo das Tradições Nativas (mensal) – Auditório Para sugestões, informações e doações, envie uma mensagem para: contato@padrepio.org.br ENDEREÇO: Rua Assunção, 297 – Botafogo – Rio de Janeiro – CEP 22251-030 – Tel.: 2286-7760 2ª a 5ª Feira: 9h00 às 13h00 e 14h00 às 21h30 – 6ª Feira: 9h00 às 19h00 www.padrepio.org.br 17
  18. 18. Personagens MarcantesMadeleine Delbrêl, a apóstola das ruas Não somos responsáveis pela incredulidade do nosso próximo, mas Assim, dança, brinca, vive com intenso amor pela somos responsáveis pela sua ignorância...” vida; é livre, loucamente livre. Passa a fazer cursos de História e de Filosofia na Sorbonne, onde se destaca Madeleine Delbrêl, (Conferência aos Estudantes, UNESCO - 1961) pela profunda capacidade de análise. Aos 18 anos, UMA MULHER ESCOLHIDA POR DEUS (1904/1964) conhece Jean Maydieu, impetuoso universitário, dinâmico e pensador, alegre e profundo. Apaixonam-se e planejam casar-se. Inesperadamente, ele a abandona e entra no noviciado dos Dominicanos. O caráter misterioso do encontro e da ruptura faz Madeleine confrontar seu ateísmo seguro com as certezas cristãs de Maydieu. Ela quer entender a força que o atraiu para a vida sacerdotal. Madeleine adoece, seu pai fica cego e sua mãe trabalha demais. Neste momento, ela se interroga: “Por que tanto sofrimento? Como alguém pode preferir Deus acima de tudo?” E, na busca tenaz da verdade, resolve mudar de perspectiva: “E se acaso Deus existe?... Decidi rezar... Depois, refletindo, encontrei Deus; rezando, senti que Deus se encontra comigo e que Ele é real e vivo, que pode ser amado como se ama uma pessoa.” Então, começa o seu caminho de conversão. “... o mundo inteiro me parecia pequeno e irracional e o destino dos homens, estúpido e mau. Quando soube que vivias, fiquei grata a Ti por me teres feito viver...” Assim, seu encontro com Maydieu não fora uma atração superficial, mas o sinal de uma convergência muito mais profunda. Ele, atendendo à sua vocação, levou Madeleine a compreender, pouco a pouco, o seu chamado. Madeleine considera a ideia de consagrar-se totalmente a Deus no Carmelo. Porém, o agravamento de problemas familiares e os conselhos do seu guia espiritual fazem-na entender que os planos de Deus eram outros: uma consagração total sem se retirar do mundo; ao contrário, deveria mergulhar até o fundo, “com os pés enfiados na lama”, para poder encontrá-lo no próximo que caminha pelas ruas da cidade, como sua companheira de viagem.M adeleine Delbrêl nasceu em Mussidan, cidadezinha da França, filha única de uma RUAS DA CIDADE, CAMINHOS DE DEUS família da pequena burguesia. Iniciada nocristianismo, na adolescência é influenciada pelos Madeleine começa a se engajar em atividadesambientes literários e filosóficos em que o pai a introduz, paroquiais e, com um grupo de moças, coloca-se adeixando-se seduzir pelo ateísmo e positivismo. As serviço dos mais pobres. Persegue um sentido maisconsequências desastrosas da Primeira guerra Mundial fundamental para si: reza muito e dedica-se a viver olevam-na a duvidar da existência de Deus. Evangelho e as beatitudes. Escolhe o celibato para viver Com apenas 17 anos, refletindo sobre as questões um amor exclusivo a Deus, porém como leiga, porqueexistenciais, ela escreve: “se sente chamada a viver plenamente submissa à “Alguém disse: ‘Deus está morto!’. Sua vontade e inteiramente flexível e disponível E, se é uma verdade, devemos ter a honestidade sob o impulso do Espírito Santo”. Estuda Serviçode não mais viver como se Ele estivesse vivo... Social para melhor cuidar dos outros, e, com suasDeus era eterno, hoje apenas a morte é eterna... amigas, resolvem viver em comunidade, sem seremÉ mais conveniente esgotar a própria inquietude religiosas. Querem uma vida realista, com pobreza dena infindável sequência dos prazeres imediatos...” meios, unidas a Jesus, trabalhando no bairro, vivendo18 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio
  19. 19. a caridade fraterna, a oração, a solidão, a humildade. “Parece-nos que a ação, perfeitamente realizada “Que a nossa comunidade esteja ligada à Igreja onde é exigida de nós, nos insere em toda a Igreja,como a linha numa roupa, de uma forma invisível. nos difunde em todo o seu corpo, nos tornaÉ a caridade e o amor que mantêm as partes disponíveis nela. Nossos passos seguem numa rua,unidas”. mas nosso coração bate no mundo inteiro. Cada Tratava-se de uma ideia arrojada e inovadora, até pequeno ato feito com amor nos faz encontrarprofética: leigas consagradas, inseridas no mundo e livres Deus, numa grande liberdade de espírito. Então, ade estruturas rígidas. Madeleine, com sua capacidade vida é uma festa!”de diálogo aberto e leal, consegue aproveitar ocasiões Para ela, o amor simplifica o que é difícil e facilitade encontro com os militantes comunistas e, como o que parece humanamente impossível. Por isso,assistente social, envolve-se com eles nos trabalhos Madeleine vive sua missão com tanto entusiasmo,sociais da cidade. A generosidade, a coragem, a desprendimento e dedicação. Unindo a verdade com adedicação e a eficácia deles causam-lhe admiração e bondade, faz com que as pessoas, de qualquer credoquase tentação. Mas, profundamente fiel ao Evangelho, político ou religioso, sintam-se acolhidas e amadasrejeita a ideologia e o ateísmo ativo. E, aos que a criticam gratuitamente. Consegue, assim, despertar a imagemsobre a sua perigosa convivência com os comunistas, de Deus no fundo dos corações, resgatando-lhes aela retruca: “Jesus nunca disse: ‘amarás teu próximo dignidade. Em 1995, foi introduzida no Vaticano acomo a ti mesmo, exceto os comunistas!’; e... meu causa de beatificação de Madeleine Delbrêl, pequenapróximo imediato são os comunistas...”. grande mulher do século 20, profetisa do papel dos leigos na Igreja. O AMOR FAZ DA VIDA UMA FESTA Fonte: Madeleine Delbrêl – 1904-1964 – Rues des Villes, chemins Para Madeleine, a oração é uma ação e a ação é de Dieu, Christine de Boismarmin – Nouvelle Cité - Paris - 1985 Segue, para nosso deleite, um lindo poema de Madeleine.uma oração: PoesiaPoesia – A Linguagem da AlmaSenhor, Convida-nos para dançar (Madeleine Delbrêl)Muitos santos sentiram vontade de dançar, esta vigília em que teremos sono...tão contentes estavam de viver. Dançar, por teu amor a dança do trabalho,Santa Teresa de Ávila com suas castanholas, e a do calor, e depois a do frio.São João da Cruz com o menino Jesus nos braços Se certas árias são em tom menor,e São Francisco de Assis diante do Papa. nós não diremos que são tristes,Se estivéssemos contentes Contigo, Senhor, se outras nos deixam um pouco sem fôlego,não conseguiríamos resistir não diremos que são de arrasar.a essa vontade de dançar. E se um ou outro nos esbarra, não faremos caso, sabendo que é assim mesmo quando se dança.Penso que, às vezes, estejas farto disto:de pessoas que falam de servir-Te com ares de Dá-nos viver nossa vida,comandantes, não como um jogo de xadrez, onde tudo é calculado,de conhecer-Te com ares de professores, não como uma competição onde tudo é difícil,de Te atingirem com regras de esporte, não como um teorema que nos quebra a cabeça,de Te amarem como se ama um casal de velhos. mas como uma festa sem fim,Um dia em que sentias vontade de outra coisa, onde nosso encontro se renova,Inventaste São Francisco e fizeste dele Teu jogral. como um baile, uma dança, entre os braços da Tua graça,Senhor, vem convidar-nos, na música universal do Teu Amor.estamos prontos a dançar em nossa caminhada,dançar estas contas, este jantar a preparar, 19
  20. 20. Prece Luiz Augusto de Queiroz O nde quer que estejamos, vamos recolher a palavra física e mergulhar na fonte de toda palavra, a palavra sagrada que é o silêncio. Vamos permitir, nos aquietando, penetrando em nosso templo interior, que esse silêncio inefável e profundo possa fazer soar a sua palavra, a sua voz. Simultaneamente, cada um de nós poderá se valer do instrumental divino que possui, ainda que estejamos desatentos a ele, na maior parte do tempo, nós, que somos uma centelha divina. Mas tal expressão, de tão utilizada, perdeu para muitos o seu significado profundo, algumas vezes distorcido, porque a centelha nos remete a uma partícula, a um fragmento, e, mesmo sendo verdade, pode inadvertidamente elas. Mas, toda vez que somos chamados a nos nos remeter a uma sensação de fragmentação, de voltar para dentro e sentir, na quietude, a Presença, pequenez e de ausência de poder. essa força sublime e suprema em nós, é renovada a De certa forma, somos realmente uma centelha, oportunidade para que esse instrumental sagrado mas jamais no sentido de sermos impotentes ou possa ser de forma sagrada utilizado. Isto é, fazer incapazes de manifestar a essência da natureza, de forma sagrada com que as forças sagradas e da qual somos, na qual nos movemos e existimos divinas em nós realizem a Obra que nós, como – a própria luz – atributo primeiro da Divindade. filhos e filhas do Altíssimo, estamos destinados Como inquietos que somos, o instrumental que a realizar, independente de sermos ou de nos nós, como centelhas divinas, temos à disposição, considerarmos merecedores ou pecadores. é o poder supremo e sublime que se expressa de Portanto, que esses momentos de quietude forma parcial, bloqueada, restrita, sob a forma de nos unam e, mais do que isto, nos unifiquem. Que nossos sentimentos, de nossa consciência e de possamos saborear, como quem saboreia o fruto nossos pensamentos. da árvore da vida, as verdades que se fundem Temos, ao longo das eras, restringido e viciado numa só verdade e que nos libertam com a única tais forças, de modo que, filhos pródigos, ondas e verdadeira liberdade, a do espírito, que nos afastadas da consciência do mar, não percebemos faz, como nas palavras do Mestre Inesquecível, que nossos pensamentos, aliados ao sentimento e “soprarmos como o vento para onde quisermos”. à consciência que se expande, são um instrumental E, como a lei proclama desde sempre, faça-se de origem Divina, através do qual tudo foi criado, a a luz: no momento em que cada um de nós, por partir do Todo, todos os universos, todos os seres. mais pecador que se creia, compreender, viver e Na azáfama diária em que vivemos, nos conhecer esta força e proferir o verbo, filho do esquecemos, de maneira quase completa, do poder silêncio, a ilusão se desfaz. Uma brisa desfaz a do silêncio, e sabemos, pois, não é o silêncio físico! neblina da manhã, permitindo que possamos ver o Porque a palavra sábia, o verbo, é filha do silêncio; sol em toda a sua glória. Valorizemos os momentos e só as palavras filhas do silêncio possuem o poder de silêncio que nos chamam de retorno ao lar, para do verbo em plena cotação e manifestação divinas. que a nossa palavra jamais se afaste dele; e que As palavras nascidas do desequilíbrio da divindade toda palavra que pronunciarmos tenha, em suas em nós, fruto do movimento para fora, de saída entranhas, a força suprema: a luz que vem do de um estado paradisíaco, edêmico, tais palavras silêncio. criam, em função secundária, apenas véus sobre Abençoa-nos, Senhor, e que todos nós, nosso véus e artificiam realidades que não possuem maior corpo, nosso corpo espiritual e nossa alma, essência do que aquela encarcerada no tempo em fiquemos plenos de luz para que sejamos símbolos que duram estas mesmas funções. da Tua Luz, onde quer que estejamos, onde quer Mas quando a palavra é filha do silêncio, que caminhemos. ela possui o poder libertador e remove a um tempo véu após véu. Uma só palavra, filha do Que a paz esteja conosco! silêncio luminoso profundo, que é a Presença Divina em nós, vale mais do que um milhão delas graças a Deus. a estabelecer criações falsas, mas que infelizmente possuem o poder de nos manter presos a elas, por20 Essência da Luz uma publicação bimestral da Casa de Padre Pio

×