Cross media

2.456 visualizações

Publicada em

Trabalho Cross Media Heroes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cross media

  1. 1. Cross-Media<br />Conceito<br />Transmedia<br />Exemplos<br />O conceito de Cross-Media nasceu no inícios dos anos 90, com a evolução nos meios de comunicação e média existentes no mercado e o grande “bum” das tecnologias portáteis, que veio trazer a superfície uma nova forma de apresentar ideias, conceitos, valores, formas, onde elas não se direccionam só para um meio de informação mas para vários, onde se interligam e relacionam umas com as outras de forma dinâmica e única.<br />O aparecimento deste tipo de forma de expressão cria um conjunto variados de conceitos novos. Como por exemplo o Transmedia que é basicamente contar uma historia através de múltiplas interfaces onde cada umas delas possui um nível diferente e exclusivo de informação, fazendo com que o utilizador possa interagir e criar a sua própria historia, e obrigando-o de transferir-se de meio para meio, abordando um conceito menos passivo de espectador.<br />Dentro deste conceito podemos dizer que encontramos quase todo tipo de serviços e propaganda disponível visto que é um conceito abrangidos por quase todas as áreas desde a publicidade e marketing (Nike, Lexus, Coca Cola), paginas pessoais (Jenaro Diaz), series televisivas (Heroes), Filmes (Batman: DarkKnigth) e instituições (Greenpeace), tudo é possível, todas as formas possíveis e imaginarias se tornam reais para tornar os produtos únicos, e imemoráveis, distingui-los e faze-los chegar ao publico alvo de forma interactiva e fresca.<br />
  2. 2. Heroes<br />Serie televisiva de ficção produzida pela NBC, e escrita por TimKring, que deu inicio em 25 de Setembro de 2006 e finaliza a 8 de Fevereiro de 2010.<br />Conta a historia de pessoas com características supostamente normais descobrem que possuem dentro de si a capacidades sobrenaturais (Precongnição, telekinesis, regeneração instantânea, etc)e que possuem uma ligação entre si para evitar uma serie de holocaustos acontecerem.<br />A serie apresenta uma extensão a serie, denominada “Heroes 360º experience”, mais tarde “Heroes: Evolutions”, que foi criada para explorar o universo da serie noutros media, e que contacomuma serie de revistas, sites, jogos, uma web serie entre outros elementos que complementam a serie em si. E por vezes dando a hipotese de o espectador interagircom a serie directamente.<br />
  3. 3. Conceito 360º<br />Este conceito apresenta-nos a ideia de que tudo é transferível de plataforma a plataforma, criando uma <br />Rede onde os utilizadores interagem com o objecto em questão. Neste caso a serie Heroes que se desenvolve <br />Numa serie televisiva mas que se desdobra para outros meios de forma a os telespectadores explorarem o universo <br />De uma forma única. <br />Serie<br />Utilizador (espectador)<br />Site<br />Novela Grafica<br />
  4. 4. Realidades Alternativas<br />Apesar de ser uma serie direccionada para a televisão ela projectou-se muito para alem de uma simples serie onde o telespectador fica sentado na cadeira a espera de receber a informação, ela insiste na intriga e obriga a aqueles que querem mesmo conhecer a fundo a serie a dividir-se em varias plataformas.<br />Pequenos pormenores na serie indiciam que existe algo para alem dela , como se ela se propagasse da televisão para a nossa realidade criando a ideia de uma realidade alternativa onde é possível existir esse mundo fantasioso no mundo real.<br />
  5. 5. Como é que a serie faz isso:<br />Fácil disponibiliza um numero indeterminado de links onde uma pessoa (utilizador) pode Desdobrar a historia e a desvendar que existe muito para alem do que está aos simples olhos.<br />Por exemplo no episodio 12 da primeira temporada “Godsend”, uma das personagens entrega a outra um cartão de empresa com um numero e um link de um site, ao qual é dado um grande enfoque, isto chama a atenção para procurar o que quer dizer este cartão e a incitar em sua pesquisa.<br />Ora que acontece quando a pessoa pesquisa sobre o site? O telespectador vem a ver e é real, que existe que há uma ligação com a serie, isto é só um pequeno exemplo das potencialidades da obra.<br />
  6. 6. Em 2008 a serie toma outro rumo e dá um passo ainda maior na interacção serie-espectador.<br />Ela desenvolve um projecto ligado a uma serie de “GraphicNovels” , que já disponibilizava anteriormente para contar outras historias paralelas mas que agora permite que semana a semana o telespectador escolha o futuro dessa personagem, essas escolhas vão desde a escolha do género da personagem, dos seus poderes na historia e o seu futuro como vilão ou heroi, que mais tarde ira aparecer directamente na historia e na televisão criando uma ligação intima entre a pessoa e a serie. <br />
  7. 7. Para alem disso existe uma serie de canais de participação, onde os telespectadores recebem informações exclusivas de forma muito dinâmica.<br />Por exemplo a serie criou um numero telefónico onde a pessoa recebia informações e pistas sobre a serie de forma a parecer que esta a falar com um agente da “Companhia” que lhe fornece informações especificas sobre os Herois e sobre personagens que por vezes ainda nem apareceram.<br />Disponibilizaram ainda um registo telefónico para receber mensagens por telemóvel com essa informação<br />
  8. 8. Um conjunto de sites falsos, sobre empresas pertencentes ao programa televisivo (Primatech, Yamagato) , criam a ideia de realidade, com informações sobre a serie e o background de algumas personagens da serie. Tudo complementa a serie, tudo tem um motivo.<br />Assim a serie transcende, os espectadores ficam presos a series mesmo quando ela não está no ar, obrigando a intercalar os meios que dispõem.<br />Comunicar com a serie receber informação dela produzir conteúdos para ela tudo são novas fontes de informação que passam de pessoa a pessoa, e dinamizam a relação com ela.<br />
  9. 9. Exemplos de Cross-Media na Serie<br />Heroes Evolution<br />Primatech<br />YamagatoFellowship<br />
  10. 10. HeroesWiki<br />Cisco: VideoSurveilence<br />
  11. 11. Reflexão<br />Em resumo, hoje em dia o conceito de cross-media encontra-se em todos os ramos que podemos imaginar, penso que é um passo evolutivo necessário e cujos utilizadores não vivem sem usufruir. <br />O porque disto? <br />Em parte ao grande aumento de plataformas disponíveis de media e informação acho que isso criou uma enorme vontade das pessoas quererem mexer e remexer mais a fundo em tudo, querendo tornar-se parte da historia em si, dai a que seja necessário pensar que o utilizadores já não são o que eram, logo existe a necessidade de mudar, penso que hoje em dia qualquer projecto multimédia, publicidade ,etc deve pensar no cross media como a ferramenta necessária para transcender. <br />Penso que o cross-media é a evolução da apresentação da ideia e acho que a verdadeira fonte de informação. Porque é o “conhecimento que gera conhecimento”<br />
  12. 12. http://www.slideshare.net/stepaola/transmedia-storytelling<br />http://www.trentin.com.br/cross-media.php<br />http://heroeswiki.com/Main_Page<br />http://www.nbc.com/heroes/evolutions/<br />http://www.primatechpaper.com<br />http://votepetrelli.com/<br />Nelson Fernandes<br />Nº:41115<br />

×