SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Enforcamento: A vítima é
pendurada por uma corda à volta do
pescoço, cuja pressão provoca asfixia.
Serrote: A vítima era atada pelos pés de
cabeça para baixo de modo a obter a máxima
oxigenação cerebral e atrasar a inevitável
perda de sangue, deste modo ela só perdia a
consciência quando a serra lha atingisse o
umbigo, ou às vezes até o peito.
Cadeira eléctrica: O condenado é imobilizado
numa cadeira, sofrendo depois tensões eléctricas de
20.000 volts.
Fogueira: O condenado é queimado vivo.
Roda - Depois de atado a uma roda, o
condenado é vítima de golpes.
Estrangulamento: O condenado é
estrangulado.
Empalamento: Um pau pontiagudo
penetra pelo orifício anal do condenado,
até à boca, peito ou costas.
Esfolamento: Mata-se a vítima tirando -lhe a
pele.
Inanição: O condenado é deixado, de
alguma forma, ao abandono e sem
alimentos.
Mesa de Esventramento: Este terrível suplício era feito numa mesa sobre a qual havia uma roldana
e um sistema de cordas e pequenos ganchos. O carrasco abria o ventre da vítima, que se encontrava
amarrada sobre a tábua de maneira a não poder debater-se, em seguida introduzia os ganchos na
abertura prendendo-os firmemente às entranhas do condenado. Ao manipular a roldana, as entranhas
da vítima eram lentamente puxadas para fora, com ela ainda viva. Esta agonia podia prolongar-se por
horas e até dias.
Afogamento - O condenado é afogado.
Apedrejamento - Lançam-se pedras sobre o condenado, até à sua morte.
Arrancamento - Os quatro membros são arrancados do corpo.
Câmara de Gás - O condenado é colocada numa câmara, no qual se liberta
um gás mortífero
Decapitação - A cabeça é decepada.
Degola - Corta-se a garganta ao condenado.
Enfossamento - O condenado é lançado para um buraco e tapado com terra.
Esmagamento - O corpo é total ou parcialmente sujeito a uma forte pressão,
quebrando os ossos e esmagando órgãos.
Flechas - Arqueiros atingem o condenado com flechas.
Fuzilamento - Um pelotão dispara sobre o condenado.
Injecção letal - Administra-se no condenado uma mistura fatal de produtos
químicos, por via intravenosa.
Perfuração do ventre - Consiste em furar o ventre.
Precipitação - O corpo é lançado de um monte.
Retalhamento - Cortam-se partes do corpo do condenado, até o matar.
Vergastação - O condenado é chicoteado até à morte.
Existem muitos mais métodos de pena de morte tais como:

Mais conteúdo relacionado

Mais de Neil Azevedo

Apresentacao modulo 5
Apresentacao   modulo 5Apresentacao   modulo 5
Apresentacao modulo 5Neil Azevedo
 
Palestra ahsfra (1)
Palestra ahsfra (1)Palestra ahsfra (1)
Palestra ahsfra (1)Neil Azevedo
 
Aula origem da vida
Aula   origem da vidaAula   origem da vida
Aula origem da vidaNeil Azevedo
 
Placa mãe e barramentos
Placa mãe e barramentosPlaca mãe e barramentos
Placa mãe e barramentosNeil Azevedo
 
Apresentação coca cola
Apresentação   coca colaApresentação   coca cola
Apresentação coca colaNeil Azevedo
 
10 razões contra o aborto
10 razões contra o aborto10 razões contra o aborto
10 razões contra o abortoNeil Azevedo
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloNeil Azevedo
 
Sistema digestório com imagens
Sistema digestório com imagensSistema digestório com imagens
Sistema digestório com imagensNeil Azevedo
 
Incentivo ao esporte
Incentivo ao esporteIncentivo ao esporte
Incentivo ao esporteNeil Azevedo
 
Variação linguística de são paulo
Variação linguística de são pauloVariação linguística de são paulo
Variação linguística de são pauloNeil Azevedo
 
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02Neil Azevedo
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloNeil Azevedo
 
Circunferências, arcos e ângulos
Circunferências, arcos e ângulosCircunferências, arcos e ângulos
Circunferências, arcos e ângulosNeil Azevedo
 

Mais de Neil Azevedo (20)

Codevasf
CodevasfCodevasf
Codevasf
 
Apresentacao modulo 5
Apresentacao   modulo 5Apresentacao   modulo 5
Apresentacao modulo 5
 
Palestra ahsfra (1)
Palestra ahsfra (1)Palestra ahsfra (1)
Palestra ahsfra (1)
 
Aula origem da vida
Aula   origem da vidaAula   origem da vida
Aula origem da vida
 
Placa mãe e barramentos
Placa mãe e barramentosPlaca mãe e barramentos
Placa mãe e barramentos
 
Apresentação coca cola
Apresentação   coca colaApresentação   coca cola
Apresentação coca cola
 
10 razões contra o aborto
10 razões contra o aborto10 razões contra o aborto
10 razões contra o aborto
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
 
Mi coca cola
Mi coca colaMi coca cola
Mi coca cola
 
148 arq
148 arq148 arq
148 arq
 
Sistema digestório com imagens
Sistema digestório com imagensSistema digestório com imagens
Sistema digestório com imagens
 
Incentivo ao esporte
Incentivo ao esporteIncentivo ao esporte
Incentivo ao esporte
 
Circo
CircoCirco
Circo
 
Variação linguística de são paulo
Variação linguística de são pauloVariação linguística de são paulo
Variação linguística de são paulo
 
Maconha
MaconhaMaconha
Maconha
 
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
 
17
1717
17
 
Circunferências, arcos e ângulos
Circunferências, arcos e ângulosCircunferências, arcos e ângulos
Circunferências, arcos e ângulos
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 

Métodos históricos de pena de morte

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Enforcamento: A vítima é pendurada por uma corda à volta do pescoço, cuja pressão provoca asfixia. Serrote: A vítima era atada pelos pés de cabeça para baixo de modo a obter a máxima oxigenação cerebral e atrasar a inevitável perda de sangue, deste modo ela só perdia a consciência quando a serra lha atingisse o umbigo, ou às vezes até o peito.
  • 10. Cadeira eléctrica: O condenado é imobilizado numa cadeira, sofrendo depois tensões eléctricas de 20.000 volts. Fogueira: O condenado é queimado vivo. Roda - Depois de atado a uma roda, o condenado é vítima de golpes.
  • 11. Estrangulamento: O condenado é estrangulado. Empalamento: Um pau pontiagudo penetra pelo orifício anal do condenado, até à boca, peito ou costas.
  • 12. Esfolamento: Mata-se a vítima tirando -lhe a pele. Inanição: O condenado é deixado, de alguma forma, ao abandono e sem alimentos. Mesa de Esventramento: Este terrível suplício era feito numa mesa sobre a qual havia uma roldana e um sistema de cordas e pequenos ganchos. O carrasco abria o ventre da vítima, que se encontrava amarrada sobre a tábua de maneira a não poder debater-se, em seguida introduzia os ganchos na abertura prendendo-os firmemente às entranhas do condenado. Ao manipular a roldana, as entranhas da vítima eram lentamente puxadas para fora, com ela ainda viva. Esta agonia podia prolongar-se por horas e até dias.
  • 13. Afogamento - O condenado é afogado. Apedrejamento - Lançam-se pedras sobre o condenado, até à sua morte. Arrancamento - Os quatro membros são arrancados do corpo. Câmara de Gás - O condenado é colocada numa câmara, no qual se liberta um gás mortífero Decapitação - A cabeça é decepada. Degola - Corta-se a garganta ao condenado. Enfossamento - O condenado é lançado para um buraco e tapado com terra. Esmagamento - O corpo é total ou parcialmente sujeito a uma forte pressão, quebrando os ossos e esmagando órgãos. Flechas - Arqueiros atingem o condenado com flechas. Fuzilamento - Um pelotão dispara sobre o condenado. Injecção letal - Administra-se no condenado uma mistura fatal de produtos químicos, por via intravenosa. Perfuração do ventre - Consiste em furar o ventre. Precipitação - O corpo é lançado de um monte. Retalhamento - Cortam-se partes do corpo do condenado, até o matar. Vergastação - O condenado é chicoteado até à morte. Existem muitos mais métodos de pena de morte tais como: