Reforma Protestante (7º ANO -2015)

2.109 visualizações

Publicada em

Reforma Protestante (7º ANO -2015)
Material para estudo de História.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Reforma Protestante (7º ANO -2015)

  1. 1. REFORMA PROTESTANTE Ocorreu no século XVI e representou a divisão da Igreja Católica no Ocidente.
  2. 2. REFORMA PROTESTANTE No século XVI a Igreja Católica se mostrava completamente dos ideais do cristianismo. A prática da simonia (compra de cargos eclesiásticos) era comum. E grande parte dos seus membros estava na Igreja por outros interesses.
  3. 3. REFORMA PROTESTANTE A nova realidade do final da Idade Média, criou um clima de questionamento que propiciou a Reforma. Entre os principais acontecimentos estão: - Renascimento comercial; - Surgimento da burguesia; - Grandes navegações; - Invenção da imprensa.
  4. 4. O Renascimento Cultural rompeu com os padrões doTEOCENTRISMO, onde o mundo era visto sob uma perspectiva divina. O ser humano foi elevado a uma condição suprema e se tornou o centro dessa cultura que foi humanista e ANTROPOCÊNTRICA.
  5. 5. REFORMA PROTESTANTE No século XVI a igreja acelerou aVENDA DAS INDULGÊNCIAS prometendo o perdão e o acesso ao paraíso. Fato que gerou críticas e levou a movimentos de contestação da Igreja Católica.
  6. 6. REFORMA PROTESTANTE (ALEMANHA) Lutero era um monge católica que questionou a venda de indulgências. Assim em 1517 pregou na porta da Igreja deWittenberg 95 teses propondo mudanças para Igreja Católica. Entre as suas principais críticas estavam: - a venda das indulgências; - o celibato; - o culto aos santos e a virgem Maria.
  7. 7. Na concepção de Lutero só quem dá o perdão é Deus e a fé é o grande caminho da salvação.
  8. 8. QUEM ERAM ESSES PODEROSOS? OS PRÍNCIPESALEMÃES. O QUE ELES QUERIAM? ASTERRAS DA IGREJA. A BURGUESIAAPOIOU LUTERO? ELA NÃOTINHA FORÇA POLÍTICA, naquela momento. Os escritos de Lutero rapidamente se propagaram e a Igreja Católica hesitou em puni-lo. Além disso, os poderosos lhe apoiaram. Em 1520, a Igreja excomungou Lutero mas já era tarde.
  9. 9. REFORMA PROTESTANTE Reforma desencadeou uma crise dividindo a Alemanha. O norte seguiu Lutero e sul defendeu a Igreja Católica.
  10. 10. Princípios da Igreja Luterana  A salvação se alcança unicamente pela fé e não pelas obras;  A bíblia era a única fonte de fé e deve ser interpretada livremente por todos;  Só existem dois sacramentos (batismo e eucaristia);  Recusa a autoridade do papa, do culto aos santos, da Virgem e do celibato.
  11. 11. REFORMA PROTESTANTE O conflito só foi encerrado com a Paz de Augsburgo, em 1555. A partir desse momento, os príncipes poderiam escolher a religião em seus domínios.
  12. 12. REFORMA PROTESTANTE Além de Lutero outros movimentos de contestação surgiram e desafiaram o poder da Igreja Católica. Entre ele citam-se:  CALVINISMO na Suíça por João Calvino.  ANGLICANISMO na Inglaterra por HenriqueVIII.
  13. 13. REFORMA PROTESTANTE Vídeo do filme: LUTERO https://www.youtube.com/watch?v=PlP-Xt4LLNg
  14. 14. CALVINISMO  O Calvinismo foi a doutrina protestante criada por João Calvino no século XVI, fruto de suas observações e aprofundamento na doutrina criada por Martinho Lutero.  Calvino cria uma nova proposta religiosa e a implementa primeiramente em Genebra, na Suíça. Mas suas ideias tiveram maior alcance na França, seus seguidores são chamados de huguenotes e na Inglaterra de puritanos (ou presbiterianos).
  15. 15. CALVINISMO  O Calvinismo tem como principal temática a predestinação (o ser humano foi criado por Deus com um destino traçado, ou seja, a condenação ou a salvação).  Essa doutrina será defendida amplamente e pelos burgueses , pois essa nova religião pregava que quanto mais “privilegiada” uma pessoa fosse mais essa estaria no caminho da salvação. E, ao contrário disto, os pobres e desafortunados eram escolhidos para a perdição.
  16. 16. ANGLICANISMO Esse movimento ficou conhecido como Reforma Anglicana devido a decisão do rei inglês rei HenriqueVIII, de mudar a religião oficial do país, tornando oficial uma igreja por ele, através do Ato de Supremacia. O anglicanismo tem ritos similares ao do catolicismo, mas seu chefe supremo seria monarca inglês.
  17. 17. Tal mudança foi promulgada em 1534, e deriva da recusa do papa em aceitar o divórcio de Henrique e sua primeira esposa, a rainha espanholaCatarina de Aragão. O resultado é o rompimento do rei inglês com a Igreja Católica. O rompimento trazia a vantagem de acabar com a influência da igreja na política da Inglaterra e deixava a nobreza local livre para apossar-se das terras e dos bens da igreja. Esses fatores serviriam para fortalecer o poder da monarquia inglesa. ANGLICANISMO
  18. 18. Contrarreforma, também conhecida por Reforma Católica é o nome dado ao movimento que surgiu no interior da Igreja Católica em reposta aos movimentos protestante que surgiram e cresciam na Europa. CONTRARREFORMA Entre 1545 e 1563 foi realizado o Concílio deTrento, na Itália. Esse encontro das principais autoridades católicas tinha por objetivo redefinir o posicionamento da Igreja em relação à sua doutrina religiosa, bem como encontrar meios de frear o avanço do protestantismo pela Europa.
  19. 19. O Concílio deTrento (1545 e 1563 ), na Itália.
  20. 20. Dentre as medidas tomadas no Concílio deTrento estão: - A venda de indulgências, deveria ser evitada; - Criação dos seminários; - Criação do Index (Index Librorum Prohibitorum); - Inquisição; - Companhia de Jesus (Inácio de Loyola); - Criação do catecismo. CONTRARREFORMA
  21. 21. Por outro lado, o que ocorreu foi a afirmação dos dogmas religiosos católicos. O princípio da salvação pela fé e boas obras foi mantido, mesmo após as críticas de Martinho Lutero. O culto àVirgem Maria e aos santos foi reafirmado, bem como a existência do purgatório. A crença católica manteria as duas origens: a Bíblia e as tradições transmitidas pela IgrejaCatólica, bem como os 7 sacramentos (batismo, confirmação (ou crisma), eucaristia, reconciliação (ou penitência), unção dos enfermos, ordem e matrimônio). CONTRARREFORMA

×