O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Teste sobre «O Cavaleiro da Dinamarca»

8.169 visualizações

Publicada em

Teste para o 7º ano, sobre a obra de Sophia de Mello Breyner, «O Cavaleiro da Dinamarca».

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Teste sobre «O Cavaleiro da Dinamarca»

  1. 1. https://descomplicarportugues.blogspot.com | Nádia Monteiro Grupo I Parte A Lê o texto seguinte. Verdades e Mitos sobre Veneza Veneza é uma cidade que não admite meio termos. Você tem duas possibilidades: amá-la desde o primeiro instante ou ter todas as suas expetativas desfeitas pela sua imensa diversidade. Pudera, uma cidade construída sobre as águas, desafiando os incrédulos e criando uma rotina única e peculiar para quem vive por ali, não pode mesmo ser um consenso. Recebo alguns relatos apaixonados e outros nem tanto. Decerto, passear pela cidade por um ou dois dias é muito pouco para tirar conclusões. Pensando em quem veio e amou, em quem veio e não teve uma boa experiência, mas também em quem ainda não conhece e sonha em conhecer, resolvi tentar esclarecer alguns mitos e verdades sobre Veneza. Veneza cheira mal Algumas pessoas pensam que Veneza cheira mal, mas este é mais um dos mitos que existem sobre a cidade. O que pode acontecer é que nos dias mais quentes do verão, a maré baixa possibilite o contato das algas da laguna com a atmosfera e sua consequente deterioração. Geralmente o fato acontece na zona de Porto Marghera,do outro lado da ponte que liga a “terra ferma” à ilha. […] Veneza está desaparecendo Todo mundo escuta a história de que a cada ano Veneza desaparece alguns centímetros. O fenômeno da “acqua alta”, ou seja, da maré alta, faz parte do quotidiano dos venezianos nos meses invernais. O vento que sopra do Adriático traz uma maior quantidade de água na Laguna. O normal é que a maré suba +80 cm e quando isso acontece, os pontos mais baixos da cidade, como Praça SãoMarcos,sãoafetados.Amaré alta dura cerca de 3 a 4 horas e logo depois a cidade volta à normalidade. Geralmente colocam-se passarelas nos pontos afetados e as pessoas podem caminhar sem se molhar. […] Retirado de http://italiaperamore.com/verdades-e-mitos-sobre-veneza/ [janeirode 2017] Teste de avaliação – 7º ano Nome: _____________________________________________ Turma:_________ nº _____
  2. 2. https://descomplicarportugues.blogspot.com | Nádia Monteiro 1. Para cada um dos itens que se seguem, escreve,na folha de repostas, o número do item e a letra correspondente à opção que completa cada afirmação de acordo com o sentido do texto. 1.1 Relativamente a Veneza, apenas podemos… a. Ama-la ou odia-la. b. Ficar-lhe indiferente. c. Guarda-la na memória. d. Ama-la e ficar-lhe rendido. 1.2 A autora resolveu escrever este artigo para tentar… a) Dissipar alguns mitos sobre a cidade de Veneza. b) Esclarecer algumas dúvidas sobre a cidade. c) Mostrar como é a cidade a todos os que ainda não a visitaram. d) Mostrar os mitos e verdades sobre Veneza a todos os interessados. 1.3 Um dos mitos mais conhecidos é o de que Veneza cheira mal. A autora explica-nos que esta situação acontece porque… a) O sistema de esgotos de Veneza vai dar diretamente aos canais. b) As algas apodrecem e espalham o seu cheiro todo o ano. c) A cidade não limpa os canais, deixando as algas apodrecerem. d) As algas aparecem no verão e o calor faz com que se deteriorem. 1.4 Veneza “desaparece” cada dia um pouco mais, porque… a) O mar tem um período de maré alta, o que faz com que se inundem os lugares. b) O degelo está a acelerar. c) O vento cria ondas que inundam as partes mais baixas da cidade. d) A maré alta dura mais tempo do que o previsto. 1.5 Durante os períodos de inundação,… a) Os venezianos ficam muito assustados. b) Os venezianos mantem a normalidade. c) Os venezianos alteram os seus comportamentos. d) Os venezianos não saem à rua.
  3. 3. https://descomplicarportugues.blogspot.com | Nádia Monteiro Parte B 1. Lê o seguinte excerto da obra O Cavaleiro da Dinamarca. E Vanina, jovem e bela e sem amor, suspirava naquele palácio. Mas um dia chegou a Veneza um homem que não temia Jacob Orso. Chamava-se Guidobaldo e era capitão dum navio. O seu cabelo preto era azulado como a asa dum corvo, e a sua pele estava queimada pelo sol e pelo sal. Nunca no Rialto passeara tão belo navegador. Ora certa noite Guidobaldo passou de gôndola por este canal. Sentiu no ar um maravilhoso perfume, levantou a cabeça e viu Vanina a pentear os cabelos. Aproximou o seu barco da varanda e disse: — Para cabelos tão belos e tão perfumados era preciso um pente de oiro —. Vanina sorriu e atirou-lhe o seu pente de marfim. Na noite seguinte à mesma hora, o jovem capitão tornou a deslizar de gôndola ao longo do canal. Vanina sacudiu os cabelos e disse-lhe: — Hoje não me posso pentear porque não tenho pente. — Tens este que eu te trago e que mesmo feito de oiro brilha menos do que o teu cabelo. Então Vanina atirou-lhe um cesto atado por uma fita onde Guidobaldo depôs o seu presente. E daí em diante a rapariga mais bela de Veneza passou a ter um namorado. […] Na manhã seguinte as aias descobriram a ausência de Vanina e correram a prevenir o tutor. […] Jacob Orso olhou para a distância. O navio já não se avistava, pois a brisa soprava da terra.Aságuasestavam verdes,claras,ligeiramente ondulantes, cobertasde manchas corde prata. O tutor e Arrigo queixaram-se à Senhoria de Veneza e ao doge. Depois mandaram quatro navios à procura dos fugitivos: um que navegou para Norte,outro que navegou para Oriente,outro que navegou para o Sul, outro que navegou para Ocidente. Maso mar é grande e há muitos portos, muitas baías, muitas cidades marítimas, muitas ilhas. E Vanina e Guidobaldo nunca mais foram encontrados. 2. Contextualiza este excerto na obra a que pertence. 3. Identifica o narrador da história de Vanina. 3.1 Indica a quem é contada a história. 4. Localiza a ação no espaço. Justifica a tua resposta com elementos textuais.
  4. 4. https://descomplicarportugues.blogspot.com | Nádia Monteiro 5. Caracteriza física e psicologicamente as duas personagens principais deste episódio, justifica a tua resposta com passagens textuais. 6. “O seu cabelo era preto azulado como a asa de um corvo, e a sua pele estava queimada pelo sol e pelo sal”. 6.1 Identifica as figuras de estilo presentes na citação acima transcrita. 6.2 Explica o seu valor expressivo. Grupo II 1. Passa as seguintes frases para o discurso direto e/ou indireto. a. – Cavaleiro, fica comigo e eu dar-te-ei um bom emprego. b. O Cavaleiro passeava por Veneza quando disse ao Doge que aquela cidade era a mais bela que já tinha visto. c. O Cavaleiro falava com os frades daquele convento baixinho «eu tenho de ir embora para a minha terra». 2. Identifica as funções sintáticas dos elementos sublinhados nas seguintes frases. a. Vanina era a mais bela moça de Veneza. b. Vanina não gostava de Arrigo. c. – Vanina, chega aqui, por favor. d. Em Veneza, o Cavaleiro comprou presentes à sua esposa. 3. Observa os predicados destacados em cada frase e indica o item (de 1 a 5) que permite identificar a sua constituição. a.O Cavaleiro avança cautelosamente. b.Todos gostavam do peregrino. c.O lenhador ofereceu-lhe dormida. d.Naquela noite, a floresta gelava. e.O Cavaleiro procurava o rio. f.O Cavaleiro viu a sua casa ao longe. 1. Verbo + C. Direto 2. Verbo + C. Indireto e C. Direto 3. Verbo 4. Verbo + Modificador 5. Verbo + C. Direto 6. Verbo + C. Direto + Modificador
  5. 5. https://descomplicarportugues.blogspot.com | Nádia Monteiro Grupo III Considerando o conhecimento que tens da obra O Cavaleiro da Dinamarca, de Sophia de Mello Breyner, elabora uma carta em que o Cavaleiro relate, ao amigo mercador de Veneza, o seu regresso a casa. O texto deverá conter a estrutura especifica e apresenta uma organização logica. Este deverá ter um mínimo de 150 e um máximo de 200 palavras. Boa Sorte  A professora Cotações Parte A 1.1 ……...…………………………………………………….…………………… 4 pontos 1.2 ……...…………………………………………………………………………. 4 pontos 1.3 ……...…………………………………………………………………………. 4 pontos 1.4 ……...……………………………………………………………………….… 4 pontos 1.5 ……...……………………………………………………………………….… 4 pontos Parte B 1 ……...…………………………………………………………………… 6 pontos 2 ……...…………………………………………………………………… 2 pontos 2.1 ………………………………………………………………………… 2 pontos 3 ……...…………………………………………………………………… 6 pontos 4 ……...…………………………………………………………………… 6 pontos 5.1 ……...…………………………………………………………………. 3 pontos 5.2 ……...…………………………………………………………………. 5 pontos Grupo II 1 ……...…………………………………………………………………… 6 pontos 2 ……...…………………………………………………………………… 8 pontos 3 ……...…………………………………………………………………… 6 pontos Grupo III ……...…………………………………………..……………… 30 pontos Total ……...…………………………………………………………...… 100 pontos

×