7o ano ficha porto editora

35.770 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
15 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
35.770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
110
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.269
Comentários
0
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7o ano ficha porto editora

  1. 1. FICHA 1TERRA NO ESPAÇO1. UNIVERSO CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Preenche os espaços de acordo com as afirmações e descobre a 4. “A Estrela Polar tem extrema importância para nós, habitantes do palavra oculta. hemisfério norte.” Comenta a afirmação. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 5. Descobre as palavras que se encontram com as sílabas trocadas e1. Astro com luz própria. que se relacionam com o Universo. Como ajuda, a primeira sílaba começa com letra maiúscula.2. Grupo de estrelas unidas por uma linha imaginária que forma uma figura. ne Pla ta tre la Es3. Estrela que nos indica o Norte. me Co ta li Sa te té4. Forma da Via Láctea.5. Grande explosão que deu origem ao Universo. rói As de te cên tri Geo ca6. Conjunto de todos os elementos que fazem parte do Universo. lo bu Ne sa xi a Ga lá2. Classifica as seguintes frases em verdadeiras (V) ou falsas (F) e 6. Associa correctamente as duas colunas. corrige as últimas de forma que estas se tornem cientificamente correctas. Coluna I Coluna II A – O planeta Terra é um planeta com luz própria. A. Ano-luz 1. Grupo de estrelas que, unidas por traços imaginá- B. Estrelas rios, formam figuras no céu. B – Nicolau Copérnico desenvolveu uma teoria que afirmava que C. Constelações 2. Aglomerado de galáxias. todos os astros giravam à volta da Terra. 3. Astros constituídos por aglomerados de poeiras, D. Enxame de galáxias gases solidificados e gelo. C – No Universo existe muito espaço vazio. E. Cometas 4. Fragmentos de matéria que se desprendem dos F. Meteoróides cometas. D – A Estrela Polar pertence à constelação Ursa Maior. 5. Distância percorrida pela luz durante um ano. E – Galileu Galilei confirmou a teoria defendida por Nicolau 6. Astros que emitem luz e calor. Copérnico, utilizando o seu telescópio astronómico. F – Os meteoróides são pequenos pedaços de rocha que se movem em torno do Sol e que se encontram na sua maioria entre Marte e Júpiter. 7. Completa. Modelo3. Associa correctamente as duas colunas. Coluna I Coluna II Sol • Terra • • Corpos luminosos consiste defendido por consiste defendido por Vega • Cometa • Cláudio Planetas giram Ptolomeu em torno do Sol Mercúrio • Alfa de Centauro • • Corpos iluminados Lua •
  2. 2. FICHA 2TERRA NO ESPAÇO1. UNIVERSO CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Considera os seguintes esquemas: 3. 3.1. Diz o que entendes por galáxia. 3.2. Como sabes, as galáxias podem ter diferentes tamanhos e formas. Indica que tipo de formas podem ter as galáxias. Esquema A Esquema B Une as estrelas com linhas. Indica os nomes das constelações dos diferentes esquemas. 3.3. Como se chama a galáxia à qual pertence o nosso planeta? Esquema A – Esquema B –2. Completa o mapa de conceitos com os termos que se seguem. 4. A Alfa de Centauro é uma estrela que fica aproximadamente a 4,4 anos-luz da Terra. A quantos quilómetros se encontra esta estrela do planeta Terra? Via Láctea Estrelas Irregulares Gases Anos-luz Elípticas Astros Galáxias Espirais barradas Luz própria Parsec Poeiras Espirais Unidades Astronómicas Universo as distâncias podem ser medidas é formado por 5. A Lua dista da Terra 384 000 km. Indica o valor desta distância em unidades astronómicas. que são podem ser aglomerados de classificadas em 6. A distância de Plutão ao Sol é de 39,4 UA. Qual é o valor desta dis- tância em quilómetros? são como a com
  3. 3. FICHA 3TERRA NO ESPAÇO2. SISTEMA SOLAR CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. A seguinte figura apresenta diversos astros que constituem o 4. Observa a seguinte tabela: nosso Sistema Solar. Distâncias dos planetas ao Sol (UA) Planetas 0,72 Vénus 5,20 Júpiter 19,2 Úrano 39,4 Plutão 1,52 Marte 9,52 Saturno1.1. Ordena os planetas por ordem crescente da distância ao Sol. 0,39 Mercúrio 1,0 Terra 29,9 Neptuno1.2. Indica: 4.1. Como podes verificar pela tabela anterior, Mercúrio é o planeta que a) os planetas terrestres; e) o planeta que tem mais luas; se encontra mais próximo do Sol. Exprime a distância de Mercúrio b) o maior planeta; f) o planeta mais quente à superfície; ao Sol em quilómetros. c) o menor planeta; g) os planetas gasosos; d) os outros astros h) os planetas que não têm luas. representados no esquema; 4.2. Qual o planeta mais frio? Justifica de acordo com os dados da tabela.2. Procura na sopa de letras A T E R T C T V A V É N S T os nove planetas do N E T J J Ú P I T E R E B A Sistema Solar. D J A Ã J P C É L I T O B A M Ú P S R É T E P L U T Ã O A P P O T I E R I T O F A T R T T N U L R J A J O I Ú O 5. Observa as figuras que se seguem. O S O A A T R O P A N T T I P A P R T M A R T E U S A R L T R Ú S S Ã R T E T Ã R Ú A R A U L C T Ú J B P L U C T C N U S Ã O T É I E P A R I É I U T S A T U R N O T E V O T S Ã T S A S J A P U M3. Completa as frases que se seguem, de forma que estas se tornem cientificamente correctas. A B O nosso planeta, , conhecido como o planeta azul, pertence ao . 5.1. Identifica os corpos celestes apresentados. O Sistema Solar é constituído pelo , pelos , por , por , e . O maior planeta do Sistema Solar é e o menor é . 5.2. Indica a constituição do corpo apresentado na figura B. Aos planetas , , e chamamos planetas terrestres, uma vez que estes possuem uma parte sólida, tal como a Terra. Aos planetas , , 5.3. Localiza o corpo apresentado na figura A, no Sistema Solar. e chamamos planetas gasosos. Entre Marte e Júpiter existe a .
  4. 4. FICHA 4TERRA NO ESPAÇO3. PLANETA TERRA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Completa. 3. Completa. 2. Planetas 1. 3. 4. têm 1. 2. 3. 4.Horizontal Vertical1. Diferentes formas que a Lua 1. Movimento da Terra em torno do apresenta quando é observada seu eixo. em torno do em torno do da Terra. 2. Movimentos periódicos das2. Ocorre quando a Terra se inter- águas do mar pelos quais o nível põe entre o Sol e a Lua, na fase da água sobe ou desce em vir- Sol de lua cheia. tude da força gravitacional exer-3. Ocorre quando a Lua se interpõe cida pela Lua e pelo Sol. entre a Terra e o Sol, na fase de 3. Ocultação total ou parcial de um dá origem dá origem lua nova. astro.4. Movimento da Terra em torno do 4. Satélite natural da Terra. Sol. Dias e noites2. Considera as seguintes figuras: 4. Classifica as seguintes frases em verdadeiras (V) ou falsas (F) e corrige as últimas de forma que estas se tornem cientificamente correctas. A – O peso da Rita no planeta Júpiter é menor do que o medido no planeta Terra. A B C D E B – Uma maçã de massa 200 g pesa na Terra aproximadamente 2 N. C – Um alpinista subiu ao monte Evereste e o seu peso diminuiu. D – A Ana deslocou-se ao Pólo Norte para visitar o Pai Natal.2.1. Faz a legenda das fases da Lua apresentadas nas figuras. Quando saiu de casa pesava 500 N. Ao longo da viagem verificou que o seu peso diminuiu.2.2. Ordena pela ordem que surgem as representações indicadas ante- E – O peso é tanto maior quanto maior for a latitude do local em riormente. que um determinado corpo se encontra. F – O peso de um determinado corpo não depende do lugar da Terra onde se encontra. G – A força gravitacional entre a Lua e um corpo na sua superfície é menor do que a força gravitacional entre esse corpo e a Terra.2.3. Indica e desenha a fase da Lua que ocorre entre as figuras A e B. 5. O Brutus perseguiu o Popeye e a Olívia Palito enquanto estes pas- seavam alegremente pelo campo. A dada altura, o Popeye foi pro- curar lenha para fazer uma fogueira e foi então que o Brutus, do alto de uma montanha, lhe arremessou uma grande pedra. Popeye, depois de fazer um enorme esforço para retirar a pedra que lhe caiu em cima, mesmo não tendo por perto os seus espina- fres, conseguiu libertar-se.2.4. Completa, indicando a letra correspondente: 5.1. Imagina agora que o Popeye tinha sido atingido na Lua pela mesma pedra e também não tinha espinafres por perto. Achas que teria sido a) o eclipse lunar ocorre, por vezes, na fase descrita por , quando mais fácil ou mais difícil libertar-se? Justifica a tua resposta. a Terra se encontra entre o Sol e a Lua. 5.2. Se o valor da massa da pedra na Terra fosse de 500 kg, conseguias b) o eclipse solar ocorre, por vezes, na fase descrita por , quando saber qual o seu valor quando ela se encontra na Lua? Em caso a Lua está, exactamente, entre a Terra e o Sol. afirmativo, diz qual é o valor, justificando a tua resposta.
  5. 5. FICHA 5TERRA EM TRANSFORMAÇÃO1. MATERIAIS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Identifica o material de laboratório apresentado na figura. 4. Classifica os materiais que se seguem em naturais ou manufactu- rados. Assinala com um X. Material Natural Manufacturado 12. 13. Vidro 4. 8. 3. 5. 7. Rocha Água gaseificada Cadeira 11. 6. Oxigénio 1. 2. 9. 10. Plástico 1– 8– Proteína 2– 9– 3– 10 – 4– 11 – 5. Do conjunto de materiais apresentados, agrupa-os em substâncias e em mistura de substâncias. 5– 12 – 6– 13 – Oxigénio Xarope Tinta permanente Ouro comercial Sangue Cloro Areia Bolo 7–2. 6. Selecciona entre as misturas seguintes as homogéneas, heterogé-2.1. Indica o significado de cada um dos sinais de perigo. neas ou coloidais. Água e álcool Maionese Iogurte Gás natural Tintura de iodo Vinagre e azeite Aço Perfume Leite com cereais Queijo Água e petróleo Tintas Chantili Pasta dos dentes Aliança de ouro Salada de frutaA- C- E- 7. Indica o estado físico. B A B- D- C2.2. Refere as precauções que deves tomar com um produto que conte- nha o símbolo B no seu rótulo. A- B- C– 8. O esquema seguinte representa as mudanças de estado físico da3. Assinala como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes frases matéria. Completa o esquema. corrigindo as últimas, de forma que constituam algumas regras de segurança no laboratório. A – Nunca cheires directamente uma substância. B – Nunca mistures substâncias sem o conhecimento do professor. C – Deves encher o tubo de ensaio até cima antes de ser aquecido. Sólido Líquido Gasoso D – Força a introdução de uma rolha num material de vidro. E – Não coloques recipientes nas chamas quando esses não foram produzidos para o efeito.
  6. 6. FICHA 6TERRA EM TRANSFORMAÇÃO1. MATERIAIS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Na sala de Matemática, a Juliana encontrou diversos cubos de 3.5. De todas as substâncias, indica a substância mais volátil (substân- diferentes materiais, mas com o mesmo volume (V = 4,0 cm3). cia que se evapora mais facilmente). Material Madeira Vidro Cobre Alumínio 3 Massa volúmica (g/cm ) 0,6 2,5 19,0 2,7 3.6. Será que a água apresentada na tabela é pura?Ajuda a Juliana a:1.1. ordenar os cubos por ordem crescente da sua massa;1.2. calcular a massa do cubo de cobre.2. A Micaela, durante as arrumações, encontrou no baú uma esfera 4. O gráfico que se segue apresenta a variação da temperatura de maciça de metal, de massa 150 g. Para saber o material de que é uma determinada quantidade de água durante o seu aquecimento. feita a esfera, decidiu calcular a massa volúmica da mesma. Para tal usou uma proveta com 40 cm3 de água (figura A). Depois inseriu T / °C 140 a esfera na proveta com água e verificou que o nível de água subiu 120 até aos 60 cm3 (figura B). 100 80 Massa volúmica 60 60 60 Substância 50 50 (g/cm3) 40 40 40 30 Cobre 8,9 20 30 20 20 0 10 10 Alumínio 2,7 20 40 60 80 100 t/s –20 Ferro 7,8 A B –40 De que substância é feita a esfera que a Micaela encontrou (consulta 4.1. Indica o intervalo de tempo no qual a água se encontra no estado a tabela)? sólido. 4.2. O que ocorre no intervalo de [60 a 90] s?3. Na tabela encontras os pontos de fusão e ebulição de algumas substâncias. Substância p.f. (°C) p.e. (°C) 4.3. Qual o estado físico da água no intervalo [20 a 60] s? Água 0 100 Metano - 182 - 160 4.4. A que corresponde a temperatura de 0 ºC? Oxigénio - 218 - 183 Ferro 1535 3000 4.5. Quanto tempo foi necessário para a mudança de estado líquido para Acetona - 94 58 o estado gasoso? Éter - 116 35 Mercúrio - 39 357 4.6. Em que estado se encontra a água 95 s após o início do aqueci- Álcool etílico - 114 78 mento?3.1. Indica o estado físico de cada uma das substâncias a 25 ºC. 5. Classifica as transformações a seguir referidas em físicas (F) ou3.2. Indica o estado físico do oxigénio a 10 ºC. químicas (Q). a) Vela acesa g) Apodrecimento de uma fruta3.3. Indica que mudança de estado ocorre quando a acetona é aquecida b) Leite a ferver h) Gelo a derreter a 58 ºC. c) Jarra de vidro que parte i) Fotossíntese d) Queimar madeira j) Fusão do ferro3.4. Indica um valor da temperatura em que o éter se encontra no estado líquido. e) Assar carne k) Aquecimento do iodo f) Acetona a evaporar-se l) Carbonização do açúcar
  7. 7. FICHA 7TERRA EM TRANSFORMAÇÃO1. MATERIAIS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Procura na sopa de letras alguma(s) técnica(s) de separação dos 5. A termólise do bicarbonato de sódio (sólido) consiste na sua componentes de uma mistura. decomposição, por acção do calor, em carbonato de sódio (sólido), água líquida e dióxido de carbono (gasoso). A P E N R T C A C R O M T R A B D C E L C D R T Z A E C R V T B Y T I D R S 5.1. Completa o seguinte esquema que traduz a reacção anterior. C D E S T I L A Ç Ã O P E N E I R O A C E B A R T C A D Ã O P R E O A A M R " + + E C A R T A C I Ç C R I S T Ã L I A E D A C D E S T A R O P Z E T Ç A R T I A N O S U C R I S T A L I Z A Ç Ã O T 5.2. Identifica os reagentes e os produtos da reacção. A T I C T T A L I A U S A R M O R G E R A S T L S Ã R T E H Ã L G I I J R A T Ç T I L C T A L B P L R T L O L A C X Ã F I L R A C Ã O T U L C B B R F A A O A P E N E I R A Ç Ã O A U R L I T 6. Considera o seguinte esquema químico B A C S U B S I R T C A R A S U B A R carbono(sólido) + oxigénio(gasoso) " dióxido de carbono(gasoso)2. Refere a(s) técnica(s) para separar os componentes de cada uma 6.1. Identifica os reagentes e os produtos da reacção. das seguintes misturas: a) Vinagre + azeite 6.2. Que tipo de reacção ocorreu? b) Farinha + açúcar + arroz c) Limalha de ferro + sal + areia d) Água + álcool 7. A professora do Miguel realizou uma experiência na sala de aula. A professora colocou uma vela em cima de um prato fundo que con- e) Iodo + areia tinha água com corante (A). De seguida acendeu a vela (B) e colo- f) Água + terra cou por cima desta um copo (C). Observa e responde às seguintes questões: g) Pigmentos de um marcador preto3. O João e o Rui andavam a jogar à bola, na garagem dos avós, quando de repente a bola embateu num frasco que continha lima- lha de ferro. Esta espalhou-se sobre o monte de areia que se encontrava no canto da garagem. Como podes ajudar o João e o Rui a resolverem o problema sem que os avós saibam? A B C 7.1. Analisando as três figuras, descreve o que aconteceu.4. Faz a associação correcta entre as duas colunas. Transformação por: 7.2. Que tipo de reacção ocorreu? A – Acção do calor 1 – Amarelecimento das folhas no Outono 2 – Açúcar a carbonizar B – Acção da luz 3 – Implosão de prédios 7.3. Explica porque é que a vela se apagou. 4 – Fricção de pedras C – Acção mecânica 5 – Electrólise da água 6 – Torrar pão D – Acção da corrente 7.4. Como explicas o facto de o nível de água com corante dentro do eléctrica 7 – Fotossíntese copo ter subido? 8 – Amadurecimento da fruta E – Junção de 9 – Quando se coloca ferro numa solução substâncias aquosa de sulfato de cobre(II)
  8. 8. FICHA 8 TERRA EM TRANSFORMAÇÃO 2. ENERGIA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Em cada uma das situações indica a fonte e o receptor de energia. 3. Classifica em primárias (P) e secundárias (S) cada uma das a) Água a ferver num fogão a lenha seguintes fontes de energia: a) Sol e) Electricidade i) Gás butano b) Lanterna de bolso acesa b) Vento f) Gasóleo j) Gás natural c) Gasolina g) Urânio l) Água c) Motor de um Audi 1.9 tdi em funcionamento d) Biomassa h) Petróleo m) Carvão d) Bater claras em castelo 4. Procura na sopa R A T C O P U R A N I R T C A B de letras quatro A C A R V T E R C S T G A G A T fontes de ener- e) Televisão em funcionamento R A C S T I H O L E Y R S S T E gia renováveis e V R B A R T C A D V O P S E B O quatro fontes E V E S O L R U O A S A B T Á L f) Passar a roupa a ferro de energia não N Ã C D E S T T R O M Z O T G A renováveis. T O O S U R T O P O A O I G U Ç g) Senhora a apanhar banhos de sol R O I C T U A L I A U S N R A O S R S O C S Ã B T E H Ã Â G I I A P E T R Ó L E O B P L R T R O h) Bateria de um telemóvel a ser carregada T A B N L R A C Ã O T U U C O A U A C E T T R I R P E T R A O R i) Menino a beber leite F C T V S G Á S N A T U R A L T U R A N T B S I R T C A T E R S2. Observa os gráficos A e B, respeitantes a um concelho português. 5. Se beberes 100 g de um iogurte líquido 350 000 Electricidade Gasóleo “DANUP ” (valor energético: 76 kcal por 100 g), 300 000 Gás Natural Gasolinas qual é o valor energético ingerido em kJ? Fuleóleo GPL 250 000 (Nota: 1 cal = 4,18 J) 200 000 150 000 100 000 50 000 0 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 Gráfico A – Evolução do consumo de energia (1980-1998), em TEP. 160 000 Electricidade Gás Natural 140 000 Fuleóleo 120 000 Gasóleo Gasolinas 100 000 GPL 6. Completa os seguintes diagramas: 80 000 60 000 Energia 40 000 luminosa 20 000 0 Agricultura Indústria Const. Transpores Sect. Sect. e pescas (IE+IT) e obras (T) domésticos Serviços Energia Energia (AP) públicas (COP) (SD) (SB) eléctrica sonora Gráfico B – Consumo de energia (em TEP) nos diferentes sectores de actividade (1998). Rádio FogueiraAnalisa e responde. eléctrico2.1. O que podes concluir acerca da evolução do consumo de energia?2.2. Quais são os dois sectores de actividades em que se verifica maior Energia consumo de energia? mecânica2.3. Qual o principal responsável pelo aumento do consumo de energia no concelho?2.4. Indica algumas formas para combater o aumento de consumo de Disco Energia energia. Varinha eléctrico luminosa mágicaMC7CFQAAE1-02
  9. 9. FICHA 9TERRA EM TRANSFORMAÇÃO2. ENERGIA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Classifica os seguintes sistemas em abertos (A), fechados (F) e 5. A figura seguinte apresenta o valor energético contido em 100 g de isolados (I). alguns produtos. a) Garrafa térmica com café, fechada D b) Panela cheia de água, com tampa, à temperatura ambiente E 352 kcal c) Geleira devidamente fechada B 341 kcal 328 kcal C d) Garrafa térmica destapada, com sopa muito quente 21 kcal e) Panela de pressão, a cozer carne, ao fim de 30 minutos A 177 kcal2. Preenche os espaços de acordo com as afirmações e descobre a palavra oculta. 1. 2. 3. 5.1. Qual o produto que apresenta maior valor energético? 4. 5. 6. 5.2. Ordena os produtos alimentares por ordem crescente de valor 7. energético.1. Todo o sistema que fornece energia ao outro.2. Fontes de energia que não se esgotam.3. Todo o sistema que recebe energia.4. Fontes de energia que se esgotam. 5.3. Apresenta, em unidades de Sistema Internacional, o valor energé-5. Energia que qualquer corpo que esteja a uma determinada altura possui. tico do produto C.6. Energia que está associada ao movimento.7. Energia transferida entre dois corpos a temperaturas diferentes.3. Completa as frases que se seguem, de forma que estas se tornem 6. O ferro da mãe da Teresa tem de potência 1500 W. Sabendo que cientificamente correctas. consumiu 10 800 kJ de energia eléctrica, quantas horas esteve a mãe da Teresa a passar a ferro? A de um determinado corpo está relacionada com a das partículas constituintes do corpo. Quanto maior é essa energia, é a temperatura do corpo. O é a energia transferida entre dois corpos em , com temperaturas diferentes. 7. A Ana tem um aquecedor de potência 2000 W e liga-o todos os dias Quando dois corpos, a temperaturas diferentes, são colocados em no quarto, 1 hora antes de se deitar. contacto, trocam entre si, até atingirem o 7.1. Calcula a energia consumida pelo aparelho durante o seu funciona- , ou seja, a mesma . mento. Existem dois processos de transferência de energia, sob a forma de calor: e . A é uma característica dos corpos sólidos. Na , a energia é transferida através de correntes quentes ascendentes e correntes frias descendentes dos 7.2. Determina o custo mensal de energia gasta pelo aparelho, durante (líquidos e gases). o mês de Janeiro, sabendo que 1 kW h custa 0,0988 euros.4. O João e a Catarina estiveram a ver televisão durante 2 horas. Sabendo que a televisão tem uma potência de 100 W, determina a energia consumida, no SI, durante o tempo que a Catarina e o João viram os desenhos animados. 8. Uma picadora, cujo rendimento é de 80%, recebeu durante o seu funciona- mento 10 000 J de energia. Calcula: a) a energia utilizada para picar a carne; b) a energia dissipada.
  10. 10. PROPOSTA DE RESOLUÇÃOFICHA 1 FICHA 31 1. E S T R E L A 1 1.1. Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Úrano, Neptuno e Plutão. 2. C O N S T E L A Ç Ã O 3. E S T R E L A P O L A R 1.2. a) Mercúrio, Vénus, Terra e Marte; b) Júpiter; c) Plutão; d) Sol, Lua, asteróides e cometas; e) Saturno; f) Vénus; g) Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno; 4. E S P I R A L h) Mercúrio e Vénus. 5. B I G B A N G 6. C O S M O S 2 A T E R T C T V A V É N S T 3 O nosso planeta, planeta Terra, N E T J J Ú P I T E R E B A conhecido como o planeta azul, per-2 A – (F) O planeta Terra é um planeta sem luz própria, é um corpo iluminado. D J A à J P C É L I T O B A tence ao Sistema Solar. B – (F) Cláudio Ptolomeu desenvolveu uma teoria que afirmava que todos os astros M Ú P S R É T E P L U T à O O Sistema Solar é constituído pelo giravam à volta da Terra. A P P O T I E R I T O F A T R T T N U L R J A J O I Ú O Sol, pelos nove planetas, por luas, por C – (V) O S O A A T R O P A N T T I asteróides, meteoros e cometas. D – (F) A Estrela Polar pertence à constelação Ursa Menor. P A P R T M A R T E U S A R O maior planeta do Sistema Solar é E – (V) F – (F) Os asteróides são pequenos pedaços de rocha que se movem em torno do Sol L T R Ú S S à R T E T à R Ú Júpiter e o menor é Plutão. e que se encontram na sua maioria entre Marte e Júpiter. A R A U L C T Ú J B P L U C Aos planetas Mercúrio, Vénus, Terra e T C N U S à O T É I E P A R Marte chamamos planetas terrestres,3 Corpos luminosos são todos os corpos que têm luz própria: Sol, Alfa de Centauro, Vega. I É I U T S A T U R N O T E uma vez que estes possuem uma parte Corpos iluminados são todos os corpos que reflectem a luz proveniente de outras V O T S à T S A S J A P U M sólida, tal como a Terra. Aos planetas fontes: Terra, Cometa, Mercúrio, Lua. Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno4 A Estrela Polar é de extrema importância para nós, porque nos permite localizar o chamamos planetas gasosos. ponto cardeal Norte e pertence à constelação Ursa Menor. Entre Marte e Júpiter existe a cintura de asteróides.5 Planeta/Estrela/Cometa/Satélite/Asteróide/Geocêntrica/Nebulosa/Galáxia 4 4.1. 1 UA 2222 150 000 000 km6 A – 5, B – 6, C – 1, D – 2, E – 3, F – 4 . 0,39 UA 22 x x = 58 500 000 km Modelo 4.2. O planeta mais frio é Plutão (temp. média à superfície ) - 230 ºC). Recorrendo à7 tabela verificamos que Plutão é o planeta mais afastado do Sol, o que faz com Geocêntrico Heliocêntrico que este seja o planeta mais frio (está mais distante da fonte de energia). consiste defendido por consiste defendido por 5 5.1. Figura A – Asteróides; Figura B – Cometa. Astros giram em Cláudio Planetas giram Nicolau 5.2. Cauda, cabeleira, núcleo. torno da Terra Ptolomeu em torno do Sol Copérnico 5.3. A maioria dos asteróides localiza-se entre Marte e Júpiter.FICHA 2 FICHA 4 2.1 Esquema A – Cassiopeia; Esquema B – Ursa Maior. 1 1. M R A 3. 4.2 Universo O R E L T É C U 1. F A S E S D A L U A A as distâncias podem Ç 2. E C L I P S E L U N A R ser medidas é formado por à 3. E C L I P S E S O L A R O 4. T R A N S L A Ç Ã O E Parsec Unidades Anos-luz Galáxias Astronómicas 2 2.1. A – Lua nova B – Quarto crescente 2.3. (Crescente) C – Lua cheia D – Minguante E – Quarto minguante. 2.2. A, B, C, E, D. que são podem ser aglomerados de classificadas em 2.4. a) C. b) A. Planetas 3 têm Estrelas Gases Poeiras Elípticas Espirais Espirais Irregulares Movimento barradas são como a Rotação Translação em torno do em torno do Astros Via Láctea Eixo imaginário Sol com dá origem dá origemLuz própria Dias e noites Estações do ano 4 A – (F) O peso da Rita no planeta Júpiter é maior do que o medido no planeta Terra.3 3.1. Galáxias são enormes grupos de estrelas, gases e poeiras. B – (V). 3.2. Existem galáxias espirais, espirais barradas, elípticas e irregulares (sem forma C – (V) . definida). D – (F) A Ana deslocou-se ao Pólo Norte para visitar o Pai Natal. Quando saiu de casa 3.3. Via Láctea. pesava 500 N. Ao longo da viagem verificou que o seu peso aumentou. E – (V).4 1 a.l. 222 9,46 * 1012 km F – (F) O peso de um determinado corpo depende do lugar da Terra onde se encontra. 4,4 a.l. 22 x x = 4,16 * 1013 km G – (V).5 1 UA 222 150 000 000 km 5 5.1. Teria sido mais fácil libertar-se porque a força gravitacional que a Lua exerce x 22222 384 000 km x = 0,003 UA sobre os corpos, à sua superfície, é inferior à exercida pela Terra. Consequente- mente, o peso da pedra na Lua é inferior ao peso da mesma na Terra.6 1 UA 222 150 000 000 km 5.2. O valor da massa da pedra na Lua é também de 500 kg porque o valor da massa 39,4 UA 2 x 2 x = 5 910 000 000 km dos corpos não se altera de local para local, contrariamente ao valor do peso.
  11. 11. FICHA 5 2 a) decantação em funil; b) 1.° peneiração, 2.° adição de água e dissolução do açúcar, 3.° centrifugação,1 1 – lamparina; 2 – fita métrica; 3 – tina; 4 – proveta; 5 – balão redondo de fundo plano; 4.° cristalização; 6 – funil de carga; 7 – gobelé; 8 – vareta de vidro; 9 – mola; 10 – suporte para tubos c) 1.° separação magnética; 2.° adição de água e dissolução do sal, 3.° decantação, de ensaio; 11 – tubo de ensaio; 12 – funil; 13 – suporte de madeira. 4.° cristalização; d) destilação fraccionada;2 2.1. A – Tóxico; B – Inflamável; C – Nocivo; D – Corrosivo; E – Explosivo. e) sublimação; 2.2. Um produto que contenha o símbolo B no seu rótulo não deve ser colocado perto f) 1.° decantação, 2.° filtração; de fontes de ignição de calor. g) cromatografia.3 A – (V) 3 O João e o Rui para separarem a limalha de ferro da areia têm de efectuar a separa- B – (V) ção magnética e para tal necessitam de um íman. Com a ajuda do íman conseguem C – (F) Não deves encher o tubo de ensaio até cima quando essa substância vai ser retirar a limalha de ferro e voltar a colocá-la no frasco. aquecida. D – (F) Nunca forçar a introdução de uma rolha num material de vidro. 4 A – 2, 6; B – 1, 7, 8; C – 3, 4; D – 5; E – 9. E – (V) 5 5.1.4 Material Natural Manufacturado Bicarbonato de Carbonato de Dióxido de " sódio(sólido) + Água(líquido) + carbono(gasoso) Vidro X sódio(sólido) Rocha X 5.2. Reagente: bicarbonato de sódio; Produtos: carbonato de sódio, água, dióxido de Água gaseificada X carbono. Cadeira X Oxigénio X 6 6.1. Reagentes: carbono e oxigénio; Produto: dióxido de carbono. Plástico X 6.2. Reacção de combustão. Proteína X 7 7.1. Algum tempo depois de se colocar o copo por cima da vela, esta apaga-se e o5 Substâncias: oxigénio, cloro. nível de água com corante dentro do copo sobe. Mistura de substâncias: xarope, tinta permanente, ouro comercial, sangue, areia, bolo. 7.2. Reacção de combustão.6 Misturas homogéneas: água e álcool, gás natural, tintura de iodo, aço, perfume, 7.3. A vela apaga-se ao fim de algum tempo porque deixou de existir oxigénio no aliança de ouro. interior do copo. Misturas heterogéneas: vinagre e azeite, leite com cereais, água e petróleo, salada de fruta. 7.4. À medida que a combustão da cera ocorre e o vapor de água condensa, o volume Misturas coloidais: maionese, iogurte, queijo, tintas, chantili, pasta dos dentes. total do gás no interior do copo diminui, logo a água com corante sobe para ocu- par o espaço vazio.7 A – gasoso, B – sólido, C – líquido.8 Sublimação FICHA 8 Fusão Vaporização 1 a) fonte: lenha; receptor: água; f) fonte: electricidade; receptor: roupa; Sólido Líquido Gasoso b) fonte: pilha; receptor: lâmpada; g) fonte: Sol; receptor: senhora; c) fonte: gasóleo; receptor: motor; h) fonte: electricidade; receptor: bateria; Solidificação Condensação d) fonte: electricidade; receptor: claras; i) fonte: leite; receptor: menino. Sublimação e) fonte: electricidade; receptor: televisão;FICHA 6 2 2.1. Analisando o gráfico A podemos concluir que o consumo de energia naquele concelho aumentou significativamente.1 1.1. Podemos comparar através das massas volúmicas, uma vez que os volumes dos 2.2. Transportes e indústria. cubos são iguais. Quanto maior for a massa volúmica maior é a massa. massa do cubo de madeira < massa do cubo de vidro < massa do cubo de alumí- 2.3. Gasóleo. nio < massa do cubo de cobre 2.4. Recorrer ao uso de energias renováveis (energias que não se esgotam), recorrer (Outra forma é calcular a massa de cada um deles e compará-las posteriormente.) aos transportes públicos, evitar o consumo excessivo de electricidade, etc. m 1.2. r = § m = rV § m = 19,0 * 4,0 § m = 76 g. V 3 Fontes primárias: sol, vento, biomassa, urânio, petróleo, gás natural, água, carvão.2 Vesfera = Vfinal - Vinicial = 60 - 40 = 20 cm3 Fontes secundárias: gasolina, electricidade, gasóleo, gás butano. m 150 r= = = 7,5 g/cm3. A esfera que a Micaela encontrou no baú é de ferro. 4 R A T C O P U R A N I R T C A B V 20 A C A R V T E R C S T G A G A T3 3.1. Estado sólido – ferro; R A C S T I H O L E Y R S S T E Estado líquido – água, acetona, éter, mercúrio, álcool etílico; V R B A R T C A D V O P S E B O Estado gasoso – metano, oxigénio. E V E S O L R U O A S A B T Á L 3.2. Estado gasoso. N Ã C D E S T T R O M Z O T G A 3.3. Vaporização. T O O S U R T O P O A O I G U Ç 3.4. Todos os valores compreendidos entre - 115 °C e 34 °C, por ex., 20 °C. R O I C T U A L I A U S N R A O 3.5. Oxigénio. S R S O C S Ã B T E H Ã Â G I I 3.6. Sim, porque o ponto de fusão da água pura é de 0 °C e o ponto de ebulição é de 100 °C. A P E T R Ó L E O B P L R T R O T A B N L R A C Ã O T U U C O A4 4.1. [0; 10] s; 4.3. Estado líquido; 4.5. Dt = 90 - 60 = 30 s; U A C E T T R I R P E T R A O R 4.2. Ebulição da água; 4.4. Temperatura de 4.6. Estado gasoso. F C T V S G Á S N A T U R A L T fusão da água; U R A N T B S I R T C A T E R S5 Transformações físicas: b, c, f, h, j, k. Transformações químicas: a, d, e, g, i, l. 5 1 cal 2222 4,18 J 76 000 cal 2 x x = 317 680 J 9 318 kJFICHA 7 6 Energia Energia1 A P E N R T C A C R O M T R A B D C E luminosa luminosa L C D R T Z A E C R V T B Y T I D R S Energia Energia Energia C D E S T I L A Ç Ã O P E N E I R O A eléctrica sonora química C E B A R T C A D Ã O P R E O A A M R Rádio Fogueira eléctrico Energia Energia E C A R T A C I Ç C R I S T Ã L I A E térmica térmica D A C D E S T A R O P Z E T Ç A R T I A N O S U C R I S T A L I Z A Ç Ã O T Energia Energia A T I C T T A L I A U S A R M O R G E mecânica térmica R A S T L S Ã R T E H Ã L G I I J R A Energia Energia Energia T Ç T I L C T A L B P L R T L O L A C eléctrica sonora eléctrica X Ã F I L R A C Ã O T U L C B B R F A Energia Disco Energia A O A P E N E I R A Ç Ã O A U R L I T térmica eléctrico luminosa Varinha B A C S U B S I R T C A R A S U B A R mágica
  12. 12. 6 P = E § Dt = E § ˚t = 10 800 000 § ˚t = 7200 sFICHA 9 Dt P 1500 1 h 2 60 min 2 1 min 2 60 s 1 h 2 3600 s1 a) sistema isolado; 60 min 2 x z 22 7200 s b) sistema fechado; x = 3600 s z=2h c) sistema isolado; A mãe da Teresa passou a ferrro durante 2 h. d) sistema aberto; e) sistema aberto; 7 7.1. P = E § E = P * ˚t § E = 2000 * 3600 § E = 7 200 000 J Dt E2 1. F O N T E 7.2. P = § E = P * ˚t § E = 2 kW * 1 h § E = 2 kW h Dt 2. R E N O V Á V E I S 1 kW h — 0,0988 euros E 3. R C E P T O R 2 kW h — x 4. N Ã O R E N O V Á V E I S x = 0,1976 ) 0,20 euros/dia 0,20 euros * 31 dias = 6,20 euros5. P O T E N C I A L G R A V Í T I C A 6. C I N É T I C A Eútil 7. C A L O R 8 a) h = § Eútil = h * Efornecida § Eútil = 0,80 * 10 000 § Eútil = 8000 J Efornecida3 A temperatura de um determinado corpo está relacionada com a energia cinética das b) Efornecida = Eútil + Edissipada § Edissipada = Efornecida - Eútil § Edissipada = 10 000 - 8000 § § Edissipada = 2000 J partículas constituintes do corpo. Quanto maior é essa energia, maior é a tempera- tura do corpo. O calor é a energia transferida entre dois corpos em contacto, com temperaturas diferentes. Quando dois corpos, a temperaturas diferentes, são colocados em contacto, trocam energia entre si, até atingirem o equilíbrio térmico, ou seja, a mesma temperatura. Existem dois processos de transferência de energia, sob a forma de calor: condução e convecção. A condução é uma característica dos corpos sólidos. Na convecção, a energia é transferida através de correntes quentes ascendentes e correntes frias descendentes dos fluidos (líquidos e gases).4 1 h 2 60 min 1 min 2 60 s 1 h 2 3600 s 60 min 2 x 2h2z x = 3600 s z = 7200 s E P= § E = P * ˚t § E = 100 * 7200 § E = 720 000 J Dt5 5.1. D. 5.2. C < A < B < E < D 5.3. 1 cal 2222 4,18 J 21 000 cal 2 x x = 87 780 J

×