11c2ba ano-a-1c2ba-teste-turma-a

328 visualizações

Publicada em

MAT A 11

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
328
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

11c2ba ano-a-1c2ba-teste-turma-a

  1. 1. Escola Secundária Júlio Dantas Teste de Avaliação Matemática A 11º Ano 3 de Novembro 2011/2012 Teste A, versão 1 Grupo I As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas, são indicadas quatro alternativas, das quais só uma está correta. Selecione a alternativa correta para cada questão. Se apresentar mais do que uma resposta, a questão será anulada. 1. Na Figura 1está representado um candeeiro colocado na vertical a 40 cm de altura. O candeeiro origina um cone de luz que ilumina no chão um círculo de diâmetro 60 cm A amplitude do ângulo BDC, em graus, minutos e segundos, sendo os segundos arredondados à unidades, é aproximadamente: (A) 11"52'36º (B) 12"52'36º (C) 25"35'48º (D) 26"35'48º Figura 1 2. Considere, em cada opção, as representações dos ângulos  e  no círculo trigonométrico. Em qual das opções os lados extremidades dos ângulos são coincidentes? (A) º530 e º1810 (B) º660 e º660 (C) º770 e º1390 (D) º850 e º1440 3. Na Figura 2, está representado um quadrado [ABCD] de lado 4. O ponto E está sobre o lado do quadrado [CD] e o ângulo EAB tem de amplitude 3  radianos. O perímetro do trapézio [ABDE] é igual a: (A) 3 36 8  (B) 3 38 8  (C) 3 32 12  (D) 3 34 12  Figura 2 4. A expressão             3cos 2 3sencoscos é igual a: (A) cos4 (B) cos2 (C) 2cos (D) cos4 5. Considere a seguinte condição:      , 4 335tg xkx . Para que valores de k a condição é possível? (A)     3 5, 3 4k (B)           , 3 4 3 5,k (C)      3 4, 3 5k (D)           , 3 5 3 4,k
  2. 2. Grupo II Apresente o seu raciocínio de forma clara, indicando todos os cálculos que tiver que efetuar e todas as justificações que entender necessárias. 1. Na Figura 3 encontra-se representado: ● um triângulo isósceles [ABC]; ● o ponto D que é o ponto médio de [AB]; ● dois setores circulares DAF e DBE, sendo a amplitude de cada um 6  radianos; ● uma zona a sombreado que corresponde à parte interior do triângulo não ocupada pelos setores circulares. Sabendo que cm10AB , determine o valor exato da área da zona a sombreado. Figura 3 2. Na Figura 4 encontra-se representado um círculo trigonométrico. Sabe-se que: ● a reta CB é tangente à circunferência no ponto (1, 0); ● os pontos B e C pertencem à reta CB e são simétricos em relação a Ox; ● os pontos A e D são os pontos de interseção da circunferência com os segmentos [OB] e[OC], respetivamente. 2.1 Mostre que a área do trapézio [ABCD] é dada, em função de x, por: xxxxA cossentg)( . ,     2 ,0 x 2.2 Sabendo que 5 2sen α determine, o valor exato, da área do trapézio [ABCD]. Figura 4 3. Simplifique e resolva a equação:   022cossen1 22  xx , com     2 ,0 x 4. Admita que num moinho de vento: • as velas estavam sempre a rodar, a uma velocidade constante e no sentido indicado na Figura 5; • num dado instante, uma das varas, [OV], estava posicionada paralelamente ao solo, como sugere a figura; • a distância, d, em metros, do ponto V ao solo, t segundos após um determinado instante, é dada por:        9 sen5,67)( t td  Resolva os quatro itens seguintes, sem recorrer à calculadora, a não ser para efetuar eventuais cálculos numéricos. 4.1 Determine o contradomínio da função d e indique o comprimento da vara. 4.2 Determine o período positivo mínimo da função d e interprete o valor no contexto do problema. 4.3 Resolva a equação 7)( td em  50,0 4.4 Verifique se d é uma função ímpar. Figura 5 Questão Grupo I Grupo II Total 1 2 3 4 5 1 2.1 2.2 3. 4.1 4.2 4.3 4.4 Cotação 8 8 8 8 8 25 25 25 25 15 15 15 15 200
  3. 3. Escola Secundária Júlio Dantas Teste de Avaliação Matemática A 11º Ano 3 de Novembro 2011/2012 Teste A, versão 2 Grupo I As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada uma delas, são indicadas quatro alternativas, das quais só uma está correta. Selecione a alternativa correta para cada questão. Se apresentar mais do que uma resposta, a questão será anulada. 1. Na Figura 1está representado um candeeiro colocado na vertical a 40 cm de altura. O candeeiro origina um cone de luz que ilumina no chão um círculo de diâmetro 60 cm A amplitude do ângulo BDC, em graus, minutos e segundos, sendo os segundos arredondados à unidades, é aproximadamente: (A) 26"35'48º (B) 25"35'48º (C) 12"52'36º (D) 11"52'36º Figura 1 2. Considere, em cada opção, as representações dos ângulos  e  no círculo trigonométrico. Em qual das opções os lados extremidades dos ângulos são coincidentes? (A) º850 e º1440 (B) º770 e º1390 (C) º660 e º660 (D) º530 e º1810 3. Na Figura 2, está representado um quadrado [ABCD] de lado 4. O ponto E está sobre o lado do quadrado [CD] e o ângulo EAB tem de amplitude 3  radianos. O perímetro do trapézio [ABDE] é igual a: (A) 3 34 12  (B) 3 32 12  (C) 3 38 8  (D) 3 36 8  Figura 2 4. A expressão             3cos 2 3sencoscos é igual a: (A) cos4 (B) 2cos (C) cos2 (D) cos4 5. Considere a seguinte condição:      , 4 335tg xkx . Para que valores de k a condição é possível? (A)           , 3 5 3 4,k (B)      3 4, 3 5k (C)           , 3 4 3 5,k (D)     3 5, 3 4k Grupo II
  4. 4. Apresente o seu raciocínio de forma clara, indicando todos os cálculos que tiver que efetuar e todas as justificações que entender necessárias. 1. Na Figura 3 encontra-se representado: ● um triângulo isósceles [ABC]; ● o ponto D que é o ponto médio de [AB]; ● dois setores circulares DAF e DBE, sendo a amplitude de cada um 6  radianos; ● uma zona a sombreado que corresponde à parte interior do triângulo não ocupada pelos setores circulares. Sabendo que cm10AB , determine o valor exato da área da zona a sombreado. Figura 3 2. Na Figura 4 encontra-se representado um círculo trigonométrico. Sabe-se que: ● a reta CB é tangente à circunferência no ponto (1, 0); ● os pontos B e C pertencem à reta CB e são simétricos em relação a Ox; ● os pontos A e D são os pontos de interseção da circunferência com os segmentos [OB] e[OC], respetivamente. 2.1 Mostre que a área do trapézio [ABCD] é dada, em função de x, por: xxxxA cossentg)( . ,     2 ,0 x 2.2 Sabendo que 5 2sen α determine, o valor exato, da área do trapézio [ABCD]. Figura 4 3. Simplifique e resolva a equação:   022cossen1 22  xx , com     2 ,0 x 4. Admita que num moinho de vento: • as velas estavam sempre a rodar, a uma velocidade constante e no sentido indicado na Figura 5; • num dado instante, uma das varas, [OV], estava posicionada paralelamente ao solo, como sugere a figura; • a distância, d, em metros, do ponto V ao solo, t segundos após um determinado instante, é dada por:        9 sen5,67)( t td  Resolva os quatro itens seguintes, sem recorrer à calculadora, a não ser para efetuar eventuais cálculos numéricos. 4.1 Determine o contradomínio da função d e indique o comprimento da vara. 4.2 Determine o período positivo mínimo da função d e interprete o valor no contexto do problema. 4.3 Resolva a equação 7)( td em  50,0 4.4 Verifique se d é uma função ímpar. Figura 5 Questão Grupo I Grupo II Total 1 2 3 4 5 1 2.1 2.2 3. 4.1 4.2 4.3 4.4 Cotação 8 8 8 8 8 25 25 25 25 15 15 15 15 200

×