SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Avaliação Postural
Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional
Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João
1. Desenvolvimento Postural
„ Vantagens e desvantagens da postura ereta;
„ Curvas primárias da coluna vertebral;
„ Curvas Secundárias da coluna vertebral;
„ Alterações posturais com a idade.
Figura 1 - Alterações Posturais com a idade
Figura 2
2. Definição de Postura / Postura Padrão
„ “Postura é uma composto das posições das diferentes articulações do corpo num dado momento.
A postura correta é a posição na qual um mínimo de estresse é aplicado em cada articulação”
(Magee, 2002).
„ “A postura correta consiste no alinhamento do corpo com eficiências fisiológica e biomecânicas
máximas, o que minimiza os estresses e as sobrecargas sofridas ao sistema de apoio pelos
efeitos da gravidade” (Palmer & Apler, 2000).
„ A “Postura Padrão” refere-se a uma postura “ideal” ao invés de uma postura média;
„ O alinhamento esquelético ideal utilizado como padrão é consiste com princípios científicos
válidos, envolve uma quantidade mínima de esforço e sobrecarga, e conduz à eficiência máxima
do corpo.
Figura 3 - Alinhamento Esquelético Ideal
3. Análise da Postura
„ Envolve a identificação e a localização dos segmentos corpóreos relativos a linha de gravidade;
„ A avaliação postural deve determinar se um segmento corporal ou articulação desvia-se de um
alinhamento postural ideal.
Figura 4 - Planos Sagital / Frontal / Transveral
3.1 Tipos Corporais
„ Ectomórfico;
„ Mesomórfico;
„ Endomórfico.
3.2 Vista Lateral: Alinhamento ideal
„ Na vista lateral, a linha de referência vertical, divide o corpo em secções anterior e posterior de
igual peso;
„ Na vista lateral, o ponto de referência fixo é levemente anterior ao maléolo externo e representa o
ponto básico do plano médio-coronal do corpo em alinhamento ideal.
Figura 5 - Vista Lateral
3.3 Vista Posterior: Alinhamento ideal
„ Na vista posterior, a linha de referência vertical, divide o corpo em secções direita e esquerda;
„ Na vista posterior, o ponto fica a meio caminho entre os calcanhares e representa o ponto básico
do plano médio sagital do corpo em alinhamento ideal.
Figura 6 - Vista Posterior
4. História Clínica
„ Qual é a idade do paciente? Qual é a ocupação?
„ Há um histórico de traumatismo?
„ Se houver um histórico de trauma, foi uma postura específica, postura sustentada ou uma
postura repetitiva?
„ A família tem qualquer histórico de problemas na coluna?
„ Existe antecedente de doença, cirurgia ou lesões graves que tenham ocorrido com o paciente?
„ O sapato faz diferença para a postura ou os sintomas do paciente?
„ Se uma deformidade estiver presente, ela é progressiva ou estacionária?
„ Qual é a natureza, extensão, tipo e duração da dor?
„ Existem posturas ou ações que aumentam ou diminuam a dor?
„ O que o paciente é capaz de fazer funcionalmente?
„ Qual a atividade ou lazer habitual do paciente? Que atividades agravam e aliviam a dor?
5. Avaliação Postural
„ Abordagem organizada e sistemática;
„ O paciente deve sentir-se à vontade e evitar rigidez e posições não-naturais;
„ Deve ser visualizado o equilíbrio global do corpo;
„ O fio de prumo situa-se no ponto ântero-posterior anterior ao maléolo lateral e, para
os desvios laterais, entre os calcanhares.
„ É importante verificar as alterações de tempos em tempos para certificar-se dos
dados, se a posição não mudou, porque o paciente pode "corrigir" sua alteração
momentaneamente.
5.1 Vista Lateral
1) Articulações dos tornozelos: Ângulo tíbio-társico
( ) Preservado;
( ) Aumentado D / E;
( ) Diminuído D / E.
2) Articulações dos joelhos:
( ) Alinhados;
( ) Fletidos D / E;
( ) Hiperestendidos D / E.
3) Articulações dos quadris:
( ) Alinhada;
( ) Fletida D / E;
( ) Estendida D / E.
4) Pelve:
( ) Alinhada;
( ) Com anteversão;
( ) Com antepulsão;
( ) Com retroversão;
( ) Com retropulsão.
5) Alinhamento do Tronco:
( ) Alinhado;
( ) Rotação de cintura escapular D / E ;
( ) Rotação de cintura pélvica D / E;
( ) Rotação de cintura escapular e pélvica D / E.
6) Coluna Lombar:
( ) Curvatura normal;
( ) Aumento da lordose;
( ) Retificação da lordose;
( ) Aumento da lordose toráco-lombar.
7) Coluna Torácica:
( ) Curvatura normal;
( ) Aumento da cifose;
( ) Retificação da cifose.
8) Articulação do cotovelo:
( ) Alinhada;
( ) Aumento da flexão D / E Ângulo de carregamento:
( ) Com hiperextensão D / E.
Figura 7
9) Articulações dos ombros:
( ) Alinhados;
( ) Com protração D / E;
( ) Com retração D /E;
( ) Com rotação medial D / E;
( ) Com rotação lateral D / E.
Figura 8
10) Coluna Cervical:
( ) Curvatura normal;
( ) Aumento da lordose;
( ) Retificação da lordose.
11) Cabeça:
( ) Alinhada;
( ) Com protração;
( ) Com retração.
Figura 9 - Protração / Retração
5.2 Vista Posterior
1) Articulações dos tornozelos:
( ) Alinhadas;
( ) Com varo D / E;
( ) Com valgo D / E.
2) Retropé: (Tendão de Aquiles)
( ) Alinhado;
( ) Desalinhado.
Figura 10
3) Apoio do retropé:
( ) Apoio homogêneo no bordo medial e lateral;
( ) Maior apoio em bordo medial D / E;
( ) Maior apoio em bordo lateral D / E.
4) Articulações dos joelhos:
( ) Alinhadas;
( ) Com valgo D / E;
( ) Com varo D / E.
Figura 11 - Joelho Varo / Valgo
5) Espinhas ilíacas póstero-superiores (EIPS):
( ) Alinhadas;
( ) Desalinhadas mais alta D / E;
6) Altura das cristas ilíacas:
( ) Alinhadas;
( ) Desalinhadas mais alta D / E.
7) Coluna Lombar:
( ) Alinhada;
( ) Convexidade D / E.
Figura 12 - Escoliose
8) Coluna Torácica:
( ) Alinhada;
( ) Convexidade D / E.
9) Ângulos inferiores da escápula:
( ) Alinhados;
( ) Desalinhados mais alto D / E.
10) Posição das escápulas:
( ) Alinhadas;
( ) Alada (s) D / E;
( ) Abduzida D / E;
( ) Aduzida D / E.
Figura 13
11) Distância entre bordo medial da escápula e coluna vertebral:
( ) Simétrica;
( ) Assimétrica (D: .......cm e E: .......cm).
12) Triângulo de Tales:
( ) Simétrico;
( ) Maior D / E;
13) Articulações dos ombros:
( ) Alinhados;
( ) Ombro mais alto D / E ;
Figura 14
14) Coluna Cervical:
( ) Alinhada;
( ) Convexidade D / E.
15) Cabeça:
( ) Alinhada;
( ) Inclinação lateral D / E;
( ) Rotação D / E;
5.3 Vista Anterior:
1) Hálux:
( ) Alinhado;
( ) Valgo D / E;
2) Antepé:
( ) Alinhado;
( ) Abduzido D / E,
( ) Aduzido D / E.
3) Arco longitudinal medial:
( ) Plano D / E;
( ) Cavo D / E;
4. Apoio do antepé:
( ) Apoio homogêneo no bordo medial e lateral;
( ) Maior apoio em bordo medial D / E;
( ) Maior apoio em bordo lateral D / E.
Figura 15
5) Articulações dos joelhos:
( ) Alinhada;
( ) Valgo D / E - Distância entre maléolos internos:...............cm;
( ) Varo D / E - Distância entre côndilos internos:.................cm;
6) Patelas:
( ) Alinhadas;
( ) Patela mais alta D / E;
( ) Patela rodada lateralmente ( rotação lateral do fêmur);
( ) Patela rodada medialmente ( rotação medial do fêmur).
7) Espinhas ilíacas ântero-superiores (EIAS):
( ) Alinhadas;
( ) Desalinhadas mais alta D / E;
8) Alturas das cristas ilíacas:
( ) Alinhadas;
( ) Desalinhadas mais alta D / E;
9) Alinhamento do Tronco:
( ) Alinhado;
( ) Rotação de cintura escapular D / E ;
( ) Rotação de cintura pélvica D / E;
( ) Rotação de cintura escapular e pélvica D / E.
( ) Inclinação lateral D / E.
Figura 16
10) Tórax:
( ) Simétrico;
( ) Assimétrico.
11) Articulações dos ombros:
( ) Alinhados;
( ) Ombro mais alto D / E ;
( ) Rotação medial D / E;
( ) Rotação lateral D / E.
12) Cotovelos:
( ) Alinhados;
( ) Aumento da flexão D / E;
( ) Hiperextensão D / E.
13) Clavículas:
( ) Simétricas;
( ) Clavícula mais horizontalizada D/E;
( ) Clavícula mais verticalizada D/E.
14) Fossas Supraclaviculares:
( ) Simétricas;
( ) Assimétricas - aumentada D / E;
15) Cabeça:
( ) Alinhada;
( ) Inclinação lateral D / E;
( ) Rotação D / E.
5.4 Flexão de Tronco:
„ Teste de Flexibilidade: Schober e Stibor / 3° dedo ao chão.
„ Medição de Comprimento de Membros Inferiores.
Figura 17
Figura 18 - Flexão de Tronco
Figura 19 - Medição do Membro Inferior
6. Principais causas de uma postura incorreta
„ Traumatismo;
„ Patologias que limitam a perda funcional da força muscular e a mobilidade;
„ Hábitos de postura viciosa;
„ Fraqueza muscular;
„ Atitude Mental;
„ Hereditariedade;
„ Indumentária Inadequada
7. Alterações Posturais / Desvios do Alinhamento
Ideal
„ Hiperlordose / Retificação da Lordose;
„ Aumento da Cifose Torácica / Retificação da Cifose;
„ Escoliose.
Figura 20
Figura 21
Figura 22 – Escoliose
Figura 23
Figura 24
Referências Bibliográficas
1) Magee D J. Avaliação Postural In: Magee DJ. Disfunção Musculoesquelética. 3ª edição, São
Paulo: Manole:, 2002, p.105-157.
2) Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Postura: alinhamento e equilíbrio muscular. In: Kendall
FP; McCreary EK; Provance PG. Músculos Provas e Funções. 4ªedição, São Paulo: Manole,1995,
p.69-118.
3) Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Escoliose. In: Kendall FP; McCreary EK; Provance PG.
Músculos Provas e Funções. 4ªedição, São Paulo: Manole,1995, p.121-129.
4) Bienfait M. Fisiologia, patologia e tratamento fisioterápico. São Paulo: Summer, 1995.
5) Daniel L, Worthingham C. Análise e avaliação do alinhamento corporal. In: Daniel L.;
Worthingham C. Exercícios terapêuticos para alinhamento e função corporal. 2ª edição, São Paulo:
Manole, 1983, p.1-36.
6) Palmer, LM.; Epler, ME. Postura. In: Palmer, LM; Epler, ME. Fundamentos das Técnicas de
Avaliação Musculoesquelética. 2 edição, São Paulo: Guanabara Koogan, 2000, p.42-62., pp.195-
212.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
EquipePrecision
 
Escola de Postura - Back School
Escola de Postura - Back SchoolEscola de Postura - Back School
Escola de Postura - Back School
ascauri
 
Cartilha orientações posturais
Cartilha orientações posturaisCartilha orientações posturais
Cartilha orientações posturais
Mariana Melo
 
Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombar
Junio Alves
 
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
Aula 01   introdução, planos e eixos okAula 01   introdução, planos e eixos ok
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
Nayara de Queiroz
 

Mais procurados (20)

Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
 
Escola de Postura - Back School
Escola de Postura - Back SchoolEscola de Postura - Back School
Escola de Postura - Back School
 
Williams, mackenzie, klapp e feldenkrais
Williams, mackenzie, klapp e feldenkraisWilliams, mackenzie, klapp e feldenkrais
Williams, mackenzie, klapp e feldenkrais
 
Cartilha orientações posturais
Cartilha orientações posturaisCartilha orientações posturais
Cartilha orientações posturais
 
Exercicios e-postura
Exercicios e-posturaExercicios e-postura
Exercicios e-postura
 
Joelho
JoelhoJoelho
Joelho
 
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em FisioterapiaTestes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
 
Cotovelo
CotoveloCotovelo
Cotovelo
 
Cinésiologia parte 1
Cinésiologia parte 1Cinésiologia parte 1
Cinésiologia parte 1
 
Alongamentos 1
Alongamentos 1Alongamentos 1
Alongamentos 1
 
Cinesiologia e biomecânica do Ombro
Cinesiologia e biomecânica do OmbroCinesiologia e biomecânica do Ombro
Cinesiologia e biomecânica do Ombro
 
Op aula 01 - introdução ortese prótese
Op   aula 01 - introdução ortese próteseOp   aula 01 - introdução ortese prótese
Op aula 01 - introdução ortese prótese
 
Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombar
 
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
Aula 01   introdução, planos e eixos okAula 01   introdução, planos e eixos ok
Aula 01 introdução, planos e eixos ok
 
Coluna lombar
Coluna lombarColuna lombar
Coluna lombar
 
Apostila alongamentos
Apostila   alongamentosApostila   alongamentos
Apostila alongamentos
 
Biomecanica do pé e tornozelo
Biomecanica do pé e tornozeloBiomecanica do pé e tornozelo
Biomecanica do pé e tornozelo
 
Anatomia óssea da coluna vertebral
Anatomia óssea da coluna vertebralAnatomia óssea da coluna vertebral
Anatomia óssea da coluna vertebral
 
Punho e mao
Punho e maoPunho e mao
Punho e mao
 
Complexo articular do quadril
Complexo articular do quadrilComplexo articular do quadril
Complexo articular do quadril
 

Semelhante a Avaliação Postural - Apostila

Avaliação mmss apontamentos
Avaliação mmss   apontamentosAvaliação mmss   apontamentos
Avaliação mmss apontamentos
Rosana
 
Articulação de quadril
Articulação de quadrilArticulação de quadril
Articulação de quadril
Adriane Cunha
 

Semelhante a Avaliação Postural - Apostila (20)

Alinhamento Postural 2014.pptx
Alinhamento Postural 2014.pptxAlinhamento Postural 2014.pptx
Alinhamento Postural 2014.pptx
 
Alinhamento Postural.ppt
Alinhamento Postural.pptAlinhamento Postural.ppt
Alinhamento Postural.ppt
 
Pilates patologias da coluna
Pilates  patologias da colunaPilates  patologias da coluna
Pilates patologias da coluna
 
Quadril
QuadrilQuadril
Quadril
 
Avaliação mmss apontamentos
Avaliação mmss   apontamentosAvaliação mmss   apontamentos
Avaliação mmss apontamentos
 
Modulo 12
Modulo 12Modulo 12
Modulo 12
 
Treinamentocore
TreinamentocoreTreinamentocore
Treinamentocore
 
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptxaula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
 
322610864 s07-maquinas-vs-pesos-livres-1
322610864 s07-maquinas-vs-pesos-livres-1322610864 s07-maquinas-vs-pesos-livres-1
322610864 s07-maquinas-vs-pesos-livres-1
 
Modulo 17
Modulo 17Modulo 17
Modulo 17
 
Modulo 14
Modulo 14Modulo 14
Modulo 14
 
Entendendo o Core. Grazzi Favarato
 Entendendo o Core. Grazzi Favarato Entendendo o Core. Grazzi Favarato
Entendendo o Core. Grazzi Favarato
 
Articulação de quadril
Articulação de quadrilArticulação de quadril
Articulação de quadril
 
Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.
 
Apresentação biomecanica 2012
Apresentação biomecanica 2012Apresentação biomecanica 2012
Apresentação biomecanica 2012
 
Prova ed.física 2º ano
Prova ed.física 2º anoProva ed.física 2º ano
Prova ed.física 2º ano
 
38139_55fb6af78d1cd9fbb9eb68b559ea28b0.pdf
38139_55fb6af78d1cd9fbb9eb68b559ea28b0.pdf38139_55fb6af78d1cd9fbb9eb68b559ea28b0.pdf
38139_55fb6af78d1cd9fbb9eb68b559ea28b0.pdf
 
Prova ed.física 2º ano
Prova ed.física 2º anoProva ed.física 2º ano
Prova ed.física 2º ano
 
Coluna Lombar
Coluna LombarColuna Lombar
Coluna Lombar
 
Coluna cervical
Coluna cervicalColuna cervical
Coluna cervical
 

Mais de Fernando Valentim

Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superioresProtocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Fernando Valentim
 
Apostila - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
Apostila  - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifiaApostila  - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
Apostila - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
Fernando Valentim
 
Apostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
Apostila - Perda de Gordura - Prof. GalloApostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
Apostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
Fernando Valentim
 
Ebook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
Ebook - Guia de Nutricao para o FisioculturismoEbook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
Ebook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
Fernando Valentim
 
Revista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
Revista Você S.A. - Avaliação do DesempenhoRevista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
Revista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
Fernando Valentim
 
Treinamento musculação métodos e sistemas
Treinamento   musculação métodos e sistemasTreinamento   musculação métodos e sistemas
Treinamento musculação métodos e sistemas
Fernando Valentim
 

Mais de Fernando Valentim (11)

Resumo do livro - CAN'T HURT ME - David Goggins
Resumo do livro - CAN'T HURT ME - David GogginsResumo do livro - CAN'T HURT ME - David Goggins
Resumo do livro - CAN'T HURT ME - David Goggins
 
Curso sobre hipertrofia muscular
Curso sobre hipertrofia muscular  Curso sobre hipertrofia muscular
Curso sobre hipertrofia muscular
 
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superioresProtocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
Protocolo de avaliação da resistência muscular localizada de membros superiores
 
Apostila - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
Apostila  - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifiaApostila  - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
Apostila - Recursos Ergogênicos e Nutricionais para a hipertroifia
 
Apostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
Apostila - Perda de Gordura - Prof. GalloApostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
Apostila - Perda de Gordura - Prof. Gallo
 
Ebook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
Ebook - Guia de Nutricao para o FisioculturismoEbook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
Ebook - Guia de Nutricao para o Fisioculturismo
 
Ebook - Musculação - Além do Anabolismo - waldemar marques guimarães neto - e...
Ebook - Musculação - Além do Anabolismo - waldemar marques guimarães neto - e...Ebook - Musculação - Além do Anabolismo - waldemar marques guimarães neto - e...
Ebook - Musculação - Além do Anabolismo - waldemar marques guimarães neto - e...
 
Revista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
Revista Você S.A. - Avaliação do DesempenhoRevista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
Revista Você S.A. - Avaliação do Desempenho
 
E-book - Body Weight Cardio Program
E-book - Body Weight Cardio ProgramE-book - Body Weight Cardio Program
E-book - Body Weight Cardio Program
 
Treinamento musculação métodos e sistemas
Treinamento   musculação métodos e sistemasTreinamento   musculação métodos e sistemas
Treinamento musculação métodos e sistemas
 
Atividade física e qualidade de vida na 3 idade prof.me fernando valentim
Atividade física e qualidade de vida na 3 idade   prof.me fernando valentimAtividade física e qualidade de vida na 3 idade   prof.me fernando valentim
Atividade física e qualidade de vida na 3 idade prof.me fernando valentim
 

Último

Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdfRelação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
AdivaldoSantosRibeir
 
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
wilkaccb
 

Último (10)

Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoFarmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
 
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
 
Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdfRelação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
Relação de Medicos Edital 13 - Coparticipação (1).pdf
 
Manual de Higienização Hospitalar, limpeza.pdf
Manual de Higienização Hospitalar, limpeza.pdfManual de Higienização Hospitalar, limpeza.pdf
Manual de Higienização Hospitalar, limpeza.pdf
 
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoEscala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
 
Anticonvulsivante / Hipnoanalgésicos.pdf
Anticonvulsivante / Hipnoanalgésicos.pdfAnticonvulsivante / Hipnoanalgésicos.pdf
Anticonvulsivante / Hipnoanalgésicos.pdf
 
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxAULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
 
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
 
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
CARL ROGERS E A ACPNascido em 1902, em Oak Park, Illinois, subúrbio de Chicag...
 
aula sobre HELMINTOS E DOENÇAS CAUSADAS.pptx
aula sobre HELMINTOS E DOENÇAS CAUSADAS.pptxaula sobre HELMINTOS E DOENÇAS CAUSADAS.pptx
aula sobre HELMINTOS E DOENÇAS CAUSADAS.pptx
 

Avaliação Postural - Apostila

  • 1. Avaliação Postural Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Desenvolvimento Postural „ Vantagens e desvantagens da postura ereta; „ Curvas primárias da coluna vertebral; „ Curvas Secundárias da coluna vertebral; „ Alterações posturais com a idade. Figura 1 - Alterações Posturais com a idade Figura 2
  • 2. 2. Definição de Postura / Postura Padrão „ “Postura é uma composto das posições das diferentes articulações do corpo num dado momento. A postura correta é a posição na qual um mínimo de estresse é aplicado em cada articulação” (Magee, 2002). „ “A postura correta consiste no alinhamento do corpo com eficiências fisiológica e biomecânicas máximas, o que minimiza os estresses e as sobrecargas sofridas ao sistema de apoio pelos efeitos da gravidade” (Palmer & Apler, 2000). „ A “Postura Padrão” refere-se a uma postura “ideal” ao invés de uma postura média; „ O alinhamento esquelético ideal utilizado como padrão é consiste com princípios científicos válidos, envolve uma quantidade mínima de esforço e sobrecarga, e conduz à eficiência máxima do corpo. Figura 3 - Alinhamento Esquelético Ideal 3. Análise da Postura „ Envolve a identificação e a localização dos segmentos corpóreos relativos a linha de gravidade; „ A avaliação postural deve determinar se um segmento corporal ou articulação desvia-se de um alinhamento postural ideal.
  • 3. Figura 4 - Planos Sagital / Frontal / Transveral 3.1 Tipos Corporais „ Ectomórfico; „ Mesomórfico; „ Endomórfico. 3.2 Vista Lateral: Alinhamento ideal „ Na vista lateral, a linha de referência vertical, divide o corpo em secções anterior e posterior de igual peso; „ Na vista lateral, o ponto de referência fixo é levemente anterior ao maléolo externo e representa o ponto básico do plano médio-coronal do corpo em alinhamento ideal. Figura 5 - Vista Lateral
  • 4. 3.3 Vista Posterior: Alinhamento ideal „ Na vista posterior, a linha de referência vertical, divide o corpo em secções direita e esquerda; „ Na vista posterior, o ponto fica a meio caminho entre os calcanhares e representa o ponto básico do plano médio sagital do corpo em alinhamento ideal. Figura 6 - Vista Posterior 4. História Clínica „ Qual é a idade do paciente? Qual é a ocupação? „ Há um histórico de traumatismo? „ Se houver um histórico de trauma, foi uma postura específica, postura sustentada ou uma postura repetitiva? „ A família tem qualquer histórico de problemas na coluna? „ Existe antecedente de doença, cirurgia ou lesões graves que tenham ocorrido com o paciente? „ O sapato faz diferença para a postura ou os sintomas do paciente? „ Se uma deformidade estiver presente, ela é progressiva ou estacionária? „ Qual é a natureza, extensão, tipo e duração da dor? „ Existem posturas ou ações que aumentam ou diminuam a dor? „ O que o paciente é capaz de fazer funcionalmente? „ Qual a atividade ou lazer habitual do paciente? Que atividades agravam e aliviam a dor? 5. Avaliação Postural „ Abordagem organizada e sistemática; „ O paciente deve sentir-se à vontade e evitar rigidez e posições não-naturais; „ Deve ser visualizado o equilíbrio global do corpo; „ O fio de prumo situa-se no ponto ântero-posterior anterior ao maléolo lateral e, para os desvios laterais, entre os calcanhares.
  • 5. „ É importante verificar as alterações de tempos em tempos para certificar-se dos dados, se a posição não mudou, porque o paciente pode "corrigir" sua alteração momentaneamente. 5.1 Vista Lateral 1) Articulações dos tornozelos: Ângulo tíbio-társico ( ) Preservado; ( ) Aumentado D / E; ( ) Diminuído D / E. 2) Articulações dos joelhos: ( ) Alinhados; ( ) Fletidos D / E; ( ) Hiperestendidos D / E. 3) Articulações dos quadris: ( ) Alinhada; ( ) Fletida D / E; ( ) Estendida D / E. 4) Pelve: ( ) Alinhada; ( ) Com anteversão; ( ) Com antepulsão; ( ) Com retroversão; ( ) Com retropulsão. 5) Alinhamento do Tronco: ( ) Alinhado; ( ) Rotação de cintura escapular D / E ; ( ) Rotação de cintura pélvica D / E; ( ) Rotação de cintura escapular e pélvica D / E. 6) Coluna Lombar: ( ) Curvatura normal; ( ) Aumento da lordose; ( ) Retificação da lordose; ( ) Aumento da lordose toráco-lombar. 7) Coluna Torácica: ( ) Curvatura normal; ( ) Aumento da cifose; ( ) Retificação da cifose.
  • 6. 8) Articulação do cotovelo: ( ) Alinhada; ( ) Aumento da flexão D / E Ângulo de carregamento: ( ) Com hiperextensão D / E. Figura 7 9) Articulações dos ombros: ( ) Alinhados; ( ) Com protração D / E; ( ) Com retração D /E; ( ) Com rotação medial D / E; ( ) Com rotação lateral D / E. Figura 8
  • 7. 10) Coluna Cervical: ( ) Curvatura normal; ( ) Aumento da lordose; ( ) Retificação da lordose. 11) Cabeça: ( ) Alinhada; ( ) Com protração; ( ) Com retração. Figura 9 - Protração / Retração 5.2 Vista Posterior 1) Articulações dos tornozelos: ( ) Alinhadas; ( ) Com varo D / E; ( ) Com valgo D / E. 2) Retropé: (Tendão de Aquiles) ( ) Alinhado; ( ) Desalinhado. Figura 10
  • 8. 3) Apoio do retropé: ( ) Apoio homogêneo no bordo medial e lateral; ( ) Maior apoio em bordo medial D / E; ( ) Maior apoio em bordo lateral D / E. 4) Articulações dos joelhos: ( ) Alinhadas; ( ) Com valgo D / E; ( ) Com varo D / E. Figura 11 - Joelho Varo / Valgo 5) Espinhas ilíacas póstero-superiores (EIPS): ( ) Alinhadas; ( ) Desalinhadas mais alta D / E; 6) Altura das cristas ilíacas: ( ) Alinhadas; ( ) Desalinhadas mais alta D / E. 7) Coluna Lombar: ( ) Alinhada; ( ) Convexidade D / E.
  • 9. Figura 12 - Escoliose 8) Coluna Torácica: ( ) Alinhada; ( ) Convexidade D / E. 9) Ângulos inferiores da escápula: ( ) Alinhados; ( ) Desalinhados mais alto D / E. 10) Posição das escápulas: ( ) Alinhadas; ( ) Alada (s) D / E; ( ) Abduzida D / E; ( ) Aduzida D / E. Figura 13 11) Distância entre bordo medial da escápula e coluna vertebral: ( ) Simétrica; ( ) Assimétrica (D: .......cm e E: .......cm).
  • 10. 12) Triângulo de Tales: ( ) Simétrico; ( ) Maior D / E; 13) Articulações dos ombros: ( ) Alinhados; ( ) Ombro mais alto D / E ; Figura 14 14) Coluna Cervical: ( ) Alinhada; ( ) Convexidade D / E. 15) Cabeça: ( ) Alinhada; ( ) Inclinação lateral D / E; ( ) Rotação D / E; 5.3 Vista Anterior: 1) Hálux: ( ) Alinhado; ( ) Valgo D / E; 2) Antepé: ( ) Alinhado; ( ) Abduzido D / E, ( ) Aduzido D / E. 3) Arco longitudinal medial: ( ) Plano D / E; ( ) Cavo D / E; 4. Apoio do antepé: ( ) Apoio homogêneo no bordo medial e lateral; ( ) Maior apoio em bordo medial D / E;
  • 11. ( ) Maior apoio em bordo lateral D / E. Figura 15 5) Articulações dos joelhos: ( ) Alinhada; ( ) Valgo D / E - Distância entre maléolos internos:...............cm; ( ) Varo D / E - Distância entre côndilos internos:.................cm; 6) Patelas: ( ) Alinhadas; ( ) Patela mais alta D / E; ( ) Patela rodada lateralmente ( rotação lateral do fêmur); ( ) Patela rodada medialmente ( rotação medial do fêmur). 7) Espinhas ilíacas ântero-superiores (EIAS): ( ) Alinhadas; ( ) Desalinhadas mais alta D / E; 8) Alturas das cristas ilíacas: ( ) Alinhadas; ( ) Desalinhadas mais alta D / E; 9) Alinhamento do Tronco: ( ) Alinhado; ( ) Rotação de cintura escapular D / E ; ( ) Rotação de cintura pélvica D / E; ( ) Rotação de cintura escapular e pélvica D / E. ( ) Inclinação lateral D / E. Figura 16
  • 12. 10) Tórax: ( ) Simétrico; ( ) Assimétrico. 11) Articulações dos ombros: ( ) Alinhados; ( ) Ombro mais alto D / E ; ( ) Rotação medial D / E; ( ) Rotação lateral D / E. 12) Cotovelos: ( ) Alinhados; ( ) Aumento da flexão D / E; ( ) Hiperextensão D / E. 13) Clavículas: ( ) Simétricas; ( ) Clavícula mais horizontalizada D/E; ( ) Clavícula mais verticalizada D/E. 14) Fossas Supraclaviculares: ( ) Simétricas; ( ) Assimétricas - aumentada D / E; 15) Cabeça: ( ) Alinhada; ( ) Inclinação lateral D / E; ( ) Rotação D / E. 5.4 Flexão de Tronco: „ Teste de Flexibilidade: Schober e Stibor / 3° dedo ao chão. „ Medição de Comprimento de Membros Inferiores. Figura 17
  • 13. Figura 18 - Flexão de Tronco Figura 19 - Medição do Membro Inferior 6. Principais causas de uma postura incorreta „ Traumatismo; „ Patologias que limitam a perda funcional da força muscular e a mobilidade; „ Hábitos de postura viciosa; „ Fraqueza muscular; „ Atitude Mental; „ Hereditariedade; „ Indumentária Inadequada 7. Alterações Posturais / Desvios do Alinhamento Ideal „ Hiperlordose / Retificação da Lordose; „ Aumento da Cifose Torácica / Retificação da Cifose; „ Escoliose.
  • 15. Figura 22 – Escoliose Figura 23
  • 17. Referências Bibliográficas 1) Magee D J. Avaliação Postural In: Magee DJ. Disfunção Musculoesquelética. 3ª edição, São Paulo: Manole:, 2002, p.105-157. 2) Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Postura: alinhamento e equilíbrio muscular. In: Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Músculos Provas e Funções. 4ªedição, São Paulo: Manole,1995, p.69-118. 3) Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Escoliose. In: Kendall FP; McCreary EK; Provance PG. Músculos Provas e Funções. 4ªedição, São Paulo: Manole,1995, p.121-129. 4) Bienfait M. Fisiologia, patologia e tratamento fisioterápico. São Paulo: Summer, 1995. 5) Daniel L, Worthingham C. Análise e avaliação do alinhamento corporal. In: Daniel L.; Worthingham C. Exercícios terapêuticos para alinhamento e função corporal. 2ª edição, São Paulo: Manole, 1983, p.1-36. 6) Palmer, LM.; Epler, ME. Postura. In: Palmer, LM; Epler, ME. Fundamentos das Técnicas de Avaliação Musculoesquelética. 2 edição, São Paulo: Guanabara Koogan, 2000, p.42-62., pp.195- 212.