Seminário Nossa Prática
Eixo 06 - Formas Integradas de Trabalho entre PAIF/SAF/Supervisão/Articulação
Fundação de Assistên...
Apresentação

CRAS Centro – Rua Dr Sebastião Leão, 273
Bairro Azenha.

Bairros: Floresta, Centro, Centro Histórico, Bom ...
Articulação de Rede
Intersecretarias

Articulação da rede, sob coordenação do CRAS Centro, com:
− Saúde (ESF Modelo, UBS ...
Origem

O trabalho em rede se originou na experiência
que o antigo Centro Regional de Assistência
Social Centro, juntamen...
NINGUÉM
SABE TUDO TODOS NÓS
IGNORAMOS
ALGUMA
COISA
TODOS NÓS
SABEMOS
ALGUMA
COISA
POR ISSO
APRENDEMO
S
SEMPRE
PAULO
FREIRE
Objetivo Geral

Construir estratégias de atendimento
integrado dos serviços, identificando
demandas e potencializando as ...
Objetivos Específicos

Socializar as ações que cada secretaria executa
nos territórios;

Promover ações planejadas terri...
Metodologia

São realizadas reuniões semanais, nas quartas-feiras pela manhã,
sendo cada semana com os serviços que atend...
Impacto Social

A Rede se destaca pela forma integrada de
atendimento às demandas, compondo
atendimentos de forma compart...
Impacto Social

Rede vem qualificando os profissionais através de
apresentações de serviços de forma a orientar
quanto ao...
Impacto Social

A participação dos integrantes da rede é constituída de
forma multi-profissional, com representação de vá...
Impacto Social

Planejamento e execuções de ações de prevenção e promoção
nas comunidades de maior vulnerabilidade social...
NINGUÉM
SABE TUDO TODOS NÓS
IGNORAMOS
ALGUMA
COISA
TODOS NÓS
SABEMOS
ALGUMA
COISA
POR ISSO
APRENDEMO
S
SEMPRE
PAULO
FREIRE
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

25. apresentação cras centro

712 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
712
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

25. apresentação cras centro

  1. 1. Seminário Nossa Prática Eixo 06 - Formas Integradas de Trabalho entre PAIF/SAF/Supervisão/Articulação Fundação de Assistência Social e Cidadania Proteção Social Básica ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSECRETARIASARTICULAÇÃO DE REDE INTERSECRETARIAS CRAS Centro - Setembro/2013 -
  2. 2. Apresentação  CRAS Centro – Rua Dr Sebastião Leão, 273 Bairro Azenha.  Bairros: Floresta, Centro, Centro Histórico, Bom Fim, Independência, Rio Branco, Petrópolis, Santa Cecília, Azenha, Menino Deus, Santana, Farroupilha, Bela Vista, Moinhos de Vento, Mont Serrat, Auxiliadora, Jardim Botânico (parte), Santo Antônio (parte), Partenon (parte);  Comunidades: Loteamento Santa Teresinha, Vila Juliano Moreira, Vila Sossego, Condomínio dos Anjos, Padre Cacique, Quilombo Fidelix, Quilombo Areal – Baronesa do Gravataí, Vila Planetário, Condomínio Princesa Isabel, Condomínio Lupicínio Rodrigues, Comunidade da Freitas de Castro, Comunidade das Vilas Renascença I e II,
  3. 3. Articulação de Rede Intersecretarias  Articulação da rede, sob coordenação do CRAS Centro, com: − Saúde (ESF Modelo, UBS Modelo, ESF Santa Marta, UBS Santa Marta e ESF Santa Cecília); − Educação (PIM-PIÁ, EJA Paulo Freire, Escola EPA, Escolas Estaduais, UFRGS/FSS); − Assistência (CRAS Centro, SAF Cedel, CREAS Centro, Centro POP, Conselho Tutelar, Casa Brasil) − eventuais parceiros convidados (INSS, MPDH-RS, CRAI, CRAM, CRVV, Defensoria Pública da União, Dermatologia Sanitária).  A Rede tem a proposta de socializar e discutir os serviços e o atendimento às famílias dos territórios, integrando e potencializando a ação dos serviços. Além disso, a Rede também vem discutindo a execução da Política Pública no território, identificando potencialidades e fragilidades.
  4. 4. Origem  O trabalho em rede se originou na experiência que o antigo Centro Regional de Assistência Social Centro, juntamente com as Secretarias da Governança, Educação e Saúde executaram na Vila Chocolatão, quando ainda era na Loureiro da Silva, onde vários agentes públicos atuavam de forma isolada e sem comunicação.
  5. 5. NINGUÉM SABE TUDO TODOS NÓS IGNORAMOS ALGUMA COISA TODOS NÓS SABEMOS ALGUMA COISA POR ISSO APRENDEMO S SEMPRE PAULO FREIRE
  6. 6. Objetivo Geral  Construir estratégias de atendimento integrado dos serviços, identificando demandas e potencializando as ações Intersecretarias no território, potencializando a articulação com demais políticas públicas, visando a qualificação do atendimento às populações atendidas.
  7. 7. Objetivos Específicos  Socializar as ações que cada secretaria executa nos territórios;  Promover ações planejadas territorialmente para superar a fragmentação, segmentação e focalização;  Buscar o alcance da universalidade de cobertura;  Planejar e monitorar a rede de cobertura;  Realizar vigilância social das exclusões e estigmatizações presentes nos territórios de maior vulnerabilidade (conforme diretrizes do PNAS).
  8. 8. Metodologia  São realizadas reuniões semanais, nas quartas-feiras pela manhã, sendo cada semana com os serviços que atendem no território de referência do serviço de saúde. Ou seja, numa semana a reunião é com os serviços do território do ESF e UBS Santa Marta, no próximo do ESF e UBS Modelo e no seguinte com o ESF Santa Cecília. Nestas reuniões são tratadas especifidades do território e acompanhamento familiar. Na primeira quarta-feira do mês, é realizada uma reunião geral, onde participam todos os serviços do território CRAS Centro e convidados eventuais (INSS, MP, CRAI, CRAM, Dermatologia Sanitária etc). Nesta reunião é realizado o planejamento e monitoramento da rede de cobertura, identificando demandas da política pública no território. A pauta da reunião geral é elaborada de acordo com as demandas levantadas por este grupo, sendo encaminhadas para mês seguinte.
  9. 9. Impacto Social  A Rede se destaca pela forma integrada de atendimento às demandas, compondo atendimentos de forma compartilhada entre as secretarias e profissionais envolvidos: discussão do caso, articulação do Plano de Atendimento, visitas conjuntas, definição de prioridades por parte de cada serviço, avaliação. A partir disso, identificamos: agilidade nos encaminhamentos propostos, os serviços não atuam sozinhos, os profissionais envolvidos compartilham do mesmo propósito, as informações são facilmente compartilhadas, e o cidadão se reconhece enquanto Cidadão de Direitos.
  10. 10. Impacto Social  Rede vem qualificando os profissionais através de apresentações de serviços de forma a orientar quanto ao seu funcionamento (fluxo, critérios, base legal, horários, equipes). - Por exemplo: atendimento à população adulta de rua, atendimento aos Idosos, atendimento às mulheres vítimas de violência, Defensoria Pública da União, INSS, Centro de referência à criança e adolescente vítima de violência;
  11. 11. Impacto Social  A participação dos integrantes da rede é constituída de forma multi-profissional, com representação de várias profissões: advogados, assistentes sociais, psicólogos, educadores sociais, agentes de saúde, enfermeiros, médicos de família, odontólogos, conselheiros tutelares, pedagogos, terapeutas ocupacionais, sociólogos, engenheiros, arquitetos, geógrafos, estudantes de ensino médio e superior.  A Rede Intersecretarias tem recebido estudantes e profissionais de outros países (Estados Unidos, Canadá, Suécia, Finlândia, Itália) a fim de conhecer o trabalho integrado realizado por todos envolvidos.
  12. 12. Impacto Social  Planejamento e execuções de ações de prevenção e promoção nas comunidades de maior vulnerabilidade social identificada pela Rede, tais como: Loteamento Santa Terezinha, Vila Sossego, Vila Planetário, Condomínio Princesa Isabel.  Execução do Projeto Rede InterSossego, em parceria com a FSS/UFRGS, na comunidade da Vila Sossego;  Está sendo construído a articulação entre CRAS Centro e Centro POP 1 e 2 visando o atendimento do Cadasto Único para a População Adulta de Rua dentro do serviço dos Centros POP 1 e 2;  Seminários entre CRAS Centro, ESF Santa Cecília com professores da Rede Estadual de Ensino do território.
  13. 13. NINGUÉM SABE TUDO TODOS NÓS IGNORAMOS ALGUMA COISA TODOS NÓS SABEMOS ALGUMA COISA POR ISSO APRENDEMO S SEMPRE PAULO FREIRE

×