18. apresentação cras lomba segurança alimentar

498 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

18. apresentação cras lomba segurança alimentar

  1. 1. SAF/CRAS Lomba do Pinheiro
  2. 2.  Grupos socioeducativos com Famílias em situação de insegurança alimentar e acompanhamento familiar
  3. 3.  Empoderar as famílias beneficiárias deste programa, a fim de romperem com o contexto de vulnerabilidade em que se encontram, através do acompanhamento familiar que proporcione um espaço de escuta e reflexão, propiciando às famílias tanto o acolhimento da situação vivenciada, quanto à ampliação da conscientização acerca de sua dinâmica, dificuldades, potencialidades e recursos para o enfrentamento de conflitos, fortalecimento de vínculos e construção de novas formas de relacionamento, possibilitando à família o auto-reconhecimento como cidadãos de direito.
  4. 4.  Acompanhar às famílias que vivem em situação de insegurança alimentar, de acordo com as demandas trazidas pelo usuário e identificadas pelo técnico;  Empoderar as famílias resgatando sua identidade, fortalecendo sua independência e autonomia;  Construir junto às famílias alternativas de superação das situações de vulnerabilidade que as levaram a procurar o serviço;  Auxiliar no acesso à rede socioassistencial e às demais Políticas Públicas de forma integral;
  5. 5.  Estimular o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários;  Proporcionar às famílias ações socioeducativas, através de encontros grupais, oficinas e projetos de geração de trabalho e renda;  Incentivar o ingresso das famílias no mercado de trabalho formal ou informal.
  6. 6.  Beneficia aproximadamente trezentas famílias por mês.  Critérios para ingresso: famílias em situação de vulnerabilidade alimentar com crianças no núcleo familiar, com idosos e pessoas com deficiência sem condições de prover seu sustento;
  7. 7.  Acontece em cinco etapas, sendo:  Acolhida: é realizado entrevista individual, afim de identificar as demandas do usuário, fazer combinações e encaminhamentos.  Visitas Domiciliares: são realizadas para avaliação de inclusão no Projeto, acompanhamento familiar e desligamento.  Encontro de Formação Socioeducativa: ocorre uma vez no mês e tem como objetivo discutir temas relevantes ao cotidiano das famílias beneficiadas por este programa, como por exemplo, saúde, higiene, educação, controle social, etc.
  8. 8.  Encontro de Entrega do Rancho: encontro mensal com momento de informes de interesses da população atendida e entrega da cesta básica às famílias.  Grupos de Geração de Renda: grupos de encontros semanais, coordenados por um técnico juntamente de um oficineiros voluntários da comunidade.
  9. 9.  Superação das vulnerabilidades apresentadas inicialmente;  Inclusão/retorno ao mercado de trabalho, escola e cursos profissionalizantes;  Rompimento do ciclo de violência doméstica;  Aumento da auto-estima, autonomia e independência.  Auto-reconhecimento como cidadãos, confecção de documentos, inclusão no Cadastro Único, ingresso no Programa Bolsa Família, participação em espaços de controle social, etc.
  10. 10.  Aumento da renda dos beneficiários do Projeto;  Formação de multiplicadores;  Desligamento do Projeto Mutirão Contra a Fome.
  11. 11.  Participação efetiva de todos os beneficiários nos grupos oferecidos;  Oferta de novos grupos;  Criar novos espaços de convivência;

×