10. apresentação cras gloria

2.340 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.340
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10. apresentação cras gloria

  1. 1. ENCONTRO DE PRÁTICAS DA PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA
  2. 2. Rua Coronel Neves, 555 – Medianeira Região: Glória Território Belém Velho, Jardim Cascata, Glória, Jardim Marabá, Medianeira, Jardim Renascença, Ludovico Bohel (vila limite até Estrada dos Alpes), Vila Primeiro de Maio, Vila Graciliano Ramos e Vila Santa Clara. CRAS AMPLIADO GLÓRIA
  3. 3. Eixo: Ações integradas entre o SCFV, PAIF e Cadastro Único Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, pessoas a partir dos 60 anos, e a promoção dos direitos sociais, através das ações PAIF.
  4. 4. Relevância Ações de inclusão social, promoção e proteção, privilegiando a atenção e o cuidado nesta etapa de desenvolvimento humano.
  5. 5. Objetivo Geral Priorizar as ações de integração do SCFV, PAIF e Cadúnico: – Ações Informativas, oportunizando o conhecimento sobre direitos sociais; – Ações de Convivência, promovendo o acesso aos serviços e benefícios sociais existentes e na melhoria do convívio familiar e comunitário.
  6. 6. Objetivo Específico Oportunizar acolhimento, escuta sensível, atendimento individual e familiar, visando um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo; Potencializar os direitos individuais e coletivos dos idosos, oportunizando sua participação em atividades sociais, culturais e esportivas.
  7. 7. Atividades intergeracionais que propiciem experiências e vivências, buscando o desenvolvimento integral (físico e psíquico); Discussão e reflexão referentes aos processo de envelhecimento; Propiciar a independência nas atividades diárias e comunitárias através da melhoria da qualidade de vida do idoso.
  8. 8. Metodologia  Acolhida Institucional:recepção , atendimento individual através da escuta sensível, avaliação da realidade social do idoso e familiar;  Encaminhamentos, orientações e providências às demandas (cadúnico-NIS), Previdência Social(BPC), Saúde, Habitação; entre outras.  Plano de acompanhamento familiar / PAIF - construção conjunta do plano com “Fedback” , sendo que deve ocorrer a troca com o Referência sobre este plano;  Grupo de Convivência, que se realiza semanalmente as quartas-feira,com atividades de entretenimento, sociais, lazer e cultura. O grupo oportuniza um espaço de trocas, de vivências e experiências, contribuindo ao fortalecimento e aprendizado no processo de mudança;  Entendimento do ciclo de vida e do processo de envelhecimento, no qual o referência é o facilitador e mediador das ações propostas;  Priorizar a integração das ações do referência/ Grupo com as ações da Equipe PAIF
  9. 9. Fluxograma - CRAS
  10. 10. Impacto Social Melhorar a qualidade de vida da população a partir dos 60 anos, principalmente as que se encontram em vulnerabilidade social e sem acesso aos seus direitos; Aperfeiçoar as ações já existentes e pensar em novas possibilidades a curto, médio e longo prazo.
  11. 11. Desafios Busca ativa da população que ainda carece deste Serviço; Mapeamento da Região Glória, buscando identificar as lacunas de atendimento; Identificar as demandas através da aproximação com a Rede Intersecretarias; A partir deste levantamento, propiciar ações de inclusão.
  12. 12. GRUPO SCFV  Este espaço terá uma foto recente do grupo
  13. 13.  Agradecemos a todos!!  Equipe:Samanta Franskoviak,Márcia Santos Bento, Aline Stecker e Solange Rosane Rodrigues  Estagiários: Deise Fortuna, Fernanda Luchina, Celeni Crestani

×