1
Atributos Técnicos
• A estrutura pesa 36,000 toneladas, quatro vezes o peso da torre Eiffel.
• 7 pilares (P1 a P7): O mais...
3
Dimensão da obra
A dimensão da obra obrigou a encomenda de diversos estudos em áreas tão variadas
como:
• Geologia
• Desen...
5
Recordes
• A diferença de cotas entre o ponto mais alto e o mais baixo da
estrutura é de 343 metros, consagrando-se assim ...
PPrémios
• Awards
• Chicago Athenaeum International Architecture Award – Millau Viaduct
• Staalbouwwedstrijd / Concours Co...
Bibliografia
• http://www.guinnessworldrecords.com/recor
ds-3000/tallest-bridge/
• http://www.leviaducdemillau.com/en_inde...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Novas Tecnologias1: Viaduto de Millau

2.299 visualizações

Publicada em

O grupo do NTIEC apresenta, a partir de hoje, um conjunto de várias tecnologias inovadoras e vanguardistas, uma panóplia de concepções e soluções desafiadoras, um aglomerado de paradigmas históricos que farão a diferença no mundo de hoje e no de amanhã!

A mudança é constante e imparável, pelo que estar atento ao que de melhor se faz por esse mundo fora é vital para o sucesso! Na área da Engenharia Civil esse processo não está morto: pelo contrário, encontra-se pronto para desbravar novas fronteiras e estabelecer uma era de construção sustentável e surpreendente como nunca se viu!

A inaugurar esta rúbrica das “Novas Tecnologias” está a apresentação sobre o Viaduto de Millau, uma obra que levou a concepção de pontes ao limite… e a ultrapassou, elevando a fasquia para futuros engenheiros:

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
820
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novas Tecnologias1: Viaduto de Millau

  1. 1. 1
  2. 2. Atributos Técnicos • A estrutura pesa 36,000 toneladas, quatro vezes o peso da torre Eiffel. • 7 pilares (P1 a P7): O mais alto dos quais , denominado P2, mede cerca de 245m e está situado 270m acima do rio Tarn. • 2 pontos de contacto (C0 e C8). • Foram usados cerca de 85,000 m3 de betão. • Tabuleiro: 32.05m de largura com duas faixas de rodagem em cada um dos 2 sentidos e barreiras de protecção contra o vento com 3 metros de altura . 2
  3. 3. 3
  4. 4. Dimensão da obra A dimensão da obra obrigou a encomenda de diversos estudos em áreas tão variadas como: • Geologia • Desenho dos pilares e tabuleiro • Registos meteorologicos • Ação da neve • Ação sísmica • Manutenção e operação • Métodos construtivos • Análise de custos • Hidráulica • Arqueologia 4
  5. 5. 5
  6. 6. Recordes • A diferença de cotas entre o ponto mais alto e o mais baixo da estrutura é de 343 metros, consagrando-se assim como a ponte mais alta do mundo segundo o livro de recordes do Guiness World Records. 6
  7. 7. PPrémios • Awards • Chicago Athenaeum International Architecture Award – Millau Viaduct • Staalbouwwedstrijd / Concours Construction Acier – Winner International category, Millau Viaduct • IABSE (International Association for Bridge and Structural Engineering) Outstanding Structure Award – Millau Viaduct • The Building Exchange (BEX) Award – Best Use of Architectural or Structural Design in a Regeneration Scheme, 2nd Place, Millau Viaduct • Balthasar Neumann Prize – Commendation, Millau Viaduct • Wallpaper Design Awards – Best New Public Building, Millau Viaduct • ECCS European Award for Steel Structures – Millau Viaduct, France • RIBA Award – Millau Viaduct • D&AD Gold Award – Millau Viaduct • Travel + Leisure Design Award for Best Infrastructure – Millau Viaduct • Singapore Construction Excellence Award - Civil Category, Millau Viaduct 7
  8. 8. Bibliografia • http://www.guinnessworldrecords.com/recor ds-3000/tallest-bridge/ • http://www.leviaducdemillau.com/en_index.p hp#/accueil/ • http://www.amusingplanet.com/2012/03/mill au-viaduct-france-tallest-bridge-in.html • http://www.omegacentre.bartlett.ucl.ac.uk/st udies/cases/pdf/FRANCE_MILLAU_PROFILE_2 01210.pdf 8

×