Apresentação 11-12-2013 - NTIEC/FEUP - Apresentação bimTEC

411 visualizações

Publicada em

Sessão de Introdução ao BIM promovida pelo NTIEC, 11-12-2013 - FEUP

Apresentação - bimTEC: A importância da customização e do desenvolvimento de ferramentas e métodos na adoção de BIM

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
159
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 11-12-2013 - NTIEC/FEUP - Apresentação bimTEC

  1. 1. A IMPORTÂNCIA DA CUSTOMIZAÇÃO E DO DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS E MÉTODOS NA ADOÇÃO DE BIM Sessão de Introdução ao BIM 11 de dezembro, 2013 - FEUP
  2. 2. Concretizar a imaginação
  3. 3. Concretizar a imaginação Projetos “loucos” começam gradualmente a ser tecnológica e economicamente viáveis  Testar designs de elevada complexidade  Alterar o projeto com eficácia e rapidez Os BIM como ferramentas de suporte e desenvolvimento do processo criativo
  4. 4. Concretizar a imaginação Os BIM como ferramentas de suporte e desenvolvimento do processo criativo HEYDAR ALIYEV CENTRE – Baku, Azerbaijan. Designed by Zaha Hadid.
  5. 5. Concretizar a imaginação Os BIM como ferramentas de sustentação e de desenvolvimento do processo criativo
  6. 6. Expectativas e dificuldades
  7. 7. O bloqueio inicial Expectativas e dificuldades de quem começa a utilizar ferramentas BIM POTENCIAL MATURAÇÃO RENDIMENTO
  8. 8. O bloqueio inicial Expectativas e dificuldades de quem começa a utilizar ferramentas BIM POTENCIAL MATURAÇÃO RENDIMENTO
  9. 9. Modelo Analítico Mapas de Quantidades Potencial Outputs diretos das aplicações BIM Desenhos
  10. 10. Rendimento Outputs desejáveis num fluxo de trabalho baseado em BIM Configurações de visualização à medida das exigências do cliente Definição de templates de representação para satisfazer as normas de diferentes países e regiões
  11. 11. Rendimento Outputs desejáveis num fluxo de trabalho baseado em BIM
  12. 12. Rendimento Outputs desejáveis num fluxo de trabalho baseado em BIM
  13. 13. ANÁLISE E DOCUMENTAÇÃO MODELAÇÃO E PREPARAÇÃO Rendimento Outputs desejáveis num fluxo de trabalho baseado em BIM MODELO PARAMÉTRICO GEOMÉTRICO MODELO PARAMÉTRICO ANALÍTICO MODELO ANALÍTICO DE CÁLCULO ANÁLISE DE RESULTADOS DIMENSIONAMENTO E MODELAÇÃO DETALHE E DOCUMENTAÇÃO
  14. 14. REFINAMENTO EM ASD Rendimento Outputs desejáveis num fluxo de trabalho baseado em BIM
  15. 15. 1. Templates de Visualização 2. Regras de Modelação 3. Extração de Quantidades 4. Preparação do Modelo Analítico 5. Operações de Importação e Exportação 6. Desenvolvimento de ferramentas e aplicações de apoio Maturação Processos de definição e configuração de workflows
  16. 16. Implementação BIM
  17. 17. 1. Estilos (linhas, objetos e texto) 2. Organização das Vistas 3. View Templates 4. Famílias 5. Anotações Implementação BIM Templates de Visualização
  18. 18. 1. Estilos (linhas, objetos e texto) 2. Organização das Vistas 3. View Templates 4. Famílias 5. Anotações Implementação BIM Templates de Visualização
  19. 19. 1. Estilos (linhas, objetos e texto) 2. Organização das Vistas 3. View Templates 4. Famílias 5. Anotações Implementação BIM Templates de Visualização
  20. 20. 1. Estilos (linhas, objetos e texto) 2. Organização das Vistas 3. View Templates 4. Famílias 5. Anotações Implementação BIM Templates de Visualização
  21. 21. 1. Estilos (linhas, objetos e texto) 2. Organização das Vistas 3. View Templates 4. Famílias 5. Anotações Implementação BIM Templates de Visualização
  22. 22. Implementação BIM Regras de Modelação
  23. 23. QUANTIDADES ALTERADAS AO EXPORTAR Implementação BIM Regras de Modelação
  24. 24. Implementação BIM Regras de Modelação
  25. 25. 1. Regras de Medição 2. Configuração de Mapas de Quantidades 3. Gestão do Modelo através dos mapas de elementos Implementação BIM Extração de Quantidades
  26. 26. Implementação BIM Preparação do Modelo Analítico
  27. 27. 1. Utilização do modelo IFC 2. Ligação a ferramentas CAD 3. Worksharing Implementação BIM Operações de Importação e Exportação
  28. 28. 1. Utilização do modelo IFC 2. Ligação a ferramentas CAD 3. Worksharing Implementação BIM Operações de Importação e Exportação
  29. 29. 1. Utilização do modelo IFC 2. Ligação a ferramentas CAD 3. Worksharing Implementação BIM Operações de Importação e Exportação
  30. 30. 1. Programação da API 2. Plug-ins 3. Ferramentas de apoio Implementação BIM Desenvolvimento de ferramentas e aplicações de apoio
  31. 31. 1. Programação da API 2. Plug-ins 3. Ferramentas de apoio Implementação BIM Desenvolvimento de ferramentas e aplicações de apoio
  32. 32. 1. Programação da API 2. Plug-ins 3. Ferramentas de apoio Implementação BIM Desenvolvimento de ferramentas e aplicações de apoio
  33. 33. Considerações finais
  34. 34. 1. Aplicações BIM são ferramentas poderosas, capazes de agilizar processos até agora demasiado complexos; 2. Uma parte significativa da complexidade passa para a fase de preparação e de configuração dos modelos e respetivos processos de modelação, que devem ser definidos de forma a satisfazer as exigências de utilização; 3. A evolução dos modelos BIM procede de forma bastante acelerada, pelo que, deve ser estimulada a utilização de ferramentas complementares, sejam elas existentes no mercado ou desenvolvidas pelo utilizador. Conclusões Ideias-chave a reter
  35. 35. 1. Descarregar aplicações  Versões Trial das principais aplicações (Revit, ArchiCAD, etc.)  Viewers (Solibri Model Viewer, Tekla BIMsight, etc.) 2. Consultar artigos, vídeos e tutoriais disponíveis na Internet  Lynda.com  Infiniteskills  … 3. Modelar um projeto  A vossa casa!  Peçam projetos aos Profs. ou em gabinetes de arquitetura e engenharia Sugestão Começar a BIMar!!
  36. 36. bimTEC www.bimtec.pt André Monteiro | Eng.º Civil andremonteiro@bimtec.pt

×