SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Elementos Fundamentais: núcleo, citoplasma e
membrana plasmática.
 Toda célula possui membrana plasmática e as membranas
têm características semelhantes entre si;
 A função da membrana é a mesma para qualquer célula;
 As membranas são compostas de uma bicamada de
fosfolipídios e de proteínas que estão em toda a membrana ;a
camada de fosfolipídios tem uma parte hidrofóbica que se
volta para o meio e uma parte hidrofílica que é extracelular;
 O que diferencia uma membrana da outra são os tipos de
proteína e fosfolipídios que as formam;
 EXEMPLO: a célula bacteriana tem uma composição
fosfolipídica = de uma célula eucariótica;
 *As proteínas que formam a membrana podem ser :
 -transmembranas : que vão de um lado ao outro da
membrana ;
 -periféricas : que ficam em cada um dos lados da
membrana (lado de dentro e lado de fora ); elas passam
do lado de dentro da membrana para o lado de fora ;
 *O movimento das moléculas de proteínas e
fosfolipídios determina as propriedades da membrana :
elasticidade , plasticidade e regeneração;
 As moléculas de colesterol inseridas nos fosfolipídios da
membrana influenciam na fluidez da mesma : quanto mais
colesterol na membrana , menos fluida a membrana .
 Também na membrana da célula animal encontramos
glicoproteínas que são proteínas associadas a um glicídio , a
um carboidrato ; e glicolipídios que são fosfolipídios
associados a um glicídio ;
 Apresentam molécula de ergosterol que tem um papel
semelhante ao do colesterol;
 A célula bacteriana não tem colesterol nem ergosterol;
 As glicoproteínas e os glicolipídios inseridos na membrana
formam uma rede de carboidratos que fazem a parte externa
da célula , é a parte mais externa da célula, sendo chamada
de GLICOCÁLIX.
 O glicocálix é a identidade da célula, permite o
reconhecimento da célula .
 O glicocálix é um envoltório da membrana embora esteja
dentro dela ;
 As células que não possuem glicocálix são as células
vegetais. No lugar do glicocálix ,essas células têm parede
celular que fica fora da membrana ;
 A parede celular é uma estrutura rígida de sustentação e
proteção da célula mas não é a membrana plasmática ;
 Existem naturezas diferentes para as paredes celulares das
bactérias, dos fungos, de plantas e algas .
 *A seleção do que entra e sai da célula éfeita pela membrana
celular porque a parede celular é muito porosa e permeável a
várias substâncias e moléculas.
 A membrana tem permeabilidade seletiva: é permeável a
determinadas substâncias e não é permeável outras;
 As proteínas de membrana são responsáveis pela
permeabilidade seletiva;
 O transporte de substâncias pela membrana pode ser ativo
ou passivo ;
 -Transporte ativo: a célula gasta energia para fazer com que
a permeabilidade aconteça; pois esse não é o movimento
natural das moléculas de proteína: o natural seria ao
contrário, por isso a célula gasta mais energia;
 -Transporte passivo:a célula não gasta energia, mas não tem
muito controle do que entra e sai ;
 Nas células vegetais, o transporte de substâncias é feito pela
parede celular e por isso você precisa de um contato mais
íntimo entre as células. Essa comunicação e contato entre as
células é feito pelos plasmodermos que são prolongamentos
das membranas por onde elas se comunicam ;
 As moléculas se distribuem de forma homogênea dentro da
célula , indo de um lado mais concentrado para um menos
concentrado;
 EXEMPLO: os íons de cálcio estão em muita quantidade dentro
da célula e , por isso, migram para fora.
 As moléculas se movem por difusão, que é um movimento
natural da célula ;
 O lugar mais concentrado é hipertônico e o lugar menos
concentrado é hipotônico, sempre comparando um lugar com
outro .
 A concentração maior de soluto é dentro da célulae a de
solvente é fora da célula ;
 ATENÇÃO : O MOVIMENTO DA ÁGUA É DE ENTRADA NA
CÉLULA : ELA É A ÚNICA SUBSTÂNCIA QUE VAI DO MEIO
HIPOTÔNICO PARA O MEIOHIPERTÔNICO .
 NÃO SE FALA DE MEIO HIPOTÔNICO DE ÁGUA : CHAMAMOS
DE MEIO HIPERTÔNICO DE SOLUTO ;
 Osmose: difusão da água; é só o transporte da água, sempre
no sentido contrário ao da difusão, sempre do meio
hipotônico para o hipertônico;
 -A célula não controla a osmose ;
 Por que se salgava a carne quando não havia geladeira?
 Quando colocamos sal na carne , transformamos o meio
externo hipertônico em relação á carne . Aí a água sai da
carne e vai em direção ao sal ,a carne perde água, fica
desidratada e os micro organismos que vivem da umidade
morrem .
 Por que você bebe água do mar você morre de sede?
 A água dos tecidos do corpo vai em direção aos sais
dissolvidos na água do mar . Então os rins tiram o sal do
sangue para colocar na urina que fica cheia de sal . A água sai
pela urina em grande quantidade e cheia de sal .Os tecidos
perdem muita água .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bio 10 heterotróficos
Bio 10   heterotróficosBio 10   heterotróficos
Bio 10 heterotróficosNuno Correia
 
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficosObtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficosLuís Filipe Marinho
 
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Citologia
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre CitologiaSlides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Citologia
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre CitologiaTurma Olímpica
 
A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)Moisés Manuel
 
Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1icsanches
 
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmatica
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmaticaAula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmatica
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmaticaFernando Mori Miyazawa
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMARCIAMP
 
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasTransportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasCésar Milani
 
Membranas e permeabilidade
Membranas e permeabilidadeMembranas e permeabilidade
Membranas e permeabilidadejfquirino
 
Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56Tiago Oliveira
 
Membrana e Transportes
Membrana e TransportesMembrana e Transportes
Membrana e TransportesMarcia Regina
 
Transportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambranaTransportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambranaLuís Filipe Marinho
 
Celula eucariotica
Celula eucarioticaCelula eucariotica
Celula eucarioticaPelo Siro
 
Bg4 ObtençãO De MatéRia HeterotróFicos
Bg4   ObtençãO De MatéRia   HeterotróFicosBg4   ObtençãO De MatéRia   HeterotróFicos
Bg4 ObtençãO De MatéRia HeterotróFicosNuno Correia
 

Mais procurados (20)

Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)
 
A membrana e a permeabilidade
A membrana e a permeabilidadeA membrana e a permeabilidade
A membrana e a permeabilidade
 
Bio 10 heterotróficos
Bio 10   heterotróficosBio 10   heterotróficos
Bio 10 heterotróficos
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
 
Membrana celular
Membrana celularMembrana celular
Membrana celular
 
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficosObtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
 
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Citologia
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre CitologiaSlides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Citologia
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Citologia
 
A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)
 
Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1Membrana plasmática #1
Membrana plasmática #1
 
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmatica
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmaticaAula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmatica
Aula 6 casdvest_citologia_membrana_plasmatica
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
 
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasTransportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
 
Membranas e permeabilidade
Membranas e permeabilidadeMembranas e permeabilidade
Membranas e permeabilidade
 
Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56Apostila de-biologia-41-56
Apostila de-biologia-41-56
 
Membrana e Transportes
Membrana e TransportesMembrana e Transportes
Membrana e Transportes
 
Transportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambranaTransportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambrana
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Celula eucariotica
Celula eucarioticaCelula eucariotica
Celula eucariotica
 
Bg4 ObtençãO De MatéRia HeterotróFicos
Bg4   ObtençãO De MatéRia   HeterotróFicosBg4   ObtençãO De MatéRia   HeterotróFicos
Bg4 ObtençãO De MatéRia HeterotróFicos
 
Ficha 1 membrana plasmasmática
Ficha 1   membrana plasmasmáticaFicha 1   membrana plasmasmática
Ficha 1 membrana plasmasmática
 

Destaque

Metabolismo de Controle - DNA e RNA
Metabolismo de Controle - DNA e RNAMetabolismo de Controle - DNA e RNA
Metabolismo de Controle - DNA e RNANAPNE
 
Vitaminas
VitaminasVitaminas
VitaminasNAPNE
 
Caracteristicas dos seres vivos - Resumo
Caracteristicas dos seres vivos - ResumoCaracteristicas dos seres vivos - Resumo
Caracteristicas dos seres vivos - ResumoNAPNE
 
Biologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príonBiologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príonNAPNE
 
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)NAPNE
 
Biologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaBiologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaNAPNE
 
Espelhos
EspelhosEspelhos
EspelhosNAPNE
 
1EM #23 Transcrição e Tradução
1EM #23 Transcrição e Tradução1EM #23 Transcrição e Tradução
1EM #23 Transcrição e TraduçãoProfessô Kyoshi
 
Digestão em humanos
Digestão em humanosDigestão em humanos
Digestão em humanosNAPNE
 
Sistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoSistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoNAPNE
 
Síntese de proteínas
Síntese de proteínasSíntese de proteínas
Síntese de proteínasletyap
 
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marcelo
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marceloExercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marcelo
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marceloprofthebesta
 
Fisiologia Vegetal - Resumo
Fisiologia Vegetal - ResumoFisiologia Vegetal - Resumo
Fisiologia Vegetal - ResumoNAPNE
 
Aula de Núcleo Celular e DNA
Aula de Núcleo Celular e DNAAula de Núcleo Celular e DNA
Aula de Núcleo Celular e DNAKristian Wessman
 
Bioquímica síntese de proteínas
Bioquímica   síntese de proteínasBioquímica   síntese de proteínas
Bioquímica síntese de proteínasamandaaangelina
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celularkharins
 
Núcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celularNúcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celularUERGS
 
Biologia, núcleo e divisão celular.
Biologia, núcleo e divisão celular.Biologia, núcleo e divisão celular.
Biologia, núcleo e divisão celular.Henrique Felipe Lima
 

Destaque (20)

Metabolismo de Controle - DNA e RNA
Metabolismo de Controle - DNA e RNAMetabolismo de Controle - DNA e RNA
Metabolismo de Controle - DNA e RNA
 
Vitaminas
VitaminasVitaminas
Vitaminas
 
Caracteristicas dos seres vivos - Resumo
Caracteristicas dos seres vivos - ResumoCaracteristicas dos seres vivos - Resumo
Caracteristicas dos seres vivos - Resumo
 
Biologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príonBiologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príon
 
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
 
Biologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaBiologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vida
 
Espelhos
EspelhosEspelhos
Espelhos
 
1EM #23 Transcrição e Tradução
1EM #23 Transcrição e Tradução1EM #23 Transcrição e Tradução
1EM #23 Transcrição e Tradução
 
Digestão em humanos
Digestão em humanosDigestão em humanos
Digestão em humanos
 
Sistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - ResumoSistema circulatório e excretor - Resumo
Sistema circulatório e excretor - Resumo
 
Dna – Metabolismo
Dna – MetabolismoDna – Metabolismo
Dna – Metabolismo
 
O nucleo celular
O nucleo celularO nucleo celular
O nucleo celular
 
Síntese de proteínas
Síntese de proteínasSíntese de proteínas
Síntese de proteínas
 
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marcelo
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marceloExercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marcelo
Exercicios%20 de%20biologia%20a%20prof%20marcelo
 
Fisiologia Vegetal - Resumo
Fisiologia Vegetal - ResumoFisiologia Vegetal - Resumo
Fisiologia Vegetal - Resumo
 
Aula de Núcleo Celular e DNA
Aula de Núcleo Celular e DNAAula de Núcleo Celular e DNA
Aula de Núcleo Celular e DNA
 
Bioquímica síntese de proteínas
Bioquímica   síntese de proteínasBioquímica   síntese de proteínas
Bioquímica síntese de proteínas
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Núcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celularNúcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celular
 
Biologia, núcleo e divisão celular.
Biologia, núcleo e divisão celular.Biologia, núcleo e divisão celular.
Biologia, núcleo e divisão celular.
 

Semelhante a Membrana Celular: Estrutura e Funções

(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matériaHugo Martins
 
Revisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celularRevisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celularRaphael Spessoto
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Tatiana Faria
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCésar Milani
 
Aula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos eremAula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos eremAmelia Tavares
 
Mapa conceitual membrana plasmática
Mapa conceitual   membrana plasmáticaMapa conceitual   membrana plasmática
Mapa conceitual membrana plasmáticaLaurinda Lima
 
Envoltórios da célula
Envoltórios da célulaEnvoltórios da célula
Envoltórios da célulaJoao Victor
 
Teoria da endosimbiose.pdf
Teoria da endosimbiose.pdfTeoria da endosimbiose.pdf
Teoria da endosimbiose.pdf23014610
 
Transporte através da membrana
Transporte através da membranaTransporte através da membrana
Transporte através da membranaCarlos Carvalho
 
Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIOAula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIOLeonardo Delgado
 
Aula Citologia
Aula CitologiaAula Citologia
Aula Citologiabradok157
 
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças EstruturaisCélulas Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças EstruturaisMaelDIncio
 
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfFI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfmariagrave
 

Semelhante a Membrana Celular: Estrutura e Funções (20)

(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
 
Revisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celularRevisão - Biologia celular
Revisão - Biologia celular
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Citologia e membrana celular
Citologia e membrana celularCitologia e membrana celular
Citologia e membrana celular
 
Aula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos eremAula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos erem
 
Mapa conceitual membrana plasmática
Mapa conceitual   membrana plasmáticaMapa conceitual   membrana plasmática
Mapa conceitual membrana plasmática
 
Envoltórios da célula
Envoltórios da célulaEnvoltórios da célula
Envoltórios da célula
 
Celula pdf
Celula pdfCelula pdf
Celula pdf
 
Teoria da endosimbiose.pdf
Teoria da endosimbiose.pdfTeoria da endosimbiose.pdf
Teoria da endosimbiose.pdf
 
Transporte através da membrana
Transporte através da membranaTransporte através da membrana
Transporte através da membrana
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIOAula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIO
 
Aula Citologia
Aula CitologiaAula Citologia
Aula Citologia
 
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças EstruturaisCélulas Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
Células Procariontes e Eucariontes: Diferenças Estruturais
 
Membrana celular
Membrana celularMembrana celular
Membrana celular
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfFI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
 

Mais de NAPNE

Literatura - Naturalismo
Literatura - NaturalismoLiteratura - Naturalismo
Literatura - NaturalismoNAPNE
 
Slide renascimento cultural
Slide   renascimento culturalSlide   renascimento cultural
Slide renascimento culturalNAPNE
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoNAPNE
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasNAPNE
 
NAFTA
NAFTANAFTA
NAFTANAPNE
 
Imperialismo - EUA
Imperialismo - EUAImperialismo - EUA
Imperialismo - EUANAPNE
 
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)NAPNE
 
Literatura - Realismo
Literatura - RealismoLiteratura - Realismo
Literatura - RealismoNAPNE
 
Romantismo - Exercícios
Romantismo - ExercíciosRomantismo - Exercícios
Romantismo - ExercíciosNAPNE
 
Resumo - Física
Resumo - FísicaResumo - Física
Resumo - FísicaNAPNE
 
Atividades - Pré-História
Atividades - Pré-HistóriaAtividades - Pré-História
Atividades - Pré-HistóriaNAPNE
 
Geografia - Paisagens
Geografia - PaisagensGeografia - Paisagens
Geografia - PaisagensNAPNE
 
Ciências - Atividade
Ciências - AtividadeCiências - Atividade
Ciências - AtividadeNAPNE
 
Cruzada - Arte e Cultura
Cruzada - Arte e CulturaCruzada - Arte e Cultura
Cruzada - Arte e CulturaNAPNE
 
Apostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e RomaApostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e RomaNAPNE
 
Literatura: Romantismo - Prosa
Literatura: Romantismo - ProsaLiteratura: Romantismo - Prosa
Literatura: Romantismo - ProsaNAPNE
 
Redação (texto dissertativo argumentativo)
Redação (texto dissertativo argumentativo)Redação (texto dissertativo argumentativo)
Redação (texto dissertativo argumentativo)NAPNE
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
RomantismoNAPNE
 
Emile Durkheim - Resumo
Emile Durkheim - ResumoEmile Durkheim - Resumo
Emile Durkheim - ResumoNAPNE
 
Estados Físicos da materia - Resumo
Estados Físicos da materia - ResumoEstados Físicos da materia - Resumo
Estados Físicos da materia - ResumoNAPNE
 

Mais de NAPNE (20)

Literatura - Naturalismo
Literatura - NaturalismoLiteratura - Naturalismo
Literatura - Naturalismo
 
Slide renascimento cultural
Slide   renascimento culturalSlide   renascimento cultural
Slide renascimento cultural
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - Introdução
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
NAFTA
NAFTANAFTA
NAFTA
 
Imperialismo - EUA
Imperialismo - EUAImperialismo - EUA
Imperialismo - EUA
 
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)
Literatura - Realismo / Naturalismo (introdução)
 
Literatura - Realismo
Literatura - RealismoLiteratura - Realismo
Literatura - Realismo
 
Romantismo - Exercícios
Romantismo - ExercíciosRomantismo - Exercícios
Romantismo - Exercícios
 
Resumo - Física
Resumo - FísicaResumo - Física
Resumo - Física
 
Atividades - Pré-História
Atividades - Pré-HistóriaAtividades - Pré-História
Atividades - Pré-História
 
Geografia - Paisagens
Geografia - PaisagensGeografia - Paisagens
Geografia - Paisagens
 
Ciências - Atividade
Ciências - AtividadeCiências - Atividade
Ciências - Atividade
 
Cruzada - Arte e Cultura
Cruzada - Arte e CulturaCruzada - Arte e Cultura
Cruzada - Arte e Cultura
 
Apostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e RomaApostila - Grécia e Roma
Apostila - Grécia e Roma
 
Literatura: Romantismo - Prosa
Literatura: Romantismo - ProsaLiteratura: Romantismo - Prosa
Literatura: Romantismo - Prosa
 
Redação (texto dissertativo argumentativo)
Redação (texto dissertativo argumentativo)Redação (texto dissertativo argumentativo)
Redação (texto dissertativo argumentativo)
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Emile Durkheim - Resumo
Emile Durkheim - ResumoEmile Durkheim - Resumo
Emile Durkheim - Resumo
 
Estados Físicos da materia - Resumo
Estados Físicos da materia - ResumoEstados Físicos da materia - Resumo
Estados Físicos da materia - Resumo
 

Último

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 

Último (20)

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 

Membrana Celular: Estrutura e Funções

  • 1. Elementos Fundamentais: núcleo, citoplasma e membrana plasmática.
  • 2.  Toda célula possui membrana plasmática e as membranas têm características semelhantes entre si;  A função da membrana é a mesma para qualquer célula;  As membranas são compostas de uma bicamada de fosfolipídios e de proteínas que estão em toda a membrana ;a camada de fosfolipídios tem uma parte hidrofóbica que se volta para o meio e uma parte hidrofílica que é extracelular;  O que diferencia uma membrana da outra são os tipos de proteína e fosfolipídios que as formam;  EXEMPLO: a célula bacteriana tem uma composição fosfolipídica = de uma célula eucariótica;
  • 3.  *As proteínas que formam a membrana podem ser :  -transmembranas : que vão de um lado ao outro da membrana ;  -periféricas : que ficam em cada um dos lados da membrana (lado de dentro e lado de fora ); elas passam do lado de dentro da membrana para o lado de fora ;  *O movimento das moléculas de proteínas e fosfolipídios determina as propriedades da membrana : elasticidade , plasticidade e regeneração;
  • 4.  As moléculas de colesterol inseridas nos fosfolipídios da membrana influenciam na fluidez da mesma : quanto mais colesterol na membrana , menos fluida a membrana .  Também na membrana da célula animal encontramos glicoproteínas que são proteínas associadas a um glicídio , a um carboidrato ; e glicolipídios que são fosfolipídios associados a um glicídio ;
  • 5.  Apresentam molécula de ergosterol que tem um papel semelhante ao do colesterol;  A célula bacteriana não tem colesterol nem ergosterol;
  • 6.  As glicoproteínas e os glicolipídios inseridos na membrana formam uma rede de carboidratos que fazem a parte externa da célula , é a parte mais externa da célula, sendo chamada de GLICOCÁLIX.  O glicocálix é a identidade da célula, permite o reconhecimento da célula .  O glicocálix é um envoltório da membrana embora esteja dentro dela ;
  • 7.  As células que não possuem glicocálix são as células vegetais. No lugar do glicocálix ,essas células têm parede celular que fica fora da membrana ;  A parede celular é uma estrutura rígida de sustentação e proteção da célula mas não é a membrana plasmática ;  Existem naturezas diferentes para as paredes celulares das bactérias, dos fungos, de plantas e algas .  *A seleção do que entra e sai da célula éfeita pela membrana celular porque a parede celular é muito porosa e permeável a várias substâncias e moléculas.
  • 8.  A membrana tem permeabilidade seletiva: é permeável a determinadas substâncias e não é permeável outras;  As proteínas de membrana são responsáveis pela permeabilidade seletiva;  O transporte de substâncias pela membrana pode ser ativo ou passivo ;  -Transporte ativo: a célula gasta energia para fazer com que a permeabilidade aconteça; pois esse não é o movimento natural das moléculas de proteína: o natural seria ao contrário, por isso a célula gasta mais energia;  -Transporte passivo:a célula não gasta energia, mas não tem muito controle do que entra e sai ;
  • 9.  Nas células vegetais, o transporte de substâncias é feito pela parede celular e por isso você precisa de um contato mais íntimo entre as células. Essa comunicação e contato entre as células é feito pelos plasmodermos que são prolongamentos das membranas por onde elas se comunicam ;
  • 10.  As moléculas se distribuem de forma homogênea dentro da célula , indo de um lado mais concentrado para um menos concentrado;  EXEMPLO: os íons de cálcio estão em muita quantidade dentro da célula e , por isso, migram para fora.  As moléculas se movem por difusão, que é um movimento natural da célula ;  O lugar mais concentrado é hipertônico e o lugar menos concentrado é hipotônico, sempre comparando um lugar com outro .  A concentração maior de soluto é dentro da célulae a de solvente é fora da célula ;  ATENÇÃO : O MOVIMENTO DA ÁGUA É DE ENTRADA NA CÉLULA : ELA É A ÚNICA SUBSTÂNCIA QUE VAI DO MEIO HIPOTÔNICO PARA O MEIOHIPERTÔNICO .
  • 11.  NÃO SE FALA DE MEIO HIPOTÔNICO DE ÁGUA : CHAMAMOS DE MEIO HIPERTÔNICO DE SOLUTO ;  Osmose: difusão da água; é só o transporte da água, sempre no sentido contrário ao da difusão, sempre do meio hipotônico para o hipertônico;  -A célula não controla a osmose ;
  • 12.  Por que se salgava a carne quando não havia geladeira?  Quando colocamos sal na carne , transformamos o meio externo hipertônico em relação á carne . Aí a água sai da carne e vai em direção ao sal ,a carne perde água, fica desidratada e os micro organismos que vivem da umidade morrem .  Por que você bebe água do mar você morre de sede?  A água dos tecidos do corpo vai em direção aos sais dissolvidos na água do mar . Então os rins tiram o sal do sangue para colocar na urina que fica cheia de sal . A água sai pela urina em grande quantidade e cheia de sal .Os tecidos perdem muita água .