SlideShare uma empresa Scribd logo
I.E.Q. SEDE HORTOLÂNDIA 
marcio.pereira@govbr.com.br 
coitinho_19@hotmail.com 
19/10/2014 1
Escola Bíblica Quadrangular 
JESUS TE AMA!! 
19/10/2014 2
Escola Bíblica Quadrangular 
Tema: A Mensagem da Cruz 
19/10/2014 3
Lição 17 – A Importância da 
Unidade no Trabalho da Igreja 
1Co 16:1-12 
19/10/2014 4
Considerações Finais 
Paulo institui a coleta para os irmãos necessitados – Muitos 
textos relatam a coleta que Paulo dirigiu para os cristãos 
pobres de Jerusalém. Esta coleta ilustra princípios 
importantes: 1. O Novo Testamento é um projeto para todas 
as igrejas. As diretrizes que Paulo tinha dado às igrejas da 
Galácia e mais tarde daria às igrejas da Macedônia eram as 
mesmas que ele estava dando a Corinto. Havia uniformidade 
de doutrina e prática entre os irmãos primitivos que era um 
reflexo da unidade do próprio Deus 2. A doação deveria ser 
semanal. Paulo acertou o domingo como o dia em que os 
cristãos devem contribuir para a caixa comum. 
Rm 15:22-33 At 24:17 2Co 8:1-5 1Co 4:17 Ef 4:4-6 
19/10/2014 5
Por qual motivo a Carta de 
1 Coríntios foi escrita 
Divisão na Igreja – Paulo exorta a igreja: Rogo-vos, irmãos, 
pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a 
mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais 
inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no 
mesmo parecer. 1Co 1:10 
Formaram-se então partidos dentro da igreja: os de Paulo, os 
de Apolo, os de Cefas (Pedro em Aramaico) e os de Cristo 
1Co 1:11-12 
JESUS CRISTO JÁ NÃO ERA MAIS O FOCO PRINCIPAL E SIM OS 
HOMENS, Observamos que quando Jesus deixa de ser o centro 
da igreja ou da nossa vida surgem divisões e contendas. 
19/10/2014 6
Amigos de Ministério de Paulo 
1Co 16:10,12 
Apolo – Conhecido como homem eloquente e poderoso nas 
escrituras, e foi um dos personagens mais importantes da 
Igreja primitiva. 
Foi descoberto pelo casal Priscila e Áquila enquanto pregava 
baseado nos ensinamentos de João Batista, logo foi 
discipulado acerca da obra redentora de Cristo e se tornou 
um dos grandes da Igreja primitiva no século I. 
At 18:24-28 1Co 1:12-13 1Co 3:4-6 1Co 16:12 Tt 3-13 
19/10/2014 7
Amigos de Ministério de Paulo 
Áquila e Priscila – O casal era amigo de Paulo e faziam cultos 
em sua casa. Os dois são elogiados na Bíblia por mostrarem 
excelentes obras cristãs e hospitalidade, não só para com as 
pessoas em geral, mas também para com a comunidade 
cristã onde moravam. Paulo morou com eles por cerca de 18 
meses, sendo que todos trabalhavam fabricando tendas. 
Viajaram com Paulo até Éfeso, permanecendo ali por algum 
tempo. Menciona-se que, durante tal associação, eles 
"arriscaram os seus próprios pescoços" pela vida de Paulo. 
At 18:1-4 At 18:18-19 Rm 16:3 1Co 16:19 2Tm 4-19 
19/10/2014 8
Amigos de Ministério de Paulo 
Timóteo – que significa "honrando a Deus" ou "honrado por 
Deus“. 
Timóteo é mencionado na Bíblia durante a segunda visita de 
Paulo à Listra, na Anatólia, como sendo um "discípulo”, "filho 
de uma judia crente, mas de pai grego". Paulo então decidiu 
tomá-lo como seu companheiro de viagem. 
Companheiro e ajudante de Paulo. 
Recebeu instrução religiosa de sua mãe e de sua vó. 
Foi Pastor da Igreja de Éfeso. 
At 16:1-5 At 17:10-15 At 18:5 2Tm 1:1-9 2Tm 3-15 
19/10/2014 9
Paulo se mostra preocupado com 
todas as igrejas. 
Paulo tinha uma preocupação pela igreja da cidade de Corinto. 
Seus adversários já comentavam entre si a respeito do fato 
que ele não teria vontade de vir a Corinto. 1Co:4-18 
Paulo sabia dos grandes problemas e das dificuldades na 
igreja, pois foram enviados três homens com perguntas, mas 
Paulo da mesma forma como em Corinto precisava conceder 
as igrejas da Macedônia a segunda visita que considerava 
necessária em todas as igrejas reunidas por ele. 
1Co 16:5-9 At 15:36 
19/10/2014 10
A importância da Unidade do 
trabalho focado no Reino 
Paulo se alegra pelo fato de que tem colaboradores que pode 
enviar numa situação dessas. Ele próprio não tem como viajar 
imediatamente para Corinto. Mas Timóteo está a caminho. 
Paulo mostra aqui uma visão de liderança estratégica é 
notável de como ele conhecia o potencial do jovem Timóteo. 
1Co 4:17 
1Tm 4:12-16 
Paulo sabia que Timóteo poderia encontrar resistência e por 
isso ao final da carta volta a pedir a igreja que o receba, para 
dar continuidade na obra. 1Co 16:10-11 2Co 1:19 2Tm 1:6-8 
19/10/2014 11
O trabalho na Igreja não deve 
causar divisão 
Paulo na sua sabedoria iniciou a carta instruindo os irmãos 
acabarem com a divisão e termina agora mostrando sua 
humildade e visão da unidade do reino, fala do seu grande 
amigo Apolo, isso para que os partidos fossem destruídos, 
pois Paulo mostra que não há divisão entre ele, Apolo, 
Timóteo ou qualquer outro irmão, pois o evangelho é de 
Cristo. 1Co 3:4-11 1Co 4:6-7 
19/10/2014 12
Conclusão 
Apesar de algumas pessoas internas na igreja serem adeptos 
de Apolo dando mais considerações a ele do que a Paulo, 
entre os dois não havia divergência, eram unidos e 
comprometidos com os planos do Senhor para o ministério 
deles e da igreja de Corinto. 
A partir da experiência destes homens e mulheres (Paulo, 
Apolo, Timóteo, Áquila e Priscila), devemos ter como exemplo 
para as ações nos trabalhos dentro e fora da igreja, cabe a nós 
sermos unidos, primeiro entre nós, com humildade e 
mansidão comprometidos para que o Corpo de Cristo cresça 
na Terra e muitas pessoas sejam salvas por verem a nossa 
UNIDADE. Tt 3-13 1Co 3:6-9
DICIONÁRIO 
Pentecostes: “Pentecostes” é um vocábulo grego e significa 
“cinquentésimo”. Nós cristãos normalmente, com essa palavra, 
recordamos o evento contado por Atos 2: depois que Cristo 
subiu aos céus, os discípulos, reunidos, receberam o Espírito 
Santo. Todo ano essa recorrência é recordada, 50 dias depois 
da celebração da páscoa. Apesar dessa ligação que nós cristãos 
fazemos entre Pentecostes e vinda do Espírito Santo, a festa 
em si vem da tradição hebraica, onde é chamada de Shavuoth 
(“semanas”). Durava 7 semanas, desde o dia seguinte à Páscoa 
até o cinquentésimo dia. À base dessa festa existe uma 
tradição agrícula, que coincide com o início da colheita, seja de 
trigo que frutas e vegetais. Os agricultores agradeciam a Deus 
esse dom com ofertas das primícias. Levíticos 17,15-22 
19/10/2014 14
Bibliografia 
Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade 
Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995. 
Prof. Bezerra Cícero, Revista do Professor Primeira Epístola de 
Paulo aos Coríntios, SGEC, Curitiba-PR, 1ª Edição 2013. 
Site Wikipedia, acessado em 18/10/2014 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Apolo_%28B%C3%ADblia%29 
http://www.opregadorfiel.com.br/2012/04/um-certo-judeu-chamado- 
apolo.html 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Priscila_e_%C3%81quila 
19/10/2014 15
OBRIGADO : : Márcio José Pereira 
: : Ebenézer “Até aqui nos ajudou o Senhor. 
João 13:17- Se sabeis estas coisas, bem-aventurados 
sois se as fizerdes. 
DEUS ABENÇOE MUITO VOCÊS!! 
TAMU JUNTU!!!! 
19/10/2014 16

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo biblico sobre as verdades
Estudo biblico sobre as verdadesEstudo biblico sobre as verdades
Estudo biblico sobre as verdades
ASD Remanescentes
 
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos diasLição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Éder Tomé
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
Marconi Pacheco
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Erberson Pinheiro
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
Joel Silva
 
2º módulo 4ª aula
2º módulo   4ª aula2º módulo   4ª aula
2º módulo 4ª aula
Joel Silva
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
Noimix
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
Sandra Dias
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Ricardo Gondim
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
Vilmar Nascimento
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
Wander Sousa
 
3º módulo 3ª aula
3º módulo   3ª aula3º módulo   3ª aula
3º módulo 3ª aula
Joel Silva
 
Igreja
IgrejaIgreja
Lição 13 hebreus
Lição 13   hebreusLição 13   hebreus
Lição 13 hebreus
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santaLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
Natalino das Neves Neves
 
3º módulo 2ª aula
3º módulo   2ª aula3º módulo   2ª aula
3º módulo 2ª aula
Joel Silva
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos EfésiosLição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Marina de Morais
 

Mais procurados (18)

Estudo biblico sobre as verdades
Estudo biblico sobre as verdadesEstudo biblico sobre as verdades
Estudo biblico sobre as verdades
 
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos diasLição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
 
2º módulo 4ª aula
2º módulo   4ª aula2º módulo   4ª aula
2º módulo 4ª aula
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 
3º módulo 3ª aula
3º módulo   3ª aula3º módulo   3ª aula
3º módulo 3ª aula
 
Igreja
IgrejaIgreja
Igreja
 
Lição 13 hebreus
Lição 13   hebreusLição 13   hebreus
Lição 13 hebreus
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santaLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 9 - A necessidade de termos uma vida santa
 
3º módulo 2ª aula
3º módulo   2ª aula3º módulo   2ª aula
3º módulo 2ª aula
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
 
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos EfésiosLição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
 

Destaque

A Quadrangular como você nunca viu
A Quadrangular como você nunca viuA Quadrangular como você nunca viu
A Quadrangular como você nunca viu
Comando Resgatai
 
10 o evangelho quadangular
10   o evangelho quadangular10   o evangelho quadangular
10 o evangelho quadangular
fabiosuportnet
 
Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular
Thatiane Machado da Silva
 
Igreja do evangelho quadrangular
Igreja do evangelho quadrangularIgreja do evangelho quadrangular
Igreja do evangelho quadrangular
Bruno Jeremias
 
A unidade da Igreja
A unidade da IgrejaA unidade da Igreja
A unidade da Igreja
Antonio Fernandes
 
032
032032
Membros do Corpo de Cristo
Membros do Corpo de CristoMembros do Corpo de Cristo
Membros do Corpo de Cristo
Jucieudo Costa
 
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASEAPOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
jonasecj
 
Estatuto da igreja ieq
Estatuto da igreja   ieqEstatuto da igreja   ieq
Estatuto da igreja ieq
marlonbittencourt
 
Um Só Coração
Um Só CoraçãoUm Só Coração
Um Só Coração
roney33
 
A importância vital da unidade cristã
A importância vital da unidade cristãA importância vital da unidade cristã
A importância vital da unidade cristã
erivander
 
Vencer Como Os Trezentos
Vencer Como Os TrezentosVencer Como Os Trezentos
Vencer Como Os Trezentos
melquisedeque Chagas
 
Manual
ManualManual
ÉTica cristã aula 02
ÉTica cristã aula 02ÉTica cristã aula 02
ÉTica cristã aula 02
Nivaldo R. Santos
 
é Assim que nós vencemos. ok
é Assim que nós vencemos.  oké Assim que nós vencemos.  ok
é Assim que nós vencemos. ok
rafael gomide
 
Dna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangularDna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangular
edujessy
 
Grade currícular 1º ano itq
Grade currícular 1º ano itqGrade currícular 1º ano itq
Grade currícular 1º ano itq
Ismael Rodrigues
 
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01:  Paulo e a Igreja em FiliposLição 01:  Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
João Paulo Silva Mendes
 
Escola de Líderes
Escola de LíderesEscola de Líderes
Escola de Líderes
Alecsandro Willamy
 
Liçao- 04
Liçao- 04  Liçao- 04
Liçao- 04
Edson Soeiro
 

Destaque (20)

A Quadrangular como você nunca viu
A Quadrangular como você nunca viuA Quadrangular como você nunca viu
A Quadrangular como você nunca viu
 
10 o evangelho quadangular
10   o evangelho quadangular10   o evangelho quadangular
10 o evangelho quadangular
 
Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular
 
Igreja do evangelho quadrangular
Igreja do evangelho quadrangularIgreja do evangelho quadrangular
Igreja do evangelho quadrangular
 
A unidade da Igreja
A unidade da IgrejaA unidade da Igreja
A unidade da Igreja
 
032
032032
032
 
Membros do Corpo de Cristo
Membros do Corpo de CristoMembros do Corpo de Cristo
Membros do Corpo de Cristo
 
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASEAPOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
 
Estatuto da igreja ieq
Estatuto da igreja   ieqEstatuto da igreja   ieq
Estatuto da igreja ieq
 
Um Só Coração
Um Só CoraçãoUm Só Coração
Um Só Coração
 
A importância vital da unidade cristã
A importância vital da unidade cristãA importância vital da unidade cristã
A importância vital da unidade cristã
 
Vencer Como Os Trezentos
Vencer Como Os TrezentosVencer Como Os Trezentos
Vencer Como Os Trezentos
 
Manual
ManualManual
Manual
 
ÉTica cristã aula 02
ÉTica cristã aula 02ÉTica cristã aula 02
ÉTica cristã aula 02
 
é Assim que nós vencemos. ok
é Assim que nós vencemos.  oké Assim que nós vencemos.  ok
é Assim que nós vencemos. ok
 
Dna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangularDna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangular
 
Grade currícular 1º ano itq
Grade currícular 1º ano itqGrade currícular 1º ano itq
Grade currícular 1º ano itq
 
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01:  Paulo e a Igreja em FiliposLição 01:  Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
 
Escola de Líderes
Escola de LíderesEscola de Líderes
Escola de Líderes
 
Liçao- 04
Liçao- 04  Liçao- 04
Liçao- 04
 

Semelhante a Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja

Paulo e a igreja em filipos lição 1
Paulo e a igreja em filipos   lição 1Paulo e a igreja em filipos   lição 1
Paulo e a igreja em filipos lição 1
yosseph2013
 
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
Vilma Longuini
 
As Cartas de Paulo
As Cartas de PauloAs Cartas de Paulo
As Cartas de Paulo
Egmon Pereira
 
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtxPAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
izaacpsi
 
Ebd adultos 2ºtrimestre 2016 - lição 13
Ebd adultos   2ºtrimestre 2016 - lição 13Ebd adultos   2ºtrimestre 2016 - lição 13
Ebd adultos 2ºtrimestre 2016 - lição 13
Joel Silva
 
007 corintios 1º
007 corintios 1º007 corintios 1º
007 corintios 1º
Diógenes Gimenes
 
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
Joel Silva
 
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicensesLBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
Natalino das Neves Neves
 
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
Rubens Sohn
 
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
leniogravacoes
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
Respirando Deus
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
ibpcursos
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Pastor Natalino Das Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Natalino das Neves Neves
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
robsonferreirapintos
 
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintiosEstudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
Jose Emerson Barbosa da Silva
 
Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
Respirando Deus
 
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdfAPOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
SEDUC-PA
 
1° carta de paulo aos coríntios
1° carta de paulo aos coríntios1° carta de paulo aos coríntios
1° carta de paulo aos coríntios
jose hamilton de souza santos
 
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptxlicao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
Jeronimo Nunes
 

Semelhante a Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja (20)

Paulo e a igreja em filipos lição 1
Paulo e a igreja em filipos   lição 1Paulo e a igreja em filipos   lição 1
Paulo e a igreja em filipos lição 1
 
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
Li c ao biblia adulto 2 trimestre 2020
 
As Cartas de Paulo
As Cartas de PauloAs Cartas de Paulo
As Cartas de Paulo
 
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtxPAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
PAULINASCOMPLETASEJUNTAS.ppxxxxxxxxxxxtx
 
Ebd adultos 2ºtrimestre 2016 - lição 13
Ebd adultos   2ºtrimestre 2016 - lição 13Ebd adultos   2ºtrimestre 2016 - lição 13
Ebd adultos 2ºtrimestre 2016 - lição 13
 
007 corintios 1º
007 corintios 1º007 corintios 1º
007 corintios 1º
 
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 13.pptx
 
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicensesLBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
 
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
 
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
 
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintiosEstudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
 
Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
 
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdfAPOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
 
1° carta de paulo aos coríntios
1° carta de paulo aos coríntios1° carta de paulo aos coríntios
1° carta de paulo aos coríntios
 
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptxlicao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
licao-01-paulo-e-a-igreja-em-filipos.pptx
 

Mais de Márcio Pereira

Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Aula inicial 2019   vivendo em unidadeAula inicial 2019   vivendo em unidade
Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Márcio Pereira
 
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos CristãosCompromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Márcio Pereira
 
Jonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta DesobedienteJonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta Desobediente
Márcio Pereira
 
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
Márcio Pereira
 
Aprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemiasAprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemias
Márcio Pereira
 
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
Márcio Pereira
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
Márcio Pereira
 
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
Márcio Pereira
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
Márcio Pereira
 
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
Márcio Pereira
 
Profeta Elias
Profeta EliasProfeta Elias
Profeta Elias
Márcio Pereira
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
Márcio Pereira
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
Márcio Pereira
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida EspiritualEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Márcio Pereira
 
Lição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons EspirituaisLição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons Espirituais
Márcio Pereira
 
Lição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o CasamentoLição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o Casamento
Márcio Pereira
 
Lição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o CasamentoLição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o Casamento
Márcio Pereira
 
Deus é culpado?
Deus é culpado?Deus é culpado?
Deus é culpado?
Márcio Pereira
 
Lição 5 - Somos Templo
Lição 5 - Somos TemploLição 5 - Somos Templo
Lição 5 - Somos Templo
Márcio Pereira
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obrasEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Márcio Pereira
 

Mais de Márcio Pereira (20)

Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Aula inicial 2019   vivendo em unidadeAula inicial 2019   vivendo em unidade
Aula inicial 2019 vivendo em unidade
 
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos CristãosCompromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
 
Jonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta DesobedienteJonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta Desobediente
 
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
 
Aprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemiasAprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemias
 
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
 
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
 
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
 
Profeta Elias
Profeta EliasProfeta Elias
Profeta Elias
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida EspiritualEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
 
Lição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons EspirituaisLição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons Espirituais
 
Lição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o CasamentoLição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o Casamento
 
Lição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o CasamentoLição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o Casamento
 
Deus é culpado?
Deus é culpado?Deus é culpado?
Deus é culpado?
 
Lição 5 - Somos Templo
Lição 5 - Somos TemploLição 5 - Somos Templo
Lição 5 - Somos Templo
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obrasEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 

Último (10)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 

Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja

  • 1. I.E.Q. SEDE HORTOLÂNDIA marcio.pereira@govbr.com.br coitinho_19@hotmail.com 19/10/2014 1
  • 2. Escola Bíblica Quadrangular JESUS TE AMA!! 19/10/2014 2
  • 3. Escola Bíblica Quadrangular Tema: A Mensagem da Cruz 19/10/2014 3
  • 4. Lição 17 – A Importância da Unidade no Trabalho da Igreja 1Co 16:1-12 19/10/2014 4
  • 5. Considerações Finais Paulo institui a coleta para os irmãos necessitados – Muitos textos relatam a coleta que Paulo dirigiu para os cristãos pobres de Jerusalém. Esta coleta ilustra princípios importantes: 1. O Novo Testamento é um projeto para todas as igrejas. As diretrizes que Paulo tinha dado às igrejas da Galácia e mais tarde daria às igrejas da Macedônia eram as mesmas que ele estava dando a Corinto. Havia uniformidade de doutrina e prática entre os irmãos primitivos que era um reflexo da unidade do próprio Deus 2. A doação deveria ser semanal. Paulo acertou o domingo como o dia em que os cristãos devem contribuir para a caixa comum. Rm 15:22-33 At 24:17 2Co 8:1-5 1Co 4:17 Ef 4:4-6 19/10/2014 5
  • 6. Por qual motivo a Carta de 1 Coríntios foi escrita Divisão na Igreja – Paulo exorta a igreja: Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer. 1Co 1:10 Formaram-se então partidos dentro da igreja: os de Paulo, os de Apolo, os de Cefas (Pedro em Aramaico) e os de Cristo 1Co 1:11-12 JESUS CRISTO JÁ NÃO ERA MAIS O FOCO PRINCIPAL E SIM OS HOMENS, Observamos que quando Jesus deixa de ser o centro da igreja ou da nossa vida surgem divisões e contendas. 19/10/2014 6
  • 7. Amigos de Ministério de Paulo 1Co 16:10,12 Apolo – Conhecido como homem eloquente e poderoso nas escrituras, e foi um dos personagens mais importantes da Igreja primitiva. Foi descoberto pelo casal Priscila e Áquila enquanto pregava baseado nos ensinamentos de João Batista, logo foi discipulado acerca da obra redentora de Cristo e se tornou um dos grandes da Igreja primitiva no século I. At 18:24-28 1Co 1:12-13 1Co 3:4-6 1Co 16:12 Tt 3-13 19/10/2014 7
  • 8. Amigos de Ministério de Paulo Áquila e Priscila – O casal era amigo de Paulo e faziam cultos em sua casa. Os dois são elogiados na Bíblia por mostrarem excelentes obras cristãs e hospitalidade, não só para com as pessoas em geral, mas também para com a comunidade cristã onde moravam. Paulo morou com eles por cerca de 18 meses, sendo que todos trabalhavam fabricando tendas. Viajaram com Paulo até Éfeso, permanecendo ali por algum tempo. Menciona-se que, durante tal associação, eles "arriscaram os seus próprios pescoços" pela vida de Paulo. At 18:1-4 At 18:18-19 Rm 16:3 1Co 16:19 2Tm 4-19 19/10/2014 8
  • 9. Amigos de Ministério de Paulo Timóteo – que significa "honrando a Deus" ou "honrado por Deus“. Timóteo é mencionado na Bíblia durante a segunda visita de Paulo à Listra, na Anatólia, como sendo um "discípulo”, "filho de uma judia crente, mas de pai grego". Paulo então decidiu tomá-lo como seu companheiro de viagem. Companheiro e ajudante de Paulo. Recebeu instrução religiosa de sua mãe e de sua vó. Foi Pastor da Igreja de Éfeso. At 16:1-5 At 17:10-15 At 18:5 2Tm 1:1-9 2Tm 3-15 19/10/2014 9
  • 10. Paulo se mostra preocupado com todas as igrejas. Paulo tinha uma preocupação pela igreja da cidade de Corinto. Seus adversários já comentavam entre si a respeito do fato que ele não teria vontade de vir a Corinto. 1Co:4-18 Paulo sabia dos grandes problemas e das dificuldades na igreja, pois foram enviados três homens com perguntas, mas Paulo da mesma forma como em Corinto precisava conceder as igrejas da Macedônia a segunda visita que considerava necessária em todas as igrejas reunidas por ele. 1Co 16:5-9 At 15:36 19/10/2014 10
  • 11. A importância da Unidade do trabalho focado no Reino Paulo se alegra pelo fato de que tem colaboradores que pode enviar numa situação dessas. Ele próprio não tem como viajar imediatamente para Corinto. Mas Timóteo está a caminho. Paulo mostra aqui uma visão de liderança estratégica é notável de como ele conhecia o potencial do jovem Timóteo. 1Co 4:17 1Tm 4:12-16 Paulo sabia que Timóteo poderia encontrar resistência e por isso ao final da carta volta a pedir a igreja que o receba, para dar continuidade na obra. 1Co 16:10-11 2Co 1:19 2Tm 1:6-8 19/10/2014 11
  • 12. O trabalho na Igreja não deve causar divisão Paulo na sua sabedoria iniciou a carta instruindo os irmãos acabarem com a divisão e termina agora mostrando sua humildade e visão da unidade do reino, fala do seu grande amigo Apolo, isso para que os partidos fossem destruídos, pois Paulo mostra que não há divisão entre ele, Apolo, Timóteo ou qualquer outro irmão, pois o evangelho é de Cristo. 1Co 3:4-11 1Co 4:6-7 19/10/2014 12
  • 13. Conclusão Apesar de algumas pessoas internas na igreja serem adeptos de Apolo dando mais considerações a ele do que a Paulo, entre os dois não havia divergência, eram unidos e comprometidos com os planos do Senhor para o ministério deles e da igreja de Corinto. A partir da experiência destes homens e mulheres (Paulo, Apolo, Timóteo, Áquila e Priscila), devemos ter como exemplo para as ações nos trabalhos dentro e fora da igreja, cabe a nós sermos unidos, primeiro entre nós, com humildade e mansidão comprometidos para que o Corpo de Cristo cresça na Terra e muitas pessoas sejam salvas por verem a nossa UNIDADE. Tt 3-13 1Co 3:6-9
  • 14. DICIONÁRIO Pentecostes: “Pentecostes” é um vocábulo grego e significa “cinquentésimo”. Nós cristãos normalmente, com essa palavra, recordamos o evento contado por Atos 2: depois que Cristo subiu aos céus, os discípulos, reunidos, receberam o Espírito Santo. Todo ano essa recorrência é recordada, 50 dias depois da celebração da páscoa. Apesar dessa ligação que nós cristãos fazemos entre Pentecostes e vinda do Espírito Santo, a festa em si vem da tradição hebraica, onde é chamada de Shavuoth (“semanas”). Durava 7 semanas, desde o dia seguinte à Páscoa até o cinquentésimo dia. À base dessa festa existe uma tradição agrícula, que coincide com o início da colheita, seja de trigo que frutas e vegetais. Os agricultores agradeciam a Deus esse dom com ofertas das primícias. Levíticos 17,15-22 19/10/2014 14
  • 15. Bibliografia Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995. Prof. Bezerra Cícero, Revista do Professor Primeira Epístola de Paulo aos Coríntios, SGEC, Curitiba-PR, 1ª Edição 2013. Site Wikipedia, acessado em 18/10/2014 http://pt.wikipedia.org/wiki/Apolo_%28B%C3%ADblia%29 http://www.opregadorfiel.com.br/2012/04/um-certo-judeu-chamado- apolo.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Priscila_e_%C3%81quila 19/10/2014 15
  • 16. OBRIGADO : : Márcio José Pereira : : Ebenézer “Até aqui nos ajudou o Senhor. João 13:17- Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes. DEUS ABENÇOE MUITO VOCÊS!! TAMU JUNTU!!!! 19/10/2014 16

Notas do Editor

  1. ASSISTIR VÍDEO E LER 1 Co 15:36-45
  2. PAULO USA UMA ESTRATÉGIA MUITO SABIA, INICIA A CARTA ENSINANDO SOBRE UNIDADE E TERMINA ENSINANDO UNIDADE, POIS QUANDO A IGREJA É UNIDA NÃO HÁ ESPAÇO PARA O DIABO TRABALHAR COM DIVISÃO. A Bíblia diz que somos corpo de Cristo. - Cristo não pode ser mutilado...1Co 12:27 A Bíblia diz que somente um sacrifício perfeito para salvação, que traz, alegria, restauração, vida o Cristo. – HB 9: 11-14 A Bíblia nos ensina que o Batismo que é nossa confissão de Fé é somente no nome da Trindade Santa a qual o Cristo é o Filho. CRISTO DEVE SER O FOCO PRINCIPAL NA IGREJA, ELE MORREU POR ISSO, JESUS É ETERNA PERFEIÇÃO COM ELE VOCÊ NUNCA SE DECEPCIONARÁ, MAS O HOMEM É IMPERFEITO(NÃO ADIANTA NUNCA SERÃO COMO VC QUER), POR ISSO SE FIRMAR EM HOMENS É PRINCÍPIO DE QUEDA.
  3. APOLO HOMEM IMPORTANTE DA IGREJA PRIMITIVA cidadão de Alexandria, a segunda maior cidade do Império Romano da época Foi descoberto pelo casal Priscila e Áquila enquanto pregava baseado nos ensinamentos de João Batista, logo foi discipulado acerca da obra redentora de Cristo e se tornou um dos grandes da Igreja primitiva no século I, tanto é que o apóstolo Paulo advertiu aos cristãos em Corinto sobre o perigo da "divisão da igreja" em um dos seus ensinamentos de crescimento espiritual: "Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fez crescer; de modo que nem o que planta nem o que rega são alguma coisa, mas unicamente Deus, que efetua o crescimento" (I Coríntios 3:6-8). Um ponto importante sobre Apolo não deve escapar à nossa atenção: sua humildade e o desejo de aprender mais. Mesmo sendo um estudioso hábil com muita instrução formal, ele estava pronto para aprender mais sobre Jesus – Sua morte e ressurreição – de simples crentes como Áquila e Priscila, “que, percebendo não ter ele ainda recebido toda a luz do evangelho, o levaram consigo, e lhe declararam mais pontualmente o caminho de Deus. Por meio de seus ensinos, ele obteve mais clara compreensão das Escrituras, e tornou-se um dos mais hábeis advogados da fé cristã”.2 Foi para Corinto (Atos 19:1). B. Extremamente popular e bem sucedido. Facções surgiram, não por culpa própria (1 Coríntios 1:10-16;. 3:4-8; 4:6). 1. Talvez seja por isso ele não poderia voltar (I Coríntios. 16:12). 2. Talvez os Corintos tivessem escrito solicitando que Apolo fosse enviado para trabalhar com eles. De qualquer forma, Paulo insistiu com Apolo para ir a Corinto. Paulo não tinha medo que Apolo era um líder em sua luta partidária, não tinha animosidade contra ele. Os dois trabalharam juntos. Assim, Paulo exortou Apolo e um grupo de irmãos para ir com ele a Corinto para ajudar a endireitar as coisas lá. A. Apolo é outro dos heróis desconhecidos da Bíblia. B. Apolo deveria nos levar a refletir sobre uma série de coisas: 1. O que é mais importante para um pregador - credenciais de faculdade ou um conhecimento do Livro de Deus? 2. Eu sou fervoroso de espírito? 3. Se outros me corrigirem de acordo com a Palavra, eu estaria tão disposto como Apolo a mudar minha pregação? 4. Será que os outros me recomendam como apenas o que eles precisam para ajudá-los? 5. Será que eles querem que eu volte?
  4. Prisicila e Áquila, foram um casal entres os primeiros divulgadores do Evangelho em Roma O casal era amigo de Paulo de Tarso e faziam cultos em sua casa. Os dois são elogiados na Bíblia por mostrarem excelentes obras cristãs e hospitalidade, não só para com as pessoas em geral, mas também para com a comunidade cristã onde moravam, por realizarem as reuniões cristãs em sua casa, tanto em Roma como em Éfeso. Foram expulsos de Roma devido ao decreto do imperador romano Cláudio por volta do ano 49 ou 50. Mudaram-se para Corinto (Grécia). Paulo morou ali com eles por cerca de 18 meses, sendo que todos trabalhavam fabricando tendas. Viajaram com Paulo até Éfeso, permanecendo ali por algum tempo, e ajudaram a "expor mais corretamente o caminho de Deus" ao eloquente Apolo. Retornaram a Roma por certo tempo (Romanos 16:3-5) e, mais tarde, viajaram de volta a Éfeso. O contacto pessoal com Paulo estendeu-se desde cerca de 50 até à morte do apóstolo uns 15 anos depois. Menciona-se que, durante tal associação, eles "arriscaram os seus próprios pescoços" pela vida de Paulo.
  5. Você que é líder, deve formar outros líderes. Jesus fez isso.
  6. Conhecendo a pequena biografia de Apolo, verificamos que não há arrogância e nem sentimento de divisão nele, e sim um forte propósito no reino de Deus.