Atos lição 13

548 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atos lição 13

  1. 1. CLASSE NAZIREU Sede - Hortolândia – SPmarcio.pereira@govbr.com.brtiagoprado@grupompe.com.br 11/11/2012 1
  2. 2. Escola Bíblica QuadrangularJESUS TE AMA!! 11/11/2012 2
  3. 3. Escola Bíblica QuadrangularTema: Atos dos Apóstolos 11/11/2012 3
  4. 4. Escola Bíblica QuadrangularLição 13 – A viagem por mar até Roma Atos 27:18-25 02/12/2012 4
  5. 5. Escola Bíblica QuadrangularLição 13 – A viagem por mar até Roma 02/12/2012 5
  6. 6. Escola Bíblica QuadrangularPorque Paulo mesmo não condenado diante do Rei Agripa pediu par ir a Roma?Paulo não havia nenhuma acusação para ser preso muito menosmorto. At 26:30-32Era plano de Deus que Paulo pregasse em Roma. At 23:11Quando Deus nos fala algo pode vir a tempestade que for vaiacontecer. 02/12/2012 6
  7. 7. Escola Bíblica Quadrangular Fazendo uma retrospectiva 7
  8. 8. Escola Bíblica Quadrangular Propósito da pregação em RomaO apóstolo Paulo não era prisioneiro de César ou de Roma; era-ode Cristo Ef 3:1 Fm 9 . Do relato de Lucas, concluímos: os fatos queo conduziram a Roma não eram incidentais, mas propositais, poisforam dirigidos por Deus (At 23.11). Se era urgente fosse oevangelho anunciado em Jerusalém, a capital religiosa dosjudeus, era premente que a palavra da salvação alcançasseRoma, a capital política do Império.Assim chega o evangelho à capital do Império Romano. Omensageiro na verdade achava-se preso, mas a mensagem da cruztinha livre curso em Roma, Ninguém era capaz de detê-la. APalavra de Deus avançava sem impedimento algum. 8 02/12/2012
  9. 9. Escola Bíblica Quadrangular O início da viagemPaulo foi entregue a Júlio, um centurião, e foi acompanhado porAristarco de Tessalônica e Lucas. At 27:1-2No primeiro dia da viagem, eles foram para o norte perto da costae chegaram a Sidom, onde Paulo foi atendido pelos irmãos At 27:3O navio passou entre a ilha de Chipre e a terra de Cilícia e elesdesembarcaram em Mirra. At 27:4-5- Embarcaram em outro navio, este com destino à Itália, queconseguiu chegar com muita dificuldade em Bons Portos, na ilhade Creta. At 27:6-8- A navegação se tornou difícil e perigosa, porque o inverno, comseus ventos fortes, já estava chegando. O tempo do Dia do Jejum(Dia da Expiação) já tinha passado. Este dia especial foi observadono mês de outubro At 27:9 02/12/2012 9
  10. 10. Escola Bíblica Quadrangular O início da viagemO centurião tinha que escolher entre o conselho de Paulo, umprisioneiro, e os marinheiros. Ele rejeitou o aviso de Paulo edecidiu continuar a viagem um pouco mais. At 27:9-12 Eles continuaram perto da costa de Creta, até que um vento forte(Euroaquilão) levou o navio para o sul, na direção da África At 27:13-15 Enquanto o navio foi levado pelo vento, eles jogaram fora muitascoisas, temendo a possibilidade de naufrágio nas areias movediçasda Sirte, a costa africana entre Cartago e Cirene At 27:16-19 Depois de alguns dias sem ver o sol nem estrelas, eles ficaramdesesperados At 27:20 Paulo falou com as pessoas no navio, dizendo que um anjo tinharevelado para ele que o navio seria destruído, mas que todas aspessoas sobreviveriam At 27:21-26 02/12/2012 10
  11. 11. Escola Bíblica Quadrangular O naufrágio no mediterrâneo- Depois de duas semanas, os marinheiros perceberam queestavam chegando perto da terra, e começaram medir aprofundidade do mar. Diminuiu de 20 a 15 braças (uma braça éaproximadamente dois metros), e eles lançaram âncoras paraesperar o dia amanhecer.At 27:27-29- Os marinheiros prepararam para fugir do navio, mas quandoPaulo falou com o centurião, dizendo que todos teriam que ficar abordo, ele não permitiu a fuga. At 27:30-32- Paulo falou com todas as pessoas no navio (276 ao todo) paraanimá-las, e todas comeram pela primeira vez em duas semanas.At 27:33-37 11 02/12/2012
  12. 12. Escola Bíblica Quadrangular O naufrágio no mediterrâneoEles lançaram a carga de trigo no mar. At 27:38Os marinheiros tentaram guiar o navio até a praia, mas oencalharam nas águas rasas do mar. At 27:39-41Quando o navio começou a quebrar no mar, os soldados quiserammatar os prisioneiros. O centurião, querendo salvar a vida dePaulo, não os deixou. At 27:41-43Todos chegaram vivos à terra, exatamente como Paulo tinhaprofetizado. At 27:22 At 27:43-44 12 02/12/2012
  13. 13. Escola Bíblica Quadrangular Paulo fica na ilha de MaltaO povo da ilha de Malta recebeu as vítimas do desastre e as tratoubem. At 28:1-2Quando Paulo foi mordido por uma cobra, os habitantes da ilhaconcluíram que ele era um assassino sendo castigado pelos crimesmas guando eles viram que ele não sofreu nada, chegaram àconclusão de que ele era um deus.Esta passagem ilustra a promessa feita por Jesus aos apóstolos emMarcos 16:17-20. É claro que os milagres confirmavam a verdadedas palavras de Paulo.Públio, o homem principal da ilha, hospedou Paulo e seuscompanheiros por três dias. Paulo curou o pai dele e muitos outroshabitantes de Malta At 28:7-10 13 02/12/2012
  14. 14. Escola Bíblica Quadrangular Paulo chega em RomaDepois de invernar em Malta, eles embarcaram num outro naviopara Roma.Pararam por três dias em Siracusa, Sicília, e depois foram a Régio (nosul da Itália), e então chegaram em Putéoli, onde desembarcaram eficaram uma semana com os irmãos.Alguns cristãos de Roma foram até à Praça de Ápio e às Três Vendaspara encontrarem Paulo; eles o acompanharam até Roma.Foi permitido a Paulo morar numa casa alugada com um soldado oguardando. At 28:11-16,30 14 02/12/2012
  15. 15. Escola Bíblica Quadrangular Paulo mesmo preso prega em RomaPaulo convocou os líderes judeus em Roma e explicou que ele foipreso por causa de sua fé na esperança de Israel. Eles decidiramouvir mais, um grande número de judeus se reuniu na casa dePaulo, e ele tentou convencê-los a respeito de Jesus - Houve umadivisão entre os judeus, alguns acreditando e outros rejeitando apalavra.Paulo continuou por dois anos como prisioneiro em Roma, mas comliberdade para pregar e ensinar sobre Jesus em sua casa. At 28:17-31 15 02/12/2012
  16. 16. Escola Bíblica Quadrangular ConclusãoSe Lucas deixa em aberto os Atos dos Apóstolos, por que iríamos nósfechar as portas que o Espírito Santo nos abre todos os dias?Sim, portas à evangelização nacional e portas às missõestransculturais. Aproveitemos, pois o exemplo de Aimee que creu navisão do Evangelho quadrangular, para dar continuidade àevangelização dos povos. Atos 1.8 é uma ordenança que não podeser esquecida. Se nos dispusermos a ir, todos os impedimentos ser-nos-ão tirados. Exemplo de Paulo. 1Co 9:15-27 16 02/12/2012
  17. 17. Escola Bíblica Quadrangular Sumário EstudoLIÇÃO 1O envio dos Discípulos até os confins da TerraLIÇÃO 2A vinda do Espírito Santo no dia de PentecostesLIÇÃO 3A vida na Primeira IgrejaLIÇÃO 4Ananias e SafiraLIÇÃO 5O Serviço na IgrejaLIÇÃO 6A conversão e vocação de Saulo 02/12/2012 17
  18. 18. Escola Bíblica QuadrangularLIÇÃO 7 Sumário EstudoO começo da Igreja Cristã em AntioquiaLIÇÃO 8A Primeira Viagem missionária o envio de Barnabé e PauloLIÇÃO 9A Segunda Viagem missionária – Fortalecendo a Fé dos irmãosLIÇÃO 10A evangelização em Tessalônica e BereiaLIÇÃO 11A Terceira Viagem missionáriaLIÇÃO 12O discurso de Paulo perante Festo e AgripaLIÇÃO 13A Viagem por mar até Roma 02/12/2012 18
  19. 19. Escola Bíblica QuadrangularLIÇÃO 7 Sumário EstudoO começo da Igreja Cristã em AntioquiaLIÇÃO 8A Primeira Viagem missionária o envio de Barnabé e PauloLIÇÃO 9A Segunda Viagem missionária – Fortalecendo a Fé dos irmãosLIÇÃO 10A evangelização em Tessalônica e BereiaLIÇÃO 11A Terceira Viagem missionáriaLIÇÃO 12O discurso de Paulo perante Festo e AgripaLIÇÃO 13A Viagem por mar até Roma 02/12/2012 19
  20. 20. Escola Bíblica Quadrangular Bibliografia Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995. Prof. Bezerra Cícero, Revista do Professor Atos poder para conquistar, SGEC, São Paulo, 1ª Edição 2012. Alves Marli, I.T.Q. Atos dos Apóstolos, Editora Quadrangular, São Paulo , 3ª Edição 1995.http://www.estudantesdabiblia.com.br/licoes_cpad/2011/2011-01-09.htmhttp://www.estudosdabiblia.net/b03_27.htm 02/12/2012 20
  21. 21. Escola Bíblica QuadrangularJESUS TE AMA!! JOÃO - 13:17 - Se sabeis estas coisas,bem-aventurados sois se as praticardes. 02/12/2012 21
  22. 22. FIMDEUS ABENÇOE VOCÊS!! TAMU JUNTU! Sede - Hortolândia – SP marcio.pereira@govbr.com.br tiagoprado@grupompe.com.br 02/12/2012 22

×