2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual

864 visualizações

Publicada em

Estudo Epístola 2 Coríntios - Jugo desigual

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
864
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Quando recebemos a graça recebemos também o Ministério da Reconciliação –

    Perspectiva qual é? 2Co 4-17-18

    Temos que ser diferentes, Vários povos foram levados cativos pela desobediência, o Cristão está perdendo sua identidade.
    Esse princípio foi reprisado inúmeras vezes para
    o povo de Israel e repetidas vezes desobedecido (Ne 9.2;
    10.28; 13.1-9,23-31)
  • Del trabalha ao lado do irmão nas terras (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

  • EXEMPLO DO IMÃ

    1 - Moral é uma palavra de origem latina, que provém do termo moris (“costume”). Trata-se de um conjunto de crenças, costumes, valores e normas de uma pessoa ou de um grupo social, que funciona como um guia para agir. Isto é, a moral orienta relativamente às ações que são corretas, sempre usando pilares,
    Eu quero? Eu Devo ? Eu posso?
    Moral, Julgamento todos nós temos a Moral o julgamento é uma parte da nossa moral, mas pra entender é possível a moral de um cristão ser entendida pela moral do mundo, exemplo – um Beijo Gay, para nós é Imoral, mas para o mundo é Moral.

    Ler Deuteronômio 22 do 01 ao 12 – pregação do Pastor –
    Franjas - Números 15:38-40 –
    Exemplo do meu trabalho – Moral corrompida, bom o Gerente do Estado me pediu sou submisso a autoridade dele, mas a Bíblia diz Atos 5:29.
    A FRANJA HOJE DEVE SER COMO SALMISTA DIZ: SALMO 119:11 – TIAGO 1:21

    Moral deve ser manifestada quando ninguém estiver olhando.
    Moral mostramos na prática, exemplo achei uma carteira cheia de dinheiro moralmente eu posso saber que devo devolver, mas só serei moral de praticar.. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém.

    NOSSA MORAL DEVE ESTAR PAUTADA AQUI NA PALAVRA, PORQUE UM LIVRO QUE ATRAVESSA GERAÇÕES, UM LIVRO COM PESSOAS REAIS E FATOS REAIS, UM LIVRO QUE TRANSFORMA VIDAS, UM LIVRO QUE TE APRESENTA O PAI VERDADEIRO, UM LIVRO QUE VOCÊ E SENTE O QUE ESTÁ ESCRITO NELE.

    Um crente não deve pôr-se debaixo do mesmo jugo com um incrédulo em, pelo menos, duas áreas: vida conjugal e participação em práticas cultuais pagas.


    2 – As trevas e a luz nao podem co-existir. Aonde a luz chega, as trevas precisam se retirar.
    Quando o nosso Senhor e salvador Jesus Cristo se manifestou soberanamente em nossas vidas e nos fez ouvir a Palavra da verdade, o Evangelho da nossa salvação, algo marcante, como uma fronteira entre dois países, aconteceu na nossa vida. O Senhor nos tirou das trevas para a Luz, do domínio de Satanás para o Reino do Filho do Seu amor. A grande obra de Cristo no momento da manifestação da salvação fez com que não fôssemos mais prisioneiros das trevas, nem da obscuridade em que vivíamos antes de Jesus se manifestar em nossa vida. Este é um grande acontecimento: passamos da morte à vida, das trevas à Luz, não entramos mais em juízo, diz a Palavra do Senhor. Passamos a viver como filhos da Luz.
    No Livro de Efésios 5:1-21-, o Senhor diz assim: “Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”.
    Portanto, meu filhinho na fé, filho da Luz, não podemos mais tolerar trevas em nossa vida, não toleramos mais o mundo nem o pecado. Por isso é que Jesus pede que façamos um exame, emLucas 11:35 “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas.”


    3 - AUTORIDADE ESPIRITUAL – A esfera da autoridade. “Que harmonia, entre Cristo e o
    Maligno?” (6.15). Paulo enfatiza o contraste entre Cristo e o Maligno como os principais governadores de suas respectivas
    esferas de justiça e iniqüidade, luz e trevas, santidade e profanação.351 Uma pessoa crente está debaixo da autoridade
    de Cristo e deleita-se em obedecê-lo. O incrédulo, entretanto, é filho da ira, é governado pelo príncipe da potestade
    do ar, está na casa do valente, no reino das trevas, na potestade de Satanás. Participar da mesa de ídolos é o
    mesmo que participar da mesa dos demônios (lC o 10.14- 22). Como é impossível servir a dois senhores ao mesmo
    tempo, um crente não pode participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios ao mesmo tempo.

    Como sabemos o mundo espiritual é organizado por hierarquias e no reino de do diabo ele possui sua estrutura onde existem os principados que são entidades que atuam de forma influenciável dentro de igrejas, municípios, estados e nações.
    Vamos estudar as características do Principado Belial. – 1 Samuel 4:19-22.
    Falta de autoridade do Profeta Eli sobre seus filhos trouxe grande maldição

    2 Coríntios 3:18 – Somos transformados pela glória de Deus, significa mudar de forma.

    As características de Icabode representa pessoas que mesmo que proferem uma fé cristã não tiveram um encontro com a Glória de Deus, não tiveram uma revelação, são pessoas frias elas operam fora da presença do Senhor. 1 Samuel 2:12 – O Principado por trás do sistema Icabode é Belial que habita em lugares sem a glória de Deus, os filhos de Eli possuíam um DNA diferente da linhagem sacerdotal de Deus. 2 Coríntios 6:15 – Belial significa perversão, maligno tem a ver com maldade com iniquidade, aparece em Juízes 19:22, Juízes 20:13, 2 Samuel 16:7, 2 Samuel 23:6, 2 Coríntios 6:15.

    “Que harmonia, entre Cristo e o Maligno?” (6.15). Paulo enfatiza o contraste entre Cristo e o Maligno como os principais governadores de suas respectivas
    esferas de justiça e iniqüidade, luz e trevas, santidade e profanação. Uma pessoa crente está debaixo da autoridade de Cristo e deleita-se em obedecê-lo. O incrédulo,
    entretanto, é filho da ira, é governado pelo príncipe da potestade do ar, está na casa do valente, no reino das trevas, na potestade de Satanás. Participar da mesa de ídolos é o mesmo que participar da mesa dos demônios (lC o 10.14-22). Como é impossível servir a dois senhores ao mesmo tempo, um crente não pode participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios ao mesmo tempo.

    4 – Fé e Fidelidade - Com essas palavras ele não está dizendo que crentes não podem ter contato nenhum com os incrédulos, pois, nesse caso, os crentes teriam de sair do mundo (1 Co 5.9,-13). Ele instrui os crentes a não compartilh arem do estilo de vida dos incrédulos.352 O contexto aqui é relativo ao culto. Paulo não defendia uma vida eremita, monástica e isolada da sociedade, mas combatia frontalmente a idéia do crente participar de um culto pagão.
    O Crente ser igual as pessoas do mundo, foco é dinheiro, poder, fama, status, aparecer .

    5 – Esfera da Adoração - O templo é o lugar onde Deus escolhe habitar, embora ele não possa ser restrito apenas a um edifício feito por mãos humanas (lR s 8.27;
    2Cr 6.18; Is 66.1,2; At 7.49,50). A comunidade cristã é o próprio templo da habitação de Deus, e, os crentes, como morada de Deus, não podem se envolver com o culto dos
    ídolos. ídolos aqui não significam somente imagens de escultura, mas qualquer objeto que se interpõe entre a alma e Cristo. Esses ídolos podem ser dinheiro, prazer ou coisas materiais. Cuidado jaz no envolvimento com os poderes demoníacos, ativos nos ídolos, provocando o zelo e a ira de Deus (ICo 8.4-6; 10.19-22).

    Cada uma dessas palavras (sociedade, comunhão, harmonia, união e ligação) refere-se à presença de algo em comum. O termo “harmonia”, por exemplo, dá origem à
    nossa palavra “sinfonia” e se refere à bela música resultante quando os músicos lêem a mesma partitura e seguem o mesmo regente. Que confusão seria se cada músico tocasse à própria maneira,

    um terceiro lugar, uma conclusão inequívoca (6.16b). “Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu
    Deus, e eles serão o meu povo” (6.16b). Deus habita no crente individualmente (ICo 6.16-20) e também habita na igreja (ICo 3.16,17). O Deus que nem os céus dos céus podem contê-lo habita plenamente na igreja. O Pai (Ef 3.19), o Filho (Ef 1.23) e o Espírito Santo (Ef 5.18) habitam em cada crente. Somos a morada de Deus. Ele habita entre nós e em nós. Somos o seu povo, e ele é o nosso Deus.

    Três estágios dessa habitação de Deus entre seu povo: a encarnação (Jo 1.14), a habitação interior de Cristo no coração do crente (Ef 3.17) e a habitação de Deus com seu povo na nova terra (Ap 21.3) Ter sociedade com a justiça, comunhão com as trevas, harmonia com o Maligno, união com o incrédulo e ligação com os ídolos é conspirar contra essa verdade bendita. A lógica de Paulo é que os crentes devem efetuar essa ruptura porque a igreja é o templo do Deus vivente. O termo grego naós, “templo”, refere-se ao santuário interno onde a presença divina estava localizada, como distinção de toda a área do templo.

    entende que “prender-se a jugo desigual com os incrédulos significa nada menos que manter comunhão com as obras infrutíferas das trevas (Ef 5.11) e estender-lhes a destra aos incrédulos como emblema de companheirismo”.
    Os casamentos mistos têm o poder de corromper pessoas sábias e comprometidas como Salomão, que, velho, por influência de suas mulheres ímpias, seguiu Astarote (deusa dos sidônios), a Milcom (deus amonita), edificou santuário a Camos (deus moabita que exigia sacrifícios humanos. Veja 2Rs 3.26,27) e Moloque (deus amonita que exigia sacrifício de crianças) (1Rs 11.4-8). Neemias descreve Salomão e seu pecado da seguinte maneira: “entre muitas nações não havia rei semelhante a ele, e ele era amado do seu Deus, e Deus o constituiu rei sobre todo o Israel. Não obstante isso, as mulheres estrangeiras o fizeram cair no pecado” (Ne 13.26).
  • É a fase do conhecimento para o casamento, é o início da procura de uma companheira. Não havendo sucesso no namoro, não haverá sucesso no casamento. Evite ficar namorando com diversas pessoas, escolha bem antes de namorar.
    1Co 7:6-9 – Sexual
  • 1 Co 6:12-20
  • Planeje o futuro e estabeleça objetivos. A Bíblia diz em Lucas 14:28-31
    Provérbios 15:22 "Onde não há conselho, frustram-se os projetos; mas com a multidão de conselheiros se estabelecem." Estabeleça os seus obejtivos com cuidado e deliberadamente, não com pressa. A Bíblia diz em Provérbios 21:5 "Os planos do diligente conduzem à abundância; mas todo precipitado apressa-se para a penúria." Os nossos objetivos devem incluir a submissão a Deus. A Bíblia diz em Tiago 4:15-16
  • 2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual

    1. 1. 28/07/2015 1 marcio_cpq@hotmailcom coitinho_19@hotmail.com
    2. 2. Escola Bíblica Quadrangular 28/07/2015 2
    3. 3. 28/07/2015 3 2 Coríntios
    4. 4. 28/07/2015 4 2Co 6:1-2O que temos feito com a Graça? 2Co 6:4-7 Não podemos ser motivo de escândalo. 2Co 6:3 Ter equilíbrio. 2Co 6:8-10Como o mundo vê a vida cristã/Perspectiva. 2Co 6:11-13Retribuir ser grato ao amor recebido. 2Co 6:14 Recapitulando 2Co 5:18-19 4:17-18 Julgo desigual o perigo que ameaça a fé.
    5. 5. Capítulo 6 2 Coríntios 6:14-18 28/07/2015 5 Todo Cristão compromissado com o Senhor deseja viver em santidade. A santificação é um processo, longo, é realizada paulatinamente por meio do Espírito Santo naqueles que a buscam com um coração sincero e puro. Paulo amava os coríntios, por isso, os advertiu a viver uma vida de santidade na presença de Deus. O apóstolo, com amor e zelo, advertiu os irmãos a respeito do jugo desigual e da parceria com os incrédulos. Ele enfatizou o fato de que é preciso haver separação entre “luz e trevas”, “justiça e iniquidade”, “templo de Deus” e “templo de ídolos”. Uma Separação Necessária
    6. 6. Capítulo 6 2 Coríntios 6:14-18 28/07/2015 6 Uma Separação Necessária
    7. 7. Capítulo 6 2 Coríntios 6:14-18 28/07/2015 7 Na vida crista, há relacionamentos que precisamos cultivar e outros que precisamos abandonar. Algumas verdades importantes são aqui abordadas. Em primeiro lugar, uma exigência clara A expressão “jugo desigual”, contém a ideia de alguém estar num jugo desnivelado. O pano de fundo aqui é a proibição de pôr animais de natureza diferentes sob o mesmo jugo. Havia uma proibição de “lavrar com junta de boi e jumento” Dt 22:10 2Co 6:14a,17 Uma Separação Necessária Dt 22:9 A ideia que Paulo está transmitindo é que existem certas coisas que são essencialmente distintas e fundamentalmente incompatíveis, que jamais podem ser naturalmente unidas.
    8. 8. Capítulo 6 2 Coríntios 6:14-18 28/07/2015 8 Em segundo lugar, uma impossibilidade absoluta 2Co 6:14-16 Uma Separação Necessária Paulo faz cinco perguntas de áreas específicas da vida e espera receber um sonoro não como resposta em todas elas. 1 - Esfera do comportamento moral.2Co 6:14 2 – Esfera do entendimento espiritual.2Co 6:14 3 - Esfera da Autoridade. 2Co 6:15 1Co 10:23 4 - Esfera da Fé e Fidelidade. 2Co 6:15 5 - Esfera da Adoração. 2Co 6:16 Ef 5:1-21
    9. 9. Capítulo 6 2 Coríntios 6:14-18 28/07/2015 9 É a fase do conhecimento para o casamento, é o início da procura de uma companheira. Não havendo sucesso no namoro, não haverá sucesso no casamento. Evite ficar namorando com diversas pessoas, escolha bem antes de namorar. Namoro / Jugo Desigual
    10. 10. Namoro / Jugo Desigual 28/07/2015 10 1 - Basear o namoro nos princípios e propósitos de Deus. 2 - A prioridade no namoro deve ser a área espiritual Portanto todo jovem deve desenvolver a área espiritual, buscando a maturidade espiritual. Mantenha o pensamento cativo na palavra de DEUS. 3 - Não namore para passar tempo; o namoro sem propósito não leva a lugar algum. 4 - O descontrole de não poder ficar sem namorar: Há rapazes e moças que se não estiverem namorando ficam inquietos e descontrolados. 5 - Namoro Misto; é namorar um descrente. Quem namora um descrente, namora também com seus pecados, vícios, problemas morais e mundanismo. Princípios para o namoro
    11. 11. Namoro / Jugo Desigual 28/07/2015 11 Princípios para o namoro
    12. 12. 28/07/2015 12 Namoro / Jugo Desigual Princípios para o namoro
    13. 13. 28/07/2015 13 Namoro / Jugo Desigual Princípios para o namoro a) O jugo desigual da fé: Um vive pelo que vê e outro pelo que espera. Um vive pelo material e o outro pelo espiritual, um vive no pecado da idolatria e o outro na santidade, um vive crendo que sexo é normal antes do casamento (ensino da TV) o outro quer se guardar para o casamento. b) O jugo desigual do caráter: Um fala palavrão e obscenidades o outro fala da Palavra de DEUS, um vê o roubo e adultério como da vida de qualquer um, outro vive segundo a Palavra de DEUS. c) O jugo desigual da idade: Um deseja e dá muita importância ao sexo o outro não tem mais tanta necessidade, um é esportista o outro está muito cansado, um tem muita experiência o outro é imaturo.
    14. 14. 28/07/2015 14 Namoro / Jugo Desigual Princípios para o namoro Quando há liberdade sexual no namoro, o jovem e a jovem são defraudados, ou seja, desperta-se neles um desejo sexual que não pode ser satisfeito dentro do plano de Deus. Cuidado com a atração sexual: não namore porque a pessoa lhe atrai fisicamente, não namore se não houver amor verdadeiro. 1Ts 4.1-8. Esteja envolvido sempre com outros jovens da igreja. Planejem atividades em grupo. Cultive o hábito de sempre orar com sua namorada. O namoro deve ser a três: Namorado+ Namorada+Jesus Cristo. Procure durante o seu namoro estudar a Bíblia junto com seu namorado(a). Coloquem a Bíblia como regra de fé e prática. Além do conhecimento bíblico, procure ler bons livros que tratam sobre namoro, noivado e casamento.
    15. 15. 28/07/2015 15 Namoro / Jugo Desigual Princípios para o namoro Cinco perguntas para nelas meditar e levar a Deus em oração. a - Devo ou não casar? b - Quando devo casar? Maturidade e preparo espiritual. c - Com quem devo casar? O casamento envolve aprovação das famílias, da igreja, de Deus e sua própria. d - Estou preparado para casar? Situação sócio-econômica, moradia, etc. e - Por que quero casar? Rapaz quer casar para ter alguém que lhe faça as coisas. Rapaz quer casar porque precisa de mulher. -Ambos querem casar para terem liberdade, amparo, serem independentes, dar uma satisfação à sociedade. - Cuidado! O lar será seu.
    16. 16. Conclusão Paulo diz para o crente não se colocar sob um jugo desigual com o incrédulo não é um incentivo à discriminação social. Numa sociedade, as circunstâncias levam-nos a comunicar-nos com os mais variados tipos de pessoas. Todavia, não devemos praticar, jamais, as obras que vão contra nossa fé ou tomar a forma deles RM 12:2. Pois as ações do crente devem influenciar as pessoas de fora, não o contrário. A pureza moral, espiritual e o amor, no trato com os descrentes, objetiva evitar a contaminação da carne e do espírito. Esta expressão, envolvendo carne e espírito, não se refere a duas categorias de pecados, mas à contaminação da pessoa como um todo, física e espiritualmente (1 Ts 5.23).
    17. 17. DICIONÁRIO 28/07/2015 17 Moral é uma palavra de origem latina, que provém do termo moris (“costume”). Trata-se de um conjunto de crenças, costumes, valores e normas de uma pessoa ou de um grupo social, que funciona como um guia para agir. Isto é, a moral orienta relativamente às ações que são corretas, sempre usando pilares, Eu quero? Eu Devo ? Eu posso? Jugo, Peça feita em madeira e utilizada para prender os bois à carroça ou ao arado; canga.
    18. 18. 28/07/2015 18 Bibliografia Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995. Site Cristiane Durães - , acessado em 04/07/2015 http://www.cristianeduraes.com.br/igreja/estudos/mente_paulo/II_ Corintios-Estudo_completo%20.pdf Site A Paz do Senhor, acessado em 16/05/2015 http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao12-nic-4tr11- asconsequenciasdojulgodesigual.htm Site Estudantes da Bíblia, acessado em 11/07/2015 http://www.estudantesdabiblia.com.br/licoes_cpad/2010/2010_01_ 08.htm
    19. 19. OBRIGADO : : Márcio José Pereira : : Ebenézer “Até aqui nos ajudou o Senhor. João 13:17- Se sabeis estas coisas, bem- aventurados sois se as fizerdes. DEUS ABENÇOE MUITO VOCÊS!! TAMU JUNTU!!!! 28/07/2015 19

    ×