O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Deixa a fila andar!

397 visualizações

Publicada em

O fim de uma relação não é o fimda vida! Vamos continuar buscando o que é melhor e nos cuidando bem. A vida é muito curta, não dá para perder tempo com tristeza!

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Deixa a fila andar!

  1. 1. DEIXE A FILA ANDAR ! Mônica de Pinho Pinaud Autora de “ E Nós Não Fomos Felizes Para Sempre ” (Em breve, nas livrarias)
  2. 2. Deixe a fila andar... <ul><li>Assim como as estações do ano sucedem-se, também nossa vida passa por renovações; algumas provocadas por nossas escolhas e outras nos são impostas por forças alheias. Seja como for, tudo muda, se transformando e renovando. Mas nem sempre estamos prontos para as mudanças e, por isso, tentamos evitá-las. </li></ul><ul><li>Mas cabe a reflexão: até que ponto a situação anterior/atual é tão boa assim para que não queiramos que mude? Quantas mudanças em nossas vidas já não foram maravilhosas? Por que recear o novo? </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Na verdade, ficamos incomodados com a falta de controle, pois o ser humano — cuja racionalidade é traço distintivo perante os demais animais — não gosta de perder a ingerência sobre o que ocorre em sua vida. Mesmo com a consciência de que as mudanças possam conduzir a situações muito melhores, o que mais preocupa é a incerteza da novidade. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Um novo relacionamento pode ser uma experiência maravilhosa e gratificante desde que se tome o cuidado de não confundir os sujeitos, cada um é cada um, e uma pessoa não deve ser prejulgada pelas mágoas causadas pela relação anterior. Não é justo com o novo parceiro e a relação tenderá ao fracasso e breve, haverá mais um rompimento. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Deixe a fila andar, diz o povo. Se não deu certo com um parceiro, tente outra vez, e por que não? Se não estiver se sentindo pronto para uma relação séria, tenha uma mais leve, de transição. Sentir-se querido e desejado — não necessariamente amado — contribuirá na recuperação do ego e da auto-estima. E toda boa companhia é sempre bem vinda para ajudar no passar do tempo e para nos enriquecer com a troca humana. </li></ul>
  6. 7. Contatos: <ul><li>http://www.monicaescritora.com </li></ul><ul><li>orkut: Mônica Pinho Escritora </li></ul><ul><li>facebook: Mônica Pinho </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>
  7. 8. Créditos: <ul><li>Texto – Mônica de Pinho Pinaud </li></ul><ul><li>Música – Tema de Godfather (O Poderoso Chefão), acústico. </li></ul>

×