2 Contextualizando o uso de drogas e fatores de risco e proteção na escola
Esta segunda atividade se refere ao Módulo 2. E...
ƒƒ Vocês têm informações sobre ocorrências de contextos de risco relacionadas ao envolvimento de seus
alunos com drogas (t...
ƒƒ Como vocês descreveriam a sua escola?
ƒƒ Qual a história dessa instituição?
ƒƒ Em qual bairro ou comunidade a escola es...
ƒƒ abordagem reflexiva e pedagógica junto aos alunos, centrada em uma postura protetiva e inclusiva, sem
repressão e estig...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade colaborativa de aprendizagem do módulo 2

3.623 visualizações

Publicada em

ATIVIDADE DO REFERENTE AO CURSO DE PREVENÇÃO DO USO DE DROGAS.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade colaborativa de aprendizagem do módulo 2

  1. 1. 2 Contextualizando o uso de drogas e fatores de risco e proteção na escola Esta segunda atividade se refere ao Módulo 2. Ela se desdobra em dois tópicos: panorama do uso de drogas no contexto escolar e fatores de risco e proteção da escola. 2.1 Panorama do uso de drogas no contexto escolar Nas unidades iniciais deste módulo, vocês leram sobre a classificação das drogas e seus efeitos, o uso de drogas no Brasil e em escolas brasileiras, conhecendo dados epidemiológicos sobre o tema. É importante, agora, delinear um panorama da situação atual do uso de álcool e outras drogas no âmbito específico da sua escola, considerando que o grupo pretende realizar um projeto de prevenção na instituição escolar. O objetivo, portanto, da segunda atividade colaborativa, é caracterizar o uso de álcool e outras drogas no contexto escolar, no momento atual. A partir dessa caracterização, vocês terão elementos para delinear objetivos e ações do projeto a ser desenvolvido. Algumas questões podem direcionar essa atividade e nortear a elaboração do panorama do uso de drogas: ƒƒ Vocês conhecem os problemas que envolvem o uso de drogas na sua escola? Já foi feita alguma avaliação nesse sentido? ƒƒ Vocês têm acesso às informações quantitativas sobre o consumo de drogas nessa comunidade escolar? É possível fazer uma estimativa da prevalência desse consumo? ƒƒ Quais são as drogas mais consumidas no âmbito da comunidade escolar? Bebidas alcoólicas, tabaco, maconha, cocaína, crack, energéticos, medicamentos (moderadores de apetite), entre outros? Quais são as características desse consumo? Quais são os tipos de usuários: experimentador, recreativo, funcional ou abusivo/dependente? ƒƒ Quais são os problemas relacionados ao uso de drogas identificados: danos à saúde, delinquência, evasão escolar, conflitos familiares (violência, abandono)? Relacionem fatos observados e/ou informações diver- sas que permitam delinear as características do problema de uso de drogas na escola. ƒƒ Como as pessoas da escola e da comunidade encaram a questão? Quais são suas crenças, valores e atitudes em relação às drogas e aos usuários de drogas? ƒƒ Vocês têm conhecimento de algum trabalho preventivo já realizado na escola? Seria possível descrever o trabalho com base nos modelos de atuação preventiva apresentados em aulas anteriores? ƒƒ Como vocês avaliam o uso de álcool e outras drogas no âmbito escolar pelos demais integrantes (profes- sores, funcionários) e em relação aos familiares dos alunos? E em relação à comunidade local? MÓDULO 2 Atividade colaborativa de aprendizagem Questões
  2. 2. ƒƒ Vocês têm informações sobre ocorrências de contextos de risco relacionadas ao envolvimento de seus alunos com drogas (tráfico, violência, delinquência, exploração sexual, gravidez na adolescência, incidên- cia de doenças sexualmente transmissíveis/HIV etc.)? Quem são as fontes dessas informações? Quem já se manifestou preocupado com estas questões na escola? Alguém da comunidade escolar (interna ou externa) já procurou a escola para pedir ajuda ou para oferecer apoio? Quem? Quando? ƒƒ Que outros aspectos vocês gostariam de identificar sobre sua escola? As fontes para obtenção dessas informações são várias. Vejam algumas: ƒƒ projeto político-pedagógico; ƒƒ registros realizados em coordenações de professores; ƒƒ atas de conselhos de classe e/ou escolar; ƒƒ atas de reuniões de pais e mestres; ƒƒ depoimentos informais de integrantes da comunidade escolar (representantes de turma, líderes de agremiações escolares etc.); ƒƒ depoimentos de lideranças comunitárias; ƒƒ relatos de alunos aos professores, direção, orientadores escolares, funcionários; ƒƒ depoimentos de integrantes das áreas de saúde ou segurança pública; ƒƒ resultados de pesquisas sobre o tema feitas na escola. 2.2 Fatores de risco e proteção na comunidade escolar Na perspectiva metodológica desenvolvida pelo curso, as intervenções de promoção de saúde com ênfase na prevenção do uso de drogas devem ser direcionadas para os diferentes contextos de socialização do adoles- cente (família, escola, comunidade). Orientamos que o contexto da escola seja avaliado em seus potenciais e também em suas fragilidades en- quanto espaço de socialização e acolhimento dos educandos, considerando que esse espaço é um fator es- sencial de proteção. Nesta perspectiva, convidamos os educadores cursistas para uma reflexão crítica sobre seu próprio espaço de atuação, que é a escola. Cabe destacar que não se trata, aqui, de culpabilizar a escola pelos problemas do uso de drogas, mas sim de reconhecer os pontos em que ela pode contribuir para recuperar os poten- ciais dos educandos mais vulneráveis e/ou vulnerabilizados como sujeitos das ações preventivas. Cabe destacar, ainda, que o sucesso escolar e o bom rela- cionamento do educando com sua escola é, sem dúvida, o maior fator preventivo do uso de drogas que a escola pode promover! Da mesma forma, a exclusão, o mau desempe- nho escolar e as dificuldades de pertencimento do educando constituem fatores de risco a serem evitados pela instituição. Sugerimos que vocês identifiquem e reflitam sobre as carac- terísticas da instituição na qual pretendem desenvolver seu projeto. Afinal, é importante considerar como ela é vista por vocês, educadores. Esses dados de identificação deverão compor a introdução do projeto que vocês estão elaborando. Para auxiliá-los nessa tarefa, procurem pensar sobre as se- guintes perguntas.
  3. 3. ƒƒ Como vocês descreveriam a sua escola? ƒƒ Qual a história dessa instituição? ƒƒ Em qual bairro ou comunidade a escola está inserida? ƒƒ Como a escola se organiza? ƒƒ Quais possibilidades de trabalho coletivo ela oferece? ƒƒ Que recursos pedagógicos existem? ƒƒ Como se dão as relações interpessoais na escola? ƒƒ Como é o compromisso e o envolvimento dos professores, dos estudantes, dos funcionários, dos pais? ƒƒ Como vocês consideram a relação escola/família/comunidade? IMPORTANTE Para fazer esta atividade, releiam os textos do Módulo 2 que abordam o tema. Ampliem seus conhecimen- tos sobre algumas características demográficas, culturais e socioeconômicas dessa comunidade. Vocês podem acrescentar outras perguntas para aprimorar o diagnóstico de sua instituição. As instituições escolares apresentam potenciais e limites no desempenho do seu papel social, que podem estar relacionados a contextos de risco e proteção do uso de álcool e outras drogas. As reflexões feitas pelo grupo permitirão que vocês, tendo em vista o objetivo de implementação do projeto de prevenção, listem os fatores de proteção (pontos fortes) e fatores de risco (pontos fracos) de sua escola. Consultem, especial- mente, os aspectos elencados nos textos da unidade 8, do Módulo 2. No livro-texto, esses conceitos foram apresentados e podem ser revisados antes da realização da atividade. Ressaltamos que, em um sentido amplo, os fatores de risco são condições que podem causar prejuízo à saúde, ao bem-estar e ao desempenho social. Os fatores de proteção favorecem o crescimento pessoal, amparam e fortalecem o sujeito em desenvolvimento. Destacamos, a seguir, alguns aspectos que podem ser analisados enquanto indicadores ou parâmetros para a re- flexão e avaliação do grupo acerca dos fatores de risco e de proteção na escola no contexto em que vocês atuam. Ressaltamos, como fatores de proteção no âmbito escolar: ƒƒ definição, comunicação e negociação de normas, regras e limites; ƒƒ coerência e congruência entre professores, diretores e servidores na aplicação de normas e regras escolares; ƒƒ relações de respeito mútuo, compromisso e cooperação entre agentes educativos; ƒƒ relações amistosas e de cooperação entre família e escola; ƒƒ estímulo à prática das atividades escolares; ƒƒ verbalização das expectativas positivas com relação ao desempenho dos alunos; ƒƒ promoção de práticas escolares criativas e estimulantes; ƒƒ relações abertas, honestas, sem atitudes negativas, punitivas, preconceituosas e excludentes; ƒƒ fortes vínculos afetivos entre professor e aluno; ƒƒ presença de afetividade e confiança no ambiente escolar; ƒƒ estímulo e exercício dos princípios de altruísmo, cooperação; Questões
  4. 4. ƒƒ abordagem reflexiva e pedagógica junto aos alunos, centrada em uma postura protetiva e inclusiva, sem repressão e estigmatização. Utilizem o quadro apresentado abaixo para desenvolver essa atividade. Listem, em cada coluna, de cinco a dez fatores de proteção e de risco relacionados à sua escola. Fatores de proteção: pontos fortes da minha escola Fatores de risco: pontos fracos da minha escola 1. 1. 2. 2. 3. 3. 4. 4. 5. 5. 6. 6. 7. 7. 8. 8. 9. 9. 10. 10. 2.3 Produto da atividade colaborativa de aprendizagem 2 O produto esperado desta atividade é um texto contendo: ƒƒ a caracterização do uso de drogas na escola ou na comunidade escolar; ƒƒ uma avaliação dos fatores de proteção (aspectos fortes) e dos fatores de risco (aspectos frágeis) relacio- nados ao uso de drogas em sua escola. Sugerimos que vocês anexem o quadro preenchido pelo grupo. ƒƒ O texto elaborado pelo grupo deverá ter de 1 a 3 páginas, em formato A4, fonte Times New Roman 12, espaçamento 1,5. Socializem as atividades relacionadas ao projeto com os diferentes segmentos da sua escola! Anotem ações do grupo no espaço que vocês reservaram para os registros. Lembramos que podem fazê-lo no Caderno de Anotações do espaço virtual Nossa Escola. Após reberem a devolutiva do tutor sobre o texto postado, revisem-no, aperfeiçoando o que já foi pro- duzido. Posteriormente, essa produção irá compor o projeto de prevenção que vocês estão elaborando. Anotações Diálogo Revisão

×