UniEvangélica Centro Universitário                           SCHOLA FÉRTILE           Especialização (Lato Sensu) em Repro...
Introdução Prevalência de abortamento em reprodução assistida (RA) Não há fatores únicos e precisá-los não tem sido tarefa...
IntroduçãoQuadro 1: Características do IMC para adultos segundo a OMS (WHO, 2006)              Classificação              ...
ObjetivoAvaliar a prevalência de abortamento em pacientes submetidas aprocedimentos de FIV/ICSI na clínica Fértile, durant...
MetodologiaEstudo retrospectivoN= 324 prontuáriosPeríodo: Janeiro a Dezembro de 2011Variáveis analisadas:    idade    IMC ...
MetodologiaAnálise estatística:    software OpenEpi V2. 3.1;   Para verificar se houve diferença significativa considerand...
ResultadosTabela 1: Características da população de mulheres submetidas à FIV / ICSI na clínicaFértile em Goiânia, no perí...
ResultadosTabela 2: Gravidez a termo e abortamento em relação à idade, IMC e tempo de infertilidade.           Variáveis† ...
ResultadosTabela 3: Percentual de gravidez a termo e abortamento em diferentes grupos etários      Idade         Gravidez ...
ResultadosTabela 4: Percentual de gravidez a termo e abortamento e os níveis de IMC.   IMC           Gravidez Total    Gra...
ResultadosTabela 5: Gravidez a termo e abortamento em relação ao tempo de infertilidadeTempo de Infertilidade   Gravidez T...
DiscussãoA idade da mulher :   Um importante fator prognóstico do resultado do procedimento de FIV/ICSI;   Quanto maior a ...
DiscussãoIMC:   Foram encontradas diferenças significativas nas taxas de abortamento na amostra analisada que abortaram e ...
Discussão  A maioria dos estudos que avaliaram o IMC e as taxas de abortamento nãoobservou estritamente a classificação da...
Discussão   As diferenças metodológicas consideráveis e a heterogeneidade clínicaencontradas na literatura, particularment...
ConclusãoA prevalência de abortamento em pacientes submetidas aprocedimentos de FIV/ICSI na clínica Fértile, durante o pe...
Prevalência de abortamento em FIV
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prevalência de abortamento em FIV

566 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prevalência de abortamento em FIV

  1. 1. UniEvangélica Centro Universitário SCHOLA FÉRTILE Especialização (Lato Sensu) em Reprodução HumanaPrevalência de abortamento e potenciais fatores deassociação em pacientes submetidas à FIV/ICSI no período de Janeiro a Dezembro de 2011. Dra. Valdely Helena Talamonte Pós- graduanda Orientadora: Prof. Dra. Zelma Bernardes Costa
  2. 2. Introdução Prevalência de abortamento em reprodução assistida (RA) Não há fatores únicos e precisá-los não tem sido tarefa fácil Potenciais fatores de risco associados: Idade materna avançada; IMC abaixo ou acima do considerado normal pela OMS; Tempo de infertilidade, dentre outros, influenciam negativamente nas taxas de prenhez e nascidos vivos.(NAZEMIAN et al, 2011; RITTENBERG et al, 2011; VELEVA et al, 2008; GOMES et al, 2008; ABREU et al, 2006).
  3. 3. IntroduçãoQuadro 1: Características do IMC para adultos segundo a OMS (WHO, 2006) Classificação Valor do IMC Baixo peso < 18,5 Peso ideal 18,5-24,9 Sobrepeso 25,0-29,9 Obesidade ≥30 Obesidade Grau I (OGI) 30,0-34,9 Obesidade Grau II (OGII) 35,0-39,9 Obesidade Grau III (OGIII) ≥40
  4. 4. ObjetivoAvaliar a prevalência de abortamento em pacientes submetidas aprocedimentos de FIV/ICSI na clínica Fértile, durante o período deJaneiro a Dezembro de 2011 e os potenciais fatores de riscoassociados.
  5. 5. MetodologiaEstudo retrospectivoN= 324 prontuáriosPeríodo: Janeiro a Dezembro de 2011Variáveis analisadas: idade IMC Tempo de infertilidade. As pacientes foram divididas em grupos por idade, IMC e tempo de infertilidade.
  6. 6. MetodologiaAnálise estatística: software OpenEpi V2. 3.1; Para verificar se houve diferença significativa considerando as variáveis analisadas (idade, tempo de infertilidade, IMC) entre as pacientes que engravidaram, as que engravidaram e abortaram e as que não engravidaram e se a idade, tempo de infertilidade e IMC aumentaram o risco de abortamento foram utilizados os testes do X2, T ou Fisher, conforme apropriado; Foi adotado o intervalo de confiança de 95% (IC 95%) e os valores de p < 0,05 foram considerados estatisticamente significativos.
  7. 7. ResultadosTabela 1: Características da população de mulheres submetidas à FIV / ICSI na clínicaFértile em Goiânia, no período de Janeiro a Dezembro de 2011. Características População Geral N. º de casos 324 Idade (anos) † 35,2 ± 5,3 IMC † 3,3±3,3 Tempo de inf.(meses)† 49,8±4,3 Gravidez (N/%) 91 (28,1%) Abortamento (N/%) 23 (25,3%) † valores expressos em média e Desvio Padrão (DP)
  8. 8. ResultadosTabela 2: Gravidez a termo e abortamento em relação à idade, IMC e tempo de infertilidade. Variáveis† Gravidez a termo Abortamento P* (N=68) (N=23) Idade (anos) 33,7±5,7 34,5±5,3 0,72 IMC (meses) 23,1±3,3 22,7± 5,4 0,02 Tempo de infertilidade 42,1± 37,9 41,9±25,5 0,04 † valores expressos em média e Desvio Padrão (DP). *Teste T. Valores de p< 0,05 significativos
  9. 9. ResultadosTabela 3: Percentual de gravidez a termo e abortamento em diferentes grupos etários Idade Gravidez total Gravidez a termo Aborto USG P* (anos) N N(%) N(%) ≤34 52 42 (80,8%) 10 (19,2%) 35-39 28 18 (64,3%) 10 (35,7%) 0,06 ≥40 11 8 (72,7%) 3 (27,3%) 0,3 Total 91 68 (74,7%) 23 (25,3%) *Teste X2
  10. 10. ResultadosTabela 4: Percentual de gravidez a termo e abortamento e os níveis de IMC. IMC Gravidez Total Gravidez a termo Abortamento P* N N(%) N (%) Baixo peso 12 9 (75%) 3 (25%) Normal 57 42 (73,7%) 15 (26,3%) 0,99 Obesa 22 17 (77,3%) 5 (22,7%) >0,9 Total 91 68 23 *Teste de Fisher
  11. 11. ResultadosTabela 5: Gravidez a termo e abortamento em relação ao tempo de infertilidadeTempo de Infertilidade Gravidez Total Gravidez a termo Abortamento P* (anos) N N (%) N(%) < 3 anos 43 31 (72,1%) 12 (27,9%) 3-6 anos 34 25 (73,5%) 99 (26,5%) >0,99 > 6 anos 14 12 (85%) 2 (15%) 0,51 Total 91 68 23 *Teste de Fisher
  12. 12. DiscussãoA idade da mulher : Um importante fator prognóstico do resultado do procedimento de FIV/ICSI; Quanto maior a idade da paciente, menor é a taxa de gravidez observada (GOMES et al, 2008; ABREU et al, 2006; CIRAY et al, 2006); Entretanto, na série aqui analisada não foi verificada diferença estatisticamente significativa de aborto entre as faixas etárias consideradas.
  13. 13. DiscussãoIMC: Foram encontradas diferenças significativas nas taxas de abortamento na amostra analisada que abortaram e as que levaram a gestação a termo. Não foi verificado aborto nas pacientes com IMC ≥ 30 que engravidaram. Porém, o número de casos nesta faixa foi pequeno (2 pacientes) para uma análise efetiva dos dados.
  14. 14. Discussão A maioria dos estudos que avaliaram o IMC e as taxas de abortamento nãoobservou estritamente a classificação da OMS com relação às categorias, acomparação entre eles, embora possível, pode não ser muito satisfatória. Fatoeste que está de acordo com a opinião de diversos autores (RITTEMBERG et al,2011).
  15. 15. Discussão As diferenças metodológicas consideráveis e a heterogeneidade clínicaencontradas na literatura, particularmente com relação ao estudo populacional edefinição das medidas relevantes dos resultados, levam a uma interpretaçãocautelosa dos resultados apresentados pelos artigos publicados, pois os mesmosnão estão livres de bias, e semelhantemente os resultados do presente estudo,com relação às variáveis confundidoras (idade, IMC e tempo de infertilidade) eseu papel na taxa de abortamento apresentado pela amostra.
  16. 16. ConclusãoA prevalência de abortamento em pacientes submetidas aprocedimentos de FIV/ICSI na clínica Fértile, durante o período deJaneiro a Dezembro de 2011 foi de 25,3%.Não foi observada associação entre a prevalência doabortamento e a idade.

×