A Emilia E O Papagaio

3.463 visualizações

Publicada em

Um dia , há 4 anos atrás,uma linda menina de 12 anos, minha Filhinha virtual , dedicou-me esta História...
Que eu guardo com muito Carinho no meu coração
Sarinha um enorme beijinho minha Doce Filhinha (*)

Publicada em: Estilo de vida, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.463
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Emilia E O Papagaio

  1. 1. A Emília e o Papagaio . Era uma vez uma menina chamada Emília que gostava muito na Natureza, ela gostava principalmente de pássaros. A Emília morava numa quinta onde acolhia muitos animais, ela gostava de todos mas gostava em especial de um papagaio muito colorido e engraçado que cantava pela quinta. O papagaio também gostava muito da Emília e eles eram muito amigos.
  2. 2. Um dia quando a Emília estava a dar a comidinha ás galinhas, o papagaio fugiu. A Emília ficou muito preocupada e correu a quinta toda enquanto chamava o lindo papagaio mas não havia nem sinal dele. Foi então que depois de já ter percorrido todos os cantos à quinta se sentou num banco do jardim a pensar na razão para o papagaio fugir. Mais tarde a mãe dela chamou-a porque já eram horas de jantar. Emília foi jantar mas sempre a pensar no lindo papagaio não conseguiu comer quase nada.
  3. 3. Sempre a pensar no papagaio, Emília foi para a cama tentar dormir, mas não conseguiu. Emília não conseguia deixar de pensar no lindo papagaio e no porque de tão inesperada fuga. Amanheceu e Emília ainda não tinha adormecido. De repente levantou-se pensando que tudo tinha sido um sonho e foi a correr para a casota do papagaio mas ele não estava lá. E o dia passou sem o lindo papagaio aparecer. Chegou a hora de ir dormir e Emília foi se deitar sempre pensando no papagaio.
  4. 4. Passado pouco tempo Emília adormeceu estafada e começou a sonhar. Nesse sonho o lindo papagaio aparecia com 1 flor no bico como se nada se tivesse passado. Depressa amanheceu e Emília acordou com a voz da mãe a chama-la. Emília desceu para tomar o pequeno-almoço mas não tinha fome e não conseguia deixar de pensar no lindo papagaio. Emília já não comia desde que o papagaio tinha fugido e ficou doente.
  5. 5. A mãe deitou-a no seu quarto fez-lhe um chá quente e mediu-lhe a febre. Emília estava cheia de febre e a mãe chamou um médico. O médico examinou a Emília e receitou-lhe uns medicamentos e cuidados alimentares. Mas todos esses remédios não serviam de nada, Emília estava cada vez pior.
  6. 6. Foram muitas as noites que Emília não dormia a pensar no lindo papagaio.
  7. 7. . . Mas, um dia assim que Emília acordou, quando olhou para a janela, lá estava o papagaio. Emília esfregou os olhos pensando que era tudo uma alucinação, mas não era, lá estava mesmo o papagaio com uma rosa no bico à espera da Emília.
  8. 8. Emília ficou tão contente que já estava curada. Emília desceu as escadas a correr com o papagaio no ombro e foram brincar para o jardim com os outros animais. O papagaio prometeu que nunca mais iria fugir e a Emília prometeu que nunca mais largaria o seu lindo papagaio. Fim
  9. 9. Uma linda história com a autoria de sara-Debby Obrigada minha linda … beijinhos da tua mamy Diabinha Ès uma Amor minha Querida Filhinha :o) Autora … Sarinha

×