Edição Nº1/2011 Esportes     Cultura        Recados      CozinhaEntretenimentoAtualidades              Equipe Nas Ondas do...
MUDANDO E MELHORANDO!                Por uma aula de educação física diferenciada.O esporte na escola é muito importante p...
Mouneem: Eu sempre fui um aluno bastante participativo e tive a sorte de ter bonsprofessores.B.L: Como funcionam suas aula...
Nome do filme: Gnomeu e Julieta.                           Sinopse: Gnomeu (James McAvoy) e Julieta (Emily                ...
Para: Vitoria 5°DIrmã, eu amo muito você,Você me ajuda muito, sou muito feliz por ter você na minha vida.De: Geovana 4°EPa...
Somos a equipe responsável pela coluna de recados do jornal   mural “Balança Leonel” e estamos aqui para convidá-los apart...
Alimentação de má qualidade?                                                                     Por Luiz Mario Selidone M...
Já as panelas são bem tampadas e limpas, cada vez que usam uma tampa ou uma panela, é sempre lavado.O chão da cozinha é li...
A CIGARRA E A FORMIGA
Autor: Adriano Ribas Hernandes Júnior 5ª série A
Por Douglas Windson da Silva CostaO Bullying é um assunto que não é muito falado na escola, noentanto todo mundo já sofreu...
A HORA DE FALAR É AGORA. FALE          VOCÊ TAMBÉM. O nosso tema hoje é o Bullying e nada melhor que uma entrevista   com ...
C.Miriam: Eu acredito que nós estamos tentando combater, mas eu creio que aindaexiste, porque é um conceito novo na socied...
Por Rodrigo Torres Malta
Por Caroline de Lima Cesário        A EMEF Padre Leonel Franca pediu para fazer uma visitaa TV Cultura no dia 07 de outubr...
No final, aprendemos bastante, foi tudo bem divertido. Nos despedimos da nossa monitora Adrianae fomos embora.            ...
Em seguida, as alunas Letícia, Yanka, Caroline e Aline foram falar um pouco sobre o Jornal Mural, o Twitter,o Blog e o Fac...
Balança Leonel Edição nº 1/2011
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Balança Leonel Edição nº 1/2011

609 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
609
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
344
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Balança Leonel Edição nº 1/2011

  1. 1. Edição Nº1/2011 Esportes Cultura Recados CozinhaEntretenimentoAtualidades Equipe Nas Ondas do Rádio
  2. 2. MUDANDO E MELHORANDO! Por uma aula de educação física diferenciada.O esporte na escola é muito importante para todos nós, por isso acredito que as aulasde educação física deveriam ser mais diversificadas, por exemplo, os professorespoderiam organizar suas aulas deste modo: na primeira semana basquete, futebol ehandebol, na semana seguinte atletismo, vôlei e na última aula da semana os alunosescolheriam a atividade.No ano de 2010 o professor Fernando Ferrarezi tentou organizar as aulas de educaçãofísica desta forma, eu gostei muito, só que o professor de educação física desistiuporque a “baderna” era muita grande.Com a finalidade de saber como se organizam as aulas do professor Luís Mouneem,eu, repórter da coluna de esportes, o procurei para uma entrevista no dia 18 de maiode 2011, leiam abaixo: Foto: Equipe Educom.Balança Leonel: Professor Luiz Mouneem, quantos anos o senhor tinha quando fezsua faculdade?Professor Luiz Mouneem: 20 anos.B.L.: O senhor tem boas lembranças das suas aulas de educação física no colégio?Mouneem: Sim!B.L: Quais, por exemplo?
  3. 3. Mouneem: Eu sempre fui um aluno bastante participativo e tive a sorte de ter bonsprofessores.B.L: Como funcionam suas aulas de educação física?Mouneem: Ela é ministrada em cima de um plano de trabalho, com parte inicial,parte principal e parte final.B.L: O senhor acha que suas aulas de educação física são muito repetitivas?Mouneem: Sim.B.L: Como os alunos se comportam em aulas de educação física diferenciadas?Mouneem: Existe muita resistência por parte deles, pelo fato de gostarem muito daprática do futebol.B.L: Você já perguntou aos alunos que aulas eles gostariam de fazer?Mouneem: Sim! Futebol (risos).B.L: Só?Mouneem: Eles gostam de futebol e as meninas também de futebol.B.L: Muito obrigado professor, pela entrevista, eu espero que tenha dado tudo certoe...Mouneem: Sempre à disposição.B.L: Obrigado Professor, Boa Sorte!Após a entrevista percebi que para que este tipo de aula volte a acontecer, nós,alunos, deveremos nos organizar, respeitar o professor e também os colegas. Só assimnossas aulas de educação física poderão ser mais diversificadas. Por Victor Januário Matos Rodrigues
  4. 4. Nome do filme: Gnomeu e Julieta. Sinopse: Gnomeu (James McAvoy) e Julieta (Emily Blunt) são anões de jardim cujas famílias são vizinhas e rivais. Um dia eles se apaixonam, para desgosto dos familiares. Para ficarem juntos, eles precisarão enfrentar diversos obstáculos. Eu recomendo: Eu achei este filme muito interessante e legal, por que é um filme de comédia em desenho que quando a gente assiste dá muita risada. Então, divirta-se você também com este filme! Nome de filme: Rio Sinopse: Blu é uma arara azul que nasceu no rio de Janeiro, mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade, que detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro.Eu recomendo: Este filme é muito legal, ele também é uma comédia em desenho econta a história de uma arara azul que não sabe voar, mas que precisa voar parasobreviver na floresta. Ele tem que acasalar com uma arara fêmea de sua espéciepara ter filhotes e não entrar em extinção. Por: Lúcia Cristina de Campos Santos
  5. 5. Para: Vitoria 5°DIrmã, eu amo muito você,Você me ajuda muito, sou muito feliz por ter você na minha vida.De: Geovana 4°EPara: DanieleEu quero mandar um beijo e um te amo, amo também a Deus, porque ele colocouvocê na minha vida.De: LaillaPara: Marlene e JoanilsonMamãe, eu gosto muito de você, eu te amo, vou estudar muito para alimentar nossafamília e ser um médico e um jogador de futebol.De: Ezequiel 4°EPara: Matheus 7°CBarata amigão, vamos dar um role de Hornet.De: Fernando 7°CPara: Fernando 7°CFernando amigão, amor da minha vida, meu parceiro (não sou gay viu!).De: Matheus 7°CPara: Gaby 7°CGaby te amo muito cat.De: Bety 7°C
  6. 6. Somos a equipe responsável pela coluna de recados do jornal mural “Balança Leonel” e estamos aqui para convidá-los aparticipar dessa grande novidade: mandar mensagens para seus amigos de forma alegre e divertida, e ai, se ligou na idéia?Se você quiser participar Fique atento, procure nossa Equipe e entregue sua Mensagem.
  7. 7. Alimentação de má qualidade? Por Luiz Mario Selidone Montagner Fotos Equipe EducomVocê sabia?Que o alimento da nossa escola é preparado antes por uma nutricionista?As refeições são completas e balanceadas, com café da manhã, leite com achocolatado “leite em pó de boaqualidade”. Pão de forma integral ou bolacha de água e sal, café com leite, bolinhos Bauducco, barra decereais, entre outras coisas.No almoço: arroz e feijão com verduras ou legumes, macarrão e misturas de boa qualidade. Tudo issoacompanhado de sobremesas como frutas – abacaxi, melancia, maçã, mexerica, melão, etc.Os funcionários usam tocas protetoras, luvas para manuseio e preparo das refeições, as frutas sãodescascadas e separadas, empilhadas com máximo de higiene, com papéis para separar o alimento dascaixas.
  8. 8. Já as panelas são bem tampadas e limpas, cada vez que usam uma tampa ou uma panela, é sempre lavado.O chão da cozinha é limpo, estão sempre passando pano nos balcões e mesas. Os funcionários são bemeducados e gostam do trabalho que fazem, são uniformizados adequadamente com aventais e roupasapropriadas “brancas”.O chão e as mesas do refeitório são limpos toda vez que acaba um intervalo. Há uma pia perto das mesas,para beber água.Cerca de 30 a 40 por cento dos alunos não comem o alimento da escola, alegando má qualidade, falta dehigiene, etc...Será que esses alunos, estão acostumados ou viciados em comer salgados, bolachas de recheio, doces eoutras guloseimas vendidas na porta da escola?Com essa atitude gera uma série de consequências, como o desperdício de alimentos, logo o que não éservido é jogado fora. O desanimo dos funcionários da cozinha, porque parte do serviço se torna em vão.O que você acha, o alimento é de má qualidade?
  9. 9. A CIGARRA E A FORMIGA
  10. 10. Autor: Adriano Ribas Hernandes Júnior 5ª série A
  11. 11. Por Douglas Windson da Silva CostaO Bullying é um assunto que não é muito falado na escola, noentanto todo mundo já sofreu Bullying uma vez ou mais. Esseassunto é bastante polêmico e não acontece só nas escolas, e simnos mais variados lugares.Muitas vezes é causado por um motivo sórdido e que aos poucosestá sendo conhecido, ou melhor, divulgado. Mas que já existe hámuito tempo.Isso acontece na maioria das vezes por racismo, homofobia, entreoutros motivos.
  12. 12. A HORA DE FALAR É AGORA. FALE VOCÊ TAMBÉM. O nosso tema hoje é o Bullying e nada melhor que uma entrevista com a coordenadora: Miriam para sabermos mais sobre este assunto.Coordenadora Miriam: Na infância ou hoje em dia?B.L.: Na infância.C. Miriam: Na minha infância nós sofríamos bullying com consequências, só que nãoexistia nem esse conceito, essa idéia do que é bullying, então se eu lembrar da minhainfância, com certeza por que eu era magrela, branquela...C. Miriam: Depois de adulta todas as vezes que eu percebo alguma situação dessas eufaço parar na hora e chamo para conversar. Para refletir. É inadmissível.C. Miriam: Conscientemente, ou que eu tenha percebido, não.
  13. 13. C.Miriam: Eu acredito que nós estamos tentando combater, mas eu creio que aindaexiste, porque é um conceito novo na sociedade brasileira, as pessoas ainda encarammesmo os pais e a maioria das crianças, como “brincadeira”. Então quando você vaiquestionar um adolescente ou uma criança do porque está fazendo este tipo de... estátendo este tipo de atitude com o colega, a resposta é sempre: “Ah, mas eu só estoubrincando” “Ah, mas ele é meu amigo” “Ah, ele não liga”... Então é um conceito novo e amaioria das pessoas que são vítimas de bullying para se manterem enturmadas, elasconfirmam: “Ah! Não, eu não ligo”, mesmo que você perceba na cara dela que ela estáchateada, meio sem graça, que ela não está se divertindo com a tal da brincadeira.Então bullying é uma coisa que a gente ainda está... nós estamos estudando mais,entendendo mais para conseguirmos realmente diferenciar o que é brincadeira do queé humilhação, do que é uma brincadeira agressiva. Por que o bullying pode se dar deuma forma extremamente agressiva, pelo menos eu penso isso, não sei se é correto,mas eu acredito que ele pode se dar de uma forma muito agressiva como ele pode sedar também de uma forma disfarçada. Ele pode acontecer de uma forma “camuflada”e fica mais difícil da gente diagnosticar e intervir. Então, por isso eu acho que,infelizmente, ainda deve ter casos, sim, na nossa escola. A gente está perseguindo,pesquisando, para tentar mudar a consciência. PORTANTO, FIQUE LIGADO! COLOCAR APELIDOS NOS COLEGAS, TRATÁ-LOS DIFERENTE POR CAUSA DE SUAS ESCOLHAS, OU ATÉ MESMO POR CAUSA DE PROBLEMAS FÍSICOS, É BULLYNG E BULLYNG NÃO É BRINCADEIRA. É CRIME!
  14. 14. Por Rodrigo Torres Malta
  15. 15. Por Caroline de Lima Cesário A EMEF Padre Leonel Franca pediu para fazer uma visitaa TV Cultura no dia 07 de outubro de 2011. Foram alguns alunosdo projeto Com a Voz o Educando e alguns representantes desala. Quando chegaram lá, foramacompanhados pela Adriana,ela que nos apresentou os prédios e o que acontecem neles. Uma das coisas que mais gostamos foi conhecer a rádio. Vimos uma transmissão ao vivo e gostamos muito. Depois, conhecemos a locutora da rádio FM. O Editor da rádio nos mostrou como funciona uma rádio de verdade e nos apresentou a pauta e como é organizam a rádio. Em seguida, conhecemos a rádio FM. Conhecemos também os estúdios da TV Cultura e também osestúdios de alguns canais de TV acabo. Conhecemos o estúdio dococoricó e conhecemos os dubles, vimos os personagens e muitomais. Acompanhamos o ensaio do Quintal da Cultura, conhecemosos personagens e adoramos!Os prédios da TV Cultura são muito legais, são cheios de desenhosilustrativos. O prédio do museu é de mais, conhecemos o figurino do Nino, vimos alguns troféus, algumas câmeras antigas, alguns personagens antigos e algumas partes dos cenários de alguns programas antigos que ainda passam na televisão, mas não são mais gravados.
  16. 16. No final, aprendemos bastante, foi tudo bem divertido. Nos despedimos da nossa monitora Adrianae fomos embora. No dia 21.10.11, fomos apresentar o protagonismo juvenil a EMEF Prof Alice Meirelles Reis. Enquanto íamos para a escola, os professores foram nos explicando o que iria acontecer quando chegasse-mos lá. Quando chegamos, revemos alguns professores que nos deram aula nos anos anteriores. Houve também apresentações de alguns alunos que já estudam naquela escola.Fomos para nossa sala, pois a apresentação já estava quasecomeçando. Começamos quando a dona Iara apresentou o assunto para os professores que estavam nos assistindo. Depois, os nossos professores Karina, Adelson e Joyce fizeram um tipo de teatro, a professora Joyce disse queprotagonismo juvenil era o aluno sentar e escutar o que elatem para dizer, o professor Adelson começou a dar risada e discordou, enquanto isso, a professora Karina pediu para falar somente que entendia do assunto, foi então que os alunos Luiz, Cristian e Victor foram explicar um pouco do projeto, eles falaram sobre a rádio e os eventos que ocorreram na escola durante o ano de 2011.
  17. 17. Em seguida, as alunas Letícia, Yanka, Caroline e Aline foram falar um pouco sobre o Jornal Mural, o Twitter,o Blog e o Facebook da escola. Quando elas terminaram de falar, os professores Karina, Adelson e Joyceforam explicar de verdade o que era o protagonismo juvenil e como eles tiveram a idéia de dar voz aosalunos. Quando eles pensaram que tudo havia acabado, foram somente os alunos agradecer aosprofessores por ter nos aberto a porta para o projeto. Realmente foi emocionante, muitos choraram deemoção, inclusive os professores, eles não esperavam por aquilo, porém, aquela foi a melhor parte danossa visita. Pois é, finalzinho do ano, as provas chegaram e as férias estão por vir... Pode parecer bobagem,mas por experiência própria, vamos sentir muita falta da escola, dos amigos, das festas e até mesmo dasbagunças apesar de não ser tão agradável para os professores, é divertido para nós, pois por fora, somosadolescentes, mas por dentro, ainda nos resta um coração de criança, onde ficam guardadas as melhoreslembranças de nossas vidas... Agora vou falar em nome do projeto Com a Voz o Educando, todos nós adoramos participar dele,foi uma grande luta, alguns entraram e outros saíram, muitos de nós aprendemos a respeitar, a seinteressar e muito mais! Com a Voz o Educando não é um simples projeto, é muito mais que isso, somos uma família, afamília EDUCOM, a nossa família! Os que vão sair com certeza vão sentir falta, porém os que vão entrar, aproveitem, isso é umaoportunidade única e cada um de nós temos que aproveitar. Obrigado!

×