Bases sobre a teoria da cor aplicada aos

115 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado sobre as teorias de cor aplicadas aos sistemas informáticos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bases sobre a teoria da cor aplicada aos

  1. 1. Bases sobre a teoria da cor aplicada aos sistemas digitais
  2. 2. O que é a cor? • A cor é uma característica de um objecto, que pode ser perceptível pelo ser humano. A cor pode variar dependendo das condições ás quais o objecto está sujeito. • A própria luz contem ondas electromagnéticas de vários comprimentos de onda. Estes comprimentos de onda diferentes, correspondem a cores diferentes.
  3. 3. Modelos de Cor • Os modelos de cor fornecem métodos que permitem especificar uma determinada cor.
  4. 4. Modelo aditivo 0 Num modelo aditivo a ausência de luz ou de cor corresponde à cor preta, enquanto que a mistura dos comprimentos de onda ou das cores vermelha (Red), verde (Green) e azul (Blue) indicam a presença da luz ou a cor branca. 0 Este modelo explica a mistura dos comprimentos de onda de qualquer luz emitida.
  5. 5. Modelo Subtrativo • Num modelo subtrativo, ao contrário do modelo aditivo, a mistura de cores cria uma cor mais escura, porque são absorvidos mais comprimentos de onda, subtraindo-os à luz. A ausência de cor corresponde ao branco e significa que nenhum comprimento de onda é absorvido, mas sim todos refletidos.
  6. 6. Modelo aditivo vs subtrativo
  7. 7. Modelo HSV • HSV (Hue, Saturation, Value). • Criado por Alvy Ray Smith em 1974. • É caracterizada por ser uma transformação nãolinear do sistema de cores RGB (sistema de cores aditivas formado por Vermelho (Red), Verde (Green) e Azul (Blue). • É o sistema aditivo de cores.
  8. 8. Hue • Tonalidade ou matriz (Hue) é a cor pura com saturação e luminosidade máximas que se exprime num valor angular entre 0º e 360º.
  9. 9. Saturation • Quanto menor esse valor, mais com tom de cinza aparecerá a imagem. Quanto maior o valor, mais "pura" é a imagem. Atinge valores de 0 a 100%.
  10. 10. Value • Define o brilho da cor. Atinge valores de 0 a 100%.
  11. 11. CMYK • CMYK, cuja sigla significa Cyan (Ciano), Magenta (Magenta), Yellow (Amarelo) e blacK (Preto). • Deriva do modelo CMY ao qual foi adicionada a cor preta (K). • A sua adição deve-se ao facto de ficar muito mais fácil a sua impressão em vez de utilizar o ciano, magenta e o amarelo.
  12. 12. • O CMYK funciona devido à absorção de luz, pelo facto de que as cores que são vistas vêm da parte da luz que não é absorvida. É o sistema subtractivo de cores, em contraposição ao sistema aditivo, o RGB. É um sistema muito utilizado na indústria gráfica.

×