SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/
Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w
COMO ELABORAR UM PLANO DE AULA
Marcos Tuler
O que é um plano de aula?
O plano de aula é um instrumento de trabalho que específica os comportamentos esperados do
aluno, os conteúdos, os recursos didáticos e os procedimentos que serão utilizados para sua
realização.
O plano de aula busca sistematizar todas as atividades que se desenvolvem no período
de tempo em que professor e aluno interagem, numa dinâmica de ensino-aprendizagem
A importância do plano de aula
É de estarrecer o que ouvimos nos “bastidores” da Educação Cristã quando o assunto é
planejamento: “O quê? Planejar aulas? Que nada! É só ler a lição e reproduzir o comentário
com outras palavras.” Este é o retrato do famigerado e nocivo comodismo. Para alguns
professores, o plano de aula consiste em observar três etapas: introdução, desenvolvimento e
conclusão.
Infelizmente para outros, isso sequer tem importância. Como se costuma dizer, suas
aulas são “sem pé nem cabeça”. Estes, quase sempre são surpreendidos com o aviso do
superintendente às classes: “Faltam 5 minutos para o término da lição”. Só lhes resta
queixarem-se com ar de grandeza: “agora que eu estava terminando a introdução!” Isto
geralmente acontece em razão de muitos professores ignorarem a relevância e a finalidade do
plano de aula.
Um bom plano de aula promove a eficiência do ensino, economiza tempo e energia,
contribui para a realização dos objetivos visados e, acima de tudo, evita a corredora rotina e a
improvisação.
Antes de planejar sua aula, o professor deve refletir sobre as seguintes questões:
a) O que pretendo alcançar? Quais são meus objetivos para esta aula específica? Que
tipo de comportamento espero observar em meus alunos após esta aula? Será que após a aula
terão eles capacidade para escrever, dissertar, responder e debater?
b) Como alcançar? Qual estratégia de trabalho usarei para alcançar meus objetivos?
Quais os métodos mais apropriados?
c) Em quanto tempo? Em que prazo executarei as diversas fases do trabalho letivo?
Quanto tempo gastarei na introdução da aula? E no desenvolvimento? E na conclusão?
d) O que fazer e como fazer? Qual a melhor maneira de introduzir esta aula? Como
posso transmitir o conteúdo desta lição de maneira atraente e interessante? Que tipo de
aplicação seria mais eficiente nesta aula? Como concluir essa lição eficazmente a ponto de
suscitar no meu aluno o desejo de retornar à classe no domingo seguinte? Quais
procedimentos deverei usar? De quais recursos deverei dispor?
e) Como avaliar o que foi alcançado? Quais instrumentos de avaliação utilizarei? Em
que período do processo de ensino deverei avaliar? No início? No meio? No final? Ou em
todos?
Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/
Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w
Após refletir sobre as questões acima, o professor precisa executar os seguintes
passos:
a) Identificar o tema da aula. O primeiro passo é indicar o tema central da aula.
Exemplo: Tema da aula: “A Biblioteca Divina” – Textos-chaves: Sl 119.103,105; 1Pe 2.2.
b) Estabelecer os objetivos. Enfatizando o que dissemos anteriormente, ao planejar, o
professor deve ter em mente os objetivos do seu trabalho, isto é, saber para que está
planejando. Exemplo: Ao final da aula o aluno será capaz de:
Identificar as principais divisões da Bíblia.
Distinguir os livros do Antigo e Novo Testamentos.
Classificar os livros do Antigo e Novo Testamentos.
c) Indicar o conteúdo da matéria de ensino. Indique os conteúdos que serão objeto de
estudo. O que representa este conteúdo? A matéria de ensino basicamente envolve um
conjunto estruturado de conhecimentos dispostos com o objetivo de dar ao aluno
oportunidade de adquirir um cabedal de informações. E, além disso, saber usar
funcionalmente o conhecimento desenvolvendo adequados modos de pensá-lo e de aplicá-lo
em situações novas. Segundo o educador Horbert Wiener, não é a quantidade de informação
emitida que é importante para a ação, “mas antes a qualidade e quantidade de informação
capaz de penetrar o suficiente num dispositivo de armazenamento e comunicação, de modo a
servir de gatilho para ação.”
Em relação ao ensino na Escola Dominical, os conteúdos didáticos são partes
integrantes dos comentários das revistas de cada faixa etária.
Como o conteúdo deve ser apresentado no plano? Ele deve ser apresentado em forma de
esquemas que facilitem o seu desenvolvimento, pois o plano não deve ter textos extensos a
serem lidos pelo professor durante a aula. O professor não deve contentar-se com os esquemas
apresentados nas revistas-didáticas, mas, a partir deles, elaborar outro mais rico e mais
completo, baseado em suas próprias pesquisas.
Os dados essenciais do conteúdo deverão ser distribuídos no plano de forma ordenada,
ressaltando sua concatenação e subordinação. Na elaboração de um plano de aula, o professor
deve buscar a melhor maneira de comunicar o conhecimento ao aluno, pois o conteúdo da
matéria de ensino e o processo de aprendizagem estão intimamente relacionados.
Exemplo de conteúdo de uma lição bíblica:
I. As divisões da Bíblia
1. Os dois Testamentos
2. Os livros divididos em seções
II. Os livros do Antigo Testamento
1. Como está dividido o Antigo Testamento
a) O Pentateuco
b) Livros históricos
c) Livros poéticos
d) Livros proféticos
III. Os livros do Novo Testamento
Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/
Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w
1. Como está dividido o Novo Testamento
a) Biografia
b) História
c) Doutrinas
d) Profecia
a) Estabelecer os procedimentos de ensino. É preciso estabelecer as formas de utilizar o
conteúdo selecionado para atingir os objetivos propostos. Sua aula será somente expositiva ou
você precisa utilizar outros métodos?
b) Escolher os recursos didáticos. De que forma seus alunos serão estimulados à
aprendizagem? Utilizará recursos humanos ou materiais? De quais recursos dispõe sua Escola
Dominical? Quadro de giz? Retroprojetor? Álbum seriado? Flanelógrafo? Gráficos? Mapas?
Em que momento da aula pretende utilizar cada recurso previsto?
c) Escolher o instrumento de avaliação. Finalmente, o planejamento da aula deve prever
como será feita a avaliação. Não é conveniente propor ao aluno apenas questões que avaliem
se ele memorizou ou não alguns conceitos ou definições. Por exemplo: “Quais são os livros
históricos da Bíblia?” O ideal é que os alunos manifestem comportamentos que demonstrem
claramente sua aprendizagem. Exemplo:
Peça ao aluno que localize em sua Bíblia um dos livros históricos;
Relacione no quadro vários livros da Bíblia e peça ao aluno que identifique os que
pertencem ao Pentateuco.
Conclusão
Como podemos observar, ao elaborar o plano de aula, deverá o professor programar
todas as suas atividades, isto é, ordená-las e dispô-las em fases sucessivas e bem calculadas.
O plano de aula racionaliza as atividades do professor e do aluno, possibilitando
melhores resultados e maior produtividade do ensino.
Fonte: Marcos Tuler. Disponível em: http://www.aescoladominical.com/2011/07/como-
elaborar-um-plano-de-aula.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seminário da escola bíblica dominical 2011
Seminário da escola bíblica dominical 2011Seminário da escola bíblica dominical 2011
Seminário da escola bíblica dominical 2011Moisés Sampaio
 
Curso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDCurso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDSergio Silva
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdEduardo Sales de lima
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDEdnaldo Santos de Jesus
 
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBD
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBDPromovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBD
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBDALTAIR GERMANO
 
Como planejar com eficácia sua aula de EBD
Como planejar com eficácia sua aula de EBDComo planejar com eficácia sua aula de EBD
Como planejar com eficácia sua aula de EBDAmor pela EBD
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDMárcio Melânia
 
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalSete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalALTAIR GERMANO
 
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosO Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosSilas Duarte Jr
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalFilipe Rhuan
 
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDA função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDR Gómez
 
Aula de educação cristã basico theologia
Aula de educação cristã basico theologiaAula de educação cristã basico theologia
Aula de educação cristã basico theologiacasa
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalAmor pela EBD
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Abdias Barreto
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015rosihertel
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaostenmario04
 

Mais procurados (20)

Seminário da escola bíblica dominical 2011
Seminário da escola bíblica dominical 2011Seminário da escola bíblica dominical 2011
Seminário da escola bíblica dominical 2011
 
Curso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBDCurso de capacitação de professores da EBD
Curso de capacitação de professores da EBD
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
 
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBD
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBDPromovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBD
Promovendo o Crescimento Espiritual do Aluno Através de Aulas Interativas na EBD
 
Como planejar com eficácia sua aula de EBD
Como planejar com eficácia sua aula de EBDComo planejar com eficácia sua aula de EBD
Como planejar com eficácia sua aula de EBD
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
 
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalSete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
 
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosO Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominical
 
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDA função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
 
liderança
liderançaliderança
liderança
 
Projeto curricular ebd
Projeto curricular ebdProjeto curricular ebd
Projeto curricular ebd
 
Aula de educação cristã basico theologia
Aula de educação cristã basico theologiaAula de educação cristã basico theologia
Aula de educação cristã basico theologia
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola Dominical
 
Educação cristã
Educação cristãEducação cristã
Educação cristã
 
GestãO Da Ebd
GestãO Da EbdGestãO Da Ebd
GestãO Da Ebd
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
 

Destaque

Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola Dominical
Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola DominicalApostila de Curso de Formação de Professores da Escola Dominical
Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola DominicalAmor pela EBD
 
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalEBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalFelipe Mamud
 
Planejamento semanal
Planejamento semanalPlanejamento semanal
Planejamento semanalJailson Alves
 
Calendario 2015 2016
Calendario 2015 2016Calendario 2015 2016
Calendario 2015 2016Lau BoRdrgz
 
Pedagogia de projetos
Pedagogia de projetosPedagogia de projetos
Pedagogia de projetosAmor pela EBD
 
Escala de professores 2014 primeiro trimestre
Escala de professores 2014 primeiro trimestreEscala de professores 2014 primeiro trimestre
Escala de professores 2014 primeiro trimestreebdcrispim
 
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte I
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte IEscola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte I
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte IAmor pela EBD
 
Gestão de Escola Bíblica Dominical
Gestão de Escola Bíblica DominicalGestão de Escola Bíblica Dominical
Gestão de Escola Bíblica DominicalALTAIR GERMANO
 
Socorro, sou professor de escola dominical lécio dornas
Socorro, sou professor de escola dominical   lécio dornasSocorro, sou professor de escola dominical   lécio dornas
Socorro, sou professor de escola dominical lécio dornasGessica Dutra
 
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil-
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil- Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil-
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil- Ana Paula Baptista
 
1. o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical
1.   o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical1.   o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical
1. o ensino - escola dominical - Manual da Escola DominicalAna Paula Baptista
 
OS Estilos de aprendizagem de Felder e Silvermen
OS Estilos de aprendizagem de Felder e SilvermenOS Estilos de aprendizagem de Felder e Silvermen
OS Estilos de aprendizagem de Felder e SilvermenAdmar Cardoso
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDValdinar Viana
 

Destaque (19)

Planejamento ebd
Planejamento ebdPlanejamento ebd
Planejamento ebd
 
Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola Dominical
Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola DominicalApostila de Curso de Formação de Professores da Escola Dominical
Apostila de Curso de Formação de Professores da Escola Dominical
 
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalEBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
 
Planejamento semanal
Planejamento semanalPlanejamento semanal
Planejamento semanal
 
Plano de aula multimidia
Plano de aula multimidiaPlano de aula multimidia
Plano de aula multimidia
 
Prova 2012 a 2014
Prova 2012 a 2014Prova 2012 a 2014
Prova 2012 a 2014
 
Apocrifos e livros perdidos
Apocrifos e livros perdidosApocrifos e livros perdidos
Apocrifos e livros perdidos
 
Experience based design guide
Experience based design guideExperience based design guide
Experience based design guide
 
Curso de aperfeiçoamento da ebd
Curso de aperfeiçoamento da ebdCurso de aperfeiçoamento da ebd
Curso de aperfeiçoamento da ebd
 
Calendario 2015 2016
Calendario 2015 2016Calendario 2015 2016
Calendario 2015 2016
 
Pedagogia de projetos
Pedagogia de projetosPedagogia de projetos
Pedagogia de projetos
 
Escala de professores 2014 primeiro trimestre
Escala de professores 2014 primeiro trimestreEscala de professores 2014 primeiro trimestre
Escala de professores 2014 primeiro trimestre
 
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte I
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte IEscola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte I
Escola Dominical: uma nova concepção de ensino para uma nova realidade - Parte I
 
Gestão de Escola Bíblica Dominical
Gestão de Escola Bíblica DominicalGestão de Escola Bíblica Dominical
Gestão de Escola Bíblica Dominical
 
Socorro, sou professor de escola dominical lécio dornas
Socorro, sou professor de escola dominical   lécio dornasSocorro, sou professor de escola dominical   lécio dornas
Socorro, sou professor de escola dominical lécio dornas
 
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil-
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil- Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil-
Treinamento de Professores - CFAPED - Ass.Deus Ministério de Cordovil-
 
1. o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical
1.   o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical1.   o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical
1. o ensino - escola dominical - Manual da Escola Dominical
 
OS Estilos de aprendizagem de Felder e Silvermen
OS Estilos de aprendizagem de Felder e SilvermenOS Estilos de aprendizagem de Felder e Silvermen
OS Estilos de aprendizagem de Felder e Silvermen
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
 

Semelhante a Como elaborar um plano de aula

Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaIntroducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaRonaldo Barbosa
 
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132diretoriabragpta
 
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...ProfCibellePires
 
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdf
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdfDIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdf
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdfMizael10
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdfFrancisco Sá
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticaspibid ING
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Bete Feliciano
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1Bete Feliciano
 
9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professorClaudio Lima
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaGraça Sousa
 

Semelhante a Como elaborar um plano de aula (20)

01.mediaçãopedagogica 28.9.10
01.mediaçãopedagogica 28.9.1001.mediaçãopedagogica 28.9.10
01.mediaçãopedagogica 28.9.10
 
Dicastit producao aulas
Dicastit producao aulasDicastit producao aulas
Dicastit producao aulas
 
Vera 3
Vera 3Vera 3
Vera 3
 
Vera 3
Vera 3Vera 3
Vera 3
 
CURSO PROFESSORES.pptx
CURSO PROFESSORES.pptxCURSO PROFESSORES.pptx
CURSO PROFESSORES.pptx
 
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaIntroducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
 
Modulo 3
Modulo 3Modulo 3
Modulo 3
 
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
 
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
A didática tem grande relevância no processo educativo de ensino e aprendizag...
 
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdf
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdfDIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdf
DIDÁTICA-PRÁTICA-NA-ESCOLA-DOMINICAL.pdf
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
 
Metodologias do Ensino Superior.pdf
Metodologias do Ensino Superior.pdfMetodologias do Ensino Superior.pdf
Metodologias do Ensino Superior.pdf
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticas
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticas
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Parte 1
 
9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de Aula
 
Características didáticas da aula
Características didáticas da aulaCaracterísticas didáticas da aula
Características didáticas da aula
 

Mais de Amor pela EBD

Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaLicao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaAmor pela EBD
 
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteA Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteAmor pela EBD
 
O cristão e a cultura
O cristão e a culturaO cristão e a cultura
O cristão e a culturaAmor pela EBD
 
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Amor pela EBD
 
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoTrês parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoAmor pela EBD
 
A defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloA defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloAmor pela EBD
 
Ofício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaOfício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaAmor pela EBD
 
Discurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIDiscurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIAmor pela EBD
 
Discurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensDiscurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensAmor pela EBD
 
Exercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDExercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDAmor pela EBD
 
Carta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaCarta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaAmor pela EBD
 
Carta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaCarta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaAmor pela EBD
 
Carta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeCarta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeAmor pela EBD
 
Carta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteCarta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteAmor pela EBD
 
Carta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteCarta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteAmor pela EBD
 
O Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosO Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosAmor pela EBD
 
O homem e sua missão
O homem e sua missãoO homem e sua missão
O homem e sua missãoAmor pela EBD
 
Perguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasPerguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasAmor pela EBD
 

Mais de Amor pela EBD (20)

Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaLicao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
 
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteA Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
 
Jesus: O Deus-Homem
Jesus: O Deus-HomemJesus: O Deus-Homem
Jesus: O Deus-Homem
 
O cristão e a cultura
O cristão e a culturaO cristão e a cultura
O cristão e a cultura
 
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
 
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoTrês parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
 
A defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloA defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de Paulo
 
Ofício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaOfício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igreja
 
Discurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIDiscurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens II
 
Discurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensDiscurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovens
 
Exercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDExercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBD
 
Carta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaCarta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igreja
 
Carta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaCarta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igreja
 
Carta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeCarta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidade
 
Carta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteCarta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrente
 
Carta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteCarta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doente
 
O Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosO Livro de Provérbios
O Livro de Provérbios
 
O Livro de Esdras
O Livro de EsdrasO Livro de Esdras
O Livro de Esdras
 
O homem e sua missão
O homem e sua missãoO homem e sua missão
O homem e sua missão
 
Perguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasPerguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetas
 

Último

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Como elaborar um plano de aula

  • 1. Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/ Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w COMO ELABORAR UM PLANO DE AULA Marcos Tuler O que é um plano de aula? O plano de aula é um instrumento de trabalho que específica os comportamentos esperados do aluno, os conteúdos, os recursos didáticos e os procedimentos que serão utilizados para sua realização. O plano de aula busca sistematizar todas as atividades que se desenvolvem no período de tempo em que professor e aluno interagem, numa dinâmica de ensino-aprendizagem A importância do plano de aula É de estarrecer o que ouvimos nos “bastidores” da Educação Cristã quando o assunto é planejamento: “O quê? Planejar aulas? Que nada! É só ler a lição e reproduzir o comentário com outras palavras.” Este é o retrato do famigerado e nocivo comodismo. Para alguns professores, o plano de aula consiste em observar três etapas: introdução, desenvolvimento e conclusão. Infelizmente para outros, isso sequer tem importância. Como se costuma dizer, suas aulas são “sem pé nem cabeça”. Estes, quase sempre são surpreendidos com o aviso do superintendente às classes: “Faltam 5 minutos para o término da lição”. Só lhes resta queixarem-se com ar de grandeza: “agora que eu estava terminando a introdução!” Isto geralmente acontece em razão de muitos professores ignorarem a relevância e a finalidade do plano de aula. Um bom plano de aula promove a eficiência do ensino, economiza tempo e energia, contribui para a realização dos objetivos visados e, acima de tudo, evita a corredora rotina e a improvisação. Antes de planejar sua aula, o professor deve refletir sobre as seguintes questões: a) O que pretendo alcançar? Quais são meus objetivos para esta aula específica? Que tipo de comportamento espero observar em meus alunos após esta aula? Será que após a aula terão eles capacidade para escrever, dissertar, responder e debater? b) Como alcançar? Qual estratégia de trabalho usarei para alcançar meus objetivos? Quais os métodos mais apropriados? c) Em quanto tempo? Em que prazo executarei as diversas fases do trabalho letivo? Quanto tempo gastarei na introdução da aula? E no desenvolvimento? E na conclusão? d) O que fazer e como fazer? Qual a melhor maneira de introduzir esta aula? Como posso transmitir o conteúdo desta lição de maneira atraente e interessante? Que tipo de aplicação seria mais eficiente nesta aula? Como concluir essa lição eficazmente a ponto de suscitar no meu aluno o desejo de retornar à classe no domingo seguinte? Quais procedimentos deverei usar? De quais recursos deverei dispor? e) Como avaliar o que foi alcançado? Quais instrumentos de avaliação utilizarei? Em que período do processo de ensino deverei avaliar? No início? No meio? No final? Ou em todos?
  • 2. Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/ Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w Após refletir sobre as questões acima, o professor precisa executar os seguintes passos: a) Identificar o tema da aula. O primeiro passo é indicar o tema central da aula. Exemplo: Tema da aula: “A Biblioteca Divina” – Textos-chaves: Sl 119.103,105; 1Pe 2.2. b) Estabelecer os objetivos. Enfatizando o que dissemos anteriormente, ao planejar, o professor deve ter em mente os objetivos do seu trabalho, isto é, saber para que está planejando. Exemplo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Identificar as principais divisões da Bíblia. Distinguir os livros do Antigo e Novo Testamentos. Classificar os livros do Antigo e Novo Testamentos. c) Indicar o conteúdo da matéria de ensino. Indique os conteúdos que serão objeto de estudo. O que representa este conteúdo? A matéria de ensino basicamente envolve um conjunto estruturado de conhecimentos dispostos com o objetivo de dar ao aluno oportunidade de adquirir um cabedal de informações. E, além disso, saber usar funcionalmente o conhecimento desenvolvendo adequados modos de pensá-lo e de aplicá-lo em situações novas. Segundo o educador Horbert Wiener, não é a quantidade de informação emitida que é importante para a ação, “mas antes a qualidade e quantidade de informação capaz de penetrar o suficiente num dispositivo de armazenamento e comunicação, de modo a servir de gatilho para ação.” Em relação ao ensino na Escola Dominical, os conteúdos didáticos são partes integrantes dos comentários das revistas de cada faixa etária. Como o conteúdo deve ser apresentado no plano? Ele deve ser apresentado em forma de esquemas que facilitem o seu desenvolvimento, pois o plano não deve ter textos extensos a serem lidos pelo professor durante a aula. O professor não deve contentar-se com os esquemas apresentados nas revistas-didáticas, mas, a partir deles, elaborar outro mais rico e mais completo, baseado em suas próprias pesquisas. Os dados essenciais do conteúdo deverão ser distribuídos no plano de forma ordenada, ressaltando sua concatenação e subordinação. Na elaboração de um plano de aula, o professor deve buscar a melhor maneira de comunicar o conhecimento ao aluno, pois o conteúdo da matéria de ensino e o processo de aprendizagem estão intimamente relacionados. Exemplo de conteúdo de uma lição bíblica: I. As divisões da Bíblia 1. Os dois Testamentos 2. Os livros divididos em seções II. Os livros do Antigo Testamento 1. Como está dividido o Antigo Testamento a) O Pentateuco b) Livros históricos c) Livros poéticos d) Livros proféticos III. Os livros do Novo Testamento
  • 3. Curta a página “Eu amo a EBD” no Facebook: https://www.facebook.com/amorpelaebd/ Inscreva-se em nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMoFJwfZXBOIESHIEprOY9w 1. Como está dividido o Novo Testamento a) Biografia b) História c) Doutrinas d) Profecia a) Estabelecer os procedimentos de ensino. É preciso estabelecer as formas de utilizar o conteúdo selecionado para atingir os objetivos propostos. Sua aula será somente expositiva ou você precisa utilizar outros métodos? b) Escolher os recursos didáticos. De que forma seus alunos serão estimulados à aprendizagem? Utilizará recursos humanos ou materiais? De quais recursos dispõe sua Escola Dominical? Quadro de giz? Retroprojetor? Álbum seriado? Flanelógrafo? Gráficos? Mapas? Em que momento da aula pretende utilizar cada recurso previsto? c) Escolher o instrumento de avaliação. Finalmente, o planejamento da aula deve prever como será feita a avaliação. Não é conveniente propor ao aluno apenas questões que avaliem se ele memorizou ou não alguns conceitos ou definições. Por exemplo: “Quais são os livros históricos da Bíblia?” O ideal é que os alunos manifestem comportamentos que demonstrem claramente sua aprendizagem. Exemplo: Peça ao aluno que localize em sua Bíblia um dos livros históricos; Relacione no quadro vários livros da Bíblia e peça ao aluno que identifique os que pertencem ao Pentateuco. Conclusão Como podemos observar, ao elaborar o plano de aula, deverá o professor programar todas as suas atividades, isto é, ordená-las e dispô-las em fases sucessivas e bem calculadas. O plano de aula racionaliza as atividades do professor e do aluno, possibilitando melhores resultados e maior produtividade do ensino. Fonte: Marcos Tuler. Disponível em: http://www.aescoladominical.com/2011/07/como- elaborar-um-plano-de-aula.html