Grandes vias eferentes.

10.472 visualizações

Publicada em

ANATOMIA - 1º ANO - 2º SEMESTRE - GRANDES VIAS EFERENTES - FACULDADES INTEGRAIS DE BAURU.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grandes vias eferentes.

  1. 1. GRANDES VIAS EFERENTES
  2. 2. As grandes vias eferentes comunicamos centos supra segmentares do SNcom os órgãos efetuadores. Podemser ou viscerais.As somáticas permitem a realizaçãode movimentos voluntários,regulando ainda otônus e a postura.
  3. 3. Vias Eferentes somáticassão didaticamentedivididas em:1. Vias Piramidais2. Vias Extrapiramidais
  4. 4. Vias Piramidais Trato Córtico-espinhal .Trato Córtico-nuclear Passam pelas pirâmidesbulbares.
  5. 5. Vias Piramidais Trato córtico-espinhalUne o córtex cerebral aos neurôniosmotores da medula.Córtex ( área 4) Coroa radiadaCápsula interna Base do pedúnculoBase da ponte Pirâmide bulbarDecussação das pirâmides Trato córtico-espinhal anterior Trato córtico espinhal lateral
  6. 6. Trato Córtico-espinhal
  7. 7. Vias Piramidais Trato Córtico-nuclearEste trato tem o mesmo valor funcionaldo trato córtico-espinhal, diferindo detransmitir impulsos aos neurôniosmotores do tronco encefálico. Córtex ( área 4) Cápsula interna Tronco cerebral
  8. 8. Trato Córtico-Nuclear
  9. 9. Vias ExtrapiramidaisSão tratos que passam pelaspirâmides bulbares. Trato Rubro-espinhalJunto com o trato córtico-espinhal,controla a motricidadevoluntária dos músculos distaisdos membros.
  10. 10. Trato Rubro-espinhal
  11. 11. Trato Tecto-espinhalOrigina-se no colículo superior,que se relaciona com a retina e ocórtex visual,terminando namedula cervical alta. Logo,fazparte dos reflexos para amovimentação da cabeça aosestímulos visuais.
  12. 12. Trato Tecto-espinhal
  13. 13. Trato Vestíbulo-espinhalNúcleos vestibulares recebeminformações do ouvido ecerebelo, envia para osneurônios motores medulares,realizando a manutenção doequilíbrio.
  14. 14. Trato Vestíbulo-espinhal
  15. 15. Trato Retículo-espinhalÉo dos tratosextrapiramidais.Interliga várias áreas da forma formaçãoreticular com neurônios motores.Envolvem o controle de movimentostanto voluntários como automáticos.Coloca o corpo na postura básica, posturade “partida”, necessária à execução demovimentos pela musculatura distal dosmembros.
  16. 16. Trato Retículo-espinhal

×