Saúde na mídia                                                                               Brasília, 29 de outubro de 20...
Saúde na mídia                                                              Brasília, 29 de outubro de 2011               ...
Saúde na mídia            Brasília, 29 de outubro de 2011                                     Folha de S. Paulo/BR        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ministro da Saúde quer Lei Seca rigorosa

604 visualizações

Publicada em

Alexandre Padilha diz que vai apoiar projetos que elevem a pena para quem for flagrado dirigindo embriagado

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ministro da Saúde quer Lei Seca rigorosa

  1. 1. Saúde na mídia Brasília, 29 de outubro de 2011 Folha de S. Paulo/BR Ministério da Saúde | Alexandre Padilha Ministro da Saúde quer Lei Seca rigorosa COTIDIANO 30% das mortes nos lugares onde há um combate efi- caz. O ministério alega que as medidas especificamente ligadas ao setor da saúde tiveram resultados po- sitivos. A proporção de mortes em relação ao total de in- Resgate de vítimas de batida de carro em Mogi das Cruzes (SP) ternações por acidentes de trânsito, por exemplo, di- minuiu. Alexandre Padilha diz que vai apoiar projetos Questionado sobre outras ações federais que con-que elevem a pena para quem for flagrado di- tribuem com acidentes, como incentivos à difusão derigindo embriagado motos, Padilha que os principais fatores estão li- gados a ações de Estados e municípios.Para ele, a maior parte do problema é a falta de fis-calização; redução de mortes chega a 30% onde a lei é "O decisivo é a fiscalização por dirigir alcoolizado,cumprida uso do capacete, condição do automóvel e da moto."DO ENVIADO AO RIO O ministério diz que a piora dos índices tem sido mais intensa no Nordeste e no Centro-Oeste, prin-O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, diz que cipalmente em municípios pequenos (com menos devai apoiar os projetos para tornar a Lei Seca mais ri- 20 mil habitantes).gorosa. Entre eles, a elevação da pena por em-briaguez ao volante. Em 2010, a Folha mostrou cidades do interior nor- destino que chegavam a ter quase 5.000 veículos paraO endurecimento para quem bebe e dirige é uma das só 44 carteiras de habilitação. Sem fiscalização, erapropostas da pasta para a década da segurança no um exemplo de como a exigência de formação paratrânsito instituída pela ONU (Organização das Na- dirigir é ignorada.ções Unidas). MAIS PUNIÇÃOMas a mudança da legislação, em discussão no Con- Há um comissão de reforma do Código Penal no Se-gresso, será encampada pela presidente Dilma Rous- nado prevendo aumento do rigor na punição aos mo-seff? toristas que dirigem após beber e provocam acidentes com vítimas. Se a reforma for adiante, aPadilha, nesse caso, é mais cauteloso. "Posso falar pe- embriaguez pode ser considerada qualificadora noslo ministério. Depois vai para debate interno do go- casos de morte.verno." A pena de prisão poderá chegar a oito anos para umApesar de defender mais rigor na lei vigente desde causador de acidente.2008, Padilha diz parte do problema é de fis-calização. O Ministério da Saúde também adiantou no 18ºSegundo ele, estatísticas mostram redução de atéSaúde na mídia pg.1
  2. 2. Saúde na mídia Brasília, 29 de outubro de 2011 Folha de S. Paulo/BR Ministério da Saúde | Alexandre Padilha Continuação: Ministro da Saúde quer Lei Seca rigorosaCongresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, rea- Os recursos, pela ideia, serão repartidos a dependerlizado na semana passada no Rio de Janeiro, a pro- do cumprimento de metas de redução de acidentes.posta de um novo fundo nacional com a receita das "Seria um estímulo aos municípios, uma con-multas. trapartida", disse à Folha. (ALENCAR IZIDORO)A proposta foi apresentada por Otaliba Libânio deMorais Neto, diretor do Departamento de Análise deSituação de Saúde do ministério.Saúde na mídia pg.2
  3. 3. Saúde na mídia Brasília, 29 de outubro de 2011 Folha de S. Paulo/BR Ministério da Saúde | Alexandre Padilha Continuação: Ministro da Saúde quer Lei Seca rigorosaSaúde na mídia pg.3

×