Mais Médicos
Expansão da Residência Médica e
Multiprofissional
Programa Mais Médicos
 Edital para atuação de médicos na atenção básica
 6.658 médicos atuando em 2.176 municípios e 28 ...
Programa Mais Médicos
Aprimoramento da formação médica


Mínimo de 30% da carga horária do internato voltada à atenção bá...
Distribuição das vagas de residência médica
Necessidade de ampliar número de vagas em áreas estratégias para o SUS
ÁREAS P...
Hospitais sofrem com a falta de especialistas
Pesquisa em unidades públicas e privadas aponta dificuldade de obter especia...
De acordo com levantamento feito pela Universidade Federal de
Minas Gerais, em 2011, as especialidades mais difíceis de
co...
De acordo com levantamento feito pela Universidade Federal de
Minas Gerais, em 2011, as especialidades mais difíceis de
co...
Distribuição das vagas de residência no Brasil

Fonte: MEC, até janeiro de 2013
Balanço da oferta de bolsas do Ministério da
Saúde para especialistas
2011 – 2013
Aumento de 129% na oferta de
bolsas de r...
Balanço da oferta de bolsas do Ministério da
Saúde para especialistas
Nos últimos anos, houve crescimento de 300%
no valor...
Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Em 2014, Ministério da Saúde vai ampliar
em 124% oferta de bolsas para e...
Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
3.613 novas bolsas - mais que o dobro da
oferta atual, chegando a mais d...
Incentivo para Hospitais Filantrópicos
Das instituições atendidas, 152 são hospitais filantrópicos
Ministério da Saúde vai...
Distribuição das 3.613 novas vagas
de residência médica
Cerca de 20% das
novas vagas estão
no Norte e
Nordeste
Especialidades atendidas na expansão das
vagas em 2014
As 20 especialidades com maior número de bolsas

 Das 91 especiali...
Expansão das vagas de residência
Critérios de seleção
 Necessidade da especialidade para a região e políticas de
fixação ...
Incentivo financeiro para ampliação
de residências
R$ 100 milhões por ano
 R$ 200 mil por hospital para aplicação em refo...
Ampliação de vagas de Residência
Multiprofissional
Distribuição dos 744 Programas de Residência
Multiprofissional do país

Fonte: MEC- 2013
Número de residentes da área
profissional da saúde

FONTE: MEC, 2012
Expansão da Residência Multiprofissional em 2014
Investimento: R$
105,26 milhões
Distribuição das novas bolsas de residência
multiprofissional
34% da oferta de bolsa concentram-se no Norte e Nordeste
REG...
Distribuição das novas bolsas de residência
multiprofissional
UF

PROGRAMAS

BOLSAS

AM
BA
CE
GO
MG
MT
PA
PB
PE
PI
PR
RJ
R...
20 áreas prioritárias do SUS atendidas
12

Urgência e Trauma

11
10

Atenção ao Câncer (Física Medica)

9
7

Enfermagem Ob...
Categorias Profissionais atendidas
16
34

64

3

Enfermagem
Fisioterapia

29

Psicologia

44
331

80

Farmácia
Nutrição
Od...
Critérios de Concessão de Bolsas
 Redes Prioritárias do SUS:







Rede de Atenção Psicossocial;
Rede de Atenção à...
Ministério da Saúde
investe no profissional brasileiro

Provab: 3.219 médicos que atuarão no interior e periferias
terão 1...
Melhorar sua vida, nosso compromisso
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional

4.618 visualizações

Publicada em

Ministério da Saúde dobra oferta de bolsas para residência médica em 2014. Anúncio foi feito pelo ministro Alexandre Padilha. Serão financiadas 3,6 mil novas vagas, totalizando 6,4 mil. Brasil deve universalizar oferta de especialização para todos os graduados em Medicina no país até 2018.

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.618
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
231
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional

  1. 1. Mais Médicos Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
  2. 2. Programa Mais Médicos  Edital para atuação de médicos na atenção básica  6.658 médicos atuando em 2.176 municípios e 28 distritos indígenas  Impacto na assistência de 23 milhões de brasileiros  50% da meta para até março de 2014 (13 mil vagas preenchidas)  Investimento em Infraestrutura: R$ 15 bilhões até 2014  R$ 7,4 bilhões já contratados – construção, reforma e ampliação de 818 hospitais, 601 UPAs e 15.977 unidades básicas  R$ 5,5 bilhões aprovados em 2013  R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários
  3. 3. Programa Mais Médicos Aprimoramento da formação médica  Mínimo de 30% da carga horária do internato voltada à atenção básica e emergências do SUS  1 ou 2 anos da residência médica dedicados à Medicina Geral de Família e Comunidade  Regulamentação do Conselho Nacional de Educação e do Ministério da Educação Expansão das vagas de residência médica  Direcionada às especialidades prioritárias para o SUS e regiões que mais precisam de profissionais, com estrutura e rede de saúde adequada à oferta de cursos Até 2018 11,5 mil novas vagas em Medicina 12,4 mil novas vagas para especialistas
  4. 4. Distribuição das vagas de residência médica Necessidade de ampliar número de vagas em áreas estratégias para o SUS ÁREAS PRIORITÁRIAS Anestesiologia, Cancerologia nas áreas Clínica/Pediátrica, Cardiologia, Cirurgia do Trauma, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Geriatria, Medicina de Família e Comunidade, Medicina de Urgência Medicina Nuclear Medicina Intensiva Adulto/Pediátrica Nefrologia, Neonatologia, Neurologia/Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia e Traumatologia, Pediatria, Psiquiatria, Radioterapia, Radiologia FONTE: SISCNRM, 2013
  5. 5. Hospitais sofrem com a falta de especialistas Pesquisa em unidades públicas e privadas aponta dificuldade de obter especialistas        Pediatria Neurologia Anestesiologia Neurocirurgia Clínica médica Radiologia Cardiologia        UTI pediátrica* Nefrologia* Psiquiatria* Intensivista** Ginecologia** Ortopedia** Cirurgia Geral** *somente hospitais públicos **somente hospitais privados FONTE: ESPM/UFMG 2011
  6. 6. De acordo com levantamento feito pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 2011, as especialidades mais difíceis de contratação pelos hospitais públicos são: Especialidade Pediatria Anestesiologia Psiquiatria Cirurgia Geral Neurologia Neurocirurgia UTI Pediátrica Radiologia Clínica médica Cardiologia Nefrologia % 32 30 29 27 24 20 18 17 16 15 11 % dificuldade de contratação 32 30 29 27 24 20 18 17 16 15 11 FONTE: ESPM/UFMG 2011
  7. 7. De acordo com levantamento feito pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 2011, as especialidades mais difíceis de contratação pelos hospitais privados são: Especialidade % Pediatria Intensivista Neurologia Anestesiologia Neurocirurgia Clínica médica Ginecologia Ortopedia Radiologia Cardiologia Cirurgia Geral 77 65 52 49 44 38 37 37 32 28 27 77 65 % dificuldade de contratação 52 49 44 38 37 37 32 28 27 FONTE: ESPM/UFMG 2011
  8. 8. Distribuição das vagas de residência no Brasil Fonte: MEC, até janeiro de 2013
  9. 9. Balanço da oferta de bolsas do Ministério da Saúde para especialistas 2011 – 2013 Aumento de 129% na oferta de bolsas de residência médica – passou de 758 para 2.881 no período Aumento de 152% na oferta de bolsas de residência multiprofissional – passou de 499 para 2.104 no período
  10. 10. Balanço da oferta de bolsas do Ministério da Saúde para especialistas Nos últimos anos, houve crescimento de 300% no valor investido no Pró-Residência 180 162,9 milhões 160 140 R$ 386,5 milhões em quatro anos 120 108 milhões 100 80 75,1 milhões 60 40 40,4 milhões 20 0 2010 2011 2012 2013
  11. 11. Expansão da Residência Médica e Multiprofissional Em 2014, Ministério da Saúde vai ampliar em 124% oferta de bolsas para especialistas Investimento: R$ 262,8 milhões  3.613 novas vagas em residência médica  91 especialidades e áreas de atuação  223 instituições de ensino e filantrópicas  1.086 novas vagas em residência Multiprofissional  14 categorias profissionais  102 programas de residência
  12. 12. Expansão da Residência Médica e Multiprofissional 3.613 novas bolsas - mais que o dobro da oferta atual, chegando a mais de 6,4 mil bolsas  2.145 para criação de novos programas de residência  1.468 para ampliação de vagas em cursos já existentes Mais 691 bolsas de incentivo: para cada 2 novas vagas criadas, o Ministério paga uma bolsa já existente Investimento de R$ 157,5 milhões Meta é universalizar a oferta de residência: em 2018, Brasil passa a oferecer uma vaga de residência para cada estudante formado
  13. 13. Incentivo para Hospitais Filantrópicos Das instituições atendidas, 152 são hospitais filantrópicos Ministério da Saúde vai assumir a contrapartida dos hospitais filantrópico das bolsas financiadas pelos governos estaduais  4.000 bolsas  34 hospitais  15% do valor da bolsa  R$ 17 milhões
  14. 14. Distribuição das 3.613 novas vagas de residência médica Cerca de 20% das novas vagas estão no Norte e Nordeste
  15. 15. Especialidades atendidas na expansão das vagas em 2014 As 20 especialidades com maior número de bolsas  Das 91 especialidades e áreas de atuação contempladas, 88% são em áreas prioritárias para o SUS  Cinco áreas concentram 50% das vagas – Clínica Médica, Pediatria, Obstetrícia, Ci rurgia Geral e Medicina de Família e Comunidade CLINICA MEDICA PEDIATRIA OBSTETRICIA E GINECOLOGIA CIRURGIA GERAL MEDICINA DE FAMILIA E COMUNIDADE ANESTESIOLOGIA ORTOPEDIA E TRAUMOTOLOGIA CARDIOLOGIA PSIQUIATRIA MEDICINA INTENSIVA NEONATOLOGIA RADIOLOGIA E DIAGNOSTICO POR IMAGEM CANCEROLOGIA/CLINICA NEFROLOGIA NEUROLOGIA OFTAMOLOGIA CIRURGIA VASCULAR CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA CANCEROLOGIA/CIRURGICA MEDICINA INTENSIVA PEDIÁTRICA 598 339 314 293 287 202 176 157 148 117 116 92 56 54 49 35 29 26 24 24
  16. 16. Expansão das vagas de residência Critérios de seleção  Necessidade da especialidade para a região e políticas de fixação de profissionais;  Infraestrutura existente e indicadores de avaliação do serviço;  Municípios com mais de 80 mil habitantes;  Mínimo de 100 leitos hospitalares (pediatria, ginecologia e obstetrícia mínimo de 50 leitos hospitalares);  Mínimo de 5 leitos por residente;  Análise de hospitais certificados e não certificados e possibilidade de criação ou expansão de vagas. Valor da bolsa: R$ 2.976,26
  17. 17. Incentivo financeiro para ampliação de residências R$ 100 milhões por ano  R$ 200 mil por hospital para aplicação em reforma e adequação de espaços e aquisição de material permanente (biblioteca, sala de estudo, entre outros);  R$ 3 mil a R$ 8 mil/mês, por vaga criada, durante 12 meses, para hospital que ampliar pelo menos 5 vagas de residência;  Conforme região: Sudeste R$ 3 mil; Sul R$ 5 mil; Norte, Nordeste e Centro-Oeste R$ 7 mil;  Conforme nº de vagas: adicional de R$ 1 mil para unidades com mais que 3 programas de residência diferentes ou com modelo focado em rede.
  18. 18. Ampliação de vagas de Residência Multiprofissional
  19. 19. Distribuição dos 744 Programas de Residência Multiprofissional do país Fonte: MEC- 2013
  20. 20. Número de residentes da área profissional da saúde FONTE: MEC, 2012
  21. 21. Expansão da Residência Multiprofissional em 2014 Investimento: R$ 105,26 milhões
  22. 22. Distribuição das novas bolsas de residência multiprofissional 34% da oferta de bolsa concentram-se no Norte e Nordeste REGIÃO PROGRAMAS BOLSAS Norte 8 68 Nordeste 24 303 Centro-oeste 3 22 Sul 26 254 Sudeste 41 439 TOTAL 102 1.086 Fonte: SIGRESIDENCIAS. Dez. 2013.
  23. 23. Distribuição das novas bolsas de residência multiprofissional UF PROGRAMAS BOLSAS AM BA CE GO MG MT PA PB PE PI PR RJ RN RS SC SP TO TOTAL 2 2 7 1 2 2 1 2 11 1 6 4 1 12 8 35 5 102 14 14 105 10 20 12 5 30 124 6 52 18 24 103 99 401 49 1.086 Fonte: SIGRESIDENCIAS. Dez. 2013.
  24. 24. 20 áreas prioritárias do SUS atendidas 12 Urgência e Trauma 11 10 Atenção ao Câncer (Física Medica) 9 7 Enfermagem Obstétrica 6 6 Saúde Animal e Ambiental 5 5 5 Saúde da Mulher 4 4 4 Saúde Bucal Intensivismo Nº PROGRAMAS 3 3 Reabilitação Física 2 2 2 Alimentação e Nutrição 1 1 Atenção Cirúrgica Especializada 0 2 4 6 8 10 12 14 Fonte: SIGRESIDENCIAS. Dez. 2013.
  25. 25. Categorias Profissionais atendidas 16 34 64 3 Enfermagem Fisioterapia 29 Psicologia 44 331 80 Farmácia Nutrição Odontologia 14 categorias profissionais Serviço Social 82 Terapia Ocupacional Medicina Veterinária Fonoaudiologia 93 Educação Física 133 114 Física Médica Biomedicina 117 Ciências Biológicas
  26. 26. Critérios de Concessão de Bolsas  Redes Prioritárias do SUS:       Rede de Atenção Psicossocial; Rede de Atenção às Urgências; Rede da Pessoa com Deficiência; Rede Cegonha; Rede de atenção à saúde das pessoas com Doenças Crônicas; Atenção Básica.  Região Prioritária para o SUS:  Norte;  Nordeste;  Centro-oeste.
  27. 27. Ministério da Saúde investe no profissional brasileiro Provab: 3.219 médicos que atuarão no interior e periferias terão 10% de bônus nas provas de residência FIES: desconto de 1% ao mês na dívida do FIES para os profissionais que trabalham onde o SUS precisa Carência estendida para os residentes de especialidades estratégias
  28. 28. Melhorar sua vida, nosso compromisso

×