Vitimologia

1.423 visualizações

Publicada em

Movimento Vitimologista, um ramo da Crimonologia em Direito Penal.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vitimologia

  1. 1. O MOVIMENTOVITIMOLOGISTAO ESTUDO DA VÍTIMA COMO AGENTE ATIVO NO CRIME
  2. 2. A VITIMOLOGIA É UM RAMODIRETAMENTE RELACIONADO ÀCRIMINOLOGIA, TODAVIA, NÃOSE LIMITA AO ÂMBITO PENAL.“ A VITIMOLOGIA É A CIÊNCIASOBRE AS VÍTIMAS E AVITIMIZAÇÃO ” .(BENJAMIN MENDELSOHN)
  3. 3. CRONOLOGIA ORIGEM EM LIVROS COMO OCÓDIGO DE MANÚ E O ALCORÃO ; 1947 – BENJAMIN MENDELSONH HANS V. HENTINGH 1979 – SOCIEDADE MUNDIAL DEVITIMOLOGIA 1984 – SOCIEDADE BRASILEIRADE VITIMOLOGIA (RJ)
  4. 4. “ VÍTIMA É O INDIVÍDUO OUGRUPO QUE SOFRE UMDANO, POR AÇÃO OU POROMISSÃO, PRÓPRIA OUALHEIA, OU POR CASO FORTUITO” . ( Luís RodriguesDEFINIÇÃODE VÍTIMA
  5. 5.  COMPLETAMENTE INOCENTE OU IDEAL ; DE CULPABILIDADE MENOR OU PORIGNORÂNCIA ; VOLUNTÁRIA OU TÃO CULPADA QUANTOO INFRATOR ; MAIS CULPADA QUE O INFRATOR OUPROVOCADORA ; UNICAMENTE CULPADACLASSIFICAÇÃODE VÍTIMA(BENJAMIN MENDELSOHN)
  6. 6. A DUPLA PENALCRIMEVÍTIMACRIMINOSO HÁ EM MUITOS CASOS UMA RELAÇÃO, UMLAÇO ENTRE A DUPLA PENAL, MEDIADA PORQUESTÕES PSICOLÓGICO-SOCIAIS: SÍNDROME DE ESTOCOLMO BULLYING VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONVERGÊNCIA DE INTERESSES NORESULTADO DO DELITO ;
  7. 7.  A VÍTIMA PREPARA O CENÁRIO DO CRIMEE O CRIMINOSO DELE SE APROVEITA:EX: OSTENTAR-SE EM LUGARESNOTADAMENTE PERIGOSOS. MELHOR O AFERIMENTO DO DOLO ;
  8. 8. REPARAÇÃODO DANO(ARTIGO 16 CP)“ Nos crimes cometidos semviolência ou grave ameaça àpessoa, reparado o dano ourestituída a coisa, até orecebimento da denúncia ou daqueixa, por ato voluntário doagente, a pena será reduzida deum a dois terços ”.
  9. 9. VITIMIZAÇÃOPRIMÁRIASECUNDÁRIATERCIÁRIAPROTAGONISMONEUTRALIZAÇÃOREDESCOBRIMENTO"O estudo das hipótesesde vitimização inicia-seno momento docometimento do fato;posteriormente, passapela fase investigativado inquérito policial; eseguem as fasescronológicas do processopenal".(Barros, 2008)
  10. 10. AVITIMOLOGIANAAPLICAÇÃODA PENA(ARTIGO 59 CP)“ O juiz, atendendo àculpabilidade, aos antecedentes, àconduta social, à personalidade doagente, aos motivos, àscircunstâncias e consequências docrime, bem como ao comportamentoda vítima, estabelecerá, conformeseja necessário e suficiente para
  11. 11. ABRANGÊNCIA EXCLUSÃO DA TIPICIDADE EXCLUSÃO DA CULPABILIDADEINEXIGIBILIDADE DECONDUTA DIVERSA A BARREIRA SOCIALCONCEPÇÃO COMUM DEVÍTIMA E O SENSACIONALISMODA MÍDIA E AFINS.

×