SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 49
Surfing|Desenvolvimento Sustentável|Bem-Estar
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
1
Roteiro
1. Visão
2. Pilares
3. Projetos
4. Desafios
5. Parceiros
6. Conclusões
7. Contactos Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Ribeira de Ilhas, Portugal
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
2
1. Visão
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
3
Partilhar
envolver
desenvolver
estimular
natureza Inovação &
negócios
comunidadetalentos
Coesãoeconómica,
socialeterritorial
Valor
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
4
como sustentar
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
5
2. Pilares
Reserva Mundial de Surf da Ericeira, São Lourenço, Portugal
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
6
• PDM
• Incubadora empresas
• Quadro Politico mobilização local
• Politica atracção investimento
directo
• Politica de atracção de
conhecimento
• Plano de ordenamento território
• Plano de acessibilidades
• Regulamentação turistica
• Regulamentação praias
• Ligação com policia maritima
• Diagnostico Social
• Rede Social
• …
Domínios
• Desporto
• Saúde e Bem-estar
• Educação e Cidadania
• Cooperação sectorial,
territorial e internacional
• Formação profissional e
Apredizagem ao longo da
vida
• Investigação & Inovação
• Ambiente
• Indústria
• Turismo
• Agricultura & Ruralidade
• Cultura e Artes
• Segurança e Assistencia
Social
• Serviços Proximidade
• Emprego
• Empreendorismo
• Patrimonio natural,
arquitectonico e
urbanistico
• Mecenato e filantropia
• Organização e Gestão
da Reserva
• Plano de
Sustentabilidade e
Ecologia
• Marca, produto e
serviço
• Certificação
• Comunicação e
promoção
• Apresentação e gestão
de projectos
Alinhamento Estrategico e Estatutário do ESC
Mais que um Clube… um agente de transformação social.
• Formar e
desenvolver talentos
• Eventos desportivos
• Inovação tecnica,
pedagogica e
formativa
• Socializar e
promover o surfing
• Rede Colaborativa
mundial
• Desenvolver a
dimensão europeia
do desporto
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
7
Pilar
Económico
Connecting surf to business
knowledge
Apoiar um cluster de
conhecimento e uma fileira
de actividades economicas
relacionadas com o surf
Pilar
Ambiental
Connecting surf to nature
Preservar e conservar a
reserva mundial de surf da
Ericeira e o patrimonio
natural da região
Pilar
Social
Connecting surf to local
community
Socializar o surf e afirmar o
surf como instrumento de
coesão social e promotor de
bem-estar
Connecting Ericeira WSR to world
Pilar Desportivo
Reserva Sustentável | Reserva Empreendedora | Reserva Solidaria | Reserva Pedagógica
Investimento | Empreendorismo | Educação | Cultura | Desporto | Inovação | Funding | Emprego
Branding |Turismo | Parcerias | Tecnologia | Potencial Humano | Patrimonio | Investigação …
Governo | Camâra Municipal | Associados | Parceiros | Clientes | Consumidores | Fornecedores | Banca |
Concorrentes | Centros de Formação Profissional | Universidades | Centros de I & D | Escolas Profissionais |
ONG | Comunidade Local | Comunidade Surfista | Cidadão | Colaboradores …
Connecting surf to life
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
8
Pilares
Sub-
Programas
(Sectoriais)
Projetos
ESC
Plano de
Acção
Glocal
Socializar
Empreender
Valorizar
Preservar
(Re)investir
1 3 4 5
Programas
Âncora
ESC 2
Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Ribeira de Ilhas, Portugal
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Plano de Acção ESC
9
pilar desportivo
Connecting Surf to Sport’s High Performance
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Engajar & EnsinarSocializar
10
Competir Formar & Desenvolver
pilar desportivo
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
11
pilar económico
Connecting Surf to Business Knowledge
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
12
Regional Atomization
Mercado Primario
Mercado Secundário
M2 Serviços
Surf camps
rent-a-car
Surf
Reserva
M1 Produto
Valores
Mercado Terceário
M3 Actividades Económicas
de Suporte
Apoiar o desenvolvimento
regional do ecossistema
empreendedor da economia
do surf local apoiando o
processo de inovação do
cluster de conhecimento e de
actividades económicas a
estruturar em princípios de
eco-eficiência e organizadas
numa lógica de fileira
industrial de base regional.
pilar económico
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
EUA
Havai
Oceania
Africa Sul
Indonesia
Brasil
Cabo-Verde
Timor
Moçambique
Viana Castelo
Matosinhos
Figueira Foz
Nazaré
Peniche
Costa Caparica
C.Vicentina
Trabalho em Rede
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
14
pilar social
Connecting Surf to Welfare and Local
Community
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
15
Socializar os valores
representativos do surf na
sociedade portuguesa
visando uma sociedade
mais inclusiva, mais
solidária e mais promotora
de estilos de vida
saudáveis geradores de
maior qualidade de vida e
de bem-estar.
pilar social
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
16
pilar ambiental
Connecting Surf to Nature
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
17
Valorizar, preservar e
conservar o património
natural, o ecossistema e a
biodiversidade marinha da
Reserva Mundial de Surf da
Ericeira visando a
manutenção das suas
características naturais únicas
e a plena fruição destas pelas
gerações vindouras.
pilar ambiental
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
18
Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Coxos, Portugal
3. Projetos ESC
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
19
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Surfing Wisely
Surfing for Wellbeing and social Inclusion through Sciences Education
Games Based Learning
20
Projeto Europeu de inovação pedagógica que conecta o DESPORTO com as
dimensões da EDUCAÇÃO, da formação, da aprendizagem ao longo da vida, da
inclusão social e da saúde.
Contempla um processo de Gamificação do processo de aprendizagem a desenvolver
pelos investigadores do CIDESD em estreita articulação com as organizações
desportivas do sector do Surf (Clubes, Escolas, Federações nacionais, europeias e
internacionais), incluindo treinadores e atletas, investigadores e professores.
Intervenção em 4 dominios de EDUCAÇÃO:
- para a Ciência - desenvolvimento das competências STEM;
- para a Saúde - desenvolvimento de conceitos ligados a) promoção de
comportamentos e hábitos de vida saudáveis, b) alimentação / dieta mediterrânica, c)
combate à obesidade e d) posturais;
- para a Cidadania - desenvolvimento de competências pessoais e sociais que
cruzam a ética, os valores, o empreendedorismo, o combate à pobreza e exclusão
social, a igualdade de oportunidades e o respeito pela natureza;
- para o Desporto - desenvolvimento de habilidades técnicas que potenciem o
desenvolvimento da pratica regular e de talentos no surfing (Surf, Bodyboard, SUP).
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
21
O SURF enquanto ferramenta de desenvolvimento de competências e de
promoção da LITERACIA e o MAR como ambiente de aprendizagem
formal, não formal e informal (sala de aula) reforçando, desta forma, o
impacto social e o contributo do Surfing para os objetivos da Estratégia
Europa 2020 (Desporto, Educação, Inclusão Social, Juventude, ALV).
Pretende-se que os aprendentes / alunos, através da metodologia
SURFING WISELY aprendam matemática, física, geografia, biologia e
cidadania ao mesmo tempo que praticam surf, retendo conhecimentos,
conceitos e técnicas daquelas disciplinas que são essenciais para
desenvolver a sua performance desportiva / atlética (o seu nível de
Surfing) e vice-versa.
Projeto co-liderado pela Universidade da Beira Interior e pelo Ericeira Surf
Clube que conta com um consórcio europeu de 6 Países, 5 Universidades
europeias que irão envolver 10 investigadores, 1.200 aprendentes, 500
instrutores de surf, 500 professores e abranger 500.000 cidadãos nas
redes sociais.
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
22
Surfing4all
Surfing|Desenvolvimento Pessoal|Bem-Estar
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
23
Projeto de Surf Inclusivo que se enquadra no Programa Nacional de Desporto para
TODOS. São Objetivos:
- Promover a educação para o desporto como factor de desenvolvimento
psicossocial.
Motivar os jovens a construir planos de desenvolvimento pessoal e projetos de vida
que integrem estilos de vida saudável onde o exercício físico, cuidados de saúde e de
higiene, e uma alimentação equilibrada sejam praticas regulares.
- Proporcionar a 1.000 jovens estudantes do 3.º ciclo (13 e 16 anos) provenientes de
vários contextos de desfavorecimento e que nunca tenham visto o mar, a
possibilidade de experimentarem a prática do Surfing e, simultaneamente,
desenvolverem competências sociais e comportamentais alinhadas com os valores e
a cultura que representa o Surfing.
- Desmistificar que a prática do Surfing está associada aos desportos “caros” que
necessitam de elevados investimentos que não estão ao alcance de todos.
Surfing4all
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
24
Inovação:
Conectar o litoral ao interior de Portugal e
trabalhar em rede: sendo o Surfing um
desporto de forte implementação no litoral,
onde a distância e a geografia económica
assumem um papel relevante no seu
desenvolvimento, pretende-se socializar estas
praticas desportivas (SUP) nas regiões mais
interiores de Portugal e o snowboard no litoral
(protocolos com 10 autarquias). A rede visa a
troca de experiências, a partilha de
conhecimento e a cooperação inter-regional de
forma a estruturarem-se produtos, soluções e
experiências orientadas para o turista
praticante (Surfing vrs Snowboard).
Organizado numa logica de Boot Camp onde os jovens experimentarão, durante 2 dias, um
programa de actividades integrado em que experimentação:
- 3 actividades de surfing (Surf + Bodyboard + SUP);
- atividades físicas e lúdicas na Reserva Mundial de Surf da Ericeira (Caminhadas + BTT + jogos
pedagógicos + visitas ao Centro Interpretativo da RMSE e Palácio de Mafra) para conectar os
jovens às questões da sustentabilidade e da educação;
- Workshops de desenvolvimento pessoal.
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Surfing4citizenship
Fazer de cada Cidadão um Surfista e de cada Surfista um
Cidadão Europeu.
25
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
O Projeto Surfing4citizenship é um projeto piloto de inovação social que pretende
validar um programa pedagógico de desenvolvimento de competências cívicas e de
cidadania ativa assente na pratica do surfing. Visa desenvolver, nos mais jovens, os
valores da cidadania europeia cujos pilares assentam na Historia que nos une, no
respeito pela multiculturalidade que nos diferencia e na educação pelos valores que nos
aproxima.
São públicos-alvo:
- Minorias étnicas;
- Filhos de Refugiados;
- Filhos de Emigrantes;
- Filhos de Imigrantes;
- Jovens NEET.
O Projeto Surfing4citizenship foi reconhecido pelo Alto Comissariado das Migrações
como a 3.ª ideia mais inovadora dentro das 57 que concorreram ao Programa 50 /50.
26
Surfing4citizenship
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
27
Surfing4inclusion
Surfing the Impossible
Building a Regional Network for the Development of Accessible and Inclusive Tourism
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
28
Objetivos:
- Desenvolver talentos no surf adaptado;
- Resolver necessidades educativas e de empregabilidade de públicos pertencentes a
diferentes contextos de desfavorecimento face à existência de incapacidades (temporárias ou
permanentes), handicaps (incapacidade que afecta a socialização) e necessidades
educativas especiais com especial enfoque na deficiência (invisual, motora e cognitiva).
Eixos de ação:
- Estruturação de metodologias e programas de treino de surfing adaptado às tipologias e
graus de deficiência; estruturação de um departamento de surf adaptado no ESC e um CAR
na Ericeira;
- Roteiro de Empregabilidade no ecossistema da economia do surf local gerador de emprego
para pessoas com deficiência (10 PT).
- Roteiro de Qualificação para capacitar agentes desportivos e empresariais orientado-os para
a estruturação de uma oferta de experiências e de serviços alinhados com as necessidades e
expectativas de consumo de atletas e turistas-praticantes de surfing adaptado;
- Apoiar o desenvolvimento de uma rede europeia de turismo inclusivo;
- Tornar a Reserva Mundial de Surf da Ericeira mais acessível e inclusiva, adaptando-a às
necessidades dos públicos com necessidades especiais e mobilidade reduzida (Seniores);
- Congresso Internacional de Surfing adaptado + seminarios + workshops + ações
capacitação;
- Eventos de Surfing adaptado na Reserva Mundial de Surf da Ericeira.
Surfing4inclusion
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
29
Surfing2Move+65
Move to Surf, Surf to Move
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
30
Objetivo:
O Projeto Surfing2Move+65 visa desenvolver um programa de atividade fisica e de surfing
adaptado às carências, necessidades e capacidades fisiológicas, cognitivas e psicossociais dos
seniores com + 65 anos (SUP e Bodyboard) de forma a promover a autonomia e a qualidade de
vida através da pratica regular de exercício físico e da educação para a saúde.
Envolve 3 Universidades Seniores e um piloto com 285 alunos, sendo que 60% serão mulheres.
Eixos de ação estratégica:
- Estruturação de metodologias e programas de exercicio fisico adaptado aos seniores
utilizando o SUP e Bodyboard nas modalidades indoor e outdoor;
- Rastreio de Saúde Ativa – Aplicação de Surveys e entrevistas estruturadas para avaliar o nivel
de bem-estar do idoso e realizar Diagnostico BIOPSICOSSOCIAL (avaliação das limitações
fisicas, estado de saude, aptidão fisica e nível de competências);
- Posicionar o Surf na promoção do envelhecimento activo enquanto ferramenta social
potenciadora de relações sociais, capacidades cognitivas, inteligencia emocional e da aptidão
fisica motora;
- Universalização do dialogo intergeracional conectando os atletas aos seniores e promover o
voluntariado envolvendo os atletas mais jovens do Clube;
- Trabalho em rede com as organizações de economia social para diminuir isolamento, aumento
da autonomia e nivel de competências emocionais, sociais e motoras.
Surfing2Move+65
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
31
4. Desafios
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Canhão do Norte, Nazaré, Portugal
32
Surfing for Wellbeing and social Inclusion through Sciences Education Games Based Learning
“Droping”
Games Based Learning Blue
Ocean
“Duckling”
The Mind Set of Educators,
Trainers and Teachers
“Aerialing”
Conventional Wisdom and
Traditional Education System
“Paddling”
Longlife Learning System
Boundaries
D1. Surfing the Dark Side of the Force
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
33
D2. Supporting the creation of
an European Surf Hub
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
34
D3. Strengthening the Surf Value
Chain
Eventos Desportivos + Industria + Turismo
+
Educação
Saúde
Inclusão
Cidadania
Território ...
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
35
D4. Connecting Surf operators to Economic,
Educational, Environmental and Social organizations
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
36
Surf
Business
Innovation
Market place
++ =
D5. Potentiate Surfing through
Tech - Surf KIC(Knowledge Innovation Community)
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
37
D6. Shaping the Surf Social Impact
in Europe and World wide
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
38
D7. Surfing more Inclusive and
Sustainable
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
39
Analises de contexto
Investigação Técnica
Estudos
Estatisticas
Indicadores
Publicações
Conferências
D8. Producing innovation and
measuring their Impacts
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Medir impactos ao nível:
• Desportivo
• Económico
• Ambiental
• Social
• Educacional
• Territorial …
- Produzir conhecimento e informação
- Potenciar oportunidades de negócio
- Estimular dialogos sectoriais
- Promover a cooperação internacional em rede
- Barómetro da Economia do Surf
40
5. Parceiros – Rede ESC
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
41
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
42
6. Conclusões
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
43
Potenciar a REDE através do EUROFUNDING
Considerando Missão ESC (reajustar à missão da WSCN)
1. Promover sinergias entre o desporto /Surf e os domínios negócio,
educação, social, ambiente, formação, MAR e juventude – colocar no
centro do processo a CIDADE e o CIDADÃO;
2. Factores Críticos Sucesso: Inovação “ near to market ” +
Competências + Tecnologia + Trabalho em Rede Multisectorial;
3. Desenvolver CONCEITOS inovadores assente num racional técnico :
Ex.º conceito de SMART CITY (UE) + LEARNING CITY (UNESCO) =
BLUE City + Alinhamento Estratégia Europa 2020;
4. Ações-Chave: Alianças do Conhecimento; Alianças de Competências
Sectoriais; Alianças para reforço de Capacidades; Redes de
Inovação; Pactos para a Inclusão; Agendas para a Sustentabilidade;
Agenda Digital; Pacto Territorial 2020, etc...
5. Visão Empresarial holística e integrada e depois repartir em sub-
projetos (p/Sector, publico-alvo, território, stakeholders) - aumentar
funding (cross-funding) e repartir o riscos.
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
44
Potenciar a REDE através do EUROFUNDING
Considerando Missão ESC (reajustar à missão da WSCN)
6. Disseminar, transferir conhecimentos e soluções, e Replicar nos
territórios da rede - satisfazer necessidades GLOCAIS (não
inventar a Roda);
7. Potenciar sinergias de acordo com as competências distintivas e
as vantagens competitivas dos territórios / ecossistemas / cidades /
Stakeholders (desenhar 1 modelo governança e definir Working
Packages entre Stakeholders);
8.GERAR IMPACTOS no desporto e negócio do Surf,
comunidades, territórios, natureza e nas PESSOAS - abordagem
desafios societais (7 desafios europeus);
9. Abordagem de Projeto como promotor ou parceiro – Identificar
entidades com capacidade para liderar Consórcios (Definir
diferentes niveis de parceria);
10. Criar Alianças e estruturar Consórcios com Parceiros Europeus.
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
45
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
Actividades apoiadas pela UE para as REDES
1. Formalização de Redes fisicas e tecnológicas (comunidades de pratica,
KIC, Open Resources, Open Innovation);
2. MAPEAR boas praticas, politicas, stakeholders, projetos de referência e
soluções de cariz GLOCAL;
3. Desenvolver PILOTOS de inovação no ensino e formação de novas
competências ( 3 < N.º Paises Envolvidos < 12);
4. DISSEMINAR e sensibilizar/engajar (conferencias, seminarios,
workshops, ações de capacitação, reuniões internacionais, feiras,
eventos desportivos);
5. Promover a MOBILIDADE entre stakeholders (professores, treinadores,
atletas, empresarios, voluntarios, staff);
6. DIGITALIZAR (web sites, plataformas de social media marketing, e-
learning, MOOCS, E-twinning, Videojogos, APPS, produtos digitais, etc...)
7. Melhorar a BASE FACTUAL do desporto para abordar desafios da
sociedade e da economia (produção de conhecimento, inovação,
indicadores, inquéritos, recolha de dados, consultas, incluindo
monitorização e analise comparada de indicadores).
46
Financiar a REDE através do EUROFUNDING
1. Abordagem de Projeto como promotor ou parceiro – Identificar
entidades com capacidade para liderar Consórcios (Definir
diferentes níveis de parceria);
2. Criar Alianças e estruturar Consórcios com Parceiros Europeus
para potenciar candidaturas a programas geridos diretamente
pelas agências executivas e nacionais (40);
3. Montantes e taxas de financiamento dependem do programa.
4. Programas de Eurofunding em que o Ericeira Surf Clube está
envolvido (desporto, educação, inclusão social, juventude,
formação, cidadania, cultura, cooperação para
desenvolvimento):
o Pequenas redes colaborativas até 60.000 euros
o Redes de media dimensão até 400.000 euros
o Redes de larga escala até 1.000.000 euros
o Financiamento até 75% a fundo perdido.
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
47
7. Contactos
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
48
Miguel Barata
Presidente do Ericeira Surf Clube
Miguel Toscano
Direção de Inovação e Redes Colaborativas
do Ericeira Surf Clube
​Loja 1, Parque de Santa Marta, Largo de Santa Marta
2655-357 Ericeira
E-mail: ericeirasurfclube@gmail.com
Telemóvel: 0351 934886259 / 0351 969521109
www.facebook.com/ericeirasurfclube
www.facebook.com/groups/65752255743/
https://www.facebook.com/ericeirareservamundialdesurfoficial
https://www.facebook.com/EriceiraWorldSurfingReserveOficial
https://www.facebook.com/ericeiraworldsurfcity
http://50por50.pt/ideias/?id=91
Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Research Methods Final Paper Jay
Research Methods Final Paper JayResearch Methods Final Paper Jay
Research Methods Final Paper Jay
Jay Bhargava
 
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
Faye M Smith
 
Como Fazer Perguntas
Como Fazer PerguntasComo Fazer Perguntas
Como Fazer Perguntas
anamcosta
 
Small business interview
Small business interviewSmall business interview
Small business interview
blazejs10
 

Destaque (18)

El portafolio electrónico como e learning colaborativo
El portafolio electrónico como e learning colaborativoEl portafolio electrónico como e learning colaborativo
El portafolio electrónico como e learning colaborativo
 
Research Methods Final Paper Jay
Research Methods Final Paper JayResearch Methods Final Paper Jay
Research Methods Final Paper Jay
 
Current Trends in Social Media
Current Trends in Social MediaCurrent Trends in Social Media
Current Trends in Social Media
 
Építőipar
ÉpítőiparÉpítőipar
Építőipar
 
JVSZ 2016 - ART változások, RSM Hungary
JVSZ 2016 - ART változások, RSM HungaryJVSZ 2016 - ART változások, RSM Hungary
JVSZ 2016 - ART változások, RSM Hungary
 
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
Womans Own Diet Tops Fashion 3 Dec 2015
 
Intro to Content Marketing Consultancy TBC
Intro to Content Marketing Consultancy TBC Intro to Content Marketing Consultancy TBC
Intro to Content Marketing Consultancy TBC
 
Fundamentos de contabilidad euded
Fundamentos de contabilidad eudedFundamentos de contabilidad euded
Fundamentos de contabilidad euded
 
REFENTES ARQUITECTONICOS DE VIENTO
REFENTES ARQUITECTONICOS DE VIENTO REFENTES ARQUITECTONICOS DE VIENTO
REFENTES ARQUITECTONICOS DE VIENTO
 
Como Fazer Perguntas
Como Fazer PerguntasComo Fazer Perguntas
Como Fazer Perguntas
 
Digital Emanations and Illuminations
Digital Emanations and IlluminationsDigital Emanations and Illuminations
Digital Emanations and Illuminations
 
Small business interview
Small business interviewSmall business interview
Small business interview
 
3- La señalización de la vía
3- La señalización de la vía3- La señalización de la vía
3- La señalización de la vía
 
AM 0- CONCEPTOS Y DEFINICIONES
AM 0- CONCEPTOS Y DEFINICIONESAM 0- CONCEPTOS Y DEFINICIONES
AM 0- CONCEPTOS Y DEFINICIONES
 
Sex, lies & innovation
Sex, lies & innovationSex, lies & innovation
Sex, lies & innovation
 
Femvertising & Woman Empowerment for Communication
Femvertising & Woman Empowerment for CommunicationFemvertising & Woman Empowerment for Communication
Femvertising & Woman Empowerment for Communication
 
Warszawa
WarszawaWarszawa
Warszawa
 
Chronic cholecystitis & Jaundice
Chronic cholecystitis & JaundiceChronic cholecystitis & Jaundice
Chronic cholecystitis & Jaundice
 

Semelhante a Encontro Anual da Rede Mundial de Surf Cities

NEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
NEAF – Núcleo de Estudantes AfricanosNEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
NEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
Ana Moreira
 
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
Victor Ha-Kã Azevedo
 
Apresentação - Desafio Triecologico
Apresentação - Desafio TriecologicoApresentação - Desafio Triecologico
Apresentação - Desafio Triecologico
guestb281ea
 
Projeto SURF.ART - Relatório de Atividades
Projeto SURF.ART - Relatório de AtividadesProjeto SURF.ART - Relatório de Atividades
Projeto SURF.ART - Relatório de Atividades
Paulo Canas
 
Projeto Macaé Pró-Esportes
Projeto Macaé Pró-EsportesProjeto Macaé Pró-Esportes
Projeto Macaé Pró-Esportes
tana bassi
 
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
Pedrosleao
 

Semelhante a Encontro Anual da Rede Mundial de Surf Cities (20)

4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
 
NEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
NEAF – Núcleo de Estudantes AfricanosNEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
NEAF – Núcleo de Estudantes Africanos
 
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfSupereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
 
Grupo de Acção Costeira da Região de Aveiro
Grupo de Acção Costeira da Região de AveiroGrupo de Acção Costeira da Região de Aveiro
Grupo de Acção Costeira da Região de Aveiro
 
Projeto Vivendo E Aprendendo Compactado
Projeto Vivendo E Aprendendo CompactadoProjeto Vivendo E Aprendendo Compactado
Projeto Vivendo E Aprendendo Compactado
 
AsNaSA Cabo Verde - National Water Safety Association
AsNaSA Cabo Verde - National Water Safety AssociationAsNaSA Cabo Verde - National Water Safety Association
AsNaSA Cabo Verde - National Water Safety Association
 
Briefing Floripamanhã - Capital Gastronômica
Briefing Floripamanhã - Capital GastronômicaBriefing Floripamanhã - Capital Gastronômica
Briefing Floripamanhã - Capital Gastronômica
 
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
2016 materia mes de julho 2016 patrulha ambiental do rio ivai
 
Programa Iniciativa Liberal Alcobaça - Autárquicas 2021
Programa Iniciativa Liberal Alcobaça - Autárquicas 2021Programa Iniciativa Liberal Alcobaça - Autárquicas 2021
Programa Iniciativa Liberal Alcobaça - Autárquicas 2021
 
Rodadas de Inovação: oportunidades e ideias para os jogos esportivos mundiais
Rodadas de Inovação: oportunidades e ideias para os jogos esportivos mundiaisRodadas de Inovação: oportunidades e ideias para os jogos esportivos mundiais
Rodadas de Inovação: oportunidades e ideias para os jogos esportivos mundiais
 
Os desafios da dinamização das incubadoras de empresas ericeira business factory
Os desafios da dinamização das incubadoras de empresas ericeira business factoryOs desafios da dinamização das incubadoras de empresas ericeira business factory
Os desafios da dinamização das incubadoras de empresas ericeira business factory
 
Apresentação - Desafio Triecologico
Apresentação - Desafio TriecologicoApresentação - Desafio Triecologico
Apresentação - Desafio Triecologico
 
Formando o futuro
Formando o futuroFormando o futuro
Formando o futuro
 
Formando o futuro
Formando o futuroFormando o futuro
Formando o futuro
 
Projeto SURF.ART - Relatório de Atividades
Projeto SURF.ART - Relatório de AtividadesProjeto SURF.ART - Relatório de Atividades
Projeto SURF.ART - Relatório de Atividades
 
Projeto Macaé Pró-Esportes
Projeto Macaé Pró-EsportesProjeto Macaé Pró-Esportes
Projeto Macaé Pró-Esportes
 
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
ILHA DE MOSQUEIRO: Práticas de Pesca Sustentável numa Comunidade Tradicional ...
 
Apresentação floripa 2030 - 31/07/2012
Apresentação floripa 2030 - 31/07/2012Apresentação floripa 2030 - 31/07/2012
Apresentação floripa 2030 - 31/07/2012
 
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
Portonave - Apresentação Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM)
 
apresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfapresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdf
 

Mais de Miguel Toscano

Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & FormaçãoLisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
Miguel Toscano
 
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
Miguel Toscano
 
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
Miguel Toscano
 
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
Miguel Toscano
 
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
Miguel Toscano
 
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
Miguel Toscano
 
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
Miguel Toscano
 
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
Miguel Toscano
 
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
Miguel Toscano
 
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social 06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
Miguel Toscano
 
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
Miguel Toscano
 
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
Miguel Toscano
 
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
Miguel Toscano
 
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
Miguel Toscano
 
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
Miguel Toscano
 
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 202031.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
Miguel Toscano
 
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 20203 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
Miguel Toscano
 

Mais de Miguel Toscano (20)

Portugal 2020 - Plataformas web e Balcão 2020
Portugal 2020 - Plataformas web e Balcão 2020Portugal 2020 - Plataformas web e Balcão 2020
Portugal 2020 - Plataformas web e Balcão 2020
 
Portugal 2020 - envelope financeiro e arquitectura programatica
Portugal 2020 - envelope financeiro e arquitectura programaticaPortugal 2020 - envelope financeiro e arquitectura programatica
Portugal 2020 - envelope financeiro e arquitectura programatica
 
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
 
Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & FormaçãoLisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
Lisboa-Os Financiamentos Europeus para a Educação & Formação
 
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
 
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
23.05.2014.Camara Municipal de Lisboa - Na senda de uma Europa do Conhecimento
 
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
09.05.2014.Oeiras_Seminario de Empreendedorismo INCUBCENTER
 
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
28.03.2014.Lisboa Futurália_Instrumentos para uma Aprendizagem ao Longo da vida
 
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
06.12.2013.Tomar_Surfar a Onda do GBL - O Caso GREAT
 
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
05.12.2013.Lisboa_O Projeto GREAT - 46.º Encontro Nacional da APG
 
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
28.06.2013.Santa Maria da Feira - Desafios 2020 para a Rede Social e o Territ...
 
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
25.06.2013.Lisboa_Cases - Qualificar o 3.º Setor na Europa
 
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social 06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
06.06.2013.Lisboa 8.ª Sem.Responsabilidade Social
 
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
30.05.2013.Castelo Branco - III jornada do conhecimento e transferencia de te...
 
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
23.05.2013_Leça da palmeira - Qualificar o 3.º setor - Analise SWOT
 
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
21.05.2013_Amarante_Est.Europa 2020 desafios para a rede social
 
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
10.04.2013.Lisboa - A Estrategia Europa2020 e o Pacote de Investimento Social...
 
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
19.03.2013.Viana do Castelo_Europa 2020 e a Eficiência Coletiva
 
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 202031.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
31.01.2013. Coimbra_Fórum de debate Estrategia Europa 2020
 
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 20203 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
3 17.01.2013.covilhã estrategia europa 2020
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 

Último (20)

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 

Encontro Anual da Rede Mundial de Surf Cities

  • 1. Surfing|Desenvolvimento Sustentável|Bem-Estar Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 2. 1 Roteiro 1. Visão 2. Pilares 3. Projetos 4. Desafios 5. Parceiros 6. Conclusões 7. Contactos Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Ribeira de Ilhas, Portugal Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 3. 2 1. Visão Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 4. 3 Partilhar envolver desenvolver estimular natureza Inovação & negócios comunidadetalentos Coesãoeconómica, socialeterritorial Valor Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 5. 4 como sustentar Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 6. 5 2. Pilares Reserva Mundial de Surf da Ericeira, São Lourenço, Portugal Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 7. 6 • PDM • Incubadora empresas • Quadro Politico mobilização local • Politica atracção investimento directo • Politica de atracção de conhecimento • Plano de ordenamento território • Plano de acessibilidades • Regulamentação turistica • Regulamentação praias • Ligação com policia maritima • Diagnostico Social • Rede Social • … Domínios • Desporto • Saúde e Bem-estar • Educação e Cidadania • Cooperação sectorial, territorial e internacional • Formação profissional e Apredizagem ao longo da vida • Investigação & Inovação • Ambiente • Indústria • Turismo • Agricultura & Ruralidade • Cultura e Artes • Segurança e Assistencia Social • Serviços Proximidade • Emprego • Empreendorismo • Patrimonio natural, arquitectonico e urbanistico • Mecenato e filantropia • Organização e Gestão da Reserva • Plano de Sustentabilidade e Ecologia • Marca, produto e serviço • Certificação • Comunicação e promoção • Apresentação e gestão de projectos Alinhamento Estrategico e Estatutário do ESC Mais que um Clube… um agente de transformação social. • Formar e desenvolver talentos • Eventos desportivos • Inovação tecnica, pedagogica e formativa • Socializar e promover o surfing • Rede Colaborativa mundial • Desenvolver a dimensão europeia do desporto Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 8. 7 Pilar Económico Connecting surf to business knowledge Apoiar um cluster de conhecimento e uma fileira de actividades economicas relacionadas com o surf Pilar Ambiental Connecting surf to nature Preservar e conservar a reserva mundial de surf da Ericeira e o patrimonio natural da região Pilar Social Connecting surf to local community Socializar o surf e afirmar o surf como instrumento de coesão social e promotor de bem-estar Connecting Ericeira WSR to world Pilar Desportivo Reserva Sustentável | Reserva Empreendedora | Reserva Solidaria | Reserva Pedagógica Investimento | Empreendorismo | Educação | Cultura | Desporto | Inovação | Funding | Emprego Branding |Turismo | Parcerias | Tecnologia | Potencial Humano | Patrimonio | Investigação … Governo | Camâra Municipal | Associados | Parceiros | Clientes | Consumidores | Fornecedores | Banca | Concorrentes | Centros de Formação Profissional | Universidades | Centros de I & D | Escolas Profissionais | ONG | Comunidade Local | Comunidade Surfista | Cidadão | Colaboradores … Connecting surf to life Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 9. 8 Pilares Sub- Programas (Sectoriais) Projetos ESC Plano de Acção Glocal Socializar Empreender Valorizar Preservar (Re)investir 1 3 4 5 Programas Âncora ESC 2 Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Ribeira de Ilhas, Portugal Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva Plano de Acção ESC
  • 10. 9 pilar desportivo Connecting Surf to Sport’s High Performance Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 11. Engajar & EnsinarSocializar 10 Competir Formar & Desenvolver pilar desportivo Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 12. 11 pilar económico Connecting Surf to Business Knowledge Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 13. 12 Regional Atomization Mercado Primario Mercado Secundário M2 Serviços Surf camps rent-a-car Surf Reserva M1 Produto Valores Mercado Terceário M3 Actividades Económicas de Suporte Apoiar o desenvolvimento regional do ecossistema empreendedor da economia do surf local apoiando o processo de inovação do cluster de conhecimento e de actividades económicas a estruturar em princípios de eco-eficiência e organizadas numa lógica de fileira industrial de base regional. pilar económico Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 14. EUA Havai Oceania Africa Sul Indonesia Brasil Cabo-Verde Timor Moçambique Viana Castelo Matosinhos Figueira Foz Nazaré Peniche Costa Caparica C.Vicentina Trabalho em Rede Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 15. 14 pilar social Connecting Surf to Welfare and Local Community Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 16. 15 Socializar os valores representativos do surf na sociedade portuguesa visando uma sociedade mais inclusiva, mais solidária e mais promotora de estilos de vida saudáveis geradores de maior qualidade de vida e de bem-estar. pilar social Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 17. 16 pilar ambiental Connecting Surf to Nature Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 18. 17 Valorizar, preservar e conservar o património natural, o ecossistema e a biodiversidade marinha da Reserva Mundial de Surf da Ericeira visando a manutenção das suas características naturais únicas e a plena fruição destas pelas gerações vindouras. pilar ambiental Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 19. 18 Reserva Mundial de Surf da Ericeira, Coxos, Portugal 3. Projetos ESC Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 20. 19 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva Surfing Wisely Surfing for Wellbeing and social Inclusion through Sciences Education Games Based Learning
  • 21. 20 Projeto Europeu de inovação pedagógica que conecta o DESPORTO com as dimensões da EDUCAÇÃO, da formação, da aprendizagem ao longo da vida, da inclusão social e da saúde. Contempla um processo de Gamificação do processo de aprendizagem a desenvolver pelos investigadores do CIDESD em estreita articulação com as organizações desportivas do sector do Surf (Clubes, Escolas, Federações nacionais, europeias e internacionais), incluindo treinadores e atletas, investigadores e professores. Intervenção em 4 dominios de EDUCAÇÃO: - para a Ciência - desenvolvimento das competências STEM; - para a Saúde - desenvolvimento de conceitos ligados a) promoção de comportamentos e hábitos de vida saudáveis, b) alimentação / dieta mediterrânica, c) combate à obesidade e d) posturais; - para a Cidadania - desenvolvimento de competências pessoais e sociais que cruzam a ética, os valores, o empreendedorismo, o combate à pobreza e exclusão social, a igualdade de oportunidades e o respeito pela natureza; - para o Desporto - desenvolvimento de habilidades técnicas que potenciem o desenvolvimento da pratica regular e de talentos no surfing (Surf, Bodyboard, SUP). Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 22. 21 O SURF enquanto ferramenta de desenvolvimento de competências e de promoção da LITERACIA e o MAR como ambiente de aprendizagem formal, não formal e informal (sala de aula) reforçando, desta forma, o impacto social e o contributo do Surfing para os objetivos da Estratégia Europa 2020 (Desporto, Educação, Inclusão Social, Juventude, ALV). Pretende-se que os aprendentes / alunos, através da metodologia SURFING WISELY aprendam matemática, física, geografia, biologia e cidadania ao mesmo tempo que praticam surf, retendo conhecimentos, conceitos e técnicas daquelas disciplinas que são essenciais para desenvolver a sua performance desportiva / atlética (o seu nível de Surfing) e vice-versa. Projeto co-liderado pela Universidade da Beira Interior e pelo Ericeira Surf Clube que conta com um consórcio europeu de 6 Países, 5 Universidades europeias que irão envolver 10 investigadores, 1.200 aprendentes, 500 instrutores de surf, 500 professores e abranger 500.000 cidadãos nas redes sociais. Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 23. 22 Surfing4all Surfing|Desenvolvimento Pessoal|Bem-Estar Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 24. 23 Projeto de Surf Inclusivo que se enquadra no Programa Nacional de Desporto para TODOS. São Objetivos: - Promover a educação para o desporto como factor de desenvolvimento psicossocial. Motivar os jovens a construir planos de desenvolvimento pessoal e projetos de vida que integrem estilos de vida saudável onde o exercício físico, cuidados de saúde e de higiene, e uma alimentação equilibrada sejam praticas regulares. - Proporcionar a 1.000 jovens estudantes do 3.º ciclo (13 e 16 anos) provenientes de vários contextos de desfavorecimento e que nunca tenham visto o mar, a possibilidade de experimentarem a prática do Surfing e, simultaneamente, desenvolverem competências sociais e comportamentais alinhadas com os valores e a cultura que representa o Surfing. - Desmistificar que a prática do Surfing está associada aos desportos “caros” que necessitam de elevados investimentos que não estão ao alcance de todos. Surfing4all Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 25. 24 Inovação: Conectar o litoral ao interior de Portugal e trabalhar em rede: sendo o Surfing um desporto de forte implementação no litoral, onde a distância e a geografia económica assumem um papel relevante no seu desenvolvimento, pretende-se socializar estas praticas desportivas (SUP) nas regiões mais interiores de Portugal e o snowboard no litoral (protocolos com 10 autarquias). A rede visa a troca de experiências, a partilha de conhecimento e a cooperação inter-regional de forma a estruturarem-se produtos, soluções e experiências orientadas para o turista praticante (Surfing vrs Snowboard). Organizado numa logica de Boot Camp onde os jovens experimentarão, durante 2 dias, um programa de actividades integrado em que experimentação: - 3 actividades de surfing (Surf + Bodyboard + SUP); - atividades físicas e lúdicas na Reserva Mundial de Surf da Ericeira (Caminhadas + BTT + jogos pedagógicos + visitas ao Centro Interpretativo da RMSE e Palácio de Mafra) para conectar os jovens às questões da sustentabilidade e da educação; - Workshops de desenvolvimento pessoal. Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 26. Surfing4citizenship Fazer de cada Cidadão um Surfista e de cada Surfista um Cidadão Europeu. 25 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 27. O Projeto Surfing4citizenship é um projeto piloto de inovação social que pretende validar um programa pedagógico de desenvolvimento de competências cívicas e de cidadania ativa assente na pratica do surfing. Visa desenvolver, nos mais jovens, os valores da cidadania europeia cujos pilares assentam na Historia que nos une, no respeito pela multiculturalidade que nos diferencia e na educação pelos valores que nos aproxima. São públicos-alvo: - Minorias étnicas; - Filhos de Refugiados; - Filhos de Emigrantes; - Filhos de Imigrantes; - Jovens NEET. O Projeto Surfing4citizenship foi reconhecido pelo Alto Comissariado das Migrações como a 3.ª ideia mais inovadora dentro das 57 que concorreram ao Programa 50 /50. 26 Surfing4citizenship Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 28. 27 Surfing4inclusion Surfing the Impossible Building a Regional Network for the Development of Accessible and Inclusive Tourism Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 29. 28 Objetivos: - Desenvolver talentos no surf adaptado; - Resolver necessidades educativas e de empregabilidade de públicos pertencentes a diferentes contextos de desfavorecimento face à existência de incapacidades (temporárias ou permanentes), handicaps (incapacidade que afecta a socialização) e necessidades educativas especiais com especial enfoque na deficiência (invisual, motora e cognitiva). Eixos de ação: - Estruturação de metodologias e programas de treino de surfing adaptado às tipologias e graus de deficiência; estruturação de um departamento de surf adaptado no ESC e um CAR na Ericeira; - Roteiro de Empregabilidade no ecossistema da economia do surf local gerador de emprego para pessoas com deficiência (10 PT). - Roteiro de Qualificação para capacitar agentes desportivos e empresariais orientado-os para a estruturação de uma oferta de experiências e de serviços alinhados com as necessidades e expectativas de consumo de atletas e turistas-praticantes de surfing adaptado; - Apoiar o desenvolvimento de uma rede europeia de turismo inclusivo; - Tornar a Reserva Mundial de Surf da Ericeira mais acessível e inclusiva, adaptando-a às necessidades dos públicos com necessidades especiais e mobilidade reduzida (Seniores); - Congresso Internacional de Surfing adaptado + seminarios + workshops + ações capacitação; - Eventos de Surfing adaptado na Reserva Mundial de Surf da Ericeira. Surfing4inclusion Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 30. 29 Surfing2Move+65 Move to Surf, Surf to Move Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 31. 30 Objetivo: O Projeto Surfing2Move+65 visa desenvolver um programa de atividade fisica e de surfing adaptado às carências, necessidades e capacidades fisiológicas, cognitivas e psicossociais dos seniores com + 65 anos (SUP e Bodyboard) de forma a promover a autonomia e a qualidade de vida através da pratica regular de exercício físico e da educação para a saúde. Envolve 3 Universidades Seniores e um piloto com 285 alunos, sendo que 60% serão mulheres. Eixos de ação estratégica: - Estruturação de metodologias e programas de exercicio fisico adaptado aos seniores utilizando o SUP e Bodyboard nas modalidades indoor e outdoor; - Rastreio de Saúde Ativa – Aplicação de Surveys e entrevistas estruturadas para avaliar o nivel de bem-estar do idoso e realizar Diagnostico BIOPSICOSSOCIAL (avaliação das limitações fisicas, estado de saude, aptidão fisica e nível de competências); - Posicionar o Surf na promoção do envelhecimento activo enquanto ferramenta social potenciadora de relações sociais, capacidades cognitivas, inteligencia emocional e da aptidão fisica motora; - Universalização do dialogo intergeracional conectando os atletas aos seniores e promover o voluntariado envolvendo os atletas mais jovens do Clube; - Trabalho em rede com as organizações de economia social para diminuir isolamento, aumento da autonomia e nivel de competências emocionais, sociais e motoras. Surfing2Move+65 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 32. 31 4. Desafios Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva Canhão do Norte, Nazaré, Portugal
  • 33. 32 Surfing for Wellbeing and social Inclusion through Sciences Education Games Based Learning “Droping” Games Based Learning Blue Ocean “Duckling” The Mind Set of Educators, Trainers and Teachers “Aerialing” Conventional Wisdom and Traditional Education System “Paddling” Longlife Learning System Boundaries D1. Surfing the Dark Side of the Force Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 34. 33 D2. Supporting the creation of an European Surf Hub Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 35. 34 D3. Strengthening the Surf Value Chain Eventos Desportivos + Industria + Turismo + Educação Saúde Inclusão Cidadania Território ... Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 36. 35 D4. Connecting Surf operators to Economic, Educational, Environmental and Social organizations Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 37. 36 Surf Business Innovation Market place ++ = D5. Potentiate Surfing through Tech - Surf KIC(Knowledge Innovation Community) Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 38. 37 D6. Shaping the Surf Social Impact in Europe and World wide Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 39. 38 D7. Surfing more Inclusive and Sustainable Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 40. 39 Analises de contexto Investigação Técnica Estudos Estatisticas Indicadores Publicações Conferências D8. Producing innovation and measuring their Impacts Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva Medir impactos ao nível: • Desportivo • Económico • Ambiental • Social • Educacional • Territorial … - Produzir conhecimento e informação - Potenciar oportunidades de negócio - Estimular dialogos sectoriais - Promover a cooperação internacional em rede - Barómetro da Economia do Surf
  • 41. 40 5. Parceiros – Rede ESC Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 42. 41 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 43. 42 6. Conclusões Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 44. 43 Potenciar a REDE através do EUROFUNDING Considerando Missão ESC (reajustar à missão da WSCN) 1. Promover sinergias entre o desporto /Surf e os domínios negócio, educação, social, ambiente, formação, MAR e juventude – colocar no centro do processo a CIDADE e o CIDADÃO; 2. Factores Críticos Sucesso: Inovação “ near to market ” + Competências + Tecnologia + Trabalho em Rede Multisectorial; 3. Desenvolver CONCEITOS inovadores assente num racional técnico : Ex.º conceito de SMART CITY (UE) + LEARNING CITY (UNESCO) = BLUE City + Alinhamento Estratégia Europa 2020; 4. Ações-Chave: Alianças do Conhecimento; Alianças de Competências Sectoriais; Alianças para reforço de Capacidades; Redes de Inovação; Pactos para a Inclusão; Agendas para a Sustentabilidade; Agenda Digital; Pacto Territorial 2020, etc... 5. Visão Empresarial holística e integrada e depois repartir em sub- projetos (p/Sector, publico-alvo, território, stakeholders) - aumentar funding (cross-funding) e repartir o riscos. Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 45. 44 Potenciar a REDE através do EUROFUNDING Considerando Missão ESC (reajustar à missão da WSCN) 6. Disseminar, transferir conhecimentos e soluções, e Replicar nos territórios da rede - satisfazer necessidades GLOCAIS (não inventar a Roda); 7. Potenciar sinergias de acordo com as competências distintivas e as vantagens competitivas dos territórios / ecossistemas / cidades / Stakeholders (desenhar 1 modelo governança e definir Working Packages entre Stakeholders); 8.GERAR IMPACTOS no desporto e negócio do Surf, comunidades, territórios, natureza e nas PESSOAS - abordagem desafios societais (7 desafios europeus); 9. Abordagem de Projeto como promotor ou parceiro – Identificar entidades com capacidade para liderar Consórcios (Definir diferentes niveis de parceria); 10. Criar Alianças e estruturar Consórcios com Parceiros Europeus. Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 46. 45 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva Actividades apoiadas pela UE para as REDES 1. Formalização de Redes fisicas e tecnológicas (comunidades de pratica, KIC, Open Resources, Open Innovation); 2. MAPEAR boas praticas, politicas, stakeholders, projetos de referência e soluções de cariz GLOCAL; 3. Desenvolver PILOTOS de inovação no ensino e formação de novas competências ( 3 < N.º Paises Envolvidos < 12); 4. DISSEMINAR e sensibilizar/engajar (conferencias, seminarios, workshops, ações de capacitação, reuniões internacionais, feiras, eventos desportivos); 5. Promover a MOBILIDADE entre stakeholders (professores, treinadores, atletas, empresarios, voluntarios, staff); 6. DIGITALIZAR (web sites, plataformas de social media marketing, e- learning, MOOCS, E-twinning, Videojogos, APPS, produtos digitais, etc...) 7. Melhorar a BASE FACTUAL do desporto para abordar desafios da sociedade e da economia (produção de conhecimento, inovação, indicadores, inquéritos, recolha de dados, consultas, incluindo monitorização e analise comparada de indicadores).
  • 47. 46 Financiar a REDE através do EUROFUNDING 1. Abordagem de Projeto como promotor ou parceiro – Identificar entidades com capacidade para liderar Consórcios (Definir diferentes níveis de parceria); 2. Criar Alianças e estruturar Consórcios com Parceiros Europeus para potenciar candidaturas a programas geridos diretamente pelas agências executivas e nacionais (40); 3. Montantes e taxas de financiamento dependem do programa. 4. Programas de Eurofunding em que o Ericeira Surf Clube está envolvido (desporto, educação, inclusão social, juventude, formação, cidadania, cultura, cooperação para desenvolvimento): o Pequenas redes colaborativas até 60.000 euros o Redes de media dimensão até 400.000 euros o Redes de larga escala até 1.000.000 euros o Financiamento até 75% a fundo perdido. Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 48. 47 7. Contactos Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva
  • 49. 48 Miguel Barata Presidente do Ericeira Surf Clube Miguel Toscano Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube ​Loja 1, Parque de Santa Marta, Largo de Santa Marta 2655-357 Ericeira E-mail: ericeirasurfclube@gmail.com Telemóvel: 0351 934886259 / 0351 969521109 www.facebook.com/ericeirasurfclube www.facebook.com/groups/65752255743/ https://www.facebook.com/ericeirareservamundialdesurfoficial https://www.facebook.com/EriceiraWorldSurfingReserveOficial https://www.facebook.com/ericeiraworldsurfcity http://50por50.pt/ideias/?id=91 Miguel Toscano|Direção de Inovação e Redes Colaborativas do Ericeira Surf Clube | 14-10-2016 | Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva