Breve introdução à investigação

389 visualizações

Publicada em

Apresentação feita no Técnico Lisboa em Abril de 2014, a convite do NEIIST - núcleo de estudantes de Engenharia Informática

Publicada em: Ciências
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Breve introdução à investigação

  1. 1. Miguel Pardal Abr. 2014
  2. 2. LEIC 2000, MEIC 2006 Assistente no Técnico desde 2002 Aluno de Doutoramento À beira do fim… http://web.tecnico.ulisboa.pt/miguel.pardal Primeira publicação em 2004 Desde então, cerca de 20 mais
  3. 3. Partilhar experiência Fornecer ferramentas Aprender! Documento original: Miguel e Joana Pardal http://web.tecnico.ulisboa.pt/miguel.pardal/www/ doc/guia-rapido-investigacao.pdf
  4. 4. Relatório técnico Disciplina ou projecto interno Artigo em Workshop; Artigo em Conferência; Artigo em Revista (Journal); Capítulo de um Livro; Livro. Exposição pública crescente
  5. 5. IEEExplore: http://ieeexplore.ieee.org ACM: http://portal.acm.org/dl.cfm ACL: http://www.aclweb.org/anthology-new AAAI: http://www.aaai.org/Library/library.php Google Scholar: http://scholar.google.com/ Microsoft Academic: http://academic.research.microsoft.com/ Citeseer: http://citeseer.ist.psu.edu/
  6. 6. Título Resumo Figuras Conclusão Referências Trabalho relacionado
  7. 7. A investigação só é possível devido ao trabalho de outros É justo reconhecer o seu trabalho O rasto das referências é importante Quão sólido é o trabalho?
  8. 8. Repositório Identificador Nome do autor, ano Nome do autor, ano, conferência, palavras-chave Pessoas concretas Universidades / laboratórios
  9. 9. “O X é melhor que o Y!” É preciso fundamentar! Trabalho próprio Resultados experimentais Estatisticamente significativos Trabalho de outros Citações
  10. 10. Fizeste um trabalho Será que vale a pena escrever? SIM Escrever é expressar ideias em palavras Para que outros possam aprender A tua própria aprendizagem não fica completa sem a “destilação” da escrita
  11. 11. Para que o trabalho tenha o maior alcance possível, escolher a linguagem que mais pessoas conhecem Inglês E o português? Continua a ser importante
  12. 12. Peer reviewing Processo que leva os autores a respeitar as normas da ciência Crítica Nem sempre construtiva Não ficar ofendido Separar o ego e o trabalho Há sempre algo a melhorar…
  13. 13. Introdução Problema Trabalho Relacionado Proposta Avaliação Conclusão Contribuições Trabalho Futuro
  14. 14. 3 tells dizer o que vais dizer dizer dizer o que disseste Dar orientação e contexto ao leitor
  15. 15. Swalesian introdution http://www.wikihow.com/Write-a- Swalesian-Introduction 1 – Estabelecer o território 2 – Estabelecer o nicho 3 – Ocupar o nicho
  16. 16. Largamente utilizado Produz documentos com excelente aspecto Cumprem as regras exigidas Suporte incorporado para expressões matemáticas. Gera a lista de referências de forma automática! BibTeX É programável e… tem comentários These are the main contributions: % do not forget to add the prototype!
  17. 17. A ciência é pessoal e social Pessoas Comunidades Ler Aprender Citar Escrever Sintetizar Partilhar
  18. 18. Miguel.Pardal@tecnico.ulisboa.pt Obrigado Thank you “The traveler sees what he sees. The tourist sees what he has come to see.” ― G.K. Chesterton

×