SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Adolescência
• Realizámos este trabalho no âmbito da
disciplina de Psicologia, e temos como
objectivos dar-vos a mostrar o que é a
adolescência e falar-vos um pouco acerca da
mesma, mas sobretudo queremos que
conheçam o serviço que nós criámos em
função dos adolescentes.
Esperamos que gostem!
• A adolescência é a fase do desenvolvimento humano que marca a
transição entre a infância e a idade adulta.
Esta fase caracteriza-se por alterações a vários níveis como físico, mental e
social e é nesta fase que muitos comportamentos se alteram.
• É marcada pelo inicio do amadurecimento sexual (puberdade), pela
maturidade social, entre outros como a entrada no mercado de trabalho e
o assumir do papel social de adulto.
Continuação
• Existem três fases na adolescência:
Adolescência Inicial: 11 aos 14 anos
Adolescência Média: 15 aos 17 anos
Adolescência Final: 18 aos 21
• É também na adolescência que se dá o desenvolvimento cognitivo
através do aumento das operações mentais, da melhora da
qualidade no processamento de informações e da modificação dos
processos que geram a consciência.
• 10-11 anos - Início da formação dos quadris com a acumulação de
gordura; Primeiro crescimento dos seios e dos mamilos.
• 11-14 anos - Surgem os pelos pubianos (lisos); A voz torna-se mais
grave; Rápido crescimento dos ovários, da vagina, do útero e dos
lábios da genitália; Os pelos pubianos tornam-se crespos; Idade do
"salto de crescimento", os seios começam a tomar forma;
Amadurecimento dos óvulos: menarca (primeira menstruação)
• 14-16 anos - Crescimento dos pelos axilares, os seios adquirem a
forma adulta (estágio secundário)
• 12-13 anos - Surgem os pelos pubianos (lisos); Início do crescimento dos
testículos, do escroto e do pénis; Mudanças temporárias no peito;
Formação de esperma
13-16 anos - Início da mudança de voz; Crescimento acelerado do pénis,
dos testículos, do escroto, da próstata e da vesícula seminal; Primeira
ejaculação; Os pelos pubianos tornam-se crespos; Grande "salto de
crescimento“; Crescimento dos pelos axilares
16-18 anos - Aparecimento da barba; Início das "entradas" no contorno
dos cabelos; Marcante mudança de voz.
O nosso Público Alvo
• O nosso público alvo
destina-se aos
adolescentes dos 14
aos 21 anos.
Escolhemos este tipo
de público porque são
os
adolescentes/jovens
quem gosta mais de
viajar e de se divertir.
O nosso serviço é
especifico para os
agradar.
Porquê este serviço?
• A missão da nossa
empresa ao
adotarmos este
serviço, é fazer com
que os jovens de
Portugal conheçam
melhor o pais em que
se encontram e
desfrutem dele
tanto culturalmente
como por lazer.
O que fizemos para criar o serviço
• Neste projecto desenvolvemos uma rota
por Portugal, onde fizemos uma escolha
dos diferentes locais que podem e devem
ser visitados, a pensar nos jovens.
Existem variados locais para conhecer
e desfrutar que muitos de nós
desconhecem e que devem sem dúvida
alguma conhecer.
O começo do nosso serviço
• Começámos por fazer uma breve pesquisa de alguns locais agradáveis e
interessantes para o nosso público alvo, de seguida definimos um espaço
de tempo para as viagens se realizarem, e por fim realizámos o orçamento
das viagens.
Qual o nosso objectivo?
• Com este projecto os adolescentes
ficam com um maior
conhecimento cultural, sem a ideia
de aborrecimento, pois estarão a
viajar com os amigos, a ter novas
experiências de vida e a apreciarem
o melhor que o país tem para dar,
com diversão e cultura.
Meios de Transporte
• O meio de transporte escolhido para dar apoio a este projecto, foram o
metro e o autocarro. Estes permitem chegar a todo o lado, e quando o
metro não chega, teremos ao nosso dispor o autocarro. Como este serviço é
para jovens, decidimos colocar rede WI-FI (internet sem fios), televisão, e
por fim, como por vezes haverá viagens mais compridas, permitimos que se
fume dentro do transporte numa área à parte, que contém janelas e
cinzeiros, um WC, e uma máquina com sortidos. Oferecemos também um
espaço com grande conforto interior.
Sintra (Parque das merendas)
Braga
Bar Universitário
(Sardinha Biba)
Porto
Gare Casa da Música
• www.google.com
• www.portugal-live.net
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Adolesc%C3%AAncia
• http://www.adolescencia.org.br/adolescencia
/default.asp
• Neste trabalho aprofundámos os nossos
conhecimentos sobre a adolescência e o
estudo que foi preciso desenvolver para criar
um produto que agradasse aos jovens.
Pesquisámos e fizemos um serviço adequado
as preferências dos mesmos.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Adolescência: Viagens de descoberta

Sexualidade[1]
Sexualidade[1]Sexualidade[1]
Sexualidade[1]joseaplara
 
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emei
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emeiTempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emei
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emeiEdna Garcia Dos Reis
 
Trabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animaçãoTrabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animaçãoTânia Martins
 
Apresentação Clube Dos Saberes
Apresentação Clube Dos SaberesApresentação Clube Dos Saberes
Apresentação Clube Dos SaberesCCSSCS
 
Internet como ferramenta de apoio a leitura
Internet como ferramenta de apoio a leituraInternet como ferramenta de apoio a leitura
Internet como ferramenta de apoio a leituraMarieli Schäfer
 
Escola Da Ponte Um Projeto De Vida
Escola Da Ponte Um Projeto De VidaEscola Da Ponte Um Projeto De Vida
Escola Da Ponte Um Projeto De VidaDiegolomac
 
Boletim novembro 2013
Boletim novembro 2013Boletim novembro 2013
Boletim novembro 2013Mais Sucesso
 
Defesa cismbl juliano
Defesa cismbl julianoDefesa cismbl juliano
Defesa cismbl julianoCismbl
 

Semelhante a Adolescência: Viagens de descoberta (20)

Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
David ptie
David ptieDavid ptie
David ptie
 
Sexualidade[1]
Sexualidade[1]Sexualidade[1]
Sexualidade[1]
 
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emei
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emeiTempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emei
Tempos espaçospara infância suaslinguagens_cei_creche_emei
 
Projecto para estabeli
Projecto para estabeliProjecto para estabeli
Projecto para estabeli
 
Trabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animaçãoTrabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animação
 
Trabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animaçãoTrabalho do projecto de animação
Trabalho do projecto de animação
 
Apre Apcc
Apre ApccApre Apcc
Apre Apcc
 
Apre Apcc
Apre ApccApre Apcc
Apre Apcc
 
Apre Apcc
Apre ApccApre Apcc
Apre Apcc
 
Apresentação Clube Dos Saberes
Apresentação Clube Dos SaberesApresentação Clube Dos Saberes
Apresentação Clube Dos Saberes
 
Crenças
CrençasCrenças
Crenças
 
C:\fakepath\jornal pief
C:\fakepath\jornal piefC:\fakepath\jornal pief
C:\fakepath\jornal pief
 
Internet como ferramenta de apoio a leitura
Internet como ferramenta de apoio a leituraInternet como ferramenta de apoio a leitura
Internet como ferramenta de apoio a leitura
 
8 ano puberdade e adolescência
8 ano puberdade e adolescência8 ano puberdade e adolescência
8 ano puberdade e adolescência
 
Escola Da Ponte Um Projeto De Vida
Escola Da Ponte Um Projeto De VidaEscola Da Ponte Um Projeto De Vida
Escola Da Ponte Um Projeto De Vida
 
Boletim novembro 2013
Boletim novembro 2013Boletim novembro 2013
Boletim novembro 2013
 
Portfolio @ País Positivo #36
Portfolio @ País Positivo #36Portfolio @ País Positivo #36
Portfolio @ País Positivo #36
 
Defesa cismbl juliano
Defesa cismbl julianoDefesa cismbl juliano
Defesa cismbl juliano
 
adolescencia conceitos
adolescencia conceitosadolescencia conceitos
adolescencia conceitos
 

Mais de Micas Cullen

15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor
15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor
15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitorMicas Cullen
 
14 - Comportamentos atípicos em bebés
14 - Comportamentos atípicos em bebés14 - Comportamentos atípicos em bebés
14 - Comportamentos atípicos em bebésMicas Cullen
 
13 - O desenvolvimento - piaget
13 - O desenvolvimento - piaget13 - O desenvolvimento - piaget
13 - O desenvolvimento - piagetMicas Cullen
 
12 - Gestação e personalidade
12 - Gestação e personalidade12 - Gestação e personalidade
12 - Gestação e personalidadeMicas Cullen
 
11 - Psic.desenvolvimento - síntese
11 - Psic.desenvolvimento - síntese11 - Psic.desenvolvimento - síntese
11 - Psic.desenvolvimento - sínteseMicas Cullen
 
10 - Relato criança selvagem
10 - Relato criança selvagem10 - Relato criança selvagem
10 - Relato criança selvagemMicas Cullen
 
9 doc.16 a - a relação mãe-bebé
9   doc.16 a - a relação mãe-bebé9   doc.16 a - a relação mãe-bebé
9 doc.16 a - a relação mãe-bebéMicas Cullen
 
7 erikson e o desenvolvimento psicossocial
7   erikson e o desenvolvimento psicossocial7   erikson e o desenvolvimento psicossocial
7 erikson e o desenvolvimento psicossocialMicas Cullen
 
5 a afectividade entre mãe e bebé
5   a afectividade entre mãe e bebé5   a afectividade entre mãe e bebé
5 a afectividade entre mãe e bebéMicas Cullen
 
4 o desenvolvimento infantil e adolescente
4   o desenvolvimento infantil e adolescente4   o desenvolvimento infantil e adolescente
4 o desenvolvimento infantil e adolescenteMicas Cullen
 
3 desenvolvimento atipico
3   desenvolvimento atipico3   desenvolvimento atipico
3 desenvolvimento atipicoMicas Cullen
 
2 crianças sobredotadas
2   crianças sobredotadas2   crianças sobredotadas
2 crianças sobredotadasMicas Cullen
 
1 o inato e o adquirido as crianças selvagens
1   o inato e o adquirido as crianças selvagens1   o inato e o adquirido as crianças selvagens
1 o inato e o adquirido as crianças selvagensMicas Cullen
 
16 - Relações precoces
16 - Relações precoces16 - Relações precoces
16 - Relações precocesMicas Cullen
 
Como te vês a ti próprio
Como te vês a ti próprioComo te vês a ti próprio
Como te vês a ti próprioMicas Cullen
 
A importancia da psicologia na actualidade
A importancia da psicologia na actualidadeA importancia da psicologia na actualidade
A importancia da psicologia na actualidadeMicas Cullen
 

Mais de Micas Cullen (20)

Aptidões sociais
Aptidões sociaisAptidões sociais
Aptidões sociais
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 
Idosos
IdososIdosos
Idosos
 
15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor
15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor
15 - Bowlby e o estudo de vinculação mae-bebe ou progenitor
 
14 - Comportamentos atípicos em bebés
14 - Comportamentos atípicos em bebés14 - Comportamentos atípicos em bebés
14 - Comportamentos atípicos em bebés
 
13 - O desenvolvimento - piaget
13 - O desenvolvimento - piaget13 - O desenvolvimento - piaget
13 - O desenvolvimento - piaget
 
12 - Gestação e personalidade
12 - Gestação e personalidade12 - Gestação e personalidade
12 - Gestação e personalidade
 
11 - Psic.desenvolvimento - síntese
11 - Psic.desenvolvimento - síntese11 - Psic.desenvolvimento - síntese
11 - Psic.desenvolvimento - síntese
 
10 - Relato criança selvagem
10 - Relato criança selvagem10 - Relato criança selvagem
10 - Relato criança selvagem
 
9 doc.16 a - a relação mãe-bebé
9   doc.16 a - a relação mãe-bebé9   doc.16 a - a relação mãe-bebé
9 doc.16 a - a relação mãe-bebé
 
8 adolescente
8   adolescente8   adolescente
8 adolescente
 
7 erikson e o desenvolvimento psicossocial
7   erikson e o desenvolvimento psicossocial7   erikson e o desenvolvimento psicossocial
7 erikson e o desenvolvimento psicossocial
 
5 a afectividade entre mãe e bebé
5   a afectividade entre mãe e bebé5   a afectividade entre mãe e bebé
5 a afectividade entre mãe e bebé
 
4 o desenvolvimento infantil e adolescente
4   o desenvolvimento infantil e adolescente4   o desenvolvimento infantil e adolescente
4 o desenvolvimento infantil e adolescente
 
3 desenvolvimento atipico
3   desenvolvimento atipico3   desenvolvimento atipico
3 desenvolvimento atipico
 
2 crianças sobredotadas
2   crianças sobredotadas2   crianças sobredotadas
2 crianças sobredotadas
 
1 o inato e o adquirido as crianças selvagens
1   o inato e o adquirido as crianças selvagens1   o inato e o adquirido as crianças selvagens
1 o inato e o adquirido as crianças selvagens
 
16 - Relações precoces
16 - Relações precoces16 - Relações precoces
16 - Relações precoces
 
Como te vês a ti próprio
Como te vês a ti próprioComo te vês a ti próprio
Como te vês a ti próprio
 
A importancia da psicologia na actualidade
A importancia da psicologia na actualidadeA importancia da psicologia na actualidade
A importancia da psicologia na actualidade
 

Adolescência: Viagens de descoberta

  • 2. • Realizámos este trabalho no âmbito da disciplina de Psicologia, e temos como objectivos dar-vos a mostrar o que é a adolescência e falar-vos um pouco acerca da mesma, mas sobretudo queremos que conheçam o serviço que nós criámos em função dos adolescentes. Esperamos que gostem!
  • 3. • A adolescência é a fase do desenvolvimento humano que marca a transição entre a infância e a idade adulta. Esta fase caracteriza-se por alterações a vários níveis como físico, mental e social e é nesta fase que muitos comportamentos se alteram. • É marcada pelo inicio do amadurecimento sexual (puberdade), pela maturidade social, entre outros como a entrada no mercado de trabalho e o assumir do papel social de adulto.
  • 4. Continuação • Existem três fases na adolescência: Adolescência Inicial: 11 aos 14 anos Adolescência Média: 15 aos 17 anos Adolescência Final: 18 aos 21 • É também na adolescência que se dá o desenvolvimento cognitivo através do aumento das operações mentais, da melhora da qualidade no processamento de informações e da modificação dos processos que geram a consciência.
  • 5. • 10-11 anos - Início da formação dos quadris com a acumulação de gordura; Primeiro crescimento dos seios e dos mamilos. • 11-14 anos - Surgem os pelos pubianos (lisos); A voz torna-se mais grave; Rápido crescimento dos ovários, da vagina, do útero e dos lábios da genitália; Os pelos pubianos tornam-se crespos; Idade do "salto de crescimento", os seios começam a tomar forma; Amadurecimento dos óvulos: menarca (primeira menstruação) • 14-16 anos - Crescimento dos pelos axilares, os seios adquirem a forma adulta (estágio secundário)
  • 6. • 12-13 anos - Surgem os pelos pubianos (lisos); Início do crescimento dos testículos, do escroto e do pénis; Mudanças temporárias no peito; Formação de esperma 13-16 anos - Início da mudança de voz; Crescimento acelerado do pénis, dos testículos, do escroto, da próstata e da vesícula seminal; Primeira ejaculação; Os pelos pubianos tornam-se crespos; Grande "salto de crescimento“; Crescimento dos pelos axilares 16-18 anos - Aparecimento da barba; Início das "entradas" no contorno dos cabelos; Marcante mudança de voz.
  • 7. O nosso Público Alvo • O nosso público alvo destina-se aos adolescentes dos 14 aos 21 anos. Escolhemos este tipo de público porque são os adolescentes/jovens quem gosta mais de viajar e de se divertir. O nosso serviço é especifico para os agradar.
  • 8. Porquê este serviço? • A missão da nossa empresa ao adotarmos este serviço, é fazer com que os jovens de Portugal conheçam melhor o pais em que se encontram e desfrutem dele tanto culturalmente como por lazer.
  • 9. O que fizemos para criar o serviço • Neste projecto desenvolvemos uma rota por Portugal, onde fizemos uma escolha dos diferentes locais que podem e devem ser visitados, a pensar nos jovens. Existem variados locais para conhecer e desfrutar que muitos de nós desconhecem e que devem sem dúvida alguma conhecer.
  • 10. O começo do nosso serviço • Começámos por fazer uma breve pesquisa de alguns locais agradáveis e interessantes para o nosso público alvo, de seguida definimos um espaço de tempo para as viagens se realizarem, e por fim realizámos o orçamento das viagens.
  • 11. Qual o nosso objectivo? • Com este projecto os adolescentes ficam com um maior conhecimento cultural, sem a ideia de aborrecimento, pois estarão a viajar com os amigos, a ter novas experiências de vida e a apreciarem o melhor que o país tem para dar, com diversão e cultura.
  • 12. Meios de Transporte • O meio de transporte escolhido para dar apoio a este projecto, foram o metro e o autocarro. Estes permitem chegar a todo o lado, e quando o metro não chega, teremos ao nosso dispor o autocarro. Como este serviço é para jovens, decidimos colocar rede WI-FI (internet sem fios), televisão, e por fim, como por vezes haverá viagens mais compridas, permitimos que se fume dentro do transporte numa área à parte, que contém janelas e cinzeiros, um WC, e uma máquina com sortidos. Oferecemos também um espaço com grande conforto interior.
  • 13.
  • 14. Sintra (Parque das merendas)
  • 15.
  • 18.
  • 19. • www.google.com • www.portugal-live.net • http://pt.wikipedia.org/wiki/Adolesc%C3%AAncia
  • 21. • Neste trabalho aprofundámos os nossos conhecimentos sobre a adolescência e o estudo que foi preciso desenvolver para criar um produto que agradasse aos jovens. Pesquisámos e fizemos um serviço adequado as preferências dos mesmos.

Notas do Editor

  1. É um local calmo, onde se pode desfrutar da zona paisagística, e fazer um piquenique relaxante, é importante para os jovens estarem em contacto uns com os outros e partilharem experiências. São oferecidos cinzeiros portáteis para fumadores, a fim de preservar a natureza.
  2. Avenida principal do porto; discoteca “ ”