Nelson & Kim Cap 10

451 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nelson & Kim Cap 10

  1. 1. Bruna Ruschel e Chaiane Bitelo Capítulo 10, Nelson & Kim
  2. 3. * Fim da Segunda Guerra Mundial; - Brasil, Argentina e México isolados das principais potências mundiais (interrupção do comércio mundial); - Produtos não foram importados durante longo período ; - Esforços para manter máquinas e produtos funcionando ( a fim de evitar consertos);
  3. 4. * Excesso de demanda ; * Pouca oferta no mercado; * Nova política (proteção tarifária e empréstimos acessíveis) ** Atração de empreendedores!
  4. 5. <ul><li>* Pequenas e médias empresas: </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de produtos, peças e máquinas para suprir o mercado interno (mesmo que com déficit de lançamento) ; </li></ul><ul><li>Mix de produtos amplos, especialização baixa , auto-suprimento de peças e maquinários ; </li></ul><ul><li>Cópia : resultado de um processo “civilizatório” brasileiro*. </li></ul>
  5. 6. D. Maria I – A “Louca” Brasil Colônia
  6. 7. <ul><li>* Situação sustentou o clima de dever de desenvolvimento ; </li></ul><ul><li>Final de 40 : rápida expansão (pequenas e médias empresas); </li></ul><ul><li>Final de 50 : entrada das EMN´s (empresas multinacionais) </li></ul><ul><li>* Mudança na cultura industrial dos países; </li></ul><ul><li>- Novas fábricas verticalmente integradas; </li></ul><ul><li>- 58: 200 subsidiárias de multinacionais se instalaram na ARG (abastecimento local com tecnologia) </li></ul>
  7. 8. Significativas diferenças entre os produtos de multinacionais e os nacionais
  8. 9. * Micro e pequenas empresas; * Layout insatisfatório; * Conhecimentos e entendimentos dos princípios de organização eram falhos ; * Perda de tempo * Prejuízos e altos custos * Baixa qualidade e dificuldades de exportação Escola Superior de Propaganda e Marketing (1951)
  9. 10. * Criação dos seus próprios núcleos de engenharia ; * Investimento no conhecimento técnico * Objetivos destas ações: - Solucionar problemas e gargalos de produção; - Expandir e utilizar as peças e componentes locais; - Adaptar-se ao ambiente local de produtos. Nenhuma integração com instituições de ensino e contentamento com pouco
  10. 11. * Décadas de 60 e 70 = Sucesso para BR, ARG e MEX. Produção industrial Produtividade da força de trabalho = Exportações industriais * 1976-81 : BRASIL exportou U$1,382 Bi (Paraguai, Bolívia, Uruguai, Argélia, Nigéria, Iraque) = “Milagre econômico” * 1975-79: MÉXICO exportou produtos de engenharia, hidrelétricas, oleodutos, obtenção de petróleo.) Processo evolucionário & Maturidade Tecnológica
  11. 12. * Não atribuição de importância das ações dos 3 países ; * Suas teorias consideram a tecnologia como “algo pronto”; * Katz (76, 86 e 87) mostra que estes esforços foram responsáveis por 2/3 do crescimento de empresas analisadas; * As empresas passaram a exportar produtos e serviços ; * As empresas desenvolveram seus núcleos de P&D e engenharia em busca de diferenciação; * Crescimento aumentava gradativamente .
  12. 13. * Meados de 70 , Brasil, Argentina e México pararam de crescer e se contraíram ; * Por que? - Desequilíbrio externo (dívida); - Queda dos termos intercambiais ; - Falta de financiamento externo; - Setor público obrigou-se a fazer financiamentos internos ; - Aumento da taxa de juros internacional; - Clima especulativo maior em função da moeda; - Políticas de estabilização macroeconômicas mal elaboradas .
  13. 14. <ul><li>* Muitas empresas reagiram de forma defensiva: </li></ul><ul><li>- Voltaram seus esforços para os fatores econômicos ; </li></ul><ul><li>Reduziram ou eliminaram os setores de P&D , tecnologia e engenharia; </li></ul><ul><li>Redução de salários ; </li></ul><ul><li>Redução do quadro funcional . </li></ul><ul><li>* Poucas foram as empresas que investiram diferente. </li></ul>
  14. 15. * Porcentagens de investimento fixo bruto no pib entre 1970 e 1989 : 17,9 23,0 México 17,6 24,5 Brasil 9,9 21,7 Argentina 1989 1970-1979
  15. 16. * De forma geral: - As empresas multinacionais foram favorecidas , obtiveram crescimento e aumento de produção; - As micro e pequenas foram seriamente afetadas , obrigando a muitas fecharem as portas. * Nova atmosfera no mercado: mais competitivo e desregulado . * Os setores obtiveram diferenças de crescimento
  16. 17. * Pequenas e médias empresas ( Calçados, vestuário, móveis...): - Estabelecimentos fechados ; - Conseqüência do pouco acesso a tecnologia e capital ; - Dificuldades de adaptação ao mercado competitivo. * As que sobreviveram : mudança significativa empresarial: - Prioridade na montagem final (baseadas em peças importadas); - Subcontratadas de grandes empresas locais ou internacionais; - Especialização de pequenos nichos de mercado.
  17. 18. * Grandes conglomerados locais (processamento de matérias primas): - Rápida expansão ; - Inicialmente para atender mercado interno ; - Com a retração, passaram a exportar ; - Alianças estratégicas com bancos ; - Privatizações dos serviços públicos de telecomunicações, produção e distribuição de energia, correios e transportes; - Alto poder político e de mercado.
  18. 19. * EMN´s (automobilística, petroquímica e farmacêutica): - Estratégias de produção e comercialização orientadas globalmente ; - Aquisição de títulos de dívidas de mercados secundários e privatizações = novas oportunidades de mercado na América Latina; - Abandono das atividades de engenharia e concentração na montagem de peças e componentes importados; - Comercialização de produtos importados com déficit de lançamento.
  19. 20. <ul><li>* Empresas públicas: </li></ul><ul><li>- Os três países privatizaram a maioria das suas empresas por razões fiscais; </li></ul><ul><li>- Não estabeleceram uma estrutura regulatória aceitável ; </li></ul><ul><li>- Participação reduzida no PIB ; </li></ul><ul><li>Renúncia ao papel de liderança na criação de tecnologia e treinamento de capital humano ; </li></ul>
  20. 21. * A liberação comercial + desregulação e privatização das atividades econômicas = efeitos em todo universo industrial. * Entre elas, a redução do número de empregos. * Tais atividades visavam o desenvolvimento a longo prazo do mercado. Isto aconteceu??
  21. 22. * Os desníveis entre produtividade da força de trabalho e atividades industriais entre os 3 países e os EUA : - Aumentaram ou diminuíram? - O desempenho da América Latina melhorou? - Houveram diferenças interindustriais significativas?
  22. 23. * Redução dos desníveis entre ramos bem sucedidos e os EUA; * Couro, calçados, não elétrico, têxtil: Baixos índices de produtividade de força de trabalho , investimento em P&D, perda de terreno em relação aos importados; * Pequenas e médias ficaram para trás ; * Grandes conglomerados se favoreceram .

×