Métodos contraceptivos

277 visualizações

Publicada em

É um trabalho sobre os Métodos Contraceptivos Naturais e Definitivos.

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos contraceptivos

  1. 1. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS NATURAIS E DEFINITIVOS
  2. 2. ÍNDICE Métodos Contraceptivos Métodos Contraceptivos Naturais Métodos Contraceptivos Definitivos Conclusão Referências Bibliográficas
  3. 3. INTRODUÇÃO Neste trabalho, vamos falar sobre os Métodos Contraceptivos, que são processos em que o casal planeia, os seus nascimentos e os intervalos. Abordaremos, principalmente, sobre os Métodos Contraceptivos Naturais e Defnitivos, falando, das suas Vantagens e Desvantagens e as suas características.
  4. 4. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Existem métodos, mecânicos ou químicos, que permitem o controlo da natalidade, e sendo assim, o casal pode decidir sobre o número de filhos que pretende ter, e o intervalo entre os seus nascimentos. Assim, será mais fácil, o casal proporcionar à criança, um desenvolvimento harmonioso com boas condições, onde esta encontre amor, afecto, equilíbrio e segurança. Métodos Contraceptivos, são os processos que permitem o planeamento de nascimentos. O uso destes métodos, exige uma tomada de consciência, desde que o casal tenham responsabilidade. Existem muitos métodos, no qual permite o casal, escolher de acordo, com sua situação. O conjunto dos processos que impede, em que o casal evite a gravidez não desejada denomina-se CONTRACEPÇÃO.
  5. 5. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS NATURAIS
  6. 6. MÉTODOS NATURAIS São métodos que baseiam-se no período fértil da mulher Abstenção de relações sexuais, durante o período fértil da mulher Método de Ogino Método de Temperaturas Método de Billings Estes métodos podem ser utilizados simultaneamente.  São menos eficazes, que os métodos não naturais.
  7. 7. MÉTODO DE OGINO Método que determina o período fértil da mulher, conhecendo as datas da menstruação É relativamente eficaz, se a menstruação for regular, pois permite que esta saiba a data da ovulação Sendo determinado, esse período, a mulher fica a saber quando pode ter relações sexuais sem que ocorra a fecundação.
  8. 8. MÉTODO DE TEMPERATURAS São métodos que baseiam-se, no período fértil da mulher, através do conhecimento da variação de temperatura da temperatura ao longo do ciclo Mede-se a temperatura ao acordar Registrar os resultados num gráfico -Na boca - No recto - No ânus Variável ao longo do ciclo -Sempre a mesma hora - Antes de comer Deve usar sempre o mesmo termómetro Entre a ovulação e a menstruação A temperatura sobe cerca de 0,2 a 0,5º C - Apenas três dias após a subida da temperatura, é que é menor o risco de a mulher engravidar.
  9. 9. MÉTODO DE BILLINGS Permite detectar a altura da ovulação Algumas glândulas existentes no colo do útero, que segrega um líquido que ocorre pela vagina OVULAÇÃO Aparência de clara de ovo. Grande elasticidade Não ter relações sexuais, assim que adquira esta aparência Recomeçar a vida sexual, 3 dias depois da ocorrência do ponto máximo de elasticidade do muco
  10. 10. VANTAGENS E DESVANTAGENS VANTAGENS: Não apresenta efeitos secundários físicos ou hormonais; Não são utilizadas substâncias químicas; Ajuda a mulher, a conhecer o período fértil, no caso queira engravidar. DESVANTAGENS:  Não protegem de DST, uma vez, que implica a observação diária; Taxa de insucesso bastante elevada; A taxa de insucesso, é de cerca 20 %. Sendo que o maior insucesso regista- se no primeiro ano
  11. 11. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS DEFINITIVOS
  12. 12. MÉTODOS DEFINITIVOS A escolha deste método deve ser bem pensada e ponderada, e apenas escolhida quando se está seguro que não se quer ter filhos. Não protege das IST. Quem for esterilizado, dificilmente poderá ter filhos. Mas definitivo não quer dizer infalível. Assim, como em todos os outros métodos pode, por vezes, falhar. Os métodos contraceptivos definitivos são métodos irreversíveis, ou seja, são aqueles que têm efeitos permanentes. Possui dois métodos cirúrgicos: Laqueação de Trompa(feminino) Vasectomia(masculino)
  13. 13. LAQUEAÇÃO DE TROMPA É um método contraceptivo cirúrgico e definitivo Realizado na mulher, através de corte das trompas, impedindo, que os gâmetas masculinos e femininos encontrem-se
  14. 14. VASECTOMIA É um método contraceptivo cirúrgico e definitivo Realiza-se, no homem, através de corte dos canais deferentes, impedindo, a presença doa espermatozóides no líquido ejaculado.
  15. 15. VANTAGENS E DESVANTAGENS VANTAGENS:  Pode ser realizada no momento em que a paciente não deseje mais filhos, no pós-parto, no pós-aborto ou simultânea a outras cirurgias abdominais;  Não necessita revisão constante pois não afeta a saúde;  Não apresenta efeitos secundários a longo prazo;  Não interfere nas relações sexuais ou função sexual;  Não interfere na produção de hormonas pelos ovários pelo que a mulher continua a menstruar. DESVANTAGENS:  Não protege de DST;  A mulher pode arrepender-se mais tarde o que requer nesse caso a reversão com uma cirurgia complexa, cara e com pouca garantia de eficácia.  O valor dessa cirurgia é mais alto do que a vasectomia.  Dor e desconforto de curta duração após procedimento.
  16. 16. CONCLUSÃO Ao terminar este trabalho concluímos que é muito importante para evitar uma gravidez indesejada os métodos contraceptivos. Apesar de muitos escolherem métodos como tabelinha, muco cervical, anticoncepcional,etc.É muito importante a camisinha pois ela evita doenças sexualmente transmissíveis. Enfim, existem vários tipos de métodos contraceptivos basta escolher o que é mais seguro e acessível
  17. 17. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Wikipédia, a Enciclopédia InfoEscola Infopédia Blogspot
  18. 18. COLÉGIO ANGOLANO DE TALATONA Elaboradores: -Márcia Espinosa, nº 10 -Méurcio Talocha, nº12 Disciplina: Biologia Professora: Brigite Mendes 19.10.2015

×